Cena 1
Filho com conjuntivite odiando o momento de pingar as gotinhas. Mãe cheia de paciência, pedagogia e papinho pra convencer o rapaz de que aquela meleca nozóio era mesmo muito boa e legal e amiga. Óbvio que ele não acredita e escandaliza em todos os 4 momentos do dia que precisa receber o remédio. Mãe pega conjuntivite também e entra no esquema das gotinhas. Primeira vez que vai se auto-gotejar: tem nervoso, chora, reclama. Filho vingativo acompanha tudo de perto e dá uma risadinha vitoriosa.

Cena 2
Todos recuperados, é hora de voltar à vida normal. Mãe acorda cheia de tristeza no corazón, doída de ter que deixar o filho na creche depois de tantos dias tão juntos, colados, pegados um no outro. Afinal, os dois passaram dias dormindo junto, acordando junto, cantando, comendo, cagando, tudo nessa simbiose bonita. Óbvio que o filho ia sofrer, ia sim. Chegando na creche, a mãe cheia de culpa, filho olhando tudo em volta, analisando. Ela preparada pro escândalo, lágrimas, gritos. Entram na sala, ele vê a profe, sai correndo, abraça a mulher e não olha mais pra trás.

Cena 3
Dia do mestre, escolinha fechada. Mãe tira o dia de folga no trabalho pra cuidar exclusivamente do filho e planeja um dia especial pros dois. Acorda cedo, prepara comidinha gostosa e fresquinha pro almoço do pequeno, dança a música do Mickey junto com ele, prepara brinquedos e suprimentos pra irem brincar muito no parque. Troca o filho cantarolando, sai de casa de mãos dadas com ele. Dão tchau pros cachorros e olham os passarinhos. Ela faz toda a prosopopeia pra chegada perfeita no parque (e pensa: “quando voltarmos, ele vai devorar o almoço e vai tirar aquela sonecona boa de 3 horas seguidas”). Rá, tolinha. Assim que entram no carro pra ir ao parque, o rapazinho pega no sono e nao há força neste mundo que o faça acordar – ela bem que tentou. Passeio no parque e dia perfeito: fail.

14 respostas em “Trollada pelo próprio filho – historinhas de um pequeno zoador de mamãe

  1. Ele está cheio dos cabelos, dona Carol!!! Tá lindo com essas madeixas loiras, um fofo mesmo. E cada vez mais a cara do pai… 🙂

    E nem me fale de conjuntivites. Davi já pegou umas duas vezes e foi uó.

    bju

  2. hehehehe!!!!Fiquei daquí rindo imaginando a risadinha dele enquanto vc colocava o remedio em vc….rsrsrsrs!!!!Só nós mães que temos o coração de manteiga mesmo, muitas vezes a gente quer ver eles chorando por nos deixarem e é a gente que sai com cara de tacho!rs!E sobre o parque nem acreditei….putz!rs!Ele tá muito fofo!Que cabelos lindos! ^.^

    Beijinhos

  3. Sorte dele que ele é lindo! hahaha
    Eu falo isso pros meus pequenos quando eles fazem coisa errada/malcriação…a sua sorte é que vc é lindo, senão eu estaria muuuuuito brava agora…hehehe

    beijinhos pra vc e pro lindo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *