mama

aos quase 22 meses, o único da sala dele na escolinha, mesmo com a mãe trabalhando pacas, com secas constantes (é gente, trabalhar AND amamentar tem dessas). Mama noturno, diurno, livre-demandurno.

Eu fico feliz, satisfeita, acho importante.

Lucas fica feliz, satisfeito, gosta do momento de mamar e ri pro peito.

O pai do Lucas fica feliz, satisfeito, acha que tenho mais é que amamentar mesmo e não reclama pra si as funções recreativas do meu seio. Aliás, o MEU seio, não dele.

O pediatra do Lucas não sei o que pensa. Tem uns meses que não falo com ele, tenho que marcar consulta pra acompanhar, já nem sei mais qual foi a última vez que estive lá. Mas da última vez, ele falou pra eu desmamar noturno, porque senão meu filho gremlin ia se reproduzir e infestar o mundo. Mentira. Ele falou algo de crescimento e hormônios e regras e eu ignorei.

E o resto do mundo… o resto do mundo enche meu saco. O povo me pergunta quando vamos parar, me diz que ele tá grande demais, que eu sou louca, hippie, piradona, que é horrível dar peito em público, me chamam de apegada demais, super protetora, exagerada, maluca, doente da cabeça, vou morrer, o mundo vai acabar. Aham. 

  

Mas tudo bem, porque, na verdade, só me importa a opinião dos dois primeiros relacionados nesse texto, por acaso os dois personagens da foto. 

Eu e Lucas. E pronto.

😉

72 respostas em “Ainda

  1. Q foto linda!!! Olha Carol, eu penso tipo Celso Russomano: Estando bom para ambas as partes…. Se ele curte, se vc curte tem mais é que dar o peito mesmo! Um dia ele vai desmamar e você vai sentir que deu tudo que podia dar!
    Keep going e manda esse pessoal mala cuidar dos próprios peitos! rsrs
    bjoks
    Carol
    http://www.meuparasita.com

  2. Legal!!!

    Completamos (hoje mais precisamente) 2 anos de mamadas. Meta atingida e sem prazo para terminar. 🙂

    Também acho que sou a única que ainda dá peito e a única a nunca ter dado chupeta e mamadeira. Nem sei o que pensam de mim, mas não deve estar muito longe do que o resto do mundo pensa de vc.

    bju

    PS: Lucas tá com uma cabeleira loira invejável agora, hein?! Gatíssimo!

    1. cê viu quanto cabelo? Um lindo!

      e parabéns pro Davi, que amor, dois aninhos! Como passou rápido!! (eu sei, clichê, mas parece que foi ontem que a Ju me contava da amiga dela que tinha parido!)

      beijao em vcs!

  3. Carol qto tempo nao venho aqui estava com saudades dos post otimoossss
    Bom aqui com 16 meses nao penso nem tao cedo em parar a nao ser que seja por vontade dela.

    E o povo é chato mesmo nao tem mais com que se preocupar e fica preocupado com "os nossos" peitos rsrsr

    beijos e otimas mamadas

  4. Coisica linda de se ver!!!
    Meu mano foi até os 4 anos, eu nunca mamei mami adoeceu quando eu nasce, e pasme, nem eu nem ele temos anteninhas verdes !!!!
    Povo chato….o que importa são vcs dois e fimmmm
    Bjinhos
    patricia Adorno

  5. Oi, Carol!

    Muito prazer, me chamo Carol (?!), acabei de chegar. E me deparo com esse texto. Curto, objetivo, lindo. Tenho pouca experiência ainda, meu bebê tem 7 meses só, mas quero ser como você quando crescer. Meu filho mamou desde que nasceu, mama "livre demandurno" apesar de comer super bem e mamãe aqui também trabalhar pacas, e não pretendo por termo final à amamentação. E olha, nosso começo não foi mole não, viu? Tá tudo aqui:http://www.umnovotempo.net.br/index.php?option=com_content&view=article&id=77:eu-bernardo-e-a-amamentacao&catid=1:blog

    Se tiver um tempo, lê. Se comentar, eu juro que caio pra trás de emoção! hehehehehe!

    P.S.: essa de que é horrível amamentar em público foi de doer, viu? Ato mais lindo de amor e cumplicidade entre mãe e filho, NAONDE que está a horribilidade da coisa? Povo doido!

    1. Oi Carol! Tenho certeza que vc e o filhote vao conseguir ir adiante com a amamentaçao, se ambos realmente quiserem. Vida longa ao peito!

      beijos e vou lá comentar no seu blog, mas nao caia pra trás!

  6. Carol, os peitos são seus, o filho é seu, o marido é seu… Você merece toda admiração pelo continuação da amamentação!!!!! Não deixem as pitaqueiras de plantão tirarem esse momento de vocês!!!! Elas não merecem ibope!!!! Se fossemos ouvir tudo o que dizem ficaríamos apenas vivendo de prazos, numa corrida de São Silvestre sem fim, só que sem as glórias de se chegar em primeiro lugar… Viveríamos só trocando de prazo: prazo para casar, prazo para começar a trabalhar, prazo para ter filhos, prazo para amamentar, prazo para voltar a trabalhar, prazos, prazos, prazos… Cada um que viva a sua vida e pare de matraquear sobre a vida alheia e sobre os peitos alheios kkkkkkkk O Lucas já sabe disso, sabe que o melhor para ele é mamar, saindo na foto no maior estilo "O que é que vocês estão olhando? Esses aqui são meus!!!" kkkkkkkk Vocês vão saber a hora certa sempre!!!! Continue acreditando e confiando no vínculo de vocês três que tudo vai se dar da melhor maneira, da maneira que deve ser!!! Bjusssssss

  7. Tá certíssima!
    Se você curte, o Lucas curte, e o pai não se atreve (e nem deve) oxe…. Jogue o peito pra fora e dê de mamar MESMOOOOOO!!!

    Não tenho filhos ainda, tô "tentandis"…. Não sei se vou ter "peito" pra coisa igual vc tá tendo. Mas sinceramente, vou deixar rolar do jeito que for melhor pra mim e pro baby. o resto que se exploda!

  8. Eu amamentei até 1 ano e 8 meses da minha filha! Livre demanda, trabalhando. Aí ela entro pra escola, chorava e pedia "mamá", saía antes das crianças (todas já desmamadas) e a professora repetia "ela mama, aí fica difícil aceitar a separação" e eu resistindo! Depois de 3 meses de choro e de ouvir a professora (não mãe) me dizer "se você continuar amamentando, ela nunca vai se adaptar", eu desisti, desmamei, ela parou de chorar, mas me arrependi de não me manter firme no propósito de amamentá-la até 3 anos! Se você tivesse escrito esse texto antes, quem sabe… rsrsrs

    Adorei!! Parabéns!
    Beijão.

  9. Carol, vc me inspira demais! Minha filha tem quase 9 meses e estamos indo muito bem até agora! Ela nunca provou outro leite.
    Eu também não sei explicar bem os motivos, acho que hoje são bem mais amplos que simplesmente nutrir, tem muito mais a ver com contato, elo, carinho, proximidade, conforto, segurança. Não dá muito para rotular, mas eu sei que é muito bom. Pra ela e pra mim.
    E muita gente pergunta quando vou parar. Gente, eu não vou colocar prazo!
    Na creche ela é uma das poucas que ainda mama, acredite se quiser. Eu sou só orgulho por isso. Minha ordenhadeira é minha melhor amiga e nada, nada é mais importante do que o compromisso que eu assumi com a minha filha, então faça chuva ou sol, estou lá tirando o leite pra ela. Às vezes num banheiro de aeroporto, às vezes numa sala de reunião ou num hotel. Não importa. Se eu não puder guardar, que pelo menos eu mantenha a produção.
    E de vez em quando vem a seca e… tomo chá, água de coco, me entupo de água, tudo de novo como se fosse uma RN. E pronto, a coisa volta ao normal rapidinho.
    E eu amamento em qualquer lugar. To nem aí! Ta com fome, levanto a blusa e pronto. Imagina se vou ficar procurando fraldário, poltroninha… A gente se ajeita como dá!
    Parabéns pela persistência e obrigada, obrigada mesmo por ter compartilhado tudo aqui!! Sem dúvida você me ajudou MUITO nesse processo. Tati

    1. Com 9 meses e ela é das poucas que ainda mama?? Nossa!
      Parabéns pela persistência e determinaçao, viu? Vocês vao longe! Fico feliz de poder ter dado uma forcinha pra vcs, de alguma forma.

      beijo grande e força nas peitas!

  10. Acho lindo ver uma mãe amamentando o filhote. Não entendo quem acha esse ato de amor uma aberração. Infelizmente, não pude amamentar meu pretinho. Mas ele tá aí, saudável, graças a Deus, e como disse a leitora do outro comentário, sem anteninhas verdes! kkkkkkk!!
    Adoro o blog, você e o Luquinhas.
    Beijo.

  11. "…O resto do mundo enche o meu saco", HAHAHAHAHAHAHA. Tão verdade…
    Às favas com o resto do mundo, que o peito é seu, o filho é seu, o leite é seu, ora bolas!
    (E o olhar do Luquinhas na foto? Tá gritando "tá olhando o quê?, rapa fora e cuida da tua vida!", hahahha!)
    beijo, gatona amamentadeira!

  12. ô delícia! Bia mamou até 2 anos e uns dias além. Foi bom demais enquanto durou! Tinha dias que eu enchia o saco, mas nunca neguei! No fundo, achava delicioso dela ali, se nutrindo em mim!
    Ciça mama exclusivo, com 3 meses e meio! E espero que demore tanto pra desmamar quanto a irmã!
    Marido também nunca reclamou, sempre apoiou!
    Ao resto do mundo, manda pra tonga da mironga!

  13. Oi!
    Tô exatamente naquele momento em que o peito começa a secar pq entramos com alimentação (vai pra escolinha em 1 mês e tals…) O que vc quer dizer com 'secas constantes'… tipo, seca e depois volta se eu insistir? Desculpe se a pergunta é meio besta, mas do meu primeiro filho secou e eu parei pq não tinha ideia que podia voltar o leite… Se isso é possível vou continuar tentando desta vez… Se puder me contar mais, agradeço… Parabéns pelo blog!

  14. Carol,

    Concordo com tudo o que já foi dito e mais um pouco, tanto por você quanto pelas outras meninas comentadeiras.

    O corpo é seu, o filho e seu e os seios são seus. Quem decide é? Hum… deixa eu pensar que essa é difícil… Você! Manda esse povo catar coquinho e comprar um gato que tem 7 vidas pra eles cuidarem.

    Bjs

    bebegergelim.blogspot.com.br

  15. oi Carol, posso te perguntar uma coisa em tom de conselho? Como vc faz qdo vc está meio sem leite e o seu filho quer por que quer mamar? Eu achava mega estressante e angustiante dar esse peito sem leite…por que minha filha chorava pacas…ficava brava….odiava sugar e não vir nada ou vir muito pouco…por conta disso acabei desistindo da amamentação qdo minha filha tinha 14 meses.. Hoje penso que era apenas uma "seca", mas como eu poderia ter revertido a situação? ela pedia para mamar apenas de manhã e de noite…e ao longo do dia eu não oferecia, aliás eu dava graças a deus…rsrs. Talvez eu devesse ter oferecido mais de dia ou tirado com uma bombinha né… Bom, tenho tempo ainda antes do próximo rebento para me preparar melhor.
    mil beijos e parabéns pelo blog, pelo filho e para mãe que vc é! Patricia

  16. Só posso dizer que vc está de parabéns!!!
    Está fazendo o que é melhor para o seu filho (e para vc tbm, né?)!
    Seria excelente se mais pessoas fizessem o mesmo, ao invés de ficar incomodando os outros…
    Abraços e tudo de bom pra vcs!!

  17. A gente cresce ouvindo que a amamentação até os 2 anos é essencial e quando uma mulher faz é criticada, eu sou a favor, gostaria de conseguir amamentar por muitos anos…tem um blog, acho que vc já deve ter visto, da Lola, ela postou uma matéria sobre amamentação 🙁http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2011/06/cqc-anti-amamentacao-vai-pra-pqp.html)
    Depois de ler esse post dela, me deu uma esclarecida e minha vontade de amamentar exclusivamente e em livre demanda a qualquer circusntância se fortaleceram!!!vc tem meu apoio Carol.

  18. Carol, ignore a todos e siga seus instintos!!
    Parei de amamentar meu primeiro filho com alpv por falta de infirmaçao, apoio e etc
    E agora vou pro setimo mes da Luana.. Tb com alpv graças a seu exemplo!!! Lembro que qd li seus posts sabia que o Lucas tinha alergia pois tinha vivido a mesma coisa!! Te mandei ate emails!!!
    E agora queria umas informaçoes…
    Com qt tempo vc voltou a comer leite e derivados???
    Com seis , sete meses mesmo com dieta vc via melhora no lucas???
    Tinha outros alimentos que vc via que ele nao ficava bem???
    Bjos e se puder help me!!!
    Raquel
    Tetelcabreira@bol.com.br

  19. Oi Carol, meu nome é Suelen tenho 27 anos e moro em Porto Alegre/RS e eu acompanho teu blog ja tem um tempinho mas nunca comentei nada aqui, li todinho seu blog desde o começo e achei o máximo, só fiquei meio triste q vc tem postado menos agora, mas tudo bem continuo acompanhando, e achei linda a tua história. Eu estou tentando engravidar a 4 anos já, mas faz uns 6 meses q descobri que tenho as trompas obstruídas e não posso engravidar, agora estamos na fila do SUS para fazer a FIV no hospital de clinicas de Porto Alegre.
    Mas falando sobre o seu post, acho bem legal vc amamentar seu bb eu tbm qndo tiver os meus quero amamentar assim sem limites de idade e horários, eu tenho um irmão que agora esta com 12 anos mas minha mãe amamentou ele até os 4 anos hehehe era mto lindinho, dai antes de ele fazer 4 aninhos ele mesmo decidiu que ele ja era um rapazinho e não queria mais mamar, ele falou pra minha mãe que ia mamar até o dia do aniversário dele, e como sempre foi mto determinado desde pequenino no dia da festinha dele ele mamou para dormir e disse q não queria mais tininha(era como ele chamava o seio da minha mãe) e nunca mais pediu. . . e foi assim q aconteceu o desmame do Gabriel… Bjuxx e saiba que vc esta certíssima de continuar amamentando seu Luqui Baby !!!

  20. Voce acaba de salvar uma amamentação.
    Faz 8 meses e 8 dias que não durmo, pois minha filha de 8 meses acha que é um RN e mama de 2 em 2 horas durante a madrugada e de dia tambem…Solução dos intrometidos: DESMAME. Sempre relutei, mas essa madrugada minha pequena acordou simplesmente 12 vezes pra mamicar minhas peitolas…sim, mamicar. Tentei de tudo, mas só acalmava e voltava dormir com as peitas na boca.
    Cansei.
    Esgotei.
    Chorei.
    Resolvi desmamar, não dei o peito o dia todo e ela chorou.
    Chorou.
    Chorei.
    Meus peitos lacrimejavam o leitinho que ela não mamou.
    Daí que li seu post. Entao peguei a cria e enfiei no peito, mamou como se nao houvesse amanha. Ela dormiu e eu disse bem baixinho: – Nos vemos daqui 2 horas….
    Ok, vou sentir falta disso um dia.

    Obrigada pelo apoio sem querer.

  21. Que lindo amamente mesmo fico com dor de cotovelo pois minha bebê de 7 meses ñ mama mas qd dou o peito ela rir e vira o rosto fico triste.Todos dissem ela vai morde seu seio ai adoraria viver este momento ah as pessoas q tem enchem manda catar coquinho. kkkkk

  22. O peito é seu, o filho é seu!! Então ninguém tem nada com isso!!!E, se já tem um tempão que você não vai ao pediatra do Lucas, é sinal que ele está ótimo!!! Passou aquela fase de nariz entupido e otite? Acho que sim, né? Beijão pra vocês!!

  23. Acho que a decisão sobre o desmame não cabe a todos. Definitivamente. Se você tem , pode e tem essa disposição (porque não é fácil manter a produção de leite quando se trabalha, fica muito fora. Eu não consegui, mesmo usando a bombinha no serviço. O leite acabou aos sete meses. Mas você sempre se esforçou pra manter a amamentação).
    Então, fica à vontade e deixa o Lucão mamar enquanto quiser, enqanto vocês quiserem. Meu marido mamou até os 4 anos de idade…

    Beijo Carol!

  24. Se só importa o seu filho e seu marido, pq vc está contando isso de novo aqui?
    Mulher, vc tem uma neura, uma fixação, uma doença com amamentação que chega a dar medo.

  25. Só pra deixar bem claro… não tenho nada contra amamentar… o que me incomoda é o drama que você faz a respeito disso. O quanto vc é insegura e finge não ser em relação a isso. Sai pra lá, doidona!

    1. cara, na boa, isso me parece inveja das brabas. um comnetário desse tipo, pra que? vc conhece a história de vida dessa mulher? pra que meter o bedelho com um comentário ofensivo desse. aposto que nasceu de um ovo e nunca mamou ou amamentou, sua cobra!

    2. Anônimo, sinceramente nao sei que tipo de leitura vc espera neste blog. Minha história de amamentaçao é doença, eu sou insegura, vc tem medo, está incomodado com o drama que eu faço e ainda quer que eu "saia pra lá". No meu próprio blog.

      Eu tenho uma sugestao melhor: sai vc pra lá. E nao volte mais, por favor.

  26. Oi Carol!!

    Finalmente estou comentando aqui, acompanho o seu blog desde o nascimento do meu filhote, que já já faz meio ano de vida, como passa rápido! Li TODOS os posts e A D O R O cada um! Obrigada por compartilhar suas preciosidades aqui!

    Te apoio!! Amo amamentar e espero que o Cadu queira mamar tanto quanto o seu Lucas fofildo!

    Um beijo para vcs

  27. Oi Carol,

    Acompanho há algum tempo seu blog, to pra te mandar um email contando o quanto foi importante para mim le-lo do começo ao fim…
    Bom voltei a le-lo tem uns meses, quando voltei a trabalhar depois da licença maternidade da Helena.
    Resuminho: sou mae de 2 filhos, Arthur 3 anos e 9 meses (amamentei ate os 11 meses dele) e Helena de 11 meses que ainda amamento…
    Confesso que tem horas que penso no desmame(durante a madrugada pois ela mama de hora em hora e eu tenho que trabalhar), mas ela é tão fissurada no peito que eu fico com pena …
    Durante o dia ela fica bem, mas quando eu chego em casa, ela olha pra mim e só quer peito… é lindo.. mas cansativo pois tenho o Arthur que quer minha atenção também…

    Meu conselho é : curta mesmo esse momento com o Lucas, pois por enquanto vc só tem ele para dar atenção.. quando vier o segundinho vc vai dar peito tb mas nao vai conseguir deixar ele no peito toda vez que ele quiser…

    Beijos e sou sua fã… qualquer dia desses vc vai receber um email meu..

    Ana Cecilia

  28. Coisa linda!

    O que importa é vocês se sentirem bem, o resto, na boa, que façam como o anônimo: (o tempo passa, o tempo voa, eu fico um tempão sem comentar e ele continua aqui)saiam pra lá, se não vem ajudar nem adicionar algo de bom.

    beijo!

  29. Que linda foto Carol. Nunca comento, mas to sempre lendo aqui ehehe
    Mas hoje tive que falar, não importa mesmo o que os outros acham, pensam ou querem que tu faça, só impota eu & ele, ele & tu. Se tá bom pros dois, então que siga 🙂

    Minha afilhada está com 4 anos e 6 meses e ainda mama, é só na hora de dormir ou quando se machuca. Tu só imagina o que falam disso né? Que a pobrezinha vai ficar dependente pra sempre da mãe, que não vai crescer, não vai ter amigos, não vai namorar, vai ficar doente, mimada demais, que nunca vai poder ganhar irmãos. Quando minha comadre pergunta o que acho disso, digo que quem sabe é ela, o peito é dela e se tá bom assim, elas duas quem sabe. Ela até já tentou tirar, mas sempre foi em vão, muito choro, muito mesmo, então ela continua. Quem sabe agora quando ela entrar na escola (sim, ela ainda fica em casa com a mãe, então imagina o quanto mais falam disso) acho que naturalmente o peito vai ser deixado de lado, sem choro e sem traumas.

    Beijos

  30. Aquela que se mete… Claro que vcs dois importam, mas acho importante a opinião do Pedro também, até pq ele é o pai, tem papel importante na família e na intermediação de vcs dois. Ele vai ser fundamental no momento do desmame, quando vcs decidirem deixar de ser um ser só, entende? Não sei se consegui explicar direito, mas posso desenvolver melhor hehehhe
    beijos ju

  31. Lindona, fiquei sabendo dia desses que minha tia amamentou a minha prima (hoje com quinze anos), até mais de quatro. Normal. O que me intrigou é que ele me disse que ninguém metia o bedelho não. Ó que coisa linda!!!

    Então, obrigada por continuar compartilhando com a gente a sua história linda de amamentação, porque precisamos ouvir isso mais e mais para entendermos que amamentação prolongada (?) é natural!!!!!

  32. Pelo número de comentários, dá pra sacar que esse tema é polêmico mesmo né? Mas fique tranquila porque nem você nem ele são gremlings!!!! Eu também amamentei até onde eu achei que devia e até onde meu filho quis. Como você mesma disse, é só aos dois que interessa essa história toda… Beijos enormes!!
    Bia
    Ah, escrevi um post meio mulher-macha (tipo que amamenta até quando achar que deve) hoje… Vai lá se tiver tempo, acho que vai gostar. Até!
    http://www.maedacabecaaospes.com.br

  33. Também passo por isso, e pela mesma duas primeiras opiniões: o importante é que a Amanda adora, e que o meu marido faça questão. A pediatra super apoia, e claro que a amamentação às vezes me cansa, mas a Amanda não pegou nem chupeta nem mamadeira, e no fundo, eu me orgulho muito disso. Não sei se isso acontece, mas eu espero que ela um dia largue voluntariamente. Até lá, livre demanda!!

    Adorei o post!

    Um beijo!
    Beth.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *