Coisinhas ricas do meu corazón! Obrigada pelas belas palavras no post sobre desmame, fiquei tão emocionada! Quero contar que Lucas segue mamando, meu leite não secou, mas o desmame noturno está quase consolidado (totalmente guiado por ele, eu não tive que fazer nada, olha que bom! Só demorou dois anos!). Ao longo do dia, ele tem mamado como sempre e estamos felizes assim. Quando ele resolver que tá bom, ok, tá bom.

***


Mas vamos ao post de hoje: as festas de aniversário do pequeno! Fiquei devendo contar pra vocês como foram! Bem, esse ano eu dei uma leve maneirada e fiz só uma festinha íntima em casa e um bolinho pros amigos na creche. Foi assim:

Festa em casa

Não sei exatamente a metragem do meu apartamento, mas sei que ele é pequeno. Dois quartos, dois banheiros, sala, cozinha, varanda e cabou. Mesmo assim, eu cismei que queria fazer festa em casa. Minha família estaria aqui, eu não queria ter hora pra acabar, queria meu filho à vontade, brincando com seus próprios brinquedos, abrindo presentes na frente de quem presenteou (não foi possível abrir tudo, mas abrimos quase todos e ele brincou com tudo na mesma hora). Queria aquele ar de festa caseira, sabe?

A primeira coisa que eu fiz foi rezar forte pra ter um dia bonito de sol e temperatura amena. Pra poder usar a varanda na festa, senão só dentro do apê seria cruel pras 35 pessoas que confirmaram presença (no final, apareceram 33 e foi ótimo número). E olha que beleza de dia que São Pedro nos deu: 

Depois orei forte pra moça com quem eu tinha contratado os salgados, doces e bolo chegasse na hora e não furasse comigo. Porque em casa mesmo, só tínhamos feito brigadeiro de copinho, cachorro-quente e pipoca. Ela chegou, grazadeus, e as comidinhas dela tavam delícia, não sobrou quase nada pro dia seguinte (e olha que eu pedi a mais pensando em seguir comendo depois, hahaha). 

Também contei com a ajuda da família pra decorar a casa, arrumar a mesa, essas coisas. O trem da mesa do bolo foi pensado e executado por mim e pelo Maridón e, embora tenha ficado meio mabembe, o Lucas reconheceu que era um trem e isso foi o suficiente pra fazer a gente feliz.

A festa tava marcada pra começar às 16h, mas desde 14h tinha gente em casa, então começamos antes. As crianças comeram um monte de salgadinho, pipoca, cachorro-quente. Os adultos comeram outro monte de salgadinho, pipoca, cachorro-quente. Consegui conversar com todo mundo, brinquei com meu filho, tomei meu vinho, tirei fotos. Lucas brincou sem parar, comeu sem parar, mamou quando quis (e foram várias vezes, pra alegria da mãe-vaca), bateu palmas no parabéns, me encheu de orgulho e capotou de cansaço no meio de todo mundo, de luz acesa e música rolando, sem banho e sem escovar os dentes, às 22h. A festa acabou mesmo à meia-noite, dez horas depois que começou e duas horas depois que o aniversariante já tinha ido dormir. 
Fotos, muitas fotos:
cozamigo tudo
detalhe da decorrr
Maridón executor do trem
a varanda!
porque escrever “feliz aniversário” era muito grande, entao fomos de “feliz cumple” mesmo
dia lindo, noite linda – vista da varanda de casa
E posso falar? Deu um trabalhão, eu prometi pra mim mesma que jamais faria essa loucura de novo. Mas acordei no dia seguinte e já comecei a pensar na do ano que vem! 





Festa na creche

Como a da vez anterior, foi super simples. A proposta era levar um bolo sem cobertura e sem grandes elaborações, mas, diferente do ano passado, podia ter recheio (de doce de leite, veio escrito na agenda e tudo – ah, esses argentinos…). Comprei uma massa pronta de bolo do mercado mesmo (são boas, juro!), achando que tava sendo muito espertona, mas deixei queimar. Mãe de merda detected.

Minha salvadora sogra estava por aqui e se propôs a fazer outro bolo, caseiro mesmo “mas é bolo de bolo, tá?”. Tá ótimo, aceitei feliz. Ela fez bolo de vó mesmo, sabe gente? Desses que não tem medida, ela vai vendo no olho o quanto tá bom de cada ingrediente. Desses que ficam molhadinhos e você quer devorar quente mesmo. Desses que tem cheiro de casa, gosto de amor. Bem. Bolo devidamente assado, ela ainda recheou com o indefectível doce de leite e, noooossa, ficou dos deuses.

Chequei a lista de itens de festa pedidos pela creche (pratinhos, colheres pequenas, guardanapos, bolo – a bebida cada criança tomaria a de costume) e mais as lembracinhas que tinha preparado pros peques, tava tudo ok, então rumamos eu e sogra pra escolinha.

Ao chegar lá, me dou conta: esqueci a vela! Corri no mercadinho próximo pra comprar uma e tava fechado. Mãe de merda confirmed.

Implorei lá pra ver se elas não me arrumavam uma velinha já usada e olha o que me deram:

porra mae, que vela é essa?
Ou seja, né. O menino cantou parabéns pra uma vela de sete dias e vai sofrer bullying eterno por causa disso. Arfe.
– olha gente! a vela era feia, mas o bolo é muito bom!
Mas tudo bem. A verdade é que ninguém notou esse pequeno (not) detalhe, cantamos parabéns do mesmo jeito, Lucas ficou emocionadíssimo com a minha presença fora de hora, dançou, cantou e pululou, ficou se sentindo o máximo dos máximos, querendo siaparecer pros coleguinhas. As crianças comeram o bolo-delícia sem parar (teve um menininho que devorou APENAS três pedaços, fiquei pensando se não dão comida pra ele em casa, pobrezinho), não sobrou nem um farelinho pra contar história (e eu boba que queria levar o bolo de volta pra casa, nem o prato do bolo me devolveram). 
Sogrona, eu e o marrentinho

Enfim, foi tudo muito legal, amamos a presença da família, amigos, agregados e coleguinhas da creche que devoram bolos.

Já pode começar a pensar na do ano que vem?

32 respostas em “As festas de aniversario

  1. Ando muitooooo desleixada e fazia tempo que não vinha aqui o Lucas está lindo de morrer e vc uma mãe maravilhosa … a festa ficou um maximo tudo lindo e da trabalho mesmo mas é tao gratificante né… e que venha o ano que vem… beijos

  2. ah que lindo. O maridón leva jeito na decoração, aqui se eu pedir pra fazer um trem, acho que sai uma bicicleta kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    mas é muito bom se envolver nos preparativos, apesar de cansativo e trabalhoso. Eu tmb vou fazer a festinha de 3 anos bem simples e em casa de parentes, e espero que fique 10% da lindeza que ficou a sua.
    Mas ri muito com a vela de 7 dias kkkkkkkkkkkkkkkk
    bjos

  3. Carol, que festa delícia! Esse ano também fiz as festas da Isabella em casa (sim, no plural, porque fiz a do pijama com as amigas dela e uma outra, com avós, padrinhos e os mais chegados). Apertamento no apartamento, trabalheira, bagunça. Mas no dia seguinte tb estava pensando como é bom! A da caçula fiz no salão do prédio e tb foi bom, viu. Essa liberdade de 'estar em casa' vale a pena! Ficou tudo muito lindo na festa do Lucas! bjo e parabéns!!!

  4. Adoreiii tudo Carol! Como boa arteira amo posts de festas, e que mimo ficou esse trem, amei!
    Agora, tenho que confessar, rolei de rir com a vela vermelha de 7 dias kkkkkkk…
    Beijos querida!

  5. O niver de um ano da Alice foi em casa tb. Acho que deu o mesmo número de pessoas. No dia, eu queria esganar a mim mess por ter tido a brilhante ideia de fazer a festa em casa… Mas depois a sensação foi esta mesmo; acordei pensando no próximo!
    Tudo lindo e caprichado, como o Lucas!
    Bjs!

  6. Oi, fiquei na dúvida se comentava ou não, afinal, sempre tenho a impressão que esses comentários vêm de pessoas próximas, que você conhece, e eu sou apenas uma visitante aqui. Mas como achei que tudo ficou tão lindo, resolvi dizer. Acho que me sinto mais persuadida a comentar porque o aniversário de 1 ano do meu filho será no próximo dia primeiro e eu que estou cuidando da decoração. 🙂 E estou achando tudo isso o máximo!
    Achei linda a mesa de doces, a combinação de cores e super bacana tudo ter sido feito pelos pais. O trenzinho foi uma ótima ideia! Parabéns mesmo! E o mais importante de tudo é que agradou ao Lucas! Parabéns e felicidades para ele! Que seja um ano iluminado! Bjus

  7. Carol, pelamor, que pais prendados! Que trem fantástico! Tinha visto no face, mas a foto pelo celular fica bem pequena, não vi detalhes como aqui… nossa, que fantásticos vcs pela confecção deste trem!!!
    Realmente, a combinação de cores, comidas, sabores e cheiros já me deixou com fome!
    Deve ter ficado delícia!

    Agora, repare bem que eu estou pensando em fazer a da Laura em casa este ano. O meu ap tem 2 quartos, 1 banheiro(isto mesmo, um – se der caganeira geral, vamos usar o do vizinho), 1 sala, cozinha e tals…. 67 metros quadrados de muito amor onde eu quero colocar as famílias para bater palminhas para Laura nos seus 3 anos.
    (torcendo para a família do marido não poder vir do interior hahahahahaha brincadeira – sqn)

    Será em dezembro, um calor dozinferno e terá muito, muito calor humano naquela sala para comemorar o aniversário da pequena, pq eu não quero festa em salão de festa, nem em buffet, nem em lugar nenhum, quero em casa com cachorro quente, pipoca e suco espremido.

    =)

    Beijos, adorei!!!

    (e não, não tenho sacada, posso continuar planejando um aniversário assim?????)

  8. Ficou muito legal Carol.. Essas festas mais intimas, são as melhores mesmo.. vale a pena o trabalho…
    E posso falar? Vc ta a cara da magreza (isso foi um elogio rs). Como faz??? Dudu ta com 6 meses e to tão pançudinha ainda rs

  9. Carolzita a melhor foi a cara do lucas pra vela eu faleci de tanto ri e ressuscitei para continuar lendo o post rsrrsrs, aaaaah você nnão mostrou as lembrancinhas pra criançada e nem a lembrancinha das mamães vc disse que ia mostrar e como uma boa mãe sabe q não pode iludir criança (euzinha rs) então mostraaaaaaaaaa! kkkk

  10. Carol, a festa estava linda, linda, linda! Sinceramente, parecia festa de revista! Se vc ñ tivesse dito nada eu ñ diria que tinha sido tudo feito em casa, parece coisa profissional! Parabéns!
    Mas o melhor de tudo é perceber a felicidade e o orgulho de vocês! Dá pra sentir o amor através das fotos! Muitas felicidades!

  11. Eu nunca ri tanto na minha vida uhahuahauhaueuhhuauhe
    Vai ser uma lembrança para a vida toda, risadas garantidas sobre essa vela, achei muito divertido uhahuahuehuae
    As festas foram lindas, amei a criatividade com o trem, agora eu ri demais que não devolveram o prato uhahua

  12. Carol, hoje eu resolvi assumir, sou uma acompanhante de merda do seu blog. Porque veja, a pessoa acessa sempre que tem atualização, vê os videos que vc posta… mas na hora de comentar é sempre no 'daqui há pouco': toma vergonha devedora de comentários 😉

    Mas então… Houn, eu chorei com o post do desmame do Lucas, mas assim, tive imediante uma visão de seu barrigón de umbigo puladinho, fazendo as ladys do sexo masculino do seu trabalho tudo gritarem "eeewww" ao meus tempo; imagina se eles vissem um video de PN… mas por fim não comentei, assim como não comentei inúmeras vezes, desculpa tá?

    É porque, sei lá, para mim, vc tá aqui do meu lado (a loka) e eu posso passar para vcs meus comentários telepaticamente, mas como agora noto que vc não recebeu nenhum, bora escrever, né?

    Então, a festa foi lindooona, vc como sempre dá seu toque… o Pedro, pai arretado, todo trabalhado no Art Atack sempre à postos, e vcs aí, ainda com suas peitas com leite… mas sinto, lá vem segundinho. Sei lá, já tô vendo um segundinho indo pra creche com irmão, dois safadecos fazendo birra no carro, dois amiguinhos correndo pela casa… ah, mas antes é claro vamos curtir muito o barrigón (de novo).

    Enquanto isso desejo muitas felicidades ao Lucas, muita SAÚDE, beleza ele já nasceu com ela, fofura tb… então já tem meio caminho andando… se puxar a mãe: a rainha do sair ilesas das situações mais incríveis, aí ele já tem o caminho todo andado.

    Beijos e felicidades Lucas. E curta… tá expirando o tempo de filho único de acorda com minha bola de cristal.

    Mentira, eu não tenho bola de cristal, mas que acho que tá expirando acho 😛
    Beijas!!!

  13. Vamo la:
    1. Tudo lindo e delicia, como ja tinha te dito
    2. Nossa, nao reconheci meu proprio marido em uma das fotos e pensei: Olha só, que gato! Quem é/era? ahuiahuahuahuah
    3. Nao tiramos fotas com a minha barrigaaaa!
    4. Me ensina a tirar fotos bonitas pelo bem da minha criatura que vai nascer e crescer sem essas fotos bonitas aí?
    5. Festa em casa all the way! Sempre o melhor! Afinal, todas as nossas foram por aí nesse estilo, ne?
    6. Na proxima, faz RASGA-SACO????

  14. Festa perfeita! Já foi pra pasta de inspirações. Porque aqui em casa vai ser assim desde um ano: festa em casa, feita com amor, nada de aniversário estramboscópico em buffet. Marido super-concorda (aliás, pra ele, nem faz nada. só se for…).
    Diz a maridão que arrasou no trem! Demais!
    A vela foi fantástica! História pra contar pro resto da vida. rsrsrs
    Parabéns! Beijo, beijo!

  15. Delicia, Carol! Que lindas fotos!
    Aqui coisas parecidas. Domingo teve aniversário aqui em casa, 5 anos do mais velho, ai eu QUEBREI a vela na hora do parabéns. Arfh! Essa foi para os amigos.
    E domingo tem outra festinha em casa, agora para a família, junto com o batizado da caçula.
    E daqui dos meses é o aniversário de 1 aninho dela. E domingo eu dormi me prometendo que ela não teria festa. Mas e ai, vou resistir?
    Beijos festivos!

  16. Filho lindo, família linda, festas lindas!!!! Parabéns.
    Só pra dizer que já encorporei totalmente o "mãe de merda" no meu dia a dia! Quando faço alguma coisa não de acordo com o manual da mãe perfeita logo penso: mãe de merda! kkkkkk

  17. Explica esta loirisse, meu deus?? Cê tá pintando o cabelo do menino?? Luzes a la Bundchen?? rsrsrsr
    Ele está lindo demais, Carol! As fotos estão de dar gosto!

    Fiquei feliz demais ao passar aqui para minha visita semanal e ver o Dadadá linkado! Orgulho!!!Dá um alôzinho quando passar por lá!
    Bjs enormes!

  18. Parabéns pra família toda!!! Quem sabe não me animo pra festa em casa no ano q vem? Eu, q tenho um leve (#sóqnão) TOQ de arrumação, acho q enlouqueceria. Bem, algo a ser trabalhado.

    Mas venho aqui, encarecidamente, pedir uma ajuda, uma luz, um post q fale um pouco mais como foi o lance do desmame noturno. Como vc fez??? Tô sofrendo com isso. Não durmo mais. Marido não dorme. E Davi só quer saber de mamar de madrugada. Durante o dia, é super tranquilo, mama uma vez só, pra dormir. Agora de madrugada, tá flórida…

    Já chegou ao cúmulo de marido ter ataque de madrugada na frente do Davi, reclamando alto q não dormia, q ele tinha de parar com isso, e o pequeno, assustado, parar e ainda pedir desculpas (e nós dois acabamos caindo no choro logo depois, tudo na frente dele). Enfim, não sei o q fazer. Ajuda eu? :-/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *