ou Season 3, dia 1

tava relendo um post meu de tempos atrás, chama-se Tente outra vez. Se você não tá com saco de ir lá ver do que se trata, ok, eu te conto: foi o dia que menstruei pela primeira vez após o aborto espontâneo.

me sentia feliz, me sentia mulher. estava ainda muito abatida pela perda recente, mas muito muito esperançosa. foi um vermelho-vida que me invadiu e me invadiu tanto que naquele mesmo ciclo eu engravidei do Luqui-licious.

pois bem.

então cês num imaginam qual não foi a minha emoção hoje, quando fui ao banheiro e vi, quase três anos depois, aquele vermelhão-vidão.

exclamei “ooooh!” e fui toda feliz correndo procurar um absorvente.

fiquei menstruada, geeents!

a maioria das mulheres com quem comentei sobre a falta de menstruação por tanto tempo me disse que foi “sorte”. eu não sei não. acho mesmo que sorte é ser uma mulher com M maiúsculo, sabe? M de menstruação bonita, regular, frequente, vermelha, maravilhosa. mulher com tudo que tenho direito, com todas as partes, todos os sólidos, líquidos, sangues, secas.

mas eu sei e a vida sempre me dá essa chance de aprender: cada coisa a seu tempo.

então hoje é tempo de recomeçar. repito a frase de anos atrás: hoje, o sonho de ter um filho (mais um!) volta a ser possível e, independente dos tempos da vida e só por hoje, eu me permito voltar a sonhar.

que recomece o sonho, então!

e segue a música que eu acho que simboliza força, coragem e vontade de recomeçar:

que eu tenho, sempre.

24 respostas em “Tente outra vez – parte III

  1. Carol, que notícia mais linda!!
    Tudo tem sua hora, sim, com certeza. E quando a gente esquece, a vida faz questão de nos lembrar, né?!
    Imagino a sua felicidade quando viu o vermelhão. É muita saúde, ebaa!!

    e que venha o segundinho!! o/

    Beijão!

  2. o
    estou 1 ano sem a vermelha, e me considero sortuda master rs
    mas aqui terceiro filho seguido seria suícidio dos meus cabelos rs então vou dar um tempinho para embarcar na terceira viagem.

    E que venham os treinos o

  3. Fico mto feliz por vc Carol, feliz mesmo. E mais que isso, eu agora entendo a sua felicidade em estar feliz. Dia 12/06 menstruei pela primeira vez depois do aborto. E pela primeira vez na vida fiquei tão feliz por estar menstruada. Sinal que meu corpo já está pronto para que eu possa tentar outra vez…

    Bjos e felicidades.

  4. Essa coisa de ficar sem menstruar depois de parida rende ótimas histórias… Uma amiga, sete meses depois do primeiro filho nascer e sem a visita do Chico (jurando que era a prolactina segurando as pontas), fez uma visita à ginecologista e se descobriu supergrávida. Tão grávida que em coisa de dias (!!) fez uma USG e já soube o sexo do bebê.
    Muita saúde nessa nova etapa, e que venha um irmão pro Luquitchous ASAP!!!

  5. Carol, seja a mulher que você é e ponto. Cada uma é cada uma, e o tempo que Deus te deu entre os filhos tem uma razão de ser. Claro que a fertilidade (nesse caso, representada pela menstruação) sempre foi motivo de inveja entre as mulheres; mas a gente sempre se surpreende. Ana da Bíblia era estéril, e depois de pedir muito a Deus por Samuel teve ele e mais cinco.
    "Os que com lágrimas semeiam, com júbilo ceifarão".
    Agurdando as cenas dos próximos capítulos 😉
    bjos!

  6. Oba!!
    Que friozinho na barriga começar a aventura de novo!
    Que seja intensa e breve essa espera pra espera!
    Ai me deu uma nostalgia essa história..
    Acho que esse segundinho(a)vai chegar em boa hora e o Lucas vais curtir muito a parceria.
    beijos nossos e manda as fotinhas?

  7. Invejaaaaaaaaaaaaaa!!
    Helena tem dois anos e um mês e nada ainda por aqui ://
    Você tomou anticoncepcional, Carol? Eu tomei nos primeiros meses, mas parei logo e ainda nada de voltar a menstruar. Bom, mas minha hora também vai chegar, né…
    Tudo de bom pra vocês!

    Beijo

  8. Que bom! Fico na torcida pelo segundinho!!!

    Carol, também gostaria de pedir um favor!
    Estamos vivendo um momento muito delicado no Brasil. Pela primeira vez em muitos anos, o povo brasileiro resolveu ir às ruas e falar o que pensa. São protestos contra a Copa das Confederações, Copa do Mundo, Olimpíadas, aumento da tarifa dos transportes públicos, tudo mais do que justo. Como você sabe, aqui não temos saúde de qualidade. Não temos leitos nos hospitais, faltam médicos e profissionais da saúde, faltam hospitais e postos de pronto-atendimento. As pessoas pagam planos de saúde com preços abusivos e ainda assim ficam sem um atendimento adequado e esperam meses para serem atendidos. Não temos uma educação de qualidade. As pessoas saem da escola sem saber ler e escrever… Pensar, então, menos ainda… Temos lugares em que ainda não chegou o saneamento básico, a energia elétrica e falta água. Não temos segurança e desconfiamos até da própria polícia, na grande maioria: corruptos! Não temos transportes públicos de qualidade, além disso, são caros! Dos políticos, então, a fama é a mais pura verdade: difícil encontrar algum que seja honesto! Mesmo assim, nosso governo gasta milhões em estádios de futebol e se gaba por aí da beleza do país! Além de todos os problemas estamos enfrentando uma inflação de 30%. O povo resolveu ir às ruas e em troca receberam socos, pancadas, bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha, mesmo estando pacíficos e entregando flores aos policiais. Atiraram até dentro de sacadas de prédios, jogaram spray de borracha até nos olhos de um cachorro! Atiraram em idosos e não se importaram se tinham crianças ou não nas ruas. Uma verdadeira guerra onde os únicos armados eram os policiais. Teve muita gente presa por carregar vinagre na bolsa, que é utilizado para que a pessoa consiga respirar melhor diante das bombas jogadas pelos policiais. Estão querendo aprovar uma lei que taxa como terrorista aquele que protesta! Também querem aprovar uma lei que obrigue uma mulher estuprada a manter a gravidez e conviver com o pai estuprador. Não sei onde vamos parar se continuarmos assim! Como mãe, me preocupo com o futuro do meu filho e luto por um país melhor e verdadeiramente democrático. Peço que você conte por aí o que está acontecendo por aqui. O mundo precisa saber o que acontece no Brasil!

    Obrigada!

    Lívia.

  9. coincidencia ou não, tb menstruei hj, após 2a3m. me deu uma peninha… meu bebê está crescendo!! ao mesmo tempo me deu um alivio, porque andei vacilando e até pensei que estava gravida novamente kkkkk

    estou em BsAs esta semana, vc sabe algum lugar seguro para comer no caso dos aplv's? minha bebe chega na quinta, e ela tem alergia a leite. to com medinho de comer por aqui com ela

    beijos

  10. Eu apenas ficaria feliz por poder tentar o segundo, pq do contrário, vermelha e roxa de tédio! Esperando uma idéia genial q faça descer tudo de uma única vez feito xixi! Vou patentear minha idéia! 8-)))

  11. Oi Carol (a íntima!)

    Então… tenho acompanhado seu blog (anonimamente) há muito tempo (li todos os posts – todinhos, desde o começo do blog) e super me identifico com voce (até com as neuras, hehehe). Estou super feliz que voce esteja pronta (fisicamente tambem) pra tentar o segundinho!!!! Te desejo toda a paciencia e sabedoria pra essa fase de treinamento e pra quando el@ chegar! Um beijo dessa mãe de cá que adora seus posts.

  12. Oi Carol.

    Também acompanho seu blog desde aquela época. Estava grávida de pois de 1 ano e 9 meses de tentativas. Ontem descobri que o coraçãozinho havia parado de bater com 6 semanas e 7 dias de gestação.

    Ouvir essa música foi essencial para mim hoje.

    Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *