No melhor modo postagem-Tabajara, deixo abaixo algumas frases que tem ocupado a minha mente e que, se eu resolver escrever um post pra cada pensamento desse, eu vou viver escrevendo:

– odeio frutas e, por isso, ofereço muito pouco ao Lucas. Logo, ele não sabe comer frutas. Como resolver? Preciso me obrigar, né?

– por outro lado, ele adora batata-frita (shame on me, mae de merda)

– mas, pra vocês não me tacarem pedras que eu alimento mal a criança, tenho duas informações que me salvam: 1) ele prefere mil vezes um bom pratao de arroz, feijão, carne e muitos legumes que macarronadas ou estrogonofes (que eu amo). 2) ele não curte sorvete, doce de leite ou chocolate. Até se interessa em provar, mas logo faz uma cara feia engraçada e rapidamente se distrai com outra coisa.

– ele tá numa fase muito da linda, mas, ao mesmo tempo, muito da chata. Se joga no chão quando contrariado, bate os pés, os braços e choooora copiosamente. Eu tenho tido uma paciência admirável, mas marido anda sofrendo um pouco.

– acho que preciso definir regras pro meu filho. Sinto que sou molenga demais. Por isso, tenho tanta paciência, aliás. Sou molenga, acho tudo lindo, logo nao me revolto com nada.

– preciso escovar mais e melhor os dentinhos dele.

– é que ele faz um puta escândalo para: 1) escovar os dentes, 2) fazer nebulização, 3) trocar fraldas e roupas, 4) largar a merda da chupeta, 5) cortar as unhas, 6) mudar de atividade quando precisamos que ele o faça (ex. parar de querer pegar as minhas maquiagens – ele chora muito). Daí eu penso que, porra, se cada coisa dessas é um escândalo, a minha sensação é que vivemos acalmando uma criança enlouquecida. Daí eu acabo pulando algumas coisas, pra evitar o estresse. Mas tá errado, eu sou mãe dele (olha a mae de merda aí de novo).

– estou tentando tirar o hábito da chupeta, deixando só pra hora de dormir. Mas olha, tá foda. Mesmo assim, tô encarando. Vamos ver.

– Lucas dormiu oito LINDAS e LONGAS horas na noite passada. Acordou, mamou e emendou mais três. Delícia.

– Alguns dizem que foi o feijão que eu fiz, que tava bom de-mais. Ele comeu com gosto. Se a fórmula for essa, te prepara Lucão, vais comer feijão antes de dormir TODO DIA, PRO RESTO DA VIDA.

– Mas, mesmo comendo bem, ontem ele vomitou. Um pouco só, mas tem acontecido algumas vezes, ele tá com uma tosse braba, que acaba provocando vômitos. Tadico. E o sapinho na boca voltou também, ai que saco. Hoje temos consulta de retorno no pediatra, vamos ver isso.

– Aliás, na consulta passada, que era dessas periódicas, vimos que Lucas não tinha engordado nada. Primeira vez em toda sua vidinha que não engordou de uma consulta pra outra. Tá com os mesmos 11,6kg que tinha aos 14 meses. Eu morria de medo desse momento, mas confesso que nem liguei, ele é um baby fortinho (aka GORDO).

– hoje tá frio, ventoso e chuvoso aqui em Buenos. Não vejo a hora da primavera chegar de verdade, de aposentar os casacos, de ser feliz no parquinho com meu filhote nos fins de tarde.

– cortei os cabelos. Tavam no meio das costas, agora tão nos ombros.

– aliás, voltei a freqüentar o salão de beleza semanalmente. Adoro esse meu momentinho, preciso dessa futilidade na minha vida. Mão feita pra mim é luz, é poder, é vida. Minhas olheiras tão no pé, mas minhas unhas tão vermelhas. E pronto.

– queria ir pro Brasil de novo, tô com saudades. Queria trocar de carro. Queria trocar a mobília da sala. Queria comer fora várias vezes por semana. Falta grana.

– falando em faltar grana, tenho pensado em ter outro filho. Mas, falta grana. Mais que isso: falta coragem. Não saberia colocar duas crianças pra dormir sozinha. Não saberia colocar duas crianças no carro sozinha. Não saberia amar duas crianças como eu amo a minha única.

– mas, antes de pensar nisso tudo, eu me lembro que o básico não acontece: eu ainda não menstruo. Lá se vão mais de dois anos. Eu até sentia falta de menstruar, de me sentir mulher, mas pintar as unhas e fazer os cabelos tem substituído bem essa necessidade do feminino pra mim.

– parei de ter medo do meu vizinho. Foi breve o sentimento. Agora estamos mantendo o que sempre foi: um coleguismo saudável. Deixa ele com o passado dele e eu me ocupo do meu futuro. Tudo certo.

E vocês? Também tem coisas aleatórias pra dizer? Sijoga aí nos comentários!

31 respostas em “Aleatórias

  1. Mariana anda fazendo greve de fome, nada tá bom, nada presta, torçe o nariz para tudo e eu já nem me descabelo mais porque ela engordou 1.200 nos ultimos 2 meses. Quando comia bem não engordava e agora que não come engorda kkkkkk vai entender…..
    Eu esperei 7 anos para arrumar grana e ter outro e se esperasse mais já estaria com a validade vencida para a maternidade rs…ela nunca veiokkkkkk.Sabe que o segundinho é mil vezes mais fácil Carol de criar, eles crescem que a gente nem vê o tempo passar rs….
    Eu achei uma que vem fazer unha em casa, aí quando Mariana dorme eu me embelezo, e te falo que não tem nada melhor do que se sentir bonita.
    Beijos

  2. É sempre assim, a gente sabe o que deveria fazer, o que é politicamente correto, porém na prática é bem mais difícil né?

    Parabéns por assumir seus "erros", ou deveria dizer, parabéns por ser NORMAL! 😉

  3. ndo pensando em todas essas coisas, menos do segundo filho (até porque ja tenho dois, rs). Mas voltando ao post anterior, me senti muito sua cúmplice: semana passada a Clara, que está com 20 meses ficou com um febrão e fomos para o hospital, Na sala de espera, pediu para mamar. Tinha uma mulher do meu lado que meu olhou com cara de nojo!!! Tipo, deve ter pensado todas as coisas que vc escreveu no post anterior. Finji que não vi, mas que me incomodou, incomodou. Que m#@$%!!! Me deixem amamentar minha filha até quando eu (e ela) quisermos!!! Aff!

  4. Sobre escovar os dentinhos, vale a pena ter todos cuidados necessários, porque é muito chato ter que fazer tratamento odontológico. A minha filha nunca teve cárie, mas as mamadas noturnas causaram uma desmineralização do dois incisivos superiores. Levei no dentista, fizemos uma aplicação de flúor especial para menores de 3 anos, para dar uma fortalecida, mas na primeira queda de boca no chão…..os dois dentes quebraram, foi mto triste, fiquei arrasada, mas a dentista é ótima, nos atendeu prontamente e fizemos duas restaurações totais, nem dá pra perceber…..Mas ficar na cadeira com uma criança de 1 ano e meio, é super difícil, pelo menos com a Isabella, é uó!!!!

  5. Carol, eu sempre tenho uma porção de coisas aleatórias para dizer (vide meu post sem pé nem cabeça de hoje), mas vou poupá-la e comentarei 2 coisinhas que seu post me fizeram pensar a respeito. A mais importante é que essa coisa de maternidade perfeita é balela. Eu acreditava nisso. Tipo minha tia, que falava, nos vendo comer Fandangos, que o filho dela JAMAIS comeria Fandangos porque ela é vegana e blá-blá-blá-whiskas-sachê. Nem vou contar o fim da história, mas preciso emendar, não sem veneno, que o filho dela precisou tomar cacetadas de vitaminas para conseguir crescer o que deveria.
    Acho que quem fica tirando onda de que "ah, mas se o seu bebê _____ (coloque um verbo + substantivo, tipo jogar-se no chão, comer besteiras, fazer manha na rua etc.)? O meu NUNCA fez isso, porque eu sou uma mãe presente, uma mãe fodona, que roí o cordão umbilical e comi a placenta depois de ter um parto estroboscópico e um aleitamento perfeito", das duas uma: ou mente, ou não é mâe.
    Segunda aleatoriedade a ser comentada: se a fórmula do feijão pré-sono funcionar, me avise, porque Arthur comerá feijão de noite sobretudo na adolescência.
    bjs

  6. hahaha Muito bom!

    Cara, essa parte dos dentes tá flórida. Davi tb odeia com todas as forças, mas é pq resolveram nascer pelo menos 8 dentes AO MESMO TEMPO. Daí que eu já notei que, quando eu forço um pouco pra escovar, sangra um pouco. Ou seja, machuca pra caraleo. Ou seja, já tô traumatizando o moleque. Ou seja, ele vai odiar para sempre escovar os dentes e vai ter milhões de cáries. E a culpada sou eu. Mas resolvi deixar pra lá (até pq o q é pior: forçar a criança a escovar os dentes, literalmente enfiando a escova boa a dentro, ou simplesmente deixá-lo comer pasta de dente e brincar na pia?).

    Aqui tb falta grana (período de matrícula na creche acabou com qq economia e vai ter q rolar um empréstimo bancário para honrar as contas de casa), falta paciência (às vezes minha, às vezes do marido, ainda bem que geralmente em dias alternados) e falta tempo pra ser mulherzinha (mas já tá bem melhor do que era há um ano, que o diga meu cabelo). E sobra vontade pro segundinho… Mas só no plano das ideias, por enquanto.

    E, finalmente, pra fechar as aleatoriedades: Davi, que comia até bastante fruta, só quer saber de manga e melancia. Pq? Pq muda tanto? Adoooora bolo e iogurte. Às vezes come bem, às vezes não desce nada. E nos dias em que come bem e muito à noite, dorme bem melhor (e aí enfio comida boca a dentro na esperança de ter mais horas de sono initerruptas – estarei criando um obeso, que tem o péssimo hábito de comer muito à noite?).

    ufa… Comentário longo. Bora parar por aqui.

    bjón

  7. Vixi que é o que mais tenho, no meio d euma reunião vem a mente…cade que coloquei as benditas folhagens na comida da bela? esqueci de novo @#@%@!!! E assim vai..kkk
    Olha não é mãe de merda não é só mãe, e mãe agente se torna no susto, mesmo planejando, do segundo então, acho que se pensar demais vai tuo ficar filho unico kkkkk
    Bjo e parabens pela vitoria do soninho!
    Patricia Adorno

  8. – se nao formos nos, os pais, a ensinar uma crianca enlouquecida a se desenlouqecer, quem o fará? Se nao formos nos, os pais, a por os limites nas criancas, quem o fará? ;e chato, custa, é pentelho, mas precisa ser feito, e pior, precisar ser feito por nós, pais, senão, outros o farão.

    – precisa de regras sim. Comece com poucas, faceis de obedecer. ou daqui a pouco voce vai ter um troglodita em sua casa.

    – deixa pra tirar a chupeta depois, se concentre na educacao dele agora.

    – nao eh problema nao engordar entre consultas, se ganhou estatura. De qq maneira, a rate de engorda agora deve diminuir. minha filha é um ano mais velha que o seu e pesa um quilo a mais.

    – e sobre ter outro filho… eu tenho 3, e levo e busco todo dia na escola. levo os dois mais velhos, volto com o bebe. De carro. 3 cadeirinhas. é possivel. sijoga. Vai dar trabalho agora, mas é bom que os pais se sacrifiquem pelos filhos agora, porque, quando os pais forem velhos, os filhos vao precisar se sacrificar pelos pais. entende? nao é peso demais para um filho só cuidar de dois pais idosos? eu acho.

  9. UFA!
    aleatoriamente falando: só percebi que era fácil ter um filho quando ou tive outro. me disseram que o primeiro filho é preparar, o segundo é apontar e o terceiro é valendo!!
    eu tô quieta aqui. porque acho que o número de crianças que não sabem limpara a própria bunda não pode passar do número de adultos disponível em casa.
    🙂
    bjo

  10. Vida de mãe é uma coisa de louco né?!Tava lendo os outros comentários e só conseguia pensar nisso: mãe é um bicho doido! A gente se cobra ser perfeita, se critica, mas se vem alguém falar um "A", a gente se descabela e acha um desaforo!rsrsrsrsrsrsrs!!!!A verdade é que toda mãe se sente mãe de merda em algo!Eu mesmo gostaria muito de fazer mais atividades divertidas com a Bruna, mas cadê que consigo?!Os dentes eu acabo sendo paranóica pq tenho uma prima dentista e ela sempre me fez "terrorismo" sobre problemas dentários que bebês podem ter e por isso escovo os dentes da Bruna umas 4x ao dia….sobre o feijão antes de dormir se vc ver que funciona manda feijãozinho no Lucão e durma com os anjos!hehehehe!!!!Ter um segundo filho?!Quero muito, mas agora nem a pau!kkk!!!Não consigo nem imaginar dar conta de duas crianças, acho que só terei outro quando a Bruna tiver uns 3 ou 4 anos!Até lá vou me cuidar, emagrecer e me preparar psicologicamente para outro bebe e mais uns 2 anos de falta de sono noturno!hehehehehehe!!!!!

    É acho que falei demais!

    Beijinhos
    Fafá

  11. Carol, sabe que eu penso também um bocado dessas coisas aí?

    Eu me acho uma mãe permissiva, mas não ligo. Deixo ela fazer aquilo que não representa perigo pra ela. Se quer mexer na maquiagem, eu dou uma que está vazia ou fico do lado supervisionando.

    Ela chupa minha escova de dente, molha na pia e chupa a água… Mas escovar os dentes dela é muito dificil. Tô nem aí, escovo os dentes dela com ou sem choro. Traumatizo mesmo.

    Briguei com marido no fds porque ele não tem paciencia com a filha. E ele só passa os fds com ela, tem que ter paciencia sim.

    Ela passou a manhã gritando hj. A babá me contou, porque eu não vi nada. Comigo ela ficou ótima, mas semana passada eu dei uma surtadinha besta por culpa da falta de sono e de um piti dela. Deixei ela deitada no chão chorando por 1 minuto até me acalmar. Quando a babá chegou ela ficou ótima. Quer dizer, cada dia ela testa a paciencia de um. Melhor assim.

    Não tenho tempo para nada, salão de beleza é luxo inatingível. Por outro lado queria muito que o segundo chegasse. Menstruei em julho e nada depois disso. Paciencia é o nome do jogo.

    Isabela não pesa nem 10kg. Acho que nem com 2 anos minha filha vai pesar 11,6kg, ou dormir 8 horas seguidas. Tive que desencanar, senão ficaria louca. hehehehehe

    Beijão

  12. olha, eu tb sofro pra escovar os dentes do menino, assumo que varias vezes não faço
    e eu tbm sofro com os escandalos pra ele não mexer em alguma coisa ou parar de mexer… pq no fim ele sempre faz… as vezes eu invento coisas pra ele colaborar q eu mesma me arrependo depois, tipo de manha que ele num me deixa passar requeijão no pão, daí eu vou e dou uma colherzinha pra ele passar tbm, daí ele acha muito legal e não quer parar nunca! Aff… minha vida é distrair esse menino, pelo menos, ele tá cada vez mais colaborativo, assim sozinho, por ele mesmo, acho amor.

    parabens pelas 8h de sono, parece mentira né? qdo aconteceu comigo eu fiquei sem acreditar!

  13. Foto do cabelo, né?
    Outra coisa, eu digo que, vez ou outra (não dá pra ser sempre senão vira um bundalelê e a criança cresce sem limite mesmo), eu escolho quais guerras guerrear!
    Quando dá pra ignorar a merda que a Bia tá fazendo, eu ignoro solenemente. Ela tá bem maiorizinha que Luquito, mas tem dado certo. Sinto que às vezes ela faz as cagadas pra me testar…
    diria que 90% das vezes ela é repreendida e leva esporro mesmo, mas tem uns 10% que são solenemente ignorados! hahahaha

    Carol, qt a tirar a chupeta, é duro mesmo! Boa sorte aí! Bia foi simplesmente arrancada da chupeta. Sai pra escola, qd voltou não tinha mais! Se recuperou rápido. Mas ainda usa qd dorme na minha mãe, pilantrinha! Mas só tirei com 2 anos! Acho que menorzinho deve ser mais difícil mesmo!

  14. São muitas coisas para fazer considerações, mas enfim, vou deixar algumas em itens tb!

    – Vítor tbm está numa fase linda e chata. Ele se joga no chão e faz escândalo quando tentamos impor limites (por ex.: não chutar a porta de vidro da sacada com toda força do mundo).

    – Escovar os dentes aqui não rola fácil, não. Ele adora a escova e a pasta (pegar, morder, jogar no chão), mas quem disse que deixa eu escovar os seus dentes?

    – Desde o primeiro ano o Vítor praticamente não engorda, isso que ele come bem pra caramba. Não nos preocupamos com isso, pois como tu disse… ele é gordinho e conforme o pediatra está super ok na curva de crescimento.

    – Sobre dois filhos: sim, exige grana. E como! Primeira ida na farmácia desde o nascimento da Clara e já tive que deixar meu fígado para pagar tanta fralda, lenço, pomada e etc. Sobre o amor: ele cresce junto com a barriga e só aumenta depois que nasce. A gente aprende a amar fácil fácil mais um ser gostoso e cheio de dobrinhas que saiu da gente mesmo (isso eu te garanto!).

    – Ainda sobre dois filhos: eu engravidei do segundo depois de menstruar uma vez só. Menstruei em outubro, nada em novembro, em dezembro um negativo em exame de farmácia (mas nada de menstruação) e em janeiro um beta positivo. Acho que isso é relativo, pois algumas mulheres engravidam direto, antes de voltar a menstruar.

    Beijos!

  15. Carol, querida, estamos em fases muito parecidas, apesar de a Laura ser mais velha do que o Lucas cerca de 5 meses…

    Birras mil, chupeta a todo vapor mode on, escovar os dentes, nem por um milhão de dólares (brincar, morder e carregar para todo o lado vale… mas escovar, não). Voltei a fazer unhas e cabelos e me sinto a DIVAH quando saio do salão. Durmo mal pra cacete, mas minhas luzes estão em dia, então, está tudo bem. hehehehehe (mentira, eu queria dormir melhor).

    Laura já sabe demonstrar sono e pedir para dormir, mas isso não significa que vá realmente dormir ou vai só deitar, tomar mamadeira (mesmo à tarde, por ex.) e ficar enrolando até levantar…. não sei.

    Deixo muita coisa por aqui, que, acredito, eu não deveria deixar. Mas acredito piamente que eles têm que ter um espaço "neutro", um raio em volta que não seja nem proibido, nem permitido. Aquela velha história de "não vi", ou seja, não deixei, mas não briguei. Ando brigando muito com ela, por tudo, pq ela está incontrolável nos quereres, nas suas vontades mil… mas… os limites estão aqui para serem impostos e eu faço o meu máximo para explicar tudo o que posso. O que eu não posso, na hora que acontece, eu não falo nada (se não vi realmente ou não tenho como estar junto par amostrar o certo, por ex.), eu finjo que não vi. Mas não é comum. E não é muito raro tbm…

    Entende?

    Semutudoingual.

    Beijo grande!

  16. Carol, deixa eu dar um pitaco, sera que ele naomtem refluxo?? Minha filha tinha uma tosse que nao passava por nada e o alergista mandou fazer uma eco pra investigar refluxo, que e uma das principais causas de tosse cronica. Eu nao sabia e achei estranhissimo, e nao e que era refluxo mesmo? Sei la, as vezes se a tosse e persistente e ele ainda vomita, comenta issomcom o pedi. Bjs

    1. Já pensei nisso também… Eu tenho refluxo e rinite das fortes. Dormir, às vezes, é impossível! Se o desconforto estomacal mais o nariz entupido não deixam um adulto dormir, imagino como deve ser horrível pra um bebê!
      (Não sou mãe mas to sempre aqui!)

  17. Adoreiii… Eu encaro todos os blogs que eu sou fã (como o seu)como uma novela… fico sempre torcendo profundamente para a mocinha estar grávida! rsrsrs Adoooro as suas notícias e adoraria acompanhar o desenrolar de mais uma gestação!

  18. Pra variar amei o post e me identifiquei um monte…e acho que tenho uma diquinha que possa ser útil, o Dam também chorava horrores pra fazer a nebulização…parecia que tava rolando um exorcismo, até que eu tive a idéia de fingir ser comida… (meu filhote tmb é "fortinho") Tirei a máscara…deixei só o caninho mesmo , e fiquei falando…hummmm que fumacinha gostosa, nossa que delicinha de fumacinha vou comer tudo sozinha…Na hora ele começou a queregr comer a fumacinha e assim tornaram-se até engraçadas as inalações…rs ele agora quando ve a maquininha pede…e aqui no Brasil o tempo ta mais seco que o Saara então elas estão sendo diárias… Depois conta se deu certo!!!

  19. Ahhhhh amar duas crianças vc vai saber, é inexplicável.
    Chegaram a me jogar pedras, quando eu grávida do João, confessei ter esse sentimento, achava que iria preferir a Malu.
    Aí veio João, um gordinho fofo, temperamental, especial e MUITO MUITO apaixonado por mim. Pronto! Quem me jogava pedras por duvidar do amor que eu sentiria por ele, agora me jogam pedras por achar que prefiro ele. KKKKKKKKKK!!!! O amor quando chega mais um filho, não duplica não, triplica, não dá nem pra explicar, nem sei como cabe na gente.
    Outra…. joão é idêntico no quesito dar ataque. Eles acontecem quando: colocado na cadeira do carro ou no carrinho, está com algo perigoso na mão e eu tiro, quando contrariado de um modo geral. É FASE!!!!!
    beijos

  20. Oi Carol, leio seu blog todo dia, mas nunca comentei. Queria só falar duas coisas que podem te ajudar. Eu também odeio frutas, mas me esforço muito para meu filho comer todo dia, assim dou 2x por dia, eu não como, mas desde pequeninho ele come, todas as frutas e tento variar. O negócio é comprar e ir oferecendo, deixar ele experimentar os sabores e ver o que ele gosta. Outra coisa é a nebulização, meu filho odeia com todas as forças e era um escândalo, mas descobri um nebulizador incrível e minha vida mudou. Ele tinha pavor do nebulizador pelo barulho que faz, então era uma luta porque qdo ele dormia acordava com a barulheira e tb demorava demais, tinha que ficar entretendo ele, um saco! Esse nebulizador: http://www.soniclear.com.br/index.php?secao=produtos&codigo_produto=6 é perfeito, é SILENCIOSO e MUITO rápido, 5 ml vão embora num segundo porque ele é ultrassônico. E o melhor, pode colocar em qualquer posição, fiz no meu filho deitado e ele nem acordou. Se der para comprar valei muito à pena, eles também tem um portátil no mesmo esquema. boa sorte! bjs

  21. O Miguel (1a2m) está bem assim tb!

    Tudo que a gnt tira da mão dele pq não pode ele abre o berreiro. Será que é fase?

    Ele tb odeia trocar fraldas. Seria tão mais rapido se ele ficasse quietinho, mas o tempo da troca é muito maior pq ele chora e fica se contorcendo todo.

    Eu tb não como frutas mas ofereço uma ou duas por dia pra ele, no horário do lanche da tarde e como sobremesa.

    Tb acho que não faço a higiene dos dentinhos como deveria ser feita.

    E tb já estou pensando (mas só pensando) no segundinho…

    Beijos pra vcs!

  22. Ahhh, como é bom me sentir normaaaaaaaal!! kkkkkkkkkkkkkkk!! Que alento saber que tem mais alguém o mundo que sente o que eu sinto (em todos os pontos citados no post. Impressionante!)
    Loucura compartilhada é tudo! kkkkkkkkkk
    Sorte pra nós!
    Beijão!

    Cris

  23. Sobre a chupeta, fica tranquila que quando for a hora ele larga. Bryan só largou com 1 ano e 8 meses. Ele usava mais pra dormir, e uma noite eu escondi, e ele chorou por duas noites pedindo. Mas depois acabou esquecendo e dormiu. Foi uma libertação na minha vida, porque ele vivia mordendo os bicos e toda semana eu precisava comprar uma chupeta nova (que custa quase 12 reais). Mas quando você decidir tirar, tem que ser firme. Ele vai chorar por alguns dias, mas depois vai esquecer. Procure substituir a chupeta por outra coisa, como fraldinha, ou um bichinho que ele goste para dormir.
    Engraçado que aqui em casa Bryan ama frutas, e eu tmb, mas se não lembrar nem como. Ele gosta mais de maça, banana e mamão, e o que a gente oferece ele come (menos abacaxi).
    Eu tmb preciso escovar melhor os dentinhos dele, pois na fase da independência que ele está, ele mesmo quer segurar a escova e acaba nem escovando direito. Outro dia os dentes estavam amarelinhos e eu quase enfartei rs
    Bryan nunca foi fã do nebulizador, só agora grande que veio curtir.
    Sobre ser tolerante com algumas birras , eu tmb sou muito e hoje sofro com isso. Pois ele geralmente apronta, e sabe que eu não vou bater, nem conseguir dar aquela bronca que o pai sempre dá. Nesse quesito o pai é bem mais enérgico, às vezes até demais e eu sofro com isso!
    O segundinho é aquilo. Eu tmb fico imaginando como será colocar 2 crianças pra dormir, ou melhor, 1 pra dormir, e o outro chupeitando o peito pela madrugada.Não sei como vou dar conta, pensar já me deixa toda arrepiada.E olha que Bryan vai ter quase 3 anos.
    bjos

  24. Lindinha… tudo tão normal! Frutas aqui em casa são comidas por obrigação. Inclusive por mim e por marido. Sabe aquilo: "gente! a uva está estragando! Corre todo mundo comer uva!!!" E aí fazemos um mutirão para comer as frutas e não jogá-las fora.
    Sobre chupeta… sei que alguns vão me odiar por lhe dizer isso, mas deixa o bichinho, vai. Ainda é tão novinho! Tirei a chupeta de meus dois filhos com 3 anos. Depois coloca aparelho, faz fono… E daí? Esses profissionais existem para isso. Além do mais conheço várias – várias mesmo – crianças que nunca chuparam chupeta e hoje usam aparelho e fazem fono… Para mim, isso é uma questão de sorte, sabe. Sor-te. E ponto.
    Eu acho que o fofucho dormiu bem depois do feijão porque ficou com a pança bem cheia! 🙂 Lasca feijão. Uma vitamina de leite (o seu, tá. Não sou nem louca de pensar em outro) com abacate também pode funcionar. 😛
    E sobre o outro fofuchito, cada coisa no seu tempo. Não vale a pena se preocupar com esses "e se". Quando vier, vocês darão conta. E ponto.
    Grande beijo,
    🙂

  25. Então Carol,

    escovar os dentes tá difícil por aqui. Bebe fez um ano e confesso que ainda não rolou, só ensaiamos mesmo e com choro.

    Também faço vista grossa para algumas coisas, porque tem birrinha para fechar a porta, depois para abrir a porta. Depois para segura copo de vidro, depois para ir no banheiro mexer na privada… ai é uma lista de coisas que Bebê quer fazer que não deixamos que quando é menos grave acabamos molengas e deixando. Tipo assim brincar com celular…

    Agora a parte da comida estou me sentindo vitoriosa.
    Comemos tudo quanto é fruta, verduras, legumes, arroz integral, cevadinha cozida, cereais, quinoa, carne, peixe frango, iogurte, vitamina de frutas. Tudo feito em casa. Algumas coisas eu congelo para ter sempre, confesso. Fritura e doces nunca comeu. Nem biscoito recheado ou wafles ou similares. Só maizena, maria ou polvilho.
    Confesso também minhas falhas, outro dia tive que dar um nestle. Assim não tive, mas tive entende? Era nestle ou ir embora. Então foi nestle. porque não tinha jasmine (papinha organica) disponível e a comida do lugar tava demais para bb de um ano. E onde eu moro não tem outras opções de comida para Bebê. e ele comeu tudo do potão e gostou.
    Então é isso.
    Cada um com suas dificuldades e alegrias, vamos levando!

  26. Achei o maximo a parte em que disse que não saberia colocar duas crianças no carro sozinha. Tb só tenho um filho e já me peguei pensando nisso. Rs. Mas vc com certeza amaria o segundinho tanto qto ama o primeiro. Desencana. Bjo. Marianne (da Parto Nosso)

  27. Essa é bem universal! haha

    Adorei!

    – é que ele faz um puta escândalo para: 1) escovar os dentes, 2) fazer nebulização, 3) trocar fraldas e roupas, 4) largar a merda da chupeta, 5) cortar as unhas, 6) mudar de atividade quando precisamos que ele o faça (ex. parar de querer pegar as minhas maquiagens – ele chora muito). Daí eu penso que, porra, se cada coisa dessas é um escândalo, a minha sensação é que vivemos acalmando uma criança enlouquecida. Daí eu acabo pulando algumas coisas, pra evitar o estresse. Mas tá errado, eu sou mãe dele (olha a mae de merda aí de novo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *