Eu tenho vontade de ter muitos filhos. Não fosse a questão financeira, a questão de morar em outro país e estar sem apoio irrestrito da família e também a questão tenho-uma-carreira, acho que teria umas 4 ou 5 unidades de pequenos catarrentinhos loiros.

Mas, tive que dar limite ao sonho e adequamos a 2, com sorte, 3 filhotitos. Tive o primeiro e, quando este lindo tinha lá pelos seus 10 meses, decidi que tava na hora do segundo. Só que eu amamentava muito na época e ainda por cima tomava remédio pra aumentar a produção de leite, então não menstruava. Fiquei nessa de não menstruar até Lucas completar dois anos, mais ou menos. A demanda tinha diminuído muito, senti meu corpo voltando a funcionar e, do nada, fiz um teste de ovulação, que deu positivo:

atençao desavisado: isso nao é um teste de gravidez!

Pensei que engravidaria naquele ciclo mesmo. Foquei nas tentativas e me animei à beça. Mas, veio o primeiro balde de água fria: menstruei 5 dias depois. Mas, mesmo desapontadinha, fiquei foi bem feliz, pois era minha primeira menstruação desde 27 de agosto de 2010, minha DUM!

Com menstruação e ovulação comprovada em teste, achei que a coisa ia em um ou dois ciclos de tentativas. Anotei dados nos aplicativos de fertilidade (oi, tentantes, tavam com saudades de mim?), observei muco, tomei ácido fólico, namorei em dias indicados (sempre que Lucas não interrompia, claro), fiz toda essa loucura que eu já fiz e muito nessa vida.

Não engravidei.

Fui na minha GO, e, de praxe, esperei quase duas horas pra ser atendida por 10 minutos. Falei “tô tentando engravidar”, ela disse “tá tomando ácido fólico?”, eu disse “sim”, ela “cortou a amamentação?”, eu disse “não”, ela disse “então não vai engravidar”. Essa foi a minha consulta. Saí de lá com receita de mais ácido fólico e orientações de desmame.

Ignorei solenemente e segui amamentando and controlando meu corpo, tentando acertar na loteria da ovulação. Tem gente que engravida num espirro pelado, já notaram? Eu não, gente. Eu preciso de reza braba e alinhamento dos astros – ainda mais agora que já tenho um filho que curte acordar de madrugada e mais especialmente quando quero dar, ele parece sentir cheiro do sexo dos pais… enfim.

Daí vocês já podem concluir que eu não engravidei foi nada, né? Me deu siricutico e eu marquei consulta num especialista em fertilidade. Médico particular, consulta cara, depoimentos no Google dizendo que ele é tão bom que até homem engravida com ele.

Fomos eu e marido, esperança no corazón, alegria no olhar, brasileiros que não desistem nunca, já querendo fazer xixi no palitinho tão logo saíssemos do consultório (tô te falando que gente com esperança é isso assim). Bem, a consulta foi assim, em resumo: “tô tentando engravidar”, ele disse “tá tomando ácido fólico?”, eu disse “sim”, ele “cortou a amamentação?”, eu disse “não”, ele disse “então não vai engravidar”.

Aí fiquei braba. Minha GO fofa do plano falar isso, beleza, mas o médico phodinha não, não pode. Perguntei se não faríamos um exame de sangue, um ultra, uma consulta às cartas, aos búzios, aos espíritos, não sei, alguma coisa. Ele disse que não, que já que eu amamento, meus hormônios devem estar loucos e que não vou engravidar mesmo. Falou pra eu desmamar e, se não engravidar em 4 meses, voltar lá que ele examina de novo (ou pela primeira vez já que não examinou foi nada). Pra não dizer que foram dinheiro e tempo jogados fora, ele passou uma exame pra eu verificar uns anticorpos, já que sofri um aborto espontâneo na primeira gravidez e, na segunda, tive colestase e diabetes gestacional. Legal, foi o primeiro médico a ver que pode existir uma relação entre as coisas, isso me tranquiliza.

Mas… eu to pooota com esse negócio de neguinho me mandando desmamar. E mais: todos eles querendo me convencer que meu filho não precisa mais de peito, que é desnecessário, que ele já tá muito grande pra isso. Esse ultimo médico teve a cara de pau de me dizer que depois de 6 meses ou um ano, o leite não serve mais pra nada, não tem nutrientes e a OMS só indica isso para gente pobre que não tem como alimentar os filhos.

Olha, na boa. Que preguiça desse discurso.

Eu sei que tem gente que amamenta e engravida. E sei também que tem gente que não consegue engravidar por estar amamentando. Pode ser que eu consiga engravidar apesar da amamentação. Pode até ser que eu esteja grávida agora e não saiba. Mas eu não quero ir num médico que me pegue pela média. Quero que me examine, ué. Que me prove, por A+B que há (ou não) uma dificuldade para engravidar pelo fator amamentação (ou por qualquer outro ou por nenhum). Não quero desmamar meu filho sem ter certeza de que há um problema, entendem?

Meu marido disse que é uma questão de escolha, mas eu acho que, sem informação, não há escolha. Sem um exame de sangue que aponte hormônios enlouquecidos ou uma ultra que mostre folículos sem desenvolver, não há certeza de que amamentar é ruim pra uma tentativa de gravidez.

Não admito que um médico que não me conhece, não sabe da minha luta e nunca viu meu filho, venha me dar sermão sobre ser normal ou não eu alimenta-lo ao seio. Não quero dicas sem eu pedir, julgamentos, invasões ao cotidiano da minha família ou da forma que crio meu filho. O cara me chamou de “apegada” e me disse que eu preciso desmamar, que meu filho não vai nem ligar. Ora, gente. Acho irresponsável, presunçoso e, pior, desinformado.

Enfim. Eu sei que tão pisando no meu calcanhar de Aquiles e que, talvez, seja mesmo necessário desmamar pra engravidar. Mas eu não vou fazer isso baseada em achômetro de médico metido a Deus. Quero pensar, refletir, ter evidências baseadas em mim e não na historia da fulaninha ou da ciclaninha.

Ainda não sei o que fazer e, por enquanto, sigo amamentando e sigo tentando. Vai que rola um milagrinho?

43 respostas em “A saga do segundinho

  1. Bom Carol, eu nunca confiei que "amamentar não engravida" porque minha mãe engravidou amamentando e já ouvi outras histórias.

    Eu desmamei meu filho porque amamentar não era mais aquela coisa linda de viver, tava tenso a coisa por aqui. Se o Junior fosse como Luquitchos com certeza eu estava amamentando até hoje porque é um momento muito gostoso é só nós e eles e fim.

    Apoiada na tentativa do segundinho.

  2. Carol, nunca comentei aqui, mas acompanho seu blog desde o início da sua gravidez do Lucas.
    Mas ler esse post me deu raiva desse médico aí.
    Eu conheço no mínimo umas 10 mães que engravidaram amamentando o outro filho, e inclusive algumas delas mantiveram a amamentação do primeiro filho mesmo depois que o outro bebê havia nascido (pensa só na quantidade de leite com esse baita estímulo).
    Na maioria delas o desmame do mais velho foi natural "pra deixar mais pro irmãozinho" ou por ver outro bebê mamando e acabar perdendo o interesse.
    Sem traumas, sem forçar nada.

    Torcendo pelo segundinho!

    1. anos sem qualquer criança. meu marido às vezes queria me afastou para outras mulheres. Não até que eu
      conheci um testemunho de alguém a respeito Dr Adolo como ele ajudá-la antes, eu contactado-lo agora como eu estou falando com você agora sou uma mãe de um
      menino e uma menina e eles são gêmeos. eu quero que você me ajude a agradecer ao Dr. Adolo para o que ele tem feito na minha vida, se você quer a sua ajuda você pode entrar em contato
      ele via esse e-mail: dradoloebibitradomedicalhome@hotmail.com

  3. Oie Carol
    eu fui um milagre, pois minha mãe ainda amamentava quando engravidou de mim, e detalhe: não menstruava. Ou eu era um super sptz, ou minha mãe super fértil rs
    detalhe que pra engravidar da minha irmã ela precisou fazer n tratamentos, pois não ovulava regularmente.
    Aqui eu estou querendo cortar a amamentação em breve. bebela vai fazer 8 meses, ms morde meu peito demais.
    Amo familia grande, e pretendo ter mais um, mas só quando Bebela tiver uns 5 anos, caso contrário eu enlouqueceria hahahahah
    bjos

  4. Carol se tenho algo pra te dizer é "tamo junta"…

    Estou nesse mesmo barco, amamentando e tentando… a espera de um pequeno milagre…

    Decidi não "espalhar" a noticia para não ficar ouvindo essas chatisses, mas das poucas pessoas que sabem algumas já se manifestaram…
    mas assim como você to sem paciência para o discurso do desmame já senão não pode engravidar…

    então continuo a espera do meu milagre… e torço para que o seu chegue logo. 🙂

  5. Olha gata, eu acho mesmo que até que apareça um exame revelando uma doideira hormonal, tu pode engravidar amamentando. Acho que tu só não engravidou ainda pq é normal um casal jovem e saudável levar até um ano. É angustiante, mas normal.

    Agora esse chalalá do médico fodão me dá coisas!! A amamentação pode atrapalhar, fato. Mas não é regra. Então passa uns exames antes de mandar desmamar o menino, pô! Ainda mais sabendo que não é o desejo da mãe!
    A gente até atura a tia avó que acredita que o leite é "fraco" pra um bebezão, mas espera dos médicos mais informação. E pior que acho que é o senso comum entre a classe…

    Sijoga no sexo selvagem que logo pinta mais um baby porteño gostosudo por aí.
    beijoca

  6. Vamos lá que eu passei por isso há bem pouquinho: exatas 21 semanas.
    Eu engravidei amamentando! Uhuuul!
    Eu até te escrevi lá no fb, não sei se tu viu…
    Eu iniciei o desmame do Lorz dia 01 e engravidei dia 02. Mas foi desmame gentil, não foi: tu não vai mamar e ponto final, então ele seguiu mamando, mas menos, bem menos. E eu engravidei.
    Eu menstruei uma única vez depois de três anos sem menstruar e engravidei de novo (mais 3 anos sem menstruar). Mas desde que o Lorz tem 3 meses eu tento engravidar de novo. Fiz 3 milhões de testes de farmácia, me senti grávida, enjoei etc e tal. Tava enriquecendo a indústria farmacêutica! Deveria até receber cartão de Natal no fim do ano porque eu certamente enchi os cofres da empresa!
    Todavia, contudo, porém eu acredito nessas coisas de astros, destino e no são Longuinho. Eu tive uma experiência muito traumática tentando desmamar o Lorz once e jurei que só ia desmamá-lo quando ele dissesse: tira esse peito daqui que eu não aguento mais! Aí num belo dia eu acordei e sem planejar nada eu decidi que ia tentar de novo! E foi mega tranquilo! Ele não se traumatizou, não ficou triste, nem eu! E aí um dia depois de eu ter essa ideia maluca – do nada – eu engravido!
    Vai dizer que não parece que tem o dedo do São Longuinho aqui?

  7. Oi Carol…

    Como vc disse…não é impossível, sabemos de muitas pessoas que engravidaram enquanto estavam amamentando…Isso aconteceu com a minha cunhada ( que ainda nem pensava em engravidar!e ainda amamentava meu sobrinho de 2 anos…)pq não pode acontecer contigo.Não basta apenas ele dizer que isso não vai acontecer por estar amamentando, visto que acontece em muitos casos sim!!!Quem decide o desmame é vc…ou o Lucas (se ele não mais quiser)e não um médico que se baseia em hipóteses não é?

    E como vc disse…foi sua primeira menstruação depois de tempos…o corpo está se organizando novamente…Logo, logo isso vai acontecer – Lógico que qd a decide…queremos pra ontem né?Mas enfim…siga o seu coração!

    Bjs!

  8. Oi carol, já comentei algumas vezes por aqui, mas tem muito tempo que nao apareço, vc nem deve se lembrar. Minha filha mais velha Júlia tem a mesma idade do Lucas, e quando ela tinha 11 meses engravidei mesmo amamentando, mas eu já menstruava e tentava desde os 6 meses dela. Fique tranqüila engravidar as vezes e demorado mesmo. Quando eu engravidei da segunda vez a GO me mandou para de amamentar e eu menti que tinha parado e continuei, só que eventualmente quando a Juju mamava muito, eu sentia umas colicaszinhas e eu comecei a entrar numa paranóia de que eu podia estar fazendo mal para a segundinha. Eu amamentava chorando pois nao queria desmamar a Juju, pois ela tinha só 1 aninho, mas também nao queria prejudicar a bebezinha dentro de mim. Isso durou uns 3 meses, até que meu leite deu uma diminuída muito grande e a Júlia desinteressou e naturalmente nao quis mais. Eu senti muito fiquei um pouco arrependida de ter engravidado tão rápido, mas ao mesmo tempo sentia que para a Bianca era melhor que fosse assim. Escrevo isso para previni- la, pois logo vc pode engravidar, e êh bom vc já se preparar psicologicamente para estes dilemas de uma mae de dois. Pode ser que vc sinta o mesmo que eu, e o desmame aconteça com a gravidez, e a gente sofre viu! Há! Outra coisa interessante, o desmame da Juju foi tão natural pra ela que quando a Bianca nasceu, ela via a irmã mamar, eu sempre oferecia pra ela nao se sentir excluída e na esperança dela voltar a mamar de novo, mas ela nunca quis! E eu sigo amamentando minha fofurinha 2, que esta com 7 meses, e como nao quero outra gravidez por enquanto, a Bibi vai aproveitar os peitinhos da mamae por mais tempo! Rsrs. Beijo enorme e boa sorte. Renata Nicoliello

  9. Carol, querida! Eu engravidei amamentando! E, pasme, minha bebê estava com 2 meses de vida! Hoje tenho uma menina com 2 anos e 5 meses e um menino com 1 ano e seis meses. Portanto… sou das que acreditam: é totalmente possível (e, no meu caso, provável) engravidar amamentando!

  10. Carol, sua linda, obrigada pelo comentário lá no meu espaço! fiquei mó feliz!!!
    Bom, eu vi o bom palito mijado com tracinhos e já achei que era segundinho a caminho…. rsrsrsrs
    Querida, achei muito bom seu conselho lá no meu canto, nada mãe de merda! (mãe de merda sou eu que não tive coragem de comentar seu post passado sobre a plasticuda e vc pode imaginar porque, né??? sim, ela ainda está no meio de nós por aqui… vergonha).
    Sobre amamentar e embarrigar, conheço um monte de histórias de sucesso (histórias estas que me deixavam tensa quando eu amamentava e não pensava em ter nenê, sabe?). Uma hora vai "pegar barriga" !
    E sobre o médico, o que dizer, né? tb tô cansada desse tipo… mais amor por favor, doutores! né?
    bjo!

  11. Carol, nada a ver isso aí!
    Claro que é mais difícil engravidar amamentando, mas longe de ser impossível.
    Eu conheço uma mulher que teve o primeiro filho, e porque estava amamentando, achou que não ia engravidar. Em poucos meses, engravidou. Aí estava amamentando esse segundo, e achou que não ia engravidar, e engravidou do terceiro!
    É cada coisa que esses médicos dizem, e ainda completou dizendo que seu leite não serve mais pro Lucas. É rir pra não chorar!

  12. Carol, amamentar pode afetar a fertilidade sim, isso não é lenda, não é piada, não é maldade.
    Quanto mais a mulher amamentar (número de mamadas por dia) menos fertilidade vai ter. O fato de ovular não significa que a pessoa conseguirá engravidar já que a propria prolactina torna o muco cervical hostil (dificulta a subida dos espermatozóides), uma série de fatores conjugados faz a fertilidade diminuir quando uma mulher amamenta (o que obviamente não é um método contraceptivo eficaz, daí o grande número de relatos como os acima de mulheres que engravidaram amamentando)
    Não impede, mas pode dificultar. Ninguém mentiu para vc, mas é claro que é absurdo te julgarem por fazer amamentação prolongada.
    Estou grávida do 2o e nascerá com meu filho mais velho com 3 anos e 4 meses, como estou na mesma situação que vc (moro fora do Brasil e trabalho muito) hoje vejo com bastante clareza que este intervalo mais longo entre os dois filhos será ótimo para que eu não enlouqueca com dois bbs…
    Vai ver, logo estará grávida…. Dê tempo ao tempo…
    Beijo

  13. Carol, aja como sempre agiu: siga o seu coração. Por aqui, posso te dizer que é super possível engravidar amamentado. Aconteceu comigo… DUAS VEZES! 😉
    Tenho 3 filhos e super recomendo! 🙂

  14. E eu achando que essa pegação de pé era somente aqui no Brasil, PELAMOR pq eles querem tanto que a gente desmame os flhotes?! Continue na luta Carol, e se o segundinho tiver que chegar agora não vai a amamentação que vai mudar isso! Bjos

    1. É ñ viu Ju, ñ mesmo, me guilhotinavan com olhares de espanto quando EU amamentava meu bb de 2 anos (com um lencol por cima) para ñ pensarem q era por mostrar os seios, e ñ resido no Bradil ñ viu!

  15. Ola,
    acho que o amamentar, parar ou não é muito da sua relação com seu pequeno (e acho lindo, por sinal), mas uma dica de quem tem problemas hormonais (tenho Sindrome de Kallman, meu organismo não produz hormônio suficiente), e antes de tentar engravidar por um tratamento (que é bem caro e desgastante) queria ter a certeza absoluta que não ovulava. Procurei milhões de maneiras e sabe qual é a única? tirar sangue, dia sim, dia não, por um ciclo completo ou fazer ultrassons seriados, dia sim, dia não (ou no meu caso, 30 dias, porque sem remédio eu não menstruo).
    Então, dificilmente algum médico irá te fazer um exame de sangue ou um ultrassom. Nossos hormônios são bagunçados por natureza e qq coisa que possa deixa-los mais malucos, vai fazer com que os médicos "travem".

    Já fui um muitos, mas muitos e muitos ginecos, a imensa maioria não sabia nem escrever Kallman. E como saber se ovulava no meu caso? Só achei referencia em arquivos dos EUA, levei pra médica e disse: quero fazer isso aqui para saber se eu ovulo ou não.

    Mas oh, força na peruca e segue seu coração….
    Beijocas

  16. Carol olha eu Presente!!! Amiga amamentava e muitooo Lana era es e deixar voltar a ser uma mamifera de primeira, todos me avisavam a mesma coisa, olha que perdi o primeiro filho nas 12 semanas de gestação, engravidei com todas as formas de tecinicas de um atentante e entrei nas pilulas parei meio que salteada pois não estava segura do momento certo e engravidei assim mesmo, e prosseguir com a amamentação durante toda gestação mesmo que cheio de mitos e amamentei a primeira até o primeiro ano da segunda filha e acredito piamente se eu tiro este implante do braço e amamentando a Louise rola uma Terceira gravidez sim…engravidar tem nada haver com amamentar tem de acertar aquele dia aquele momento…planejado gera ansiedade e deixa agente aflita mesmo, mas no final engravida sim amiga, estarei na torcida

  17. Querida Carol,

    li o seu post, reli, pensei e eu faria o seguinte:
    Sabemos que espermatozóides vivem 4,5 (até mais) dias dentro da vagina e que o óvulo fica a disposição por apenas um dia.
    Se eu fosse você eu me programaria para "namorar" o marido a cada 4 dias durante o seu ciclo (para ter certeza que se o óvulo dá as caras tem alguém ali para fecundá-lo) e somente se isso não desse certo em uns 6 meses, procuraria conversar com um médico.

    Eu menstruei novamente quando meu filho fez 8 meses. Quando ele estava com 2 anos minha menstruação se regularizou (todo mês no mesmo dia). Hoje com 2 anos e 5 meses eu sinto o meu corpo como antes. O fluxo, a TPM, tudo voltou ao normal. Detalhe: O Lorenzo ainda mama profissionalmente, durante a noite, etc…

    Acho muito fácil falar para uma mãe desmamar. O filho não é da pessoa, não tem amor, chamegos – então… mande seu Dr. dar uma volta, esfriar a cabeça e só voltar ao trabalho quando aprender a falar com as pessoas e ser mais "humano".

    As informações sobre engravidar eu li aqui:
    http://www.babycenter.com/0_how-to-get-pregnant-fast_10337115.bc

    Beijos

  18. Eu parei com o cerazette e fiquei gravida um ciclo depois,sem ficar menstruada por 2 anos e amamentando.Não desiste!Amamentei o Lorenzo até o Théo nascer e quando voltei pra casa ele não quiz mais mamar.

  19. Oi Carol! Não desiste! Eu amamentando João (2 anos e 3 meses – igual a seu loirinho) engravidei do Mateus. João tinha apenas 9 meses quando minha menstruação voltou e pouco depois eu engravidei. Segui amamentando (com alguns períodos de seca e talz) e amamentei os dois juntos por um bom tempo. Faz mais ou menos três meses que João desmamou e, bem, às vezes ele pede ainda… Carol, não preocupa dá pra engravidar amamentando sim!
    um beijo grande

  20. Oi, Carol!
    Quase tive um ataque quando vi o teste, desci o post todo pra ver se tava grávida mesmo.
    Não tenho experiências para partilhar porque não sou mãe, mas tô aqui desejando muita sorte nessas tentativas. Vou rezar por vocês- e olha que sou atéia, hein? hahaha
    Logo, logo o bebê vem!
    Beijo

  21. Bom amiga, óbvio q sabemos q amamentar ñ serve de anticoncepcional mas, sabemos q é empecilho se a pessoa ñ é tão fértil assim q é seu caso.
    tem gente q engravida só de encostar, fato, mas, fazer o q se ñ somos assim?
    agente precisa treinar e vê possivel período fértil, já tem gente q foge do fértil igual o diabo foge da cruz, aff! e mesmo assim engravida.
    O fato é:
    penso q nem seu esposo, é questão de escolha, claro q pode rolar um milagrinho sim, pq ñ? e se vc tem fé, aí é q pode ocorrer mesmo.
    Mas, os médicos já sabem q a amamentação atrapalha sim engravidar, mas, se vc qria fazer todos esses exames q vc citou, segue uma dica:
    marca nova consultora com outro medico, pode ser do plano mesmo e vc ñ fala q amamenta, deixa ele te dá as guias p os exames e faz, q custa tentar neh?
    pra vê como é q tá.
    Bom, agora está em suas mãos. Ou continuar tentando da sua forma, ou segui orientação médica.
    por aqui tudo igual, a 4 anos tentando e nadaaaaaaaaaaaaaaaaa.
    Aff!

  22. Olha, tenho uma amiga que amamenta ha 10 ANOS!QUE É a idade do mais velho dela, depois dele ela teve mais 5 filhos! Amamentou todos, engravidou de todos amamentando, mas é claro que sabemos que tem mulher que realmente não consegue engravidar amamentando …

  23. Tamo junto Carol. Tô na mesma, achando que um milagre pode acontecer.
    Mas como demorei muito pra engravidar pela 1ª vez e meus ciclos sempre foram muito irregulares não sei não…
    Mas vamos lá… uma hora acontece.
    Bjos e boa sorte nas tentativas.

  24. Olha, é fato, em todo lugar existe médico escroto. Ta faltando gente tratando paciente como gente né? Como individuo, único, com sua bagagem, sua história, sua carga emocional.
    Acho super bacana quem contraria a OMS, estudos e mais estudos. Postei sobre isso hoje na fanpage do blog, uma revista aqui do Brasil colocando especialista para falar contra a amamentação prolongada e contrariando estudos. Nego acha que quem amamenta fica burro né? Só pode!

    No mais, saudades de vir aqui, e ler coisas como " especialmente quando quero dar".
    Torcendo aqui para você conseguir engravidar sem desmamar!

    Um beijo

    http://www.parabeatriz.com

  25. Ahhh, veja bem, mulheres engravidam amamentando sim! a única coisa que rola é que o ciclo fica doido tornando assim o controle mais dificil, e nega, parece brincadeira mas é mais dificil engravidar do que imaginamos.

    E outra coisa…se você fez o teste de ovulação e o tal deu positivo, significa que estás ovulando mesmo amamentando..então!

    Infelizmente chegamos a conclusão que médicos existem de todos os tipos possiveis e imaginaveis, o melhor mesmo é você se posicionar ( por exemplo, a favor da amamentação) e procurar um médico que trabalhe na mesma linha que você, um naturalista por exemplo…

    E claro que pedir prazamigas acenderem uma velinha pro filhote dormir noites inteirinhas para que você possa *Dar à la vonté! hahahaha

    Boa sorte!

  26. Oi Carol…
    sinceramente eu gostaria de saber que medicina é esta que se aprende hoje em dia, que tudo tá mais baseado na opiniao pessoal do médico do que no que realmente foi pesquisado… Eu moro na Alemanha, tenho 2 filhas, uma de 3 anos e outra de 6 meses, a minha GO é queridona, lfaz consultas sempre de mais de 1 hora e liga até em casa pra saber como vai… quando tive minha primeira, ela perguntou se eu ia amementar, isto depois de um mes do nascimento, entao eu disse que sim, dai ela falou, entao toma este anticoncepcional pq apesar de vc nao menstruar, vc pode engravidar a qq momento, da segunda filha foi igual, tanto q eu disse q nao queria mais filhos, ela logo me indicou algo definitivo pra nao ter risco, pois mesmo com o anticoncepcional e amamentando há risco de ficar grávida… daí mudei de cidade e no pediatra novo da minha filha, quando ela tinha 3 meses, o dito me pergunta espantando.. pq vc SÓ amamenta??? Ela já pode comer outras coisas…. eu quase dei um bofetao na cara dele… e mudei de assunto, disse bem claro que SÓ amamento por que eu quero, pq é importante pra ela e pq ela só tinha 3 meses, dai falamos de outras coisas e na hpra de ir embora, ele diz: entao fica assim, a partir de hj sopinha de cenoura pra ela… affffffe que ódio, tó vendo que consultar médicos só te levar fazer terapia pra tratar dos nervos rsrsr
    Beijos e se cuida, q logo logo o barrigao aparece de novo!

  27. Oi Carol, td bem? Faz um tempao que nao escrevo… entao peco licenca pra expressar minha opiniao ja q nao sou tao intima.

    Eu acredito que mulheres conseguem engravidar amamentando sim, mas acho justo o raciocinio do segundo medico. Vc sabe que tem dificuldades pra amamentar, por experiencia, e agora adicionou o fator amamentacao, que como sabemos, PODE dificultar a fertilidade de uma mulher, que normalmente nao teria dificuldade nenhuma. Acho que o que o medico falou eh que uma vez que vc tirar esse fator adicional, e nao engravidar, que ele vai investigar melhor. E eu acho justo.

    Vou fazer uma comparacao bem tosca, ta? Um gordinho vai no endocrino e fala que se mata na academia e nao consegue emagrecer. Ai o endocrino pergunta se ele faz dieta e ele diz que nao (ja q ve varias mulheres que comem o que podem e nao engordam de jeito nenhum). Quer fazer mil exames de sangue, tireoide, etc… ai o medico fala pra ele ficar 4 meses sem comer doces, nem tomar refri etc e se nao emagrecer ele pesquisa. Fez sentido?

    Entendo sua frustracao. Vc nao quer abrir mao de uma coisa pra ter outra sem saber ter certeza de que vc realmente PRECISA abrir mao daquilo. Mas acho que vc previsa confiar no medico. OU adiar um pouco mais seus planos de outro baby.
    Bjs!

  28. Carol,
    Nunca comentei mas acompanho seu blog há um tempo e adoro!!! Você é uma pessoa admirável.
    Minha experiência é a seguinte: engravidei novamente quando minha filha tinha 1a4m e ainda mamava.
    Ela mamava de manhã, à noite e de madrugada, rs. E assim que descobri a gravidez, decidi que teria que desmamá-la, mas não precisei fazer nada, ela largou sozinha, sem nenhum sofrimento.
    E é isso, possível é.
    Um beijo e sucesso com as tentativas.
    Aline Martins

  29. Relaxa, amamenta o tanto que vc acha que deve, se for pra engravidar, vc vai engravidar, muita mulher engravida amamentando….

    Assim como o sono do Lucas, vc deve ver a necessidade de vcs, como família. Se for pra ser, será.

    Pode demorar mais, mas vai ser quando for a hora.

    Tudo de bom pra vc 😉

  30. anos sem qualquer criança. meu marido às vezes queria me afastou para outras mulheres. Não até que eu
    conheci um testemunho de alguém a respeito Dr Adolo como ele ajudá-la antes, eu contactado-lo agora como eu estou falando com você agora sou uma mãe de um
    menino e uma menina e eles são gêmeos. eu quero que você me ajude a agradecer ao Dr. Adolo para o que ele tem feito na minha vida, se você quer a sua ajuda você pode entrar em contato
    ele via esse e-mail: dradoloebibitradomedicalhome@hotmail.com

  31. Caro Dr. Príncipe idialu, l foram tentando engravidar há cerca de 9 anos e agora eu finalmente ficou grávida de 4 semanas depois de tomar suas poderosas ervas produtos 'ervas fertilidade'. Foi simplesmente incrível. Eu tinha história de abortos de repetição, mas usando o seu produto fiquei grávida naturalmente aos 44 anos e depois de todos os medicamentos para a fertilidade consumidos incluindo 6 de indução ciclos de Clomid. Eu também tenho uma garrafa extra de seu produto, é informativo e muito útil. Muito obrigado Dr. príncipe idialu para o seu help.for inquirir ou e-mail ordem via:princeidialu@outlook.com or call him on:+2348107996889

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *