Como bem falou Pedro aqui outro dia, Lucas aprendeu a falar “água”. É muito divertido acompanhar as associações de raciocínio que ele faz pra entender que determinada coisa é água e outra não é. Então tudo que está em copos, xícaras, taças, garrafas, jarras etc é água. Ele vê e aponta e dispara “ÁGUA ÁGUA ÁGUA ÁGUA ÁGUA ÁGUA” numa ânsia tão fofa que parece que a água vai deixar de ser água se ele não disser o que ela é. Mas o mais divertido veio ontem. Ele pediu pra mamar como sempre: botou a mãozinha no meu peito, puxando de leve a minha blusa e cuspiu a chupeta pra bem longe. E apontando pras peitchas, anunciou, certo do que tava falando: “ÁGUA ÁGUA ÁGUA ÁGUA ÁGUA ÁGUA”. 
*** 

Já sobre o assunto “estar no topo”, recentemente as fofas do Recanto das Maes Blogueiras premiaram um texto aqui do blog, fiquei muito feliz. O texto em questão não é meu, é do Maridón, mas tá tudo em casa, né não? Fiquei felizinha!

***

Eu não era popular no colégio. Também acho que não era na faculdade, mas pelo menos de lá pude guardar queridos amigos. Mas sinto que tenho certa popularidade por aqui, tanto que este blog tem bastante seguidor e meu texto que tá concorrendo ao Melhor do Mundo tem um tanto de voto.

Não sei se isso vai me levar pra algum lugar (eu bem queria que me levasse pra NY, posso sonhar?), mas da experiência, já concluo: que estranho estar no topo. Que estranha a sensação de ter muitos olhos em cima. O que será que andam pensando de mim, do meu textinho, do meu filhote? Me dá um certo medo mas, ao mesmo tempo, me deixa feliz que tanta gente compartilhe pensamentos comigo.

Compartilhemos, então (e votemos, se possível!)

13 respostas em “Sobre água e estar no topo

  1. Querida!
    Vai pra NY sim!

    Deve ser uma loucura essa coisa de olhos em cima. Fora o povo que passa sempre por aqui e não segue o blog. Acaba que a gente sente como se conhecesse beeem a pessoa virtual.
    Ok, nós nos conhecemos, nos falamos. Mas posso dizer que tu faz parte da minha vida. Já sonhei contigo algumas vezes e me pego falando em ti "tem uma amiga minha que blabláblá" pra exemplificar alguma coisa.
    E a próxima vez que eu for a Buenos Aires (ai que vontade com esse frio!)quero muito ver vocês!

    beijo!

  2. certamente vc é uma das ' populares daqui, e o q eu penso sobre vcs é tudo mais maravilhoso q pode existir, quando entro aqui certamente sei q ou é pra rir ou é pra chorar, bjus Carol e quero ver vcs em NY claro q pelas fotos q vc vai postar aqui 😀

  3. Olha Carol, eu confesso que já leio seu blog há tanto tempo que parece que nos conhecemos de fato.
    Eu postei dois textos antigos no concurso também, mas mais para prestigiar o concurso do que para ganhar qualquer coisa, pois não acho que tenha o dom como você,Patricia,Luiza,Paloma e tantas outras. Estou torcendo para que uma de vocês ganhe, são muito talentosas e merecem mesmo.
    E Lucas é um fofo, sinto saudade de quando Arthur era assim 🙂 Ele está com dois anos e dois meses e desmamou faz dois meses bem certinho, e morro de saudades de amamentar 🙂
    beijos e boa sorte

  4. Agora seu nome é popularidade. hahahahahaha!
    Vou dizer por mim. Acho que te acham engraçada, inteligente, mãe dedicada e guerreira, trabalhadora e bem humorada. É difícil achar um perfil desse na blogosfera materna. Te sigo porque me divirto, me alegra (já chorei tb) e me identifico com você. Sem falar que o Luqui Luqui é um FOFO!
    Tb trabalho 9 horas por dia, tenho blog, 2 filhos e duas gatas. Me viro nos 30, assim como você. Tentando ser boa mãe e tocando a vida como posso e da melhor forma pata todos!
    Juro que tentei te encontrar na pracinha do Largo do Machado no Carnaval. Mas meu pequeno teve um febrão nesse dia…..
    E agora que somos "amigas" no Facebook, me sinto amiga mesmo.
    Beijão

  5. Oi Carol!!
    eu já disse que acompanho vc há um tempo né? antes do Luquinhas ter bochechas!!
    E aproveitando que vc ta falando sobre estar no topo, vc sabia que tem uma página no facebook compartilhando a sua foto do crescimento da barriga? Hj eu tava dando uma olhada na minha timeline e vi duas pessoas diferentes compartilhando aquela imagem com um texto clichêzão em baixo.
    Vc meio que virou um meme!
    Mas não sei se vc já sabia ou pior, se autorizou isso. então da uma investigada aí gata.

  6. Respondendo a sua pergunta "O que será que andam pensando de mim, do meu textinho, do meu filhote?", Eu fico simplesmente encantada toda vez que visito seu blog. Não sou mãe, e acredito que ainda esteja bem longe de me tornar uma. Mas, adoro ler seus posts. A forma poética como você nos trás o dia a dia de uma mãe é tão lindo! Tanto é que recomendei seu blog a diversas conhecidas que estão grávidas. Enfim, só comentei para que você 'tenha noção' de como a sua forma de escrever atrai pessoas. Eu, uma universitária, de 19 anos, amo vir aqui para ler seus posts. Se eles não fossem tão interessantes e divertidos, não iriam me atrair, afinal eles não tem nada a ver com a minha realidade rs Por isso, está de parabéns!!!! Bjos à você e pro Lucas que é um fofoooo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *