Se na gestação passada eu, que era control freak, já não sabia direito como contar a gravidez… magina agora? Agora, gata, eu tô boiando.

Agora tenho filho pra cuidar, trabalhando pacas, marido igualmente (ou piormente) trabalhando pacas, obra em casa pra fazer, festa de aniversário de Lucas pra cuidar, sono massacrante que bota na caminha às 21h30 todo dia etc etc etc. Tempo pra pensar em que mês ou semana estou na gestação? Tenho tido não.

O que sei é que achava que tava pra completar 6 meses, mas vi uma amiga falando que ela merma tá com 6 meses e ela merma tem por aí umas 3 semanas menos que eu… então não entendi. Tô com 5 meses? 6 meses? Chegando nos 7? E em qual trimestre? Tava lembrando que vou viajar de avião daqui duas semanas e preciso levar autorização da médica porque estarei de mais ou menos 28 semanas. Mas eu achava que hoje tava com 24, como é que duas semanas depois eu tô com 28? Que conta é essa minha geeente?

Às vezes me dá pena do Segundinho. A mãe não faz nem conta direito e nem sabe direito a precisão do parto. Mas tudo bem, ele há de nascer quando quiser, ele que precisa saber isso, não eu.

Aí uma outra amiga veio me perguntar: pra quando é seu filho? Eu respondi: agosto. Papo vai, papo vem, ela pergunta de novo: mas pra que data de agosto, mais ou menos? Aí eu dei minha DPP pra ela se divertir, ao que ela responde: ah então já marcou cesárea? Hahahahahah. Marquei não, amiga, marquei não. Aí ela seguiu: e o sexo, não vai querer saber mesmo? Eu disse que não. Aí percebi que a colegagem fica carente das respostas, né? Mas se nem eu tenho, quem há de ter? Eu fico rindo. E inventando bobeiras, tipo fazer um bolão pra ver quem vai acertar data de nascimento e sexo da criança. Ah, acho que vai ser divertido ver os amigos todos que tem certeza-absoluta de alguma coisa botando dinheiro na roda.

Porque certeza absoluta muita gente tem: “ah, mas essa barriga tá igual a do Lucas, é menino”. “Você enjoou muito, é menina!” ou ainda “eu SINTO que é um menino”. Tem opinião e sentimento pra tudo, é muito divertido de acompanhar. Sério mesmo, eu acho a maior graça, sinto o maior carinho, esse suspense vai envolvendo as pessoas de um jeito que ninguém mais tá acostumado. Nesse tempo de internet e de respostas e definições rápidas, passar 9 meses sem saber o sexo de quem me habita e menos ainda a data que este chegará ao mundo é realmente um exercício. Pra mim um pouco menos, não marquei data pra chegada do Lucas e pra este também não marcarei; mas na experiência anterior eu sabia o sexo e tal. Enfim.

Ainda no assunto comentários alheios e comparando gestações: na vez passada, eu ficava super noiada com gente comentando tamanho e formato de barriga. Agora eu fico… concordando, hahahahah. Exemplo:

– Nossa, como sua barriga tá grande!
– Né? Também acho que ficou enorme, imagina daqui um mês?
(e sorrio)

Ou:

– Menina, tua barriga tá mínima, menor que a do Lucas, como você emagreceu!
– É, eu mal consigo pegar a prioridade do mercado que já me olham desconfiado! Eu sou de ter barrigas pequenas mesmo.
(e sorrio)

Concluímos que: eu vivo sorrindo. Eu estou meio louca. O mundo está meio louco. Em breve faremos um bolão envolvendo apostas, dinheiro, sexo, drogas e prostitutas (mas hein?). Quem topa?

14 respostas em “Mas hein?

  1. kkkkkkkkkk…. O segundo é bem assim mesmo… Perdemos a conta das semanas, depois que nasce usa roupa do primeiro…. e posso dizer??? Nem por isso é menos feliz que o primeiro… Agora uma aposta eu faço: PODE TER CERTEZA QUE VAI SER MAIS ARTEIRO… KKKKKKKKKKKKKKKKK Pelo menos aqui a mais nova dá de dez a zero na mais velha… Vem baby com muita saúde!!! Beijossss

  2. E eu, que nem tenho Primeirinho como desculpa, sidentifiquei total com o post.
    Me confundo toda com a contagem de semanas/meses, rio quando me dizem que tô presa no século passado porque não quero saber o sexo e me divirto inventando DPP's diferentes, dependendo de quem pergunta. Já variei de 15 a 30 de agosto, porque né?!, nunca se sabe… Até porque, até onde eu sei, a mãe-natureza não tem calculadora.

  3. Filho a gente ama cada um a sua maneira, mas.. ai que delícia é o segundo filho, não é mesmo?!?! As preocupações e os desgastes são mínimos, do tipo: se está tudo ok com o baby, o resto é só o resto, simples assim! Meu Segundinho é um poço de tranquilidade… Hehehe… Dizem que é efeito da gravidez tranquila e relaxante que vivenciei… Bom, se isso for verdade Carol, se prepare para uma "segunda maternidade" completamente extasiante, daquelas que, se fosse a primeira, fazia a gente querer ter uns 10 filhos!!! O Murilo, meu segundinho, me fez vivenciar a maternidade do seu melhor ângulo, sem neuras e sofrimentos na gestação e em sua plenitude até hoje em dia (ele acabou de completar 1 ano), pois era um bebê tranquilo, calmo, sossegado, não deu trabalho com cólicas, com o sono ou com amamentação… Um luxo de Segundo Filho!!!! Desejo o mesmo pra você!!! Beijos.

  4. Eu curti muito os "palpites" de sexo e data do nascimento do Pedro. O sexo nós quisemos saber, sou muito curiosa e não ia aguentar passar 39 semanas e 5 dias sem saber o sexo do serzinho que vivia dentro de mim.

    O bolão da data ngm acertou… FUÉM!!! *hauahauhauahahau*

  5. É isso aí… o segundo é outra "vibe" mas é tudo tão bom como da primeira vez!!! Não tem como ficarmos sabendo de tudo, tomar conta de tudo, pois temos o primeiro filho para cuidar….mas , eu concordo com o comentário lá de cima: O segundo é mais safado!!! Estou fazendo um estudo estatístico disso, e todas as minhas amigas que têm o segundo filho falam a mesma coisa!!! Depois você me conta!!! Te desejo a melhor gravidez e o melhor parto do mundo… E vamos sorrindo por aí!!!

  6. Ah, mas q podia ter aquele bebezinho de contagem regressiva aqui do lado para o segundinho, isso podia! rsrsrs

    Eu divido o número de semanas por 4 e voilá! Temos uma estimativa em meses para falar e fazer os não-iniciados entenderem qt tempo faltar pra chegada do rebento. Então, se completo agora 33 semanas, estou de 8 meses!

  7. Eu nunca soube fazer essas contas…não sei exatamente com quantos cm nasceu, nem com que peso…teve uma época que tava me achando uma relapsa lendo tantos blogues maternos com tantas informações precisas sobre os filhos…agora eu dou risada de tudo isso tbém. Esses dias pensei em fazer aquele quadrinho de colocar na parede com as informações do baby só que eu vou escrever o que lá?? Sei tudo no aproximadamente, sorte que o marido tem uma memória de elefante e sabe responder algumas informações mais importantes…hehehe
    Então fico imaginando que se eu engravidar de novo não vou saber nem que estou grávida…pensando bem não seria muito má ideia se levar em consideração todo o sofrimento com enjoos que tive na gravidez do Felipe..rsrs
    bjos

  8. Imagino a loucura que deve ser pensar na gravidez enquanto já tem um filho e carreira tomando a atenção hahahahahahaha ir concordando e sorrindo é uma ótima tática, pq se parar pra pensar enlouquece.

    Abs pra família!

  9. Que super saber da sua gravidez! Fazia tempo que não visitava o blog (na verdade, depois que voltei a trabalhar, parei de "passear" por blogs…) Parabéns, como sempre, sou da torcida cor de rosa (será que é porque sou mãe de menina??rsrsr)
    Baci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *