Lucão mama profissionalmente desde os dois meses de idade. Por profissionalmente, quero dizer: ele é bom na coisa. Ele é bom e rápido. Desde a tenra idade, aprendeu o jeito e fica pendurado coisa de 5, 10 minutos no máximo. Não usa o peito como chupeta, não dorme no peito – ele mama, termina, larga e aí sim, dorme. Ou, se for durante o dia, já senta no colo e começa a falar, sinal de que terminou. Por ele ser tão rápido e eficiente, vejo que faz muita força pra mamar. Sempre puxou muito o bico, engole rápido e às vezes chega ao cúmulo de me empurrar com as mãozinhas, só pra fazer mais força na sugada. Quem já reparou até comenta “que intenso!”.

Mas bem.

Fora a época que ele achou que era legal morder meu peito, eu nunca senti muita dor, nem no começo. Nunca tive mastite, empedramento, febre, peito rachado. Sorte, eu sei. Me achava A EXPERIENTE, A CALEJADA (até no sentido literal mesmo).

Até ontem.

Não sei o que houve, mas eu já vinha sentindo dor no mamilo direito: talvez um posicionamento errado dos dentinhos do Lucas, talvez o leite tenha diminuído e ele esteja fazendo ainda mais força pra sugar. Não sei. Sei que tava doendo. Daí, de tarde, eu ordenhando depois do almoço, como sempre, começo a sentir mais e mais dor. Olho pra bombinha tira-leite e tava lá: sangue, um monte. CARACAAAA. Tirei rapidamente o seio, limpei e fui olhar: o mamilo tava todo rachadinho, coitado. E ardendo.

Passei leite, esperei secar e depois besuntei com Lansinoh. Mas CREDO. Que coisa estranha e fora de hora! A pessoa amamenta há um ano e três meses e vai rachar o peito logo agora? WTF?

Mas bem, depois de amamentar doloridamente pela última vez no meu dia, já sentadinha na cadeira de amamentação, começou a nossa noite número 6 do projeto Dorme Lucão:

Quarta, 22/08, Noite 6

20h – Depois de mamar, dormiu rapidinho no colo. Pus no berço e, ao sair do quarto, ele acordou e começou a chorar. Voltei, pus ele no colo, olhei bem dentro dos olhos dele e falei que tava tudo bem. Ficamos nos olhando assim até que ele relaxou e dormiu. Ainda o mantive no colo uns bons minutos, fiquei feliz de tê-lo ali, de vê-lo crescer, essa coisa toda de mãe boba. Saí do quarto já era 20h30.

0h – acordou, chorou, peito, dormiu. Rapidinho e ok. Foi pro berço e nem notou.

2h50 – acordou, chorou, peito, dormiu. Eu já tava achando que ia ser como a acordada anterior e comemorei (TOLINHA). Pus no berço, ele ficou de boa, mas notei que o umidificador já tava desativado e quis evitar a acordada eterna do fim da noite por nariz entupido, então fui lá encher de água de novo e religar. Eu, no escuro e já zonza de sono, fiz a gracinha de derrubar uma peça do negócio. E fez um barulhão. E acordou o bebê, claro. Ele chorou assustado, levantou no berço. Dei beijos, mas não quis tira-lo, então o deitei. Ele logo dormiu no berço mesmo, mas aí a merda já tava feita: ele acordava a cada 5 minutos pra ver se eu ainda estava do lado. E sentava e tirava a chupeta. Não chorou, não protestou, mas ficou nessa insegurança dorme-acorda por uma hora e dez minutos. CARALEO. A diferença aqui é que eu não fiquei nervosa como costumava ficar, não alterei meu tom de voz, não tive vontade de sair correndo. Apenas aceitei que era parte do ensinamento que quero passar pra ele: “tá tudo bem, mamãe tá aqui, mas é hora de dormir”. Quando ele finalmente entendeu e dormiu profundamente, sem intervenções minhas (apenas comigo do lado), já era 4h30! Uia.

6h
– chorou. E como já está combinado, essa hora é do papai e não é mais hora de peitos (depois das 5h eu não amamento mais, só de manhã). E o papai, como não tem peitos, nunca tira Lucas do berço: ele leva o colchão dele pra lá, deita do lado do berço, acalma com carinhos e com a voz e dorme do lado, pronto. E hoje foi muito bom, já que, assim que Pedro chegou, Lucas deitou sozinho e voltou a dormir. Só precisava se certificar de que não tinha sido abandonado.

7h15 – acordou, o pai tava do lado, parece que brincaram uns 20 minutos (Lucas ainda dentro do berço, sem faniquito pra sair, olha que bom!). Depois chegaram papai e Lucas no meu quarto de mãos dadas, rindo tudo e eu ganhei um beijão bem babadão do pequeno. Mamou delícia e o dia começou!

Conclusão: sinceramente? Acho que ainda estamos longe da tão sonhada noite inteira de sono. Esse papo de ficar uma hora e quarenta minutos acordada no meio da madrugada boladona é muito difícil. Se eu não tivesse tão segura do que estou fazendo, não sei se aturaria. Mas não é o caso. Acho que estamos no caminho certo e vejo resultados. A passos lentos, ok, mas eu vejo e não só no sono. Estamos todos mais descansados, acordamos mais felizes, principalmente o Lucas, que parece estar curtindo mais as coisas, tá falando mais, tá entendendo melhor os estímulos. Acho que ainda vai demorar um pouco pra ele ficar totalmente seguro sozinho no berço dele, no quarto dele, mas estou respeitando o seu tempo e estou muito satisfeita de estar conseguindo.

Por outro lado, tenho pensado muito em abolir o berço, tenho a impressão de que Lucas se sente preso ali, sem contato com o mundo, não sei. Daí pensei em colocar o colchão no chão e adaptar um pouco o quarto pro caso dele acordar e querer sair explorando sozinho. Meninas que fizeram, me contam a experiência? Que idades seus filhos tinham quando fizeram a transição?

44 respostas em “O peito rachado e a noite 6

  1. Ou vc mantém o berço ou faz cama compartilhada, a não ser que vc ou seu marido durmam no colchão junto com o Lucas, no quarto dele. Se ele estiver no colchão sozinho, vai se levantar e ficar sozinho no quarto escuro, pode até se machucar.

  2. Oi…Aqui foi com um ano e meio. Morava em outro pais voltamos para o Brasil..não iria comprar outro berço e tals. Compramos uma cama mini cama (q ele usa até hj aos 3 anos 4 meses) e fizemos a transição. E mesmo com aquelas laterias no inicio deixava o tapetinho de EVA p caso de acidente, mas nunca caiu!!!
    bj, Roberta

  3. Sinceramente eu não arriscaria não, também vejo progressos ele está se acostumando com o berço e parece que aos poucos tem gostado de estar lá no cantinho dele. Deixa para mudar mais para frente depois que a rotina estiver bem mais estabelecida e ele acordar menos durante a noite. O Felipe saiu do berço com uns dois anos e meio, mas ele já dormia a noite inteirinha há bastante tempo. bjo grande e continua firme que vai dar tudo certo.

    1. A Carla acabou desencanando do colchão no chão e o Martin ganhou um berço, justamente porque ele acordava a noite e ela o encontrou no chão.. tá tudo aqui nesse post.
      http://whodsay.blogspot.nl/2012/01/estava-otimo-ate-que-ficou-ruim.html

      Carol, eu acho que o ideal agora é ele aprender a dormir, depois que aprender a dormir vc ensina outras novidades. A melhora está clara (pelo menos pra mim!) devagar ele tá se acostumando e aprendendo, mudar agora é botar tudo a perder.

      Meu filho desde tres meses e meio dorme sozinho no canto dele, com um ano e meio ele pulou a grade do berço, ficou todo assustadão, ai mudamos de casa e eu vivia com medo de ele pular de novo, claro que ele o fez e de novo ficou assustado.
      Com 21 meses ele começou a prender as pernas e braços nas grades, acordava assustado, ai tiramos uma das grades, tres semanas depois ele resolveu tirar uma soneca na cama de solteiro do quarto dele. Levou todos os bichinhos e dormiu lá a tarde toda, a noite pediu de novo, deixamos e desde então é la que ele dorme, mesmo a cama sendo alta e sem grade ele sabe subir e descer, foi uma transição super tranquila e acredito que isso é bom pra todo mundo, sem pressa, numa boa.

      Boa sorte ai e tudo de bom.

      beijocas

  4. Oi, Carol! Estou adorando essa sua série de sono, e ó, só para te animar eu fiz mais ou menos as mesmas coisas após os 15 meses da Ísis, a única diferença é que ela já não mamava mais no peito, mas sim na mamadeira, que fomos tirando gradativamente até 1a8m, quando decidimos que ela não mamaria mais de madrugada. Guria, hj eu revivo essas noites insones com o Pedro e vejo que a Ísis dorme a noite inteira (das 21:00 às 07:00) toda noite desde os 2a6m e tivemos muitas fases: mama, não mama, toma mamadeira, não toma, toma água, fica no colo, na poltrona, no berço comigo ao lado, vai para a cama dos pais, sai de lá, vai para a caminha, um colchão ao lado…enfim…tudo tudo que vc está fazendo até que um belo dia aconteceu! Hj ela não acorda nem com os choros do irmão mais novo, veja que evolução! Fique firme, fique tranquila, logo ele dormirá a noite toda.

    Ah, passamos a Ísis para uma cama de solteiro com proteção lateral com 2a6m acho, mas tb já vi pais colocarem futons ou colchões no chão antes de comprarem a cama propriamente.

    Beijos,
    Nine

  5. Carol, aqui em casa Léo foi pra cama já perto dos dois anos. A cama dele é de solteiro, normal, e compramos um tipo de grade, que tem uma telinha, que encaixamos na lateral da cama pra ele não cair. O outro lado da cama fica encostado na parede.
    Ele nunca caiu, mas a partir do momento que viu que podia descer da cama sem problemas, faz visitas na madrugada ao nosso quarto.
    Ele não tem medo pq deixo ums luzinha, dessas que encaixa direto na tomada, sempre acesa, perto da porta.
    E quando ele sai do quarto, a luz da cozinha está acesa, clareando um pouco o corredor.
    Tem épocas que ele dorme a noite toda, sem ir ao nosso quarto, mas de tempos em tempos, ele volta com a mania de levantar no meio da noite.
    Aí é ter paciência e levar ele de volta pra cama todas as vezes, senão vira bagunça e ele fica querendo dormir na nossa cama. Depois passa e ele volta a ficar a noite toda no quarto dele.
    A primeira vez que ele apareceu de madrugada no nosso quarto, quase infartei do susto que tomei! Kkkkkkkkkkkk! Aquela coisa pequena, bem quietinho, parado bem na minha frente! Só lembro de ter ouvido a respiração dele e quando abri os olhos, aquela carinha me olhando! kkkkkkkkk!
    Boa sorte com o Lucas!!
    Beijão!
    Cris

  6. Carol, temos sim evolução!! Olha quanto a tirar do berço eu acho um pouco cedo pq ele vai sair muito facilmente. Com meu mais velho passei pra cama com 1 ano e 6meses (mas pq já ia nascer a outra) e tive várias noites dele levantar e ir pro meu quarto. Agora com minha menina (que esta com 1 ano e 5 meses) ainda nem penso em tirar… pq se ela choraminga a noite não consegue sair e eu sempre espero pra ver se ela se acalma sozinha (quase sempre funciona). Beijos

  7. Oi Carol, seguindo o meu comentário lá do outro post, eu tiraria o berço com certeza! Assim como farei com meu filho em breve, adotarei o quarto Montessoriano, até porque quem faz a segurança somos nós, as mães. Vc pode colocar uns tapetes de EVA, tapar as tomadas e voilá! Este tipo de quarto tem muito mais estímulos do que um berço, que na minha opinião é pra criança novinha. Meu filho odeia acordar no berço, acredito que ele se sinta "abandonado", "preso", "assustado", sei lá, já quando acorda na caminha, fica todo feliz. Tem até criança que acorda e já vai direto nos brinquedinhos, deixando os pais dormirem mais um pouquinho, pela manhã. Sendo assim, eu aboliria o berço sim, te dou o maior apoio! Acho que vc tá no caminho certo. Reveza com seu esposo e dorme em um colchão ao lado do Lucas e vc verá progressos com o tempo. Ah, só mais uma coisinha pra vc levar em consideração… Será uma transição única! Depois vc não vai mais precisar fazer a transição berço-cama (que é o que eu estou passando agora) assim vc não confunde tanto a cabecinha dele… Estou na torcida! Fiquem com Deus!

  8. Eu já acordo ansiosa para saber como foi a noite aí na sua casa…Nós mudamos a Clara para a cama, quando ela tinha um ano e 6 meses, e coincidência ou não, foi quando ela começou a dormir a noite inteira…Como ela acordava muito á noite, eu achava difícil mantê-la no berço acalmando por causa da posição (morria de dor nas costas), quando ela foi para a cama e acordava de madrugada eu deitava um pouquinho com ela, que rapidinho pegava no sono de novo…
    Boa sorte e que venha uma ótima noite de sono hoje!!!!

  9. vc num pensou em determinar umas 6h de sono pra vc sem ele mamar? se ele dorme tao tranquilamente com o pai do lado, vc poderia escolher umas 6h pra vc descansar, Lucas fica com o pai e as outras horas vc continua dando o peito.

    1. Carol, esse é o método do Dr Gordon, nao é? De deixar umas horinhas fixas sem peito e talz… Eu quero fazer, mas dividi meu plano em partes e essa seria a terceira parte. A primeira – a que estamos ainda – é reacostumar ao bercinho e acho que tá funcionando!

      beijos!

  10. O Linus dormia na nossa cama até um e meio mais ou menos, depois compramos uma bicama e colocamos uma grade lateral… mas ele não saí loucao de noite, sempre que acordava ficava na cama mesmo… hj ele já sobe e desce da cama sozinho, mas sempre espera por nós. Pra fazer ele dormir, deitamos do lado e depois saimos… sem estresse, hj ele dorme bem rapido.

    Nao foi dificil, ele só precisou da nossa presença pra dormir, como sempre… mas ele gosta da caminha dele, do lencol com desenho, coisa e tal.

  11. Eu também apoio a ideia de tirar Lucas do berço. Isabela só usou o dela até os 9 meses, depois passou para nossa cama e está lá até hoje.

    Estou planejando colocá-la para dormir no quarto dela. Hoje mesmo vou procurar aquelas grades para botar na lateral da cama.

    Vale a pena fazer uma tentativa.
    Beijão

  12. Bem…com o Davi foi assim…ele dormiu no nosso quarto porém no berço dele até os dois aninhos, foi qd terminamos o quartinho dele, compramos os móveis e montamos tudo…até então o quarto dele era o nosso quarto…então qd ele viu o quartinho dele todo prontinho com a caminha( daquelas que são bem baixinhas) e tudo mais…nem pestanejou…foi de cara pro quarto e dormiu traquilamente!!quem não dormiu fui eu…que fiquei a noite toda atravessando o corredor pra ver se ele estava bem,e estava…Nesta altura ele acordava apenas uma vez por noite pra tomar sua mamadeira…então o que eu fiz…coloquei a sacolinha termica ao lado da cama dele na mesinha e qd ele acordava ( no automático)…ele pegava a mamadeira…tomava o mingauzinho e dormia novamente…de manhã sempre tinha a tal da mamadeira com ele na cama…mas nunca se levantou e foi pro nosso quarto!!Ele só voltava dormir conosco qd adoecia…fora isso ficava no quartinho dele na boa!!!
    Com a Lulu acho que vai ser dificil…

  13. Carol, meu marido acordou hoje falando: "Escreve pra Carol que a Nalu ta dormindo a noite toda no chão! Vai que ajuda ela também".
    É que ele tem acompanhado, assíduamente e super sensibilizado, junto comigo o projeto dorme Lucão (nossa filha é dessas, sabe? nos identificamos). Eu estava com vergonha de dar essa idéia, mas calhou de você perdir opinião, então resolvi escrever. Nossa pequenina tem 9 meses e no sábado passado modificamos TODO o quarto. Berço foi parar na garagem e cochalzinho foi para o chão, em cima do tapete eva. Olha, coincidência ou não, desde então ela tem dormido a noite toooooda, das 21h e pouquinho até às 56 da manhã (antes acordava no mínimo 3 vezes). Além do colchão, adaptamos todo o resto, brinquedos acessíveis, espelho, etc. Tudo aos moldes montessorianos (que conheci a pouco tempo também). Sei que não dá pra comemorar, afinal, foram apenas 5 noites, mas acredito sim que ela está se sentindo mais segura, livre e feliz. Indico o grupo no facebook "montessori para mamães" caso você queira mais informações! (Se quiser lhe mando o convite). Beijos e boa sorte no projeto 😉

    1. é, eu tenho pensado nisso, mas decidi esperar mais um tiquinho pq senao acho que é novidade demais pro menino, mto rápido. Acho que o projeto tá funcionando de qualquer forma… obrigada pela dica!

  14. Carol, como a Livia Almeida, eu sou adepta do quarto montessoriano (caso nao conheca a Pedagogia Montessori, te aconcelho a ler sobre o assunto, talvez te ajude com o sono), meu filho ODIAVA o berco, so dormiu nele quando era recem nascido, depois passou a acordar a noite toda, as vezes acordava cerca de 10 vezes numa mesma noite, ai juntou o cansaco da manha e a cama compartilhada caiu como uma luva, ele dormia mais, mas ainda acordava muito e me incomodava (tirava toda a nossa intimidade como casal), ate que conheci Montessori (que e definitivamente contra o berco) e vi um modelo de quarto montessoriano, adaptei algumas coisas aqui em casa e decidi entao que era hora do Davi ter o cantinho dele. A principio coloquei o colchao do berco no chao, mas muitas vezes ele acordava de madrugada no chao…entao comprei um colchao um pouco maior (desses pra mini-cama)coloco almofadas do lado e o problema resolvido ! Hoje ele dorme a noite inteira, inclusive parou com as mamadas na madrugada, normalmente dorme por volta de 9hs e so acorda as 5hs da matina pra mamar e depois ainda dorme mais algumas horas !
    Angela (se quiser dicas de sites sobre montessori entre em contato comigo no meu e-mail angel_jorge@msn.com)

  15. Oi Carol, vou te contar como foi aki em ksa. Meu marido trabalha a noite e como aki so tem um quarto, por enquanto, o bercinho do gabriel ficava ao lado da minha cama, e com 1 aninho ele ate q dormia mto bem apesar de mto tarde, ele so acordava uma vez na madrugada. Mas com o tempo ele pegou o habito de no meio danoite querer vir pra cama comigo e como dormia sozinha nem ligava ( no fim de semana q o marido estava em ksa era tudo tranquilo, dormia no bercinho noite toda e nem pedia pra vir pra cama). Teve uma noite q ele "pulou" do berço ou sei l o q keria fazer, ai me sentindo a pior mae do mundo por ter deixado levar akele tombaço resolvi encostar o bercinho na minha cama, e no meio da noite , toda vez q acordava ele pulava do bercinho pra cama e continuava dormindo ate de manhazinha tranquilamente. Mas ai começou a querer fazer isso no dia q o pai estava em ksa tb, e resolvemos colocar um colchão no chão pra ele. e desde entao ele dorme a noite toda no colchão, qdo acorda ele levanta, me chama e acordamos pro nosso dia q começa!
    No começo essa historia de colchão parecia nao estar dando muito certo, pq ele continuava acordando no meio da noite e subindo na minha cama, mas de uns 3 meses pra ca ele dorme na "caminha" dele a noite todinha ate d manhã.
    Espero ter ajudado com alguma coisa. Bjss

  16. Eu ia falar o que a Carolina falaou ali em cima. Se ele dorme bem e rapido com o pai, que não dá peito, pq todas as vezes que vc vai vc dá peito? enfim, sei que para vc não é hora do desmame nortuno, ok. Mas a pedi da minha filha dizia que de meia noite a 5h da manhã nenhuma criança com mais de 8 meses pode ter fome. então se vc eu fosse, dava peito direto até meia noite, entre meia noite e 5h mandava o marido, e após as 5h iria eu. Aqui em casa fizemos assim e só assim ela dormiu a noite toda. evidente que o problema do nariz tem q ser resolvido. By the way: tem umidificador que funciona 12h seguidas. pq vc não troca esse que desarma durante a noite hein? troço chato esse, né?

  17. Minha filha foi pra cama com 1a8m. Compramos uma mini cama, levamos ela conosco para escolher, a cama é bem baixinha, fica a uns 3 dedos de altura do chão. Tirei do alcance dela tudo que podia ser prejudicial, coloquei um portãozinho desses móveis fechando a passagem pra sala, todo dia fecho a porta dos banheiros e ela fica com acesso apenas ao quarto dela e ao meu. Hj ela tem 2a4m, dorme a noite toda desde 8m (quando desmamou), então dificilmente ela acorda na madrugada e sai da cama. Qdo acorda ela me chama, mesmo sendo pela manhã.

  18. Oi Carol! Na minha opniao vc deveria trocar o berço sim. Comigo uma amiga me deu a dica, disse q funcionou com a filha dela, entao troquei o berço por uma caminha bem baixinha, cooquei cochonete embaixo, adaptei o quarto dela, que soh tinha basicamente brinquedos e pasme, fomos felizes pra sempre rs Nunca caiu da cama pro cochaozinho q ponho embaixo e qnd acorda de noite, vou lá, me aconchego com ela, abraço, dou chupeta, beijo e qnd vejo ela jah voltou a dormir sem q precise pegar. Qnd acorda fica mais de hora brincando no quarto e eu deitada monitorando pela baba eletronica.
    Espero que te ajude!

  19. Carol, concordo com a Carol aí de cima, eu fiz assim também: mamá até meia-noite, dali até de manhãzinha nada ou água. Bento sempre foi madrugador, acordava entre 5h30 e 6h nessa fase que o Lucas está, então meu dia já começava aí, com a primeira mamada da manhã.
    A questão do narizinho influencia sim, com certeza, afinal quem consegue dormir entupido? Não sei se vc já considerou rinite, Bento tb ficava com narizinho escorrendo o tempo todo.
    Por fim, sobre transição berço-cama: Bento escolheu a caminha por conta própria aos 1a8m. Sim, ele mesmo escolheu! To-da vez que eu o colocava ele acordava e chorava, mas se ficava na caminha embalava. Olha minha descoberta aqui: http://maedobento.blogspot.com.br/2011/01/na-caminha.html
    No fim acaba sendo uma junção de coisas: o narizinho, saudades da mamãe, a cabecinha a mil por estar aprendendo a andar, a possível vontadezinha de dormir com mais espaço na caminha/colchão… Mas sigo acompanhando daqui e também estou vendo seus progressos, que bom!
    bjos!

  20. Carol, vou ser muito franca com você – afinal, o blog é público e, penso eu, aberto a todo tipo de opinião. Os problemas que vc anda enfrentando são todos decorrentes da interpretação xiita que as adeptas do “attachment parenting” dão à maternidade. Tudo é muito lindo no livro do Dr. Sears, mas para mulheres reais, fazer cama compartilhada ou amamentar até o guri adquirir pelos pubianos, é um pesadelo. Lição n.º 1) Lugar de criança é no berço. Com choro, vela ou ranger de dentes; Lição n. º 2) Seu filho NÃO PRECISA mamar mais à noite; pelo contrário, precisa mesmo de uma boa noite de sono. Assim como você. Tente rever certos conceitos, que mais atrapalham do que ajudam.

    1. Nossa! Que coisa né… eu também NÃO PRECISO dormir mais que 8 horas por dia, mesmo assim, gosto e fico bem quando acontece. Meu dia fica até mais feliz!
      Que triste tratar tudo tão à ferro e fogo.

    2. O blog é público e está realmente aberto a opinioes, sinta-se à vontade pra comentar!

      comento sobre as liçoes que vc pôs:

      1) Acho que isso é uma decisao de cada família. Na minha casa, realmente prefiro que meu filho fique no berço dele, mas nao acho que isso seja regra nao. Tem gente que ama dormir junto e é feliz assim, quem há de julgar?

      2) Tenho plena consciência de que ele nao tem fome à noite e poderia passar sem mamar. Mas daí a dizer que NAO PRECISA, nao sabemos, né? Pq a necessidade do peito nao é só fome: é carinho, é contato, contençao… e daí nao saberia julgar se ele precisa ou nao. Óbvio que o precisar dele precisa ser orquestrado com os meus precisares (eu preciso dormir, preciso de individualidade…) e. além disso, eu sou mae, preciso ensinar várias liçoes, como dormir uma noite toda. Entao, tentando equilibrar todos os quereres – meus, dele, do pai dele – estamos tentando ensina-lo a dormir uma boa noite de sono.

      😉

      beijos!

  21. carol, eu tirei meus filhos do berco com um ano e meio, e deu certo. O primeiro teve que sair pra segunda entrar (hehe). treinei ele dormir alguns dias num colchao no chao com grade, e depois ele ganhou uma cama de solteiro normal, com grade. como ele se mexia muito, ele dormiu muitos meses com um almofadao no pe da cama, pra nao cair pelo pé da cama. Se voce tiver medo de ele se machucar, deixa ele num colchao no chao. A minha irma conseguiu comprar uma caminha bem baixa, praticamente um estrado com grades baixas, bem legal tambem. Parece-me que a partir de um ano e tres meses já da pra tirar – ou seja, com a idade do lucas. O bom disso é que o pedro nao precisa arrastar um colchao pro quarto do lucas; se voce ja colocar o lucas num colchao/cama de solteiro, dá pra deitar junto… 🙂 (bom, eu deito com os meus sempre que precisam…).

  22. um adendo: engracado que os meus tb nao saem da cama no meio da noite, eles chamam. O mais velho as vezes sai, mas só agora que desfraldou, pra ir no bnaheiro, mas é raro. Eles so saem mesmo da cama de manha, quando já "está dia". Será que foi porque tirei eles cedo do berco?

  23. CAROL já te contei que Mariana dorme a noite toda, mas não no berço e sim num colchão no chão. Ela nunca gostou do berço e quando tive a idéia de colocar no chão nunca mais acordou a noite. Tenta, vai que ajuda rs….
    Agora se com o maridão ele dorme logo eu dava uma abusadinha aí e mandava ele atender o Lucas pelo menos mais uma vez a noite, tem que ir testando Carolzita, eu sei que eles não gostam muito e aqui em casa se ia o marido aí sim que ela berrava kkkkkk!!!!
    Beijos

  24. Com mais ou menos i ano e meio tirei a grade do berco. Forei o chao com almofada, e eh isso ai.Depois de alguns tombos tudo tranquilo.
    Minha filha sempre dormiu a noite toda, melhor nem falar.E a primeira coisa q tirei foi a mamada noturna. O q ajuda bastante a nao interromper o sono.

  25. Oi Carol!
    Me divirto com essa série! rs
    A solução é simples: Se o Lucas nao quer ficar sozinho, arruma um irmaozinho pra dormir com ele ué! kkk
    Aqui em casa tb tava nessa guerra, aí percebi q ela n qria era ficar no berço, pq na minha cama dormia q era uma beleza! Resolvi comprar uma caminha.
    Bom, minha mãe é psicóloga e sempre me ajudou com essas coisas. Tanto o desfralde quanto a transição do berço pra cama é uma mudança muito grande e as vezes traumática na rotina bebezistica.
    Pra tirar o berço/cama compartilhada da minha pequena fiz como se tudo fosse uma festa. Falei que ela tava crescendo e tava na hora de dormir em sua própria cama igual a mamãe. Daí levei pra comprar uma bicama, daquelas que puxa a cama auxiliar, pra deixar aberta de noite sem perigo dela cair, e fiz ela escolher (escolheu uma caro pra kct, mas valeu a pena), fiz festinha, cantei musiquinha e ela ficou toooda feliz.
    Cada parente q chegava em casa eu contava (na frente dela)que ia ganhar uma cama nova e ia dormir sozinha e todos batiam palma, faziam festinha…
    Qdo a cama chegou ela tava toda animada p dormir na caminha nova, e dormiu a noite toda rá!
    De vez em qdo ela acorda e vem p minha cama,aí o pai ameaça q vai dormir na cama nova dela e ela sai corrennndo pro pai n deitar. rs
    Colchão no chão com esse problema de entupimento talvez n seja uma boa, mas minha dica é tentar. Uma mãe se faz pelos erros e acertos, se não tentar NUNCA vai saber neah?!

    Acompanhando a série…bjs

  26. Carol, Helena nunca teve berço. Foi da maternidade para o colchão no chão. Ela entra e sai sozinha da própria cama desde os 9 meses e aqui em casa a experiência tem sido ótima. Acho que ela estabeleceu uma relação bacana com a cama, gosta de ir pra lá, deitar, brincar… Super recomendo!

  27. Carol, eu to ficando muito animada com a sua história e estamos começando um projeto aqui em casa. Nessa primeira noite, conseguimos deixa-la no berço até as duas da manhã, o que é uma vitória e tanto para alguém que ia pra nossa cama às dez da noite.
    HOJE chega a cama que ela herdou da prima. Vou à tarde com ela comprar lençóis, colchão, etc e já estou criando a maior expectativa "dormir na cama é muitooooo legal, é coisa de criança GRANDE (ela entrou numas de querer ser criança grande, acha o máximo)". Vamos ver!
    Beijo

  28. Carol, nunca comento, mas desta vez tive vontade de contar um pouco da minha experiencia. Eu tbm tenho um Lucão rs e meu Lucas tbm sempre foi um esfomeado e ficava grudado no meu peito 24hs se eu deixasse, acordava diversas vezes a noite p/ mamar e tudo isso só acabou quando fiz o desmame noturno, ele já tinha 1 ano e 6 meses e eu já estava ficando louca. Sabia que ele não precisava mais (fisicamente) do peito a noite toda, era apego, mania, ou sei lá oq, então parei de amamentá-lo de madrugada. Foi fácil? não! mas o processo foi bem mais rápido do que eu imaginava. Foi a melhor decisão que eu poderia tomar, a partir dali passamos a ter noites maravilhosas de sono pleno, nossa qualidade de vida melhorou incrivelmente.

  29. Carol
    Coloca ele numa mini cama, o meu filhote dormiu no berço do dia que chegou em casa até 1 ano e 2 meses, quando começou o xilique, dai se mudou p minha cama, e eu dorminhoca que sou deixei rolar, ou seja deixei ele rolar na cama e eu e o marido dormindo nos cantos mau p burro e tal, ele odiava o berço com todas as forças. Ai cansada das noites mau dormidas, transformei o berço numa mini cama e coloquei grades de proteção…advinha??? ele se recusava a ficar na cama com as grades, eu tirei e deixei um colchão do lado, imaginando quantos capotes ele levaria, já que na minha cama ele girava como um relógio…imagina naquela caminha. O muleque caiu uma unica vez, e nem acordou continuou dormindo no colchão. Dps de um tempo na hora que dava sono ele ia sozinho p caminha e dormia, e eu achava que era um sonho kkk, hj ele ta com 2 anos e meio e tem o maior xodó com a caminha…se soubesse disso antes…proximo filho nem vai ter berço kkk
    Bjus
    Carina
    http://www.cafecomlulus.blogspot.com.br

  30. Olá, não seria bom colocar o remédio como dramim, daí ele capota, não precisa ser todo dia… Coloca o dramin, ou algum remédio para dormir?! Bjus
    Pri

  31. Oi, Carol!

    O meu filho tem 1 ano e cinco meses e tb nao dorme a noite toda, alias ele nunca dormiu uma noite inteira em sua vida… Te entendo perfeitamente…

    Eu desmamei o Gustavo com um ano, pq me diziam que assim ele dormiria a noite toda, foi horrivel e nao adiantou, ele continua acordando a noite pelo menos umas 3 vezes, pede a mamadeira, mama um pouco e volta a dormir rapido.

    A ideia de abolir o berco acho bacana. Aqui em casa a gente fez isso tb. O Guga já estava dormindo na cama do quarto dele pq depois da primeira vez que ele acordava na noite nao voltava para o berco de jeito nenhum e percebi que colocando-o na cama ele ficava bem, mas o que acontecia era que de vez em quando ele caia e mesmo com um colchao gordo que eu colocava no chao ele acabava acordando assustado, claro. Entao decidimos desmontar o berco e fazer um cantinho do bebe dormir no mesmo lugar do berco só que no chao, colcocamos o colchao, bichinhos de pelucia, travesseiros e ele adorou! Só ta faltando mesmo ele dormir a noite toda hahahaha.

    Forca aí que um dia esses nossos pequenos principes vao saber dormir sozinhos e a noite toda!!!

    Beijo,

    Fabiola (que tb mora na Argentina)

  32. Oi, Carol!

    O meu filho tem 1 ano e cinco meses e tb nao dorme a noite toda, alias ele nunca dormiu uma noite inteira em sua vida… Te entendo perfeitamente…

    Eu desmamei o Gustavo com um ano, pq me diziam que assim ele dormiria a noite toda, foi horrivel e nao adiantou, ele continua acordando a noite pelo menos umas 3 vezes, pede a mamadeira, mama um pouco e volta a dormir rapido.

    A ideia de abolir o berco acho bacana. Aqui em casa a gente fez isso tb. O Guga já estava dormindo na cama do quarto dele pq depois da primeira vez que ele acordava na noite nao voltava para o berco de jeito nenhum e percebi que colocando-o na cama ele ficava bem, mas o que acontecia era que de vez em quando ele caia e mesmo com um colchao gordo que eu colocava no chao ele acabava acordando assustado, claro. Entao decidimos desmontar o berco e fazer um cantinho do bebe dormir no mesmo lugar do berco só que no chao, colcocamos o colchao, bichinhos de pelucia, travesseiros e ele adorou! Só ta faltando mesmo ele dormir a noite toda hahahaha.

    Forca aí que um dia esses nossos pequenos principes vao saber dormir sozinhos e a noite toda!!!

    Beijo,

    Fabiola (que tb mora na Argentina)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *