Vocês são
lindas, eu já disse isso alguma vez? Não? Então vai lá: vocês são LEANDAS!
Obrigada pelos muitos comentários e emails e carinhos, viu?
Com os
olhos mareadinhos de emossaum de tanto amor deixado por vocês, venho dizer que
assim que eu conseguir dar uma respirada, venho aqui contar como foi o fim da licença-maternidade,
o retorno ao trabalho e os seis meses de Luquinhas (amanhã!!!). E, mais
importante: quero dizer como estou feliz e relaxada e realizada de ter voltado
a trabalhar.
Tanto tanto
que o próprio Luqui-luqui sentiu e virou outro bebê! Tranquilo, dorme bem, come
bem, sorri muito e tudo está bom pra ele. É incrível como a resposta pra várias
questões estava em mim! Estamos todos felizes, adaptados à nova rotina e
finalmente parece que aquele turbilhão enlouquecido do começo passou.
Então,
deixo esse recadinho rápido plagiando delicadamente a Artemis, que veio aqui e
deixou essa frase ma-ra pra mim: mães neUvosas do meu Braséu, sempre que você achar
que tá na merda total, que ninguém sofre mais que você, que sua vida nunca mais
terá horas de sono/xixi/coco/sexo aceitáveis…
Eu estou calmíssima e… o blog
continua ON!
beijão estalado
em vocês, suaslindas.

28 respostas em “Keep calm

  1. Aiii.. delicia chegar aqui e ver toda essa alegria!!! Vc merece!
    E viu só… eles sentem mesmo nosso estado de espírito! Por isso o Luquinha está tão zen e tão feliz!
    Que essa maré gostosa continue sempre!
    Beijinhos,
    Fer

  2. Laura Gutman que o diga! Que delícia! Comecei a pensar aqui com os meus botões, sabe…acho que a solução para minhas noites insones também está em mim. Dilemas, decisões…Seu post hoje, curtinho e objetivo, caiu como uma luva. Só resta decifrar minha própria sombra…bjs!

  3. Oi Carol, querida!

    Primeiro, muita boa sorte e sucesso nesse retorno! Saiba que não será fácil, mas tb saiba que será bom e importante tanto para vc quanto para o Luqinhas, afinal a vida tem que voltar ao seu ritmo e o tempo seguir seu fluxo, né?
    Quanto ao post dos cachorro, quero dizer que admiro sua coragem e repartir essa experiência. E mais, admito que me senti muito mais "normal" depois de lê-lo. Tenho uma gatinha, Mia. Adoro ela, mas, sim, agora (depois do nascimento da Sofí)ela ficou em segundo plano.
    Bjão e bom final de semana!
    Maura

  4. querida,
    que bom que está tudo bem aí! mãe feliz, filho feliz. é o que importa.
    E que viagem isso que rolou do post dos cachorros… gente sem noção!
    (comigo aconteceu IDÊNTICO: desapeguei dos dogs e, só agora, 3 anos e segundo filho depois, o apego está voltando… fazer o quê? o bom que maridão assumiu os dogs, pra eles não sentirem tanto… e olha que os meus nem eram tão "filhos" como os seus, eles são grandes e não subiam na cama e tals… mas mesmo assim não dei conta de filho e cachorro… só mais um commentzinho pra te animar!)
    beijo grande
    thaís

  5. Que bom Carol que tudo está se encaminhando super bem!
    Fiquei mega preocupada que você estivesse tão decepcionada com a blogosfera que não voltasse mais.
    Aproveite bastante o fim de semana com o Luqui-Luqui.
    Beijinhos

  6. Ahahaha, adorei!
    Que bom que a vida tá melhor por aí, quero saber tudo!
    E bblogar me ajudou a sair do fundo do poço materno na época que eu não tinha marido por perto (logo não tinha apoio moral, nem físico – nem sexo), não dormia e ainda tinha que cuidar de duas.
    Afe!
    Beijos

  7. que bom Carol… Ficamos todas felizes que tudo se ajustou. Você conseguiu colocar nesse post o que eu sinto hoje. Voltei a trabalhar na segunda e estou me sentindo tão bem… por ter meu emprego, meus filhos, minha vida… é maravilhosamente recompensador!!

    Beijos!!!

  8. Carol, acabei de me inteirar sobre o assunto.. menina.. forget it! a gente fala oq sente no blog e tem sempre carinho com as pessoas, mas tem gente boba por aí tb.. vc é humana como todas nós!
    continuo amando suas blogadas!
    bjos

  9. Que bom, Carol, seu blog é ótimo! Vc é inteligente, divertida , engraçada e sincera, fato raro hoje em dia. Seu carisma atrai muita gente boa, mas tb as não tão boas, como tudo na vida. Já falei que comecei a ler seu blog quando vc foi uma das VIPs d'o Astronauta (acho que vc não lembra, pois recebe muitos comentários e e-mails), pois me identifiquei com o que vc escreveu, e desde então não parei de ler.
    Leitoras e gente que te gosta e quer bem certamente são em maior número. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *