Bom dia, povo! Quero contar pra vocês que este post começou a ser escrito às 8h55 da manhã, direto do quarto do Lucas. E Lucas, vocês me perguntam? Dormia, minha gente, dormia. E eu, já arrumada pra trabalhar (e bem atrasada, diga-se), esperava o Belo Adormecido despertar de seu sono delicioso. Ai ai. Cês tão pensando que ele dormiu a noite toda, né? Não, não dormiu.

Mas avançamos.

Vou contar da noite e comentar um pouco do problema de nariz entupido crônico e maleta que Lucas tem:

Segunda, 20/08, Noite 4

20h55 – depois de um dia agitado e divertido e de uma soneca super fora de hora dentro do carro voltando de um passeio, demos jantar, carinhos, banho e tudo mais. Nesse horário, estávamos Lucas e eu já posicionados na cadeira de amamentação, prontos pro final da rotina noturna. Ele mamou e revirou os olhinhos. O umidificador tava ligado, já tinha borrifado spray nasal pra evitar a congestão e tudo estava certinho. Maaas. Sei lá o que deu no menino. Ele começou a gritar, a girar no colo, desceu, andou pelo quarto no escuro. Reclamou. Pediu colo de novo e gritou mais um pouco. Sinceramente, não entendi nada. Acho que tava cansado demais e não sabia lidar com aquilo, não sei. Catei a criança, dei um colo mais apertado (digamos bonito assim, porque o que fiz foi uma força pra ele não se mexer muito – se pudesse, enrolava ele todo que nem se faz enroladinho de recém-nascido, sabe como?). Fiz um balanço na cadeira na velocidade 5 do créu e funcionou, rapidinho o rapaz tava apagado. Às 21h25, o bebê já dormia em seu bercinho.

0h35 – acordou chorando. Fui, peguei no colo, ele pediu peito. Mamou o primeiro. No segundo peito, já tava zonzo e apagou antes de terminar. Botei no berço e tchau. Fiquei inacreditáveis 15 minutos com ele e só.

5h – (quatro horas e meia depois!!!!) acordou chorando. Repeteco da vez anterior. Colo, peito, no segundo peito já tava zonzo, dormiu. Em 20 minutos, ele já apagadinho no berço e eu já de volta na minha caminha agradecendo aos céus pela graça alcançada. TOLINHA. Não se comemora vitória antes do tempo, aprendam:

5h50 – choro. Como tinha acabado de mamar, acionei o pai “vai que é tua, Tafarel”. Ele foi. Eu desliguei a babá eletrônica porque nem queria saber, não era comigo (se eu fico escutando, não durmo, fico tensa, afins de interferir). Às 6h20, Maridón volta: “ta doidao batendo palmas em pé no berço”. Pegou o colchão de ar, o travesseiro e o edredom e resolveu que ia deitar do lado do berço, sem dar muita bola pra festa fora de hora do Lucão. Resolveu que 5h50 não é hora de seres humanos acordarem, então ia ficar lá com ele no escuro, pra mor do menino dormir de novo, um dia. Às 7h30, Maridón retorna pra cama, parece que Lucas tinha voltado ao soninho já fazia uma meia hora. Ou seje: ficou acordado das 5h50 às 7h, olha que maravilha. E 7h era o horário que deveria acordar, mas decidimos deixá-lo dormir. Dormimos todos, às 8h30 eu e Maridón acordamos, começamos o dia e nada de Lucas.

9h – Lucas acorda. Eu com o laptop tava do lado dele, já começando a escrever este post. Ele sorri, me dá tchau, levanta os bracinhos pra sair do berço, mama e o dia começa.

Conclusão: foi uma boa noite. Se não fosse essa acordada quase de manhã, eu diria que foi uma noite perfeita, mesmo com as acordadas pra mamar.

todasmentaliza Lucao praticando esse soninho delícia por 12 horas seguidonas hoje!

Daí que fiquei encucada com essa hora que ele passou acordado do lado do pai. Quis saber o que houve com detalhes. Pedro disse que ele tava com sono, mas depois que percebeu o pai do lado, se animou. Não foi tirado do berço, mas também não pareceu se importar muito com isso: brincou, bateu palmas, falou, conversou. Depois de um tempo, percebeu que ainda era hora de dormir e foi perdendo a energia, foi deitando sozinho. Maridón disse que não interviu muito, só ficou do lado pra ele se sentir seguro, nada mais. Disse que ficou repondo chupetas e só. Quando Lucas cansou, deitou, deu uma choramingada boba, catou a chupeta e dormiu, pronto. Mesmo assim, essa explicação não me convencia. Eu tinha deixado o menino apagado pouco tempo antes, como pode ter acordado assim tão cheio de energia do nada?

Surgiu o detalhe que faltava: tava com o nariz entupidão quando acordou. Só respirava pela boca e não conseguia manter a chupeta. Daí que foi despertando, despertando. Ele só melhorou e finalmente ficou afim de dormir de volta, quando Maridón religou o umidificador (que desarma durante a noite sozinho) e fez spray nasal nele. Agooora entendi. Ele acordou porque tava incomodado, pelo exato mesmo motivo que tem ficado acordado todas as noites.

Esse nariz entupido crônico dele é, na verdade, o causador de um outro problema que Lucas tem e eu nunca comentei com calma aqui no blog: as otites de repetição. É, povo, ele tem. Já ficou doente tantas vezes, já tomou tantos antibióticos e corticóides que a última da médica foi indicar operação. Ela recomendou operar a adenóide e botar um duto no ouvido pra melhorar a circulação do tal do catarro. Fiquei assustada com a palavra OPERAR. Com a coisa ANESTESIA GERAL. Sei que é uma cirurgia super simples, nem requer internação, mas sei lá, sabe? Consultei uma segunda opinião que cometeu a audácia de dizer que era tudo culpa da livre demanda, me mandou desmamar (eu só faltei espirrar leite na cara do babaca, mas enfim).

Daí que cansamos de tudo isso, de tanta medicação e afins e buscamos uma homeopatia. A consulta com a homeopata foi ótima e saímos de lá com um plano de ação. Fiquei feliz. Das duas vezes que ele teve febre depois da ida na homeopatia, eu tratei com banhos, muita calma e carinho. E passou.

Mas, a verdade é que isso já tem mais de um mês e, embora eu tenha ficado mais calma e menos ansiosa pra dar logo um remédio pro meu filho, não vejo ele melhorando desta porcaria de catarro sem fim. E a verdade é que nem sei se ele ainda tá com otite. O que tenho visto é que essa congestão não o deixa dormir (fora que ele passa o dia de nariz escorrendo, saca criança catarrenta? É a minha.).

Talvez seja a hora de buscar uma outra opinião ou mesmo aceitar a cirurgia proposta pela otorrino que o acompanhou ao longo de tantos meses de infecções. Não sei. Mas acho que tai a chave das noites mal dormidas, sabem? (por isso eu insisto que não é o desmame noturno que vai resolver, cês num me escutam…)

De qualquer forma, acho que a vida tá melhorando com o projeto Dorme Lucão. Vamos acompanhar!

43 respostas em “O nariz entupido e a noite 4

  1. Carol, e pra congestão não rola fazer uma nebulização? A Gabi também é super encatarrada e tem um inicio de bronquite. Ou seja, tem vezes que só dorme depois de fazer nebulização (as vezes só com soro mesmo, que é pra desentupir e ela respirar melhor).

    Sobre a cirurgia, isso é uma coisa muito particular de cada um, mas eu ainda acredito que tem certas coisas que quanto menos mexer melhor né? Mas enfim, isso deve ser pensado por vocês!

    Lucão rumo as 12 horas de sono!

  2. que bom Carol que está dando certo!!!!
    Olha com relação a cirurgia, talvez seja a melhor saída mesmo. Meu sobrinho quando era bebê, hj está com 15 anos, ele sofria muitas crises respiratórias, com nariz entupido, falta de ar e tudo mais, teve uma vez que ele estava na casa da minha mãe e não conseguia dormir pq a crise estava muito brava, minha mãe decidiu levá-lo à emergência do hospital, quando chegamos lá a médica de plantão foi enfática, se não tivesse levado ele antes, ele teria morrido!!!!! Aí meu irmão levou ele dias depois a vários espcialistas e a maioria dizia que tinha que operar a adenoide, com uns 2 aninhos ele foi oeprado e te digo uma coisa: foi a melhor coisa que aconteceu para o nariz daquela criança, nunca mais ele sofreu com crises de falta de ar, e ainda deu uma engordadinha, que ele era bem magrinho!!!! procure outros espcialista e veja a opinião deles e qualquer coise opere ele, é melhor agora pequenino, é rápidinho.

  3. Carol, estou feliz de verdade com os progressos de vocês e cada vez mais animada em tentar aqui.
    E concordo plenamente com você: DESMAME NOTURNO NÃO É NEM SERÁ A SOLUÇÃO e eu sou a prova disso. Rolou desmame total e continuamos acordando ad infinitum.
    Beijos e força e SUCESSO

  4. Carol, eu ontem ia deixar um comentário aqui e acabei não postando, porque não sou mãe, apesar de ler seu blog religiosamente, e achei que meu comentário seria irrelevante (sou dessas). Mas o seu post de hoje tem tudo a ver com o que eu quis comentar ontem. Eu entendo o Luquinhas. Eu sou uma pessoa que não consegue, em hipótese alguma, dormir de nariz entupido. Em épocas de congestionamento nasal viro melhro amiga daqueles remédios spray, super contra-indicados e viciantes, com consciência do perigo, porque a agonia que eu sinto em respirar pela boca não tá no gibi. Só de pensar o pequeno passando por isso, sem saber falar e muito menos com autonomia para colocar o remédio no próprio nariz (fora que remédio nasal pra bebê não é lá a coisa mais indicada – só o sorinho mesmo) eu entendo perfeitamente a agonia, o choro desesperado e o acordar mil vezes na noite pra SENTAR pelo menos e conseguir respirar direito!

    Então o que eu ia dizer ontem era que eu achava que a chave do sucesso para as noites de sono da família seria resolver o problema do nariz entupido crônico. Mas aí você disse isso hoje. Viu como o comentário, no frigir dos ovos, era irrelevante mesmo??

    Fico aqui na torcida para que o problema se resolva, seja através da mudança de medicamentos, de cirurgia (caso extremo, hein?? Acho bom ouvir diversas opiniões sobre o assunto, ainda que vocês decidam por ela), ou qualquer outra atitude que vocês tomarem. Ah, lembro que alguém comentou que o umidificador pode ser o mocinho ou o vilão, dependendo do caso, porque pode tornar o quarto ambiente propício ao aparecimento de fungos… É bom dar uma checada geral no quarto, caso já não tenham feito isso, procurando se não há nenhum alergênico, como o mofo, no local tb, né? E acho que de resto, vocês estão no caminho certo! Tenho certeza que se não fosse o desconforto nasal, Lucas já estaria dormindo bem, bem melhor. Então não se martirize, vocês todos estão fazendo a coisa certa!

    Beijos e boa sorte!

  5. Carol, sobre o catarro, o motivo é a adenóide??? Não pode ser uma rinite ou alergia alimentar, já que ele já teve APLV?? Tenho uma priminha, agora com quase 4 anos, que teve inúmeras otites, e chegou quase a operar a adenóide, mas ao ouvir uma quinta opinião, começaram um tratamento pra alergia, no caso dela rinite, e agora ela tá ótima, faz mais ou menos 8 meses que ela não tem uma infecção.

  6. Carol, as noites estão melhorando SUPER, menina, estou MUITO, MUITO, MUITO, MUITO FELIZ por vcs!!! Pq, pelo visto, se não fosse o incômodo, Lucas teria acordado duas vezes durante a noite, com intervalo de quatro horas e meia!!! Pelamor, isso é ótimo para o quarto dia de projeto, não????? Eu fiquei animadíssima com as suas notícias, estou torcendo por vcs!!!! Acho que têm tudo para melhorar, sim.

    Vou te fazer uma pergunta cretina: vc já pingou algo no nariz do Lucas, tipo Afrin, Aturgyl, coisas do tipo???? EU NÃO ESTOU FALANDO PARA PINGAR, por favor, estou só perguntando se vc já fez o teste, pq eu já. Laura estava super gripada, horrorosamente catarrenta, parecia menina de farol (judiação delas) e para dormir aquela desgraceira, nariz entupido, chupeta cuspida, desespero para chupar a chupeta, acorda, chora… 29 vezes em duas horas. Pinguei (não mimata!) atugyl nela, de adulto mesmo, aturgyl, esse vilão… pois que ela dormiu mais 5 horas seguidas, sem chiar, sem chorar, sem nada. Claro que o pediatra dela disse para eu não ficar pingando isso, pq é vasoconstritor e se ela tivesse qualquer problema de coração (mesmo que eu não soubesse), poderia dar zica. Mas eu estava desesperada e confiei que a minha filha não tinha problema cardíaco e hoje em dia eu pingo aturgyl nela beeeeeem de vez em quando, uma gotinha simples em uma narina só, apenas para ajudar a respiração… e ela dorme bem, quando eu pingo. Não estou falando para vc fazer, pq realmente pode ser perigoso, mas e se vc conversar com o/a pediatra dele e questionar uma tentativa só… só para vc ver se é o tal do nariz que está incomodando MERMO?

    Outra coisa: lembra que eu tinha dito da Laura não dormir e tals???? Pois é, que então no sábado eu comprei a tal da galinha pintadinha em pelúcia para a Laura, ela ficou ENLOUQUECIDA com o brinquedo, riu, se divertiu, brincou e dormiu. Beleza, ela dormiu no bercinho e ficou acordando tele sena de novo…. eis que coloco a galinha pintadinha dentro do berço, já na oitava vez que a Laura estava acordada chorando e eu mostrei para ela "olha a cocó, filha, ela vai dormir com vc essa noite toda, até amanhã a mamãe vir te buscar", NIQUI ela abraçou a cocó e voltou a dormir!!!!!!!!!!!!!!!!! Sozinha, sem colo, sem nada!!!!!!!!!!!!! Dormiu a noite inteira, não acordou mais, não chorou, não NADA!!!!! Acredita??????
    Domingo e segunda eu já mostro para ela que a cocó está no berço, ela mama mamadeira no meu colo, vai para o berço dormindo capotada (faço questão que ala durma no meu colo, não quero deixá-la acordada no berço para dormir sozinha) e, quando/se porventura acorda de madrugada, beija, abraça a cocó e volta a dormir!!! Pela glória do senhor, amém Jesus por essa maravilha chamada Galinha Pintadinha! Eu Te agradeço em nome da família Rabelo Fernandes Oliveira!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    1. hahahahahahahhahaha, adorei!! Olha aqui a gente faz uso de um "amiguinho" pra dormir tb, tanto com meu menino de 3 anos quanto minha menina de 1 ano e 5 meses, acho que eles não se sentem "sozinhos" e dormem melhor mesmo

  7. Oi, Carol! Eu sei que quando você diz "buscar outra opinião", é de opinião médica que você está falando. Mas vou dar algumas opiniões, tá? rsrs Só meu ponto de vista. É CLARO que não espero que vc concorde ou siga o que eu digo, mas é para fazer pensar mesmo. 😉

    Eu trabalho com saúde, sou jornalista e já entrevistei muitos médicos sobre os mais variados assuntos. E já ouvi bons médicos sugerindo que a livre demanda não seja mais livre depois de alguns meses. A livre demanda é super importante no início, nos primeiros meses do bebê. Mas depois de um tempo, ela pode atrapalhar – assim como pode não atrapalhar, mas como você está tentando resolver um problema, vale a pena considerar essa hipótese.

    Eu sei que quanto mais velho o bebê, mais difícil isso é, mas você já tentou não pegar ele do berço quando acorda de madrugada? A verdade é que ele não precisa dessa mamada de madrugada – talvez quem precise é você, para se sentir melhor, mais mãe. È compreensível. Mas isso pode atrapalhar o sono dele. Se, ao chorar, ele apenas recebesse um carinho, a presença de um dos pais ao seu lado por alguns minutos, uma chupeta ou qualquer coisa assim… poderia ser o suficiente para ele voltar a dormir sem despertar completamente.

    São só alguns pontos de vista. 😉 Não quero dizer que isso é certo ou errado! Eu não sei! Aqui em casa tudo é diferente, então pode ser que o que serve para mim não serve para você.

    Mas quis dividir as questões mesmo assim!

    Um beijo com carinho!

    http://www.lulueeu.blogspot.com

  8. Criança catarrenta, a gente se vê por aqui… Eu acho q é culpa da creche. O catarro nunca abandona o Davi também. A congestão nasal melhora e piora, mas nunca o abandona completamente. Acho que só depois dos 5 anos (idade que, segundo a minha mãe, para de ficar doente, assim de repetição – animador, não é não?).

    Eu cheguei a operar o ouvido. Tive milhões de otites, uma atrás da outra, desde RN. Mas a minha operação foi feita (na verdade, as 3 operações que fiz, pq só a terceira, com 12 anos, que deu jeito) porque o meu tímpano chegou a romper. Se Luquitchous está com o tímpano íntegro, não sei se é o caso de esperar esse tempo de maturação do sistema imunológico e aguentar essas doencinhas de repetição chatas.

    bjão

  9. Tô mega feliz pela evolução Carol…parece que de fato Lucas está aprendendo a dormir direitinho…sem dúvida a congestão nasal deve deixar ele incomodado e por isso ele acorda…e tb acredito que o fato de ele mamar não seja o problema…
    Tb ficaria super assustada em ter que operar um bebe…será que dá pra fazer um tratamento paliativo até ele pegar um pouquinho mais de idade né???

    Lulu essa noite não dormiu bem pq tava com uma febrezinha de sei lá o que….mas deu uma boa espassada..tipo de 1:00 até 5:20hs…/….

    BJS…

  10. Quando Bebella tinha marromeno essa idade teve 2 infecções de ouvido e o médico disse que se continuasse era o que chamam de "glue ears" aqui, que acumula a secreção e infecciona over and over again. Se fosse o caso, ele falou que teria que fazer essa cirurgia aí pra colocar o tubo. Graças a Deus passou.

    O Lucas toma ferro? A Bebella descobrimos que essa época q ela ficava muito doente era quando o ferro estava baixo porque só tomava leite de soja, que não tem tanto. E aqui não se prescreve ferro e vitamina como no Brasil. Mas aí o pediatra (tivemos que levar privado, pq no sistema público pediatra só em caso de morte) e ele explicou que baixo ferro abaixa a imunidade. Resultado: até hj damos ferro pra ela, pelo sim pelo não. E toda vez que paramos é batata: ela começa a ficar mais doentinha.

    Bom, nariz escorrendo por aqui ninguém nem loga pelo clima. TODA criança tem nariz escorrendo 80% do ano, nego nem limpa porque mais faz é ferir a pele. Mesma coisa tosse. Se vc lva no médico antes do menino estar tossindo feito um cachorro há menos de 4, 5, 6 semanas, te chamam de DOIDA SUPERPROTETORA. Agora que que acho que estou me acostumando com esse sistema.

    Daí acho que as crionças acabam se acostumando a dormir com o nariz entupido mesmo. Isso de humidificador nem existe (se existir é raro e caro). Quando está muito ruim eu inclino o berço/cama, passo vick no peito e pingo umas gotas de vick líquido no lençol.

    Aí está no inverno, daqui a pouco passa e o nariz dele melhora. Mas acompanha as otites sim, se for o caso, o procedimento parece ser simples, pelo que me lembro.

    Bjos

  11. se o Linus acorda 5h40, 5h50…. a gente já começa o dia, atrapalha menos a rotina que tentar fazer ele dormir e adiantar a soneca pras 7h e depois ele não querer mais dormir o dia inteiro, se cansar demais e causar na próxima noite.

  12. Até que tirando a festa do apê diurna a noite foi boa, né? Agora, quanto ao problema crônico de nariz e ouvido, eu também tive quando pequena e o que resolveu foi a homeopatia aliada a mudança completa para alimentação natural. Confesso que uma menina de 9 anos não lidou bem com arroz integral, açucar mascavo e coisas do gênero, mas minha mãe mudou a alimentação do povo todo de casa em prol da minha melhora e diz que deu muito certo, pois ela morria de medo em pensar em me operar. Quem sabe, né? Beijão!

  13. Acho que uma segunda opinião é importante e talvez a solução seja msm a operação. Compreendo seu medo, ninguem ker ver filho passando por isso, mas talvez seja msm a solução dos problemas… A bb de uma amiga vivia com otite, fez a cirurgia e nunca mais teve… Ela disse que se soubesse teria feito antes…

    Beijao e boa sorte

    ceciliabatatinha.blogspot.com.br

  14. Minha filha tem nariz entupido crônico desde que nasceu. A gente coloca rinosoro de 1h em 1h qdo tá pior, e qdo tá mais quente e melhor o nariz, colocamos a cada troca de fralda. Qdo a situação tá punk fazemos nebulização com soro tb. E ela melhora muito.
    Realmente ele não dorme por causa do nariz entupido. Já tentou isso? Rinoroso e soro não fazem mal algum!
    E levanta tb a cabeceira do berço. eu coloquei embaixo do colchão a minha almofada de amamentação e ajudou muito.

  15. Ah, qdo a situação tb tá punk dou 5 gotas de descongex plus, e borrifo rilan. Tudo receitado pela Pediatra. Normalmente em 2 dias dessa medicação ela melhora a beça e dorme melhor.
    Tb acho essa de operar meio punk. O que vc deveria tentar era diluir ao máximo esse catarro, e isos pode ser feito com remedio, soro, etc…

  16. Oi, Carol! Tava lendo esse post e me lembrei de uma coisa que aconteceu com os meus filhos quando entraram na escola. Acho que eram tantas atividades, novidades e excitação que eles tinham insônia! Ficavam umas 2 horas acordados, das 2 às 4 da manhã ou das 4 às 6, imagina isso? Eles cantavam as músicas da escola, batiam palminhas, sem chorar, sem reclamar, mas ficavam acordadões. Acho que não ajuda, mas foi uma fase. Eu fiz de tudo, não sei dizer se adiantou, acho que a excitação toda passou e a insônia tbem. Queria muito ajudar efetivamente, imagino a tua angústia, o teu cansaço, mas vim para compartilhar algo semelhante que aconteceu com os meus filhos!
    Bjos,
    Camila
    http://www.mamaetaocupada.com.br

  17. Tô acompanhando aqui! Força na peruca! Força na peruca! Acho que vou precisar colocar um plano desses em ação em breve. Sei que qd Ciça nascer, em novembro, Bia vai querer dormir no nosso quarto. Vai ser dose, já que o quarto é um tico e se a irmã chorar, certeza absoluta que minha Maravilhosinha vai acordar!

    Beijos!

  18. Com certeza está melhorando e vai melhorar mais ainda… quando ele reclamar (daqui mais uns dias), dá uma demoradinha maior para aparecer, aqui faço assim e na maioria das vezes ela volta a dormir sozinha. Antes disso o que eu fazia era entrar no quarto sem falar ou me aproximar muito e ficar sentada perto mas sem olhar (assim fingindo estar dormindo) na primeira noite foi um terror, choro choro, na segunda foi bemmmm melhor e da terceira em diante nem ficava em pé mais, eu entrava e ele deitava pra dormir de novo. Assim foi até que não acordou mais.
    Agora isso no naris entupido eu voto que vcs devem tentar resolver sim… tadinho, imagina tentar dormir todos os dias gripado, é um saco!!
    Beijos e tamo fazendo corrente positiva

  19. Tou acompanhando igual novela, Carol!

    Tomara que vc tenha achado o culpado nesse caso do sono do Lucas. Nariz entupido é um saco mesmo e talvez cirurgia seja a chave. Quando eu era pequena, eu tinha muito problema na tríade ouvido+nariz+garganta e tive que ser operada tbm. Se vc notar que não tá resolvendo a homeopatia, acho que a cirurgia pode ser o caminho. Ó céus, muitas decisões. Espero que vc consiga seguir a melhor pra vcs!

    Beijão!

  20. Oi Carol,
    Sei que Lucão te dá um baile no quesito sono, mas não posso deixar de falar: ELE É LINDO DEMAIS, GORDINHO E SIMPÁTICO!!!
    Se cuida hein,
    Beijos da Carolina

  21. Carol, a minha primeira filha dormiu a primeira noite completa só aos cinco anos, e depois de ter sido operada aos ouvidos e adenoides. Como ela não fazia otites com febre a gente nunca notou as otites, nas tinha sempre nariz entupido e também tinha que dormir com o humidificador, mesmo depois do desmame noturno, continuou sempre acordando pedindo líquidos durante a noite, primeiro leite, depois maiorzinha àgua, em média duas vezes por noite.Hoje achamos que era por ela respirar com a boca aberta durante o sono e ficava com a garganta seca…Depois de ela ser operada o panorama mudou tanto,que nós atribuimos todas as dificuldades que passamos com ela a esse "problema" respiratório que ela tinha e nós nem notamos (só mais tarde).Não sei se com razão ou nã

  22. hahahah, em pé no berço batendo palminhas: a gente vê por aqui também!
    Tem que rir né?

    Olha, será que ele não tem rinite?
    A minha filha também vivia com o nariz escorrendo, catarro, tosse, otite, conjuntivite e etc. Estou fazendo tratamento pra rinite e está melhorando muuuuito.
    Espero que vc descubra logo o que é.
    Bjos

  23. *Não sei se com razão ou não, não sei se coincidência ou não, mas a qualidade de vida dela melhorou muito – Hoje ela tem 8 anos, e nunca mais ficou doente. A nossa segunda filha (com apenas dois anos certos de diferença) sempre dormiu muito bem, e sempre a noite toda, apesar de também mamar no peito em LD;)(e de a irmã mais velha continuar a acordar).
    PS: Quando a mais velhinha fez o rx para ver o que se passava com seu nariz (recomendação do otorrino,que tinha achado os adenoides grandes,mas queria ter a certeza)nós (pais)pudemos ver a obstrução total de uma narina e quase total da outra.

  24. Já tentou tratar ele como uma pessoa alérgica? tipo eu?
    tipo, sem tapetes e muitos panos em casa, tudo limpo, higienizado. O meu colchão era revestido com uma capa impermeabilizada e minha mãe uma vez por semana na hora de trocar a roupa de cama passava alcool… e assim tb era o com o meu chão. Depois de passar pano e tal, tirar a poeira o tal alcool. Outra coisa que vc deve perceber se ele usa mt coisa de lã (aí é frio, né?), se ele usar, tenta substituir por outros tipos de tecidos. E o perfume? tenta não passar por uma semana, principalmente de manhã cedo.
    Outra coisa que entope o meu nariz é mãos ou pés gelados! Bem, to pensando nesse problema do luquicthas com um fundo alérgico (rinite). Veja isso… de repente tenta fazer aqueles testes alérgicos (de poeira, mofo, umidade e tal). beijoca ju

  25. Oi Carol, minha filha, de 2,5, esse ano está com uma "gripe" persistente que tá um horror. É nariz entupido quase todo dia, e muitas vezes escorrendo tb, mas por sorte nunca tivemos problema de otite. Já tratei com homeopatia, mas achei que não estava resolvendo o problema e levei no pediatra alopada que a acompanha desde os 2 meses. Ele passou 2 remedios para tomar durante 2 meses pra ver se dá uma secada nessa secreção que se instalou nas vias aéreas. Também mandou colocar 5 ml de soro fisiologico morno em cada narina 2x por dia, para lavar e ir soltando o catarro. O problema é que não consigo fazer isso, qdo tentamos é como se estivessemos torturando a menina, ela ODEIA! Uma amiga que tem 2 filhos pequenos disse que o pediatra deles mandou lavar os narizinhos com soro várias vezes por dia, assim o muco não se acumula. Os filhos dela se acostumaram e ela disse que realmente funciona, se quiser tentar por aí… Torço para que ele se livre logo desse entupimento no nariz, pq é ruim demais.
    Beijos

  26. Hoje tô meio zumbi porque Alice resolveu despertar à 1h40 e enrolou, enrolou até às 3h30 para dormir de novo. Bom, né? Ela geralmente resmunga uma vez na madrugada, dou uma mamadeira e ela apaga de novo.. Mas sei lá o que aconteceu que agora resolveu acordar, chorar, enfim… Acho que é dente. O berço dela ainda esta no meu quarto porque tenho preguiça de ficar andando pelo corredor…

    Sobre o nariz: será que o Lucão não é alérgico? Alice sempre teve nariz entupido… teve uns episódios de ficar congestionada, olho lagrimejando, espirrando. Fui a um otorrino especializado em alergia e hoje faço um tratamento (carinho, por sinal…) para aumentar a imunidade dela. Ajudou muito e ela passou este tempo seco bem!

    Olha, se o Projeto Lucão funcionar, ele será aplicado aqui em casa, tá bom?

    Bjs!

  27. Carol, acompanho seu blog mas nunca comentei. Mas nesse caso de otite me sinto super solidária. Minha filha já tem 12 anos, mas tinha muita otite, uma otite sem febre, que rompia o timpano por dentro e de manhã quando acordava estava com pus no travesseiro, era o maior susto! A questão era rinite alérgica, o catarro ficava no duto do ouvido, não conseguia sair e inflamava. Se fosse hoje em dia, eu tentaria uma dieta alimentar, sem lactose, mas a verdade é que eu tinha pouca informação. O pediatra alopata mandava corticóide para secar o catarro, no fim já não funcionava mais, era uma atras da outra, e o sistema imunológico dela super fraco por causa da cortisona…Foi um sufoco, num desespero depois de emendar uma escarlatina com otite nos dois ouvidos e antibiótico por um mês, eu descobri uma homeopatia chamada FAO (fatores de oeganização), desenvolvida por uma médica chamada Mirian Amorim, levei minha filha, aos 4 anos, e sabe qual o resultado? Nunca mais nem antibiótico, nem cortisona, deu um upgrade no desenvolvimento, (altura, peso, motor). Pesquisa na internet, se você se interessar, entra em contato comigo. (kikiarruda@ig.com.br) A medica da minha filha chama Elizabeth Lira, e fica em Ipanema, aqui no Rio.
    Beijos
    kiki

  28. Olha Carol, tem tanta gente dando pitaco aqui que eu nem sei se você arruma tempo para ler tudo isso. Mas ó, eu preciso te dizer o que tem melhorado as coisas aqui em casa. O Erik também tem um nariz entupido eternamente e já teve várias infeccões de ouvido. Aqui existe uma ampolazinha com um liquido (tem cheiro de vick vaporub) que a gente coloca no colchão ou do travesseiro de vez em quando quando tá muito ruim de respirar.Eh para bebês mesmo. E outra coisa é o óleo de eucalipto que eu pingo num daqueles vaporizadores com velinha em baixo, sabe? Eh natural, eu deixo aceso antes dele dormir para deixar o quarto com aquele cheirinho e depois apago (tenho medo de deixar vela acesa) e ele dorme melhor. Se quiser a ampola para por no travesseiro eu mando daqui.
    Um beijo

  29. Acertei na mosca! Tinha falado no post anterior que o problema era o narizinho cronicamente entupido. Mas ouça, sim, uma outra opinião. No caso da Maria, minha filha que tem 4 anos e 10 meses, a adenóide aumentada não foi fator de indicação para cirurgia. Estamos fazendo tratamento com Nasonex e no final do ano faremos outra radiografia, para ver como o tratamento progrediu. Boa sorte.

  30. Carol, a Duda, minha primogênita, sofreu muito na idade do Lucas de tantas otites que perdi as contas… febres de 39º intermináveis…. antibióticos sem fim… também me sugeriram operar adenoide (que eu não fiz) e a Duda não mamava no peito (então nenhuma relação otite x mamada). Demorou, mas a situação passou por si só após ela completar 5 anos (ai, acho que agora você desesperou). Atualmente a Duda sofre de uma renite e sinusite de repetição, acho que a melhor palavra seria de "prolongação" (com a permissão neologistica da palavra) já que ela não melhora nunca. Resumindo…. ser "bãe" é isso aí… Bjs e melhoras pro nosso gatinho.

  31. Oi Carol!

    Quero comentar a parte da otite de repetição e da indicação de cirurgia… Meu filho tem 1 ano e 10 meses e sofre há um ano e 2 meses com nariz escorrendo. Mas é escorrendo muito, o tempo todo, estamos sempre com uma fraldinha pra limpar. Ele quase não tem episódios de febre, mas se eu o levo a um médico alopata ele SEMPRE receita antibióticos e corticóide. Porque as amigdalas dele estão sempre enormes e com pontos brancos (que nem sempre são pus) e o ouvido está sempre vermelhinho. E quando ele toma antibiótico fica no máximo 10 dias sem nariz escorrer (contando os dias em que está tomando o dito-cujo) e volta tudo igual. Já fiz tratamento alopático e tentei homeopatia por 2 vezes, na última fiz o tratamento certinho por 4 meses. E não adiantou NADA! Agora decidimos que vamos operar (adenóide, amigdalas e furar o tímpano pra colocar tubo, porque descobrimos que ele tem uma "otite silenciosa", que não dá febre). O problema foi achar um médico que topasse operar tão cedo, com menos de 3 anos. Mas achamos. Assim, dada a minha experiência, eu diria pra vc considerar, sim, a hipótese de cirurgia. Mas faça isso quando vc estiver segura. Eu, por exemplo, estou segura porque já tentei todas as alternativas no último ano… E não quero ver meu filho sofrendo por mais 1 ano – sempre tem a expectativa de melhorar com 3 anos.

  32. Amiga, fiquei mega feliz com o avanço do Luca, agora vamos combinar, nariz entupido, ninguém merece, nossa! não é pra dormir mesmo, saco!
    Tadinho do pequeno, acho q vcs tem avançado e mto.
    Lógico que a amamentação faz com que ele acorde sim, isso é fato, mas, talvez se ele respirasse bem durante a noite, ele acordasse uma única vez, pois com toda luta ele dormiu e mto.
    só tennho uma coisa a dizer:
    PARABENS!
    BJOKAS E VAMOS ACOMPANHAR A SAGA DO DORME LUCÃO

  33. Carol, aqui em casa também tenho uma "melecuda" que vivia de otite, tomando anti alérgico, antibiótico e corticóide…agora estamos usando um corticóide local , o nasonex, um jato em cada narina antes de dormir… E os problemas acabaram!!! A Bruna vai fazer um exame dia 30 para saber se o recomendado é mesmo a cirurgia… Sinceramente que se for, acho que vou marcar logo…porque nóa, adultos, sofremos tanto com o nariz entupido…imagina para os pequenos? Mas com certeza vou buscar uma segunda opnião e acho que vc também deve…quem sabe o nasonex não resolve o seu problema até decidir sobre a cirurgia? Porque esperar até os 4 anos(data recomendada para a cirurgia na maioria dos casos) é dureza, né?beijo e espero que essa noite seja melhor

  34. Ah! Em um post anterior eu disse que ela dorme a noite inteira e é verdade, desde que não tenha crise de rinite alérgica!!que desencadeia otite, tosse, porque goteja… Mas medicada, está tudo de bom!!!

  35. Oi Carol, continuo acompanhando a novela e torcendo por vcs. Como esse é o espaço dos pitacos, lá vou eu… O primeiro é que eu acho q 1 mês de homeopatia é pouco, resiste e agüenta mais um pouco. Vc já falou com seu medico sobre as reações do tratamento? Pq algumas "pioras" são normais, para as crianças ficarem mais fortes. O segundo eu sei q vc nao gosta de ouvir, mas ainda acho que o Lucas ta com fome a noite, ele já é uma criança de mais de 1 ano, gasta muita energia e acorda varias vezes pedindo peito pq ta com fome. Agora se coloca no lugar dele, imagina estar dormindo um soninho gostoso e acordar com fome e barriga roncando, varias vezes na mesma noite?!? Pensa nisso… (e nao me xinga, é só pitaco… To torcendo por vcs)

  36. Carol!!!
    Tá melhorando, tá melhorando!!!! Não disse que melhora? Nem que seja como milagre, do jeito que foi aqui( agora, aos 23 meses! Aff!). Não é que parecem gêmeos esses nossos?! Kkk! Meu Pequeno já teve 5 otites e já rompeu o timpano numa viagem de avião pra fora. Detalhe o lindao do medico gringo não percebeu e o garoto voou (aloou… Altitudee…) com o timpano rompido. Só me imagina na situação! Tsc, tsc….
    Enfim… Nao acho que ele tem fome, nem nada. É hábito (parece até que sou dona da verdade! Rs). Natural. Vai sumir qdo for a hora.
    O nariz sempre entupido e a otite e a catarrice não podem ser tbm refluxo?
    Bjks! Viva vc!

  37. Carol, acho que nunca comentei mas sempre passo por aqui para ler. Como hoje você tocou num assunto que tenho experiência de 5 anos (uma graduação de faculdade pode-se dizer) vim dar meu pitaco. Meu filho Thales foi exatamente igual ao seu Lucas, desde bebê simplesmente não dormia mais de 02 horas seguidas. Todas as manhãs minha mãe perguntava: e aí? Eu me lembro de responder: até a 10ª vez eu consegui contar, depois não tinha mais sanidade pra isso. A pediatra dele disse que possivelmente poderia ser o problema da adenóide (quando ele estava próximo de 01 ano), mas que ainda era muito cedo para cirurgia. Eu não fui tão resistente quanto vc no quesito amamentação. Num momento de desespero (só quem passa por isso sabe), desmamei com 9 meses pensando que poderia melhorar o sono e nada…..portanto, se é esse o seu desejo prossiga!! Criança não acorda pra mamar na idade dele, o problema dele é outro com certeza. Resumo da história: ele operou mês passado e posso te dizer que a cirurgia foi muito tranquila, a recuperação dele ótima!!! Percebo que ele já não ronca mais, agora consegue dormir com a boca fechada, mas pasmem, ainda acorda algumas vezes à noite, mesmo com 5 anos. Na verdade tadinho, ele nunca dormiu uma noite inteira desde que nasceu, ele tem que aprender ainda. O que irrita demais são os pais de bebês que "dormem a noite inteira desde que completou 01 mês' vir com dicas como se estivéssemos fazendo algo errado. Creio que isso é sorte, loteria mesmo, simples assim!! Claro que tentamos de tudo!!! Rotina, chá, oração, cheguei até a dar medicação (antialérgicos nenhum nunca funcionou com ele, chega uma hora que dá vontade de entregar para adoção, rsrsrsr (brincadeira, lógico. A boa notícia é que eu estou grávida de 35 semanas, as vésperas de receber minha bonequinha e nem vou estranhar tanto, afinal lá em casa ainda temos uma rotina quase que de recém-nascido. Se vc quiser mais detalhes, pode me enviar um e-mail. alineberbert@hotmail.com

    Um grande abraço,

    Aline

  38. Querida, é a primeira vez que leio seublog e estou adorando! Como alguém falou aí em cima pode ser alergia alimentar, sim! Se seu bb teve APLV, pode ser sinal de que a cura total ainda não chegou, ainda mais com essas otites de repetição. Pq vc não tenta a dieta de exclusão por algumas semanas pra descartar a APLV? Ou então veja a alimentação dele, oq ele come qdo fica mto ruim do narizinho… Espero q td passe logo e q vcs durmam uma noite tranquila. Bjs!

  39. carol, adoro seu blog e passo sempre por aqui…meu filho hj tem 1 ano e 7 meses. mesma historia clinica do lucas…Tivemos indicação da cirurgia qdo ele tinha 1 ano e 4…operamos em 15 dias, pq nao aguentava mais tanto remedio, e o q mas me assustou foi o fato de que sem os tubos de ventilação, o catarro do ouvido nao secaria, e ele estava ouvindo mal, tudo abafado, isso em uma fase de aprender a falar…tipo OPERA JA DR!!! E foi td mto rapido, tranquilo, entramos de manha e saimos a tarde, claro q rolou todo stress de ficar la esse tempo, mas de verdade, saimos de la e acabou!!! Nic estava noraml, feliz, nunca mais teve infecção de ouvido, melhorou mto o vocabulario… o medico disse q em 6 meses mais ou menos, os tubos caem…e q como o Nic e super alegico, frequenta berçario, as adenoides podem voltar(é triste), mas é um risco, ocorre em poucas crianças…Se precisar de qq dica, meu email é daniela@biketechjardins.com.br

    Bjao!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *