Antes de ser mãe a gente é cheia da verdade, né não? Pois bem. A minha era assim:

Festa de um ano pra quê? A criança não curte, obviamente isso é a mãe querendo soltar confete pra si mesma, querendo mostrar o troféu pra todo mundo. Louca. Egoísta. Affe. 

Daí eu virei mãe. Daí meu filho vai fazer aniversário. E eu faço o quê, adivinhem? Festa, todas as possíveis.

Gente, mas é claro que vou festejar! Foi o ano mais intenso e profundo e incrível das nossas vidas, jamais que vou deixar isso passar em branco!

Então teremos: festa na creche, festa em Buenos Aires, festa no Rio de Janeiro.

A festa na creche 

Será na sexta, dia 11, bem simples, na hora do lanche das crianças. Vou levar bolo (e foram muitas recomendações pra esse bolo: sem recheio, sem cobertura, evitar leite, manteiga e afins), eles vão acompanhar com suco ou seus leites na mamadeira e também tô levando lembrancinhas não-comestíveis pros amiguinhos (comprei uns chocalhinhos que eu sei que eles amam). A idéia é cantar parabéns, assoprar velinha, tirar foto e pronto. Quase zero trabalho – se não fosse por esse bolo não-bolo que eu vou ter que resolver, praticamente era só aparecer lá e ser feliz rodeada de gordinhos bochechudos. Tô meio tristonha porque o Maridón não poderá ir e não tem ninguém da família por perto pra curtir esse momento junto, mas ok, vou tirar muitas fotos e contar pra todo mundo como foi depois.

A festa em Buenos Aires

Será estilo Faça-Você-Mesma. Também conhecido como O-Terror-da-Carolina. Na teoria, é muito lindo isso de festa caseira, de mamãe faz tudo, de decoração feita à mão. Mas, na prática, amiguens… essa pobre mãe que vos fala nasceu com duas mãos esquerdas, pelamor. Me manda cortar um papel em linha reta, eu erro e corto torto. Me manda colar badulaques, eu colo no meu próprio dedo e borro tudo. Me manda encher bola, eu fico com a bochecha doendo depois das 3 primeiras. Toda errada na festa estilo caseiro, meodeos. Mesmo assim, tô encarando, afinal eu queria muito ter a experiência do eumesma que fiz e – motivo menos nobre – a grana tá muito curta pra mandar fazer (porque se não tivesse, certamente eu tava terceirizando tudo).

Então, eu tô responsável pelo planejamento e produção geral, farei os docinhos quase todos (ó Nossa Senhora do Brigadeiro Enrolado, miajuda), decorarei de acordo com o tema (o tema é Sol, entenderam? Nem eu), encherei bolas, receberei os convidados e darei o peito pro pequeno nas horas vagas. Já comprei as bebidas, o material de apoio (copinhos, pratinhos, muita cachaça pra geral ficar bêbado e não reparar no desastre organizador de festas que eu sou etc), algumas coisicas de decoração. Maridón tá resolvendo as comidas salgadas, amiga Nadja cedeu o espaço pra festa e fará brigadeiros comigo, amiga Mari tá dando apoio moral e ajudando no que pode, prima Gabi tá fazendo as artes das tags, convitinhos e tudo mais. Terceirizei mesmo só a torta e os cupcakes.

Mas, mesmo com ajuda e mesmo sendo uma festa pitica pra 30 pessoas, o trabalho é tanto que eu tirei a semana de férias, então tô em casa toda trabalhada em cortar papel errado, encher bola e enrolar brigadeiro. Deusmiajude.

Essa bonita festa vai acontecer no sábado, que é de fato o dia que Lucas cumple seu primeiro aninho e vai contar com a presença ilustre dos nossos amigos do núcleo portenho da novela.

A festa no Rio

Essa vai ser a coisa mais out do mundo materno-descolado-blogueiro. Sabe por quê? Porque vai ser em buffet infantil. Prum montão de gente. Regada de arranjos de bolas, brilhos, porcarias fritas e doces do mal e demais alimentícios preparados pelo Demo. E ainda por cima com tema americanão capitalista selvagem, Mickey Mouse. E sabe o que eu tô achando? ÓTEMO. Porque foi presente do meu pai e ele tá felizão e orgulhosão (e eu também!), porque a família e os amigos estarão todos lá, porque seria impossível organizar uma festa de longe assim, então vou chegar já linda e loira e arrumadinha pras fotos. Acho que vai ser o máximo tanto quanto a comemoração dos pequenos na creche, tanto quanto a festa DIY aqui de Buenos.

E com esse tanto de festa planejada, além de concluir que eu era mesmo muito boba de achar que não valia pena comemorar, eu também concluí que qualquer tipo de comemoração tá valendo. Porque o sentimento incrível que toma conta de mim, de ver meu primeiro filho comemorando seu primeiro ano, não tem cupcake-orgânico feito em casa ou mini-fritura de buffet que paguem. É maravilhoso poder estar vivendo isso e aproveito pra fechar o post com uma diquinha pra você mamãe que tá de cabelo em pé com o assunto: comemore sim, comemore muito. Em casa, na creche ou no buffet, na rua, na chuva ou na fazenda, vai ser inesquecível!

53 respostas em “Especial Lucas 1 ano: as festas

  1. e a gente de longe querendo participar da festinha da creche, da DIY e ficando MUITO feliz com as coxinha tudo na festa do tio mickey. eeeeeeee, luqui-luqui é quase um baby adulto! (:

    1. eu quero a festa do cupcake e da creche também. se essa crcehe tiver bebes lindos com o bico e o olhar quarenta e tres de luqui-baby então, me morro. E ele pode ir de sapo pra festa de mickey? 🙂

  2. Olha, te falar que eu tinha o pensamento do 1 ano e … continuo com ele. Porque a Bia não curtiu a festa de um ano, todo mundo curtiu, todo mundo se empanturrou de comida mas eu e a Bia não curtimos, achei totalmente desnecessário. Mas a de dois anos foi bem mais bacana. Dai eu pensei "Ah, não vou fazer de três anos, porque gente, bobagem fazer festa TODO ano…" dai ela aprendeu a cantar parabéns e ta toda ansiosa para o aniversário… tipo, desde já!

    Dai eu vou fazer, porque ne´?

    hahahahah

    Beijos e parabéns para esse lindo!
    http://www.parabeatriz.com

  3. Ei Carol … primeiro desejo bençãos para Lucas e toda a família! Então, achei engraçado vc comentar do bolo da creche. Desde que minha filha mais velha completou seu primeiro aninho, eu faço bolo no colégio. No Brasil nunca houve nenhuma restrição, mesmo pq elas lé sempre estudaram em escolinha, nunca as coloquei em creche. Aqui em U.S. não tive opção e matriculei minha menor no Day Care, e pro aniversário eles fizeram esse monte de recomendações, que na verdade são bem fundamentadas. Anyway, minha solução em comum acordo com a coordenação: MUFFINS DE FRUTINHAS. Já vendem prontos, as crianças ADORAM, principalmente os pequenininhos. Já vem em porções individuais, prático, uma beleza. Daí eu comprei um negócio desses de 3 andares para cupcakes, enfeitei com uns adesivos e umas fitas, coloquei os bolinhos em umas forminhas coloridinhas, comprei uns balões de gás, uns chapéuzinhos … e ela adorou, os amiguinhos tb!!! Espero que tenha gostado da ideia! Bj

  4. Eu também era das que achava que não valia a pena comemorar, mas comemorei muito os primeiros anos das duas e amei fazer eu mesma as festas da Ciça e da Cali (neste ponto, eu também era como vc, não sabia fazer nada, mas tive amigos para me ajudar e acabei por aprender algumas coisinhas e, veja só, descobroi até algumas poucas habilidades). Acontece que os 2 anos da Cali, que eu já escolhi tema e estava vendo tudo com antecdência, talvez nãos ejam comemorados, porque aqui é verãozão e todo mundo viaja. Sei lá, agora acho que talvez seja melhor fazer uma viagemmais legal, mesmo que seja de fim de semana, do que comemorar na sauna (minha casa tem cara de que fica bem quente no verão) com poucos gatos pingados… Estou na dúvida se adio para setembro ou se comemoro durante a viagem.
    Beijos

  5. Adoreeeei! Bia teve 2 festas de 1 ano e foi delicioso! Faria 20 se pudesse!
    Aproveite muuuuito todas!
    Quanto ao bolo, tenho uma receita de bolo de maca q não leva leite, nem manteiga, mas leva açúcar. Não tem cobertura! E é delicioso, se quiser me manda um e-mail!
    Alias, tem lá no blog essa receita!

  6. Carol, é bem isso menina!!!! Eu sempre quis a festinha da Laura, e, posso dizer, por mim tb! Eu suei, sofri, engordei, emagreci, eu fui mãe, fui pai (quando o pai não pôde estar junto), fui amiga, madrasta, professora, avó, tudo junto e misturado. Mãe é isso. E o nosso primeiro ano de mãe tem que ser comemorado, seja como for! O primeiro aninho dos nossos filhos é algo pra lá de emocionante, na hora do parabéns eu chorei, fiquei toda trabalhada na emoção, passou um flash de tudo na minha cabeça e eu vendo todo mundo cantando para a minha filha…. putz, é fantástico.
    E a da Laura foi em buffett, amei, sério. Não tive NADA contra. Fantástico.

    Beijos grandes, comemore mesmo, muito, estamos todas aqui comemorando por vcs!!!

  7. é isso ai, carolita!
    entrou no clima maternal de vez agora.
    festa de um ano é o passaporte da alegria pra um mundo cheio de orgulho e "eu que fiz".
    eu comemorei a familia na festa de um ano do isaac, que foi uma mega-festa.
    ué, nós merecemos, ele merece e todo mundo querido participa!
    aí, te prepara.
    hoje, isaac pra fazer 4 anos, eu já pulei do estágio festa em buffet, pra festa na escola e esse ano a festa vai ser em casa e no quase tudo eu mesma fiz.
    tô surtando.
    grau carnavalesca, sabe?
    bjocas e super comemorações pra vcs!

  8. Carol
    Eu passo por aqui toda semana,derreto com essa fofura que é o Lucas, mas nunca comento. Nunca, até hoje, porque estou me acabando de rir com sua descrição da festa no buffet. Eu sempre pensei parecido, e também achava desperdício fazer festa para um bebê que nem sabe que está completando 1 ano, até que… até que João Miguel nasceu. Agora cada movimento é um flash, tudo é comemorado, aplaudido, e adivinha o que estou fazendo? Planejando a festa de 1 ano (e ele vai fazer 4 meses dia 18), reunindo materiais, pesquisando salão, boleiras… uma loucura.
    É uma delícia mesmo. Se joga!
    E que Deus abençoe muito esse gorducho lindo.

  9. Luquitchous merece muito! Pensava iNgualzinho você; afinal, pra quê festa se a criança é tão pequena que nem vai perceber? Mas não resisti e fiz, em buffet infantil. E foi lindo! Maravilhoso! E o melhor de tudo foi ver o Davi mega felizão, se jogando na festa com força! Não chorou, não estranhou ninguém, não deu piti.

    bjão

  10. Carol, faz tempo que não venho escrever, mas to SEMPRE lendo viu, eu rio demais com suas postagens.
    ^^ Parabéns pelo 1 aninho que o seu filhote vai completar, mais fofo do que nunca.

    Olha eu to aqui grávida, e já planejo a festa de um ano do meu… hahahaha
    O bolo já tá escolhido, um de chocolate divino que eu fiz de teste um dia e deu mega certo. =x
    Vou querer fazer tudo que for possível, lembrancinhas, docinhos… Meu lado artesã tem que ficar a mostra néam…rs
    Tudo bem que eu nem ainda consegui saber o "séquissu" dessa criança (e eu já to de 24 a 2 dias de 25 semanas), mas tudo bem…rs Mães ficam todas doidas mesmo.

    Beijocas.

  11. Só uma dica que pode ser útil: faz brigadeiro de copinho que é mais fácil com certeza! é só adicionar creme de leite na receita tradicional e não deixar cozinhar muito tempo. Coloca ainda quente nos copinhos[senão fica mais grossinho quando esfria] e pronto, só isso. E correr pro abraço…rs

    bjos,

    Priscila – maededudu.blogspot.com

  12. Olha, antes de o Pedro nascer eu também dizia toda essa coleção de blasfêmias contra as festinhas infantis. Hoje, ele está com seis meses e um bocadinho e eu já tô aqui só arquitetando a festinha de um ano. Pô! Só quem é mãe sabe que a comemoração é merecida, né?

    O tema Sol tem tudo a ver com Lucas, que é luz, luminoso…sol!

    E todo apoio à festinha capitalista do vovô. Ser descolado dá muito trabalho nesta vida!

    beijos e parabéns pra vocês!

  13. Quando vc falou que o tema será "sol" imediatamente me veio à cabeça um post que você escreveu quando já sabia da gravidez, mas ainda não tinha contado pra gente. Você colocou a música "segundo sol" da Cássia Eller, lembra?
    Beijos nossos!

  14. Carol, se joga mesmo, tem mais é que comemorar… o 1o ano de vida do filho da gente é inesquecível e memorável, e vale cada segundo, real/peso/dolar gasto, cada foto, cada amigo querido que comemora junto. Sem culpa, sem remorso!
    Parabéns pro Lucas e pra vc, que é uma mãe incrível. Curtam muito as festas!
    (ah, adorei o visu novo do blog, ficou lindo!)
    Bjos

  15. Carol querida, sou nova no pedaço aqui e, tenho que dizer que amei seu blog, suas histórias, aventuras achei muito legal! E lógico adorei esse post da festinha de 1 ano por que também queimei feio a língua quando meu Davi fez 1 ano mas, eu tinha que comemorar, era o primeiro aniversário! É tão único e especial, tudo bem que a criança não entende nada mas como eu dizia, é pra mim mesmo a festa! Sou uma mãe q esta comemorando emocionadamente a vitória do primeiro ano da melhor coisa da minha vida!
    Tenho certeza que as festas vão ser lindas!
    Tudo de baom para vcs!

  16. Huruuu… vou me jogar nesta festança! Pensava como vc (festa de um ano para que?) e fiz como vc (uma comemoração com amigos e família) foi lindo e ao contrario do que os outros pensam, eles aroveitam sim. Meu bebê hoje tem 1 ano e 23 dias e todos os dias olho as fotos do seu niver e cada vez é uma emossaum (como vc fala) diferente. Bjooooo!!!! até o proximo post (estou acompanhando) http://www.facebook.com/#!/luciana.borges.75

  17. Eu fiz uma festa faça vc mesmo aqui em casa, mas eu sempre gostei de coisas artesanais! pena que foi tudo em cima da hora junto com mudança de casa e a gente não tinha nem quarda roupas… as comidas que eu escolhi não testei antes e saíram totalmente diferentes das fotos que eu vi, mas fiou tudo comível! hahaha Minha cunhada fez umas toalhas de panos bonitinhos e ficou tudo adorável! E no segundo ano vai ser ainda mais legal porque vai ser sem a pressa da mudança de casa!
    Acho legal ter umas datas pra fazer festa!

    tá mto bonitinho o blog!

  18. Ai menina, é incrível como me vejo na sua descrição, com a diferença que ainda tenho 11 meses para a festa que lógico que vai ser no DIY. O problema é que a família do marido é imeeeeeeeeeeeeeeeeensa. Já viu tudo, neh?! Mas tô torcendo por vocês [e por vc]. Parabéns pro Lucas!!!

  19. Carol, tb to assim, super boba que a Manu fara 1 ano na sexta e empolgadissima com a sua festinha que vai rolar no sabado no salao do predio a la DIY (pelo menos a decor – a comida eu contratei, rs).

  20. AMEI os alimentícios preparados pelo Demo! hahahahahahahahah
    Mas é muito bom, isso não dá pra negar.
    Olha, tenho certeza que serão 3 festas inesquecíveis. Não importa se vc tem dom pra "faça vc mesma". O carinho e amor que vc dedicar nos preparativos e o seu sorriso cheio de orgulho do filhão são muuuuito mais importantes que qualquer decoração.
    Bom divertimento e parabéns pro pitoco!
    Bjo

  21. HAHHAHA! Mentira que você escreveu isso de verdade?? Que quem faz festa de um ano é egoísta??/ HAHHAHAHAHA Cara, mães que fazem festa de um ano são tudo (loucas? perhaps), menos egoístas. Porque ô trem que dá trabalho e/ou é caro pacas.
    Da emília eu fiz uma festa "íntima" pra 50 pessoas. Pra mim, isso já é o pânico. A da Margarida vai ser um piquenique só família, e that's it. Encaro não…
    Curta aí as três festanças do Luquinhas e depois volta aqui pra contar.
    Beijocas!
    P.S.: Mickey??? A sua cara… 😉

  22. OI CAROL, ACABEI DE CONHECER O SEU BLOG ATRAVES DE OUTRO BLOG(QUE JA ESQUECI QUAL)ESTOU GRAVIDA DE 32 SEMANAS ESPERANDO O RAUL,COMO ELE TA MUITO APRESSADINHO E A 2 SEMANAS QUIZ APARECER AQUI DO LADO DE FORA ESTOU TOMANDO 78432573 COMPRIMIDOS/DIA PARA IMPEDIR QUE ISSO ACONTEÇA ALEM DAQUELE FAMOSO REPOUSO ABSOLUTO. PASSO O DIA TODO LENDO COISAS SOBRE MAE,GESTANTE,PARTO,MATERNIDADE,BEBES ETC ETC…EU ME APAIXONEI PELO SEU BLOG, PELO LUCAS E CLARO POR VC, JA FAZ UMAS 2 HORAS QUE ESTOU LENDO E ME DIVERTINDO COM VCS. COM CERTEZA ESTAREI POR AQUI TODOS OS DIAS!!! BEIJOS E UNS APERTOES NESSA FOFURA DE LUCAS!!!

  23. oi carol!meu nome é janaina sou de pelotas-rs e sou mae do lorenzo de 1 ano.acompanho teu blog a bastante tempo,desde que estávamos grávidas e nunca comentei por ter um pouco de vergonha, sei lá…adoro teu jeito de escrever e dou muitas risadas.sobre a festa,tem que comemorar mesmo,nossa, na semana do aniver do lorenzo eu fiquei muito chorosa,muito emocionada mesmo,a festinha dele foi em um buffet infantil e foi muito legal e o tema foi mickey também,ficou lindo.então é isso,tudo de bom pra vcs,q as festas sejam um sucesso pq o lucas merece.FELIZ ANIVERSÁRIO LUCAAAAAAAAAAAASSSSSSSSSS !!!!

  24. Eita!!!! Será que eu vou pagar peça língua também?? Oh céus!!!! Por enquanto estou firma e forte em só comemorar com festa aos 3 nos da minha prncesa, que aliás, NEM NASCEU AINDA! Rsrsrs… mas, comemore mesmo e um grande cheiro no Lucas!! Bjk

  25. queria dizer q ele tá tão lindogordobochechonhemnhemnehem!

    e quanto à festa, vale – ô se vale – mesmo a pena!
    festas DIY são pra acabar com qualquer uma. eu tive uma crise neurótica surtada no meio da festa. por sorte foi dentro da cozinha e só 3 ou 4 pessoas presenciaram. mas a gente tira foto e lembra de tudo com a maior alegria do mundo depois.
    chega chorei o parabéns.

    é isso. aí. eu era do seu time. mas vale tãaaao à pena!

    beijos

  26. Carol, ninguém nesse mundo paga tanto pela língua como a mulherada após a maternidade: EXPERIÊNCIA PURA.
    Já paguei pela chupeta, pela televisão (bendita galinha pintadinha, pra ser mais exata), to no caminho pra pagar pela festa de 1 aninho (que está chegando, Rafa completou 9 no sábado passado), isso sem falar em várias outras coisas.
    Mas o que importa é aproveitar, comemorar mesmo, porque só quem é mãe entende esse sentimento (e loucura, hauhauhau).
    Parabéns pelo niver do Luqui Luqui fofo.

  27. hahaha!
    Carolindas, vc é uma das pessoas mais intensas que eu conheço, tá decidido.
    Veja: de "nunca vou fazer festa de um ano" para TRES FESTAS EM DOIS PAISES DIFERENTES tem-se to-dum oceano de distanciamento, concorda? Da água mineral pro vinho tinto encorpado.
    E é isso mesmo, tem que abrir a cabeça, o coração e, como disse a querida mariana viciada: o importante é ser feliz!
    Muitas e muitas fotos, please.
    beijoca na cabeça do luquinhas,
    beijas

  28. Carol,

    Incrível!!!
    Antes concordava com isto de festa de um ano é uma bobagem e agora com um bebê de 8 meses concordo totalmente com você e vou fazer festinha sim!!!!
    KKKKK!!!
    Vou fazer DIY pela grana curta, para dar um tom intimista e também pela realização pessoal!
    Então, tenho que correr para arrumar as coisas, neam?

    mil beijinhos e Parabéns!!!!

    Cristina

  29. Carol, Vi seu post e me lembrei de uma receita de bolo que tenho há tempos e vou até aproveitar pra fazer pro Bernardo experimentar também:

    Pré-aqueça o forno a 180C. Em uma vasilha grande,peneire 1 e 1/2 xic de farinha de trigo integral, 1 e 1/2 xic de açucar mascavo, 1 col fermento em pó, 1 col (café) canela e 1 pitada de bicarbonato. Adicine 3 ovos e 1/2 xic de óleo de canola, e bata até a massa ficar homogênea. Coloque 1 xic de granola, 400g de banana cortada em cubinhos e 1 pitada de noz-moscada. Misture bem, unte uma forma com manteiga e farinha integral e asse por 30 minutos. Voila!

    Talvez seja uma ideia, não tem nada do que foi proibido…

    Anyway, boa sorte e boas baladas!!!!!

    Bj

  30. Carol,

    Esse post já é uma festa! Amei, do começo ao fim, da creche a Mickeylândia! E realmente, metade das verdades vão pelo ralo! Mas, na gravidez a gente precisa delas e precisa acreditar que vão dar certo, depois a gente só quer mesmo ser feliz! Beijos e curtam muito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *