modelando antes de ir pra creche

fofildinho, né?
mas nada prático, descobri isso depois de ficar apenas uma horinha com ele no berçário.

tá, eu não sou uma completa sem Loção e já sabia que não era o modelo de vestimenta ideal pra creche, mas como era primeiro dia, eu quis levá-lo bem lindão.

só que:

– o macacão sobe e incomoda no bumbum
– a blusa sobe e a pancinha fica meio de fora
– a meia fica caindo
– não é a roupa mais fácil pra fazer troca de fralda
– o baby ficou se distraindo comendo as alças do macacão e acabou se babando todo

mas enfim, eu sou mãe de primeira viagem e adoro essas patetices de primeira vez, hihihih.

Sobre o primeiro dia nosso dele: foi bem tranquilinho. Ficamos apenas uma horinha na creche, a proposta da adaptação é ir fazendo a coisa bem devagar e nos tempos da criança. Eu tava ansiosa, mas chegando lá, tentei ficar na boa pra passar essa segurança pro baby. O ruim é que, como fiquei na salinha o tempo todo com ele, eu ficava falando pra cuidadora: ele vai se jogar daí (da cadeirinha), a meia tá caindo, dá a chupeta, agora ele quer isso, agora ele quer aquilo. Não consegui tirar os olhos dele, mal vi as outras crianças, mal me lembro das instruções (do que precisa levar e talz).

Mas, amanhã tem mais e será por pouco tempo de novo. Devo ficar duas ou três horinhas e, dessa vez, eu sairei da sala em alguns momentos e deixarei que as cuidadoras assumam algum momento crucial do dia – comer ou dormir. Elas me disseram que são preocupadas com a alimentação, já que, se a criança aceita ser alimentada por elas, tá tudo ok. Eu confesso que tô mais assim com o sono, conheço meu filho e sei que ele é complicado nesse quesito, mas também posso me surpreender.

Fato é que tomei um choque de realidade hoje. Porque ele não vai receber atenção exclusiva e é isso que ele tem em casa. Mas não pensem que eu achei ruim, não, muito pelo contrário, eu acho ótimo. Claro que quero o melhor pro meu filho e seguirei dando toda atenção do mundo pra ele, mas também acho legal ele ir convivendo com outros tipos de situação. Inclusive, as cuidadoras se assustaram um pouco quando eu comentei que ele nunca ficou com ninguém, que nunca o deixei pra fazer alguma coisa. Em cinco meses e meio, ele ficou 20 minutos com a empregada um dia e duas horinhas com a madrinha em outro (quando fui ao velório do avô do Pedro). E só. Não tem muita gente em volta, não tem reuniões de família, outras crianças, colos alheios. Somos eu e Marido. E ele.

Daí eu senti que, quando alguma cuidadora parava de olhar exclusivamente pro Lucas ou o tirava do colo, ele já começava a protestar. Não dá, gente. Ok, é pitico, tem menos de 6 meses, mas não dá, não acho legal. Então acho que a creche vai ser ótima pra ele.

E eu? Muita gente perguntou como eu tava. Sinceramente? Tô super tranquila. Acho que fiz a escolha certa e tô curtindo essa nova fase do meu bebezico!

Maaas, foi só o começo! Amanhã tem mais!

38 respostas em “Hoje eu fui assim

  1. Carol, parabéns pelo Blog. Ele é tão inspirador… Vc é uma super mãe e seu filho vai ter muito orgulho de vc.
    Meu filhote tem 4 meses e adoro ler os seus posts.

    Beijos
    Marcia

  2. Lindão!
    Não tive coragem de mandar minha pitoca pra escolinha, ainda…. Ela fica com minha tia. Atenção integral 24h por dia…
    Um dia EU me adapto à idéia (ela sei que vai tirar de letra0! Heheheh!
    Bjos,
    Maura

  3. vai dar tudo certo! sei disso porque você está segura com a decisão. para mim, isso é o mais importante!!!

    já passei por isso duas vezes e os dois eram viciados em colo, só ficavam comigo e no caso de alice, era como luquithos: não ficava com mais ninguém, apesar da família enorme e próxima, mas porque eu era uma insana. não deixava mesmo –> era eu, ela e o pai!!! nos dois casos, a adaptação foi tranquila: a única coisa foi que arthur deixou de dormir a noite toda, assim que começou a ir pra creche!

    sobre o macacão: é meu traje preferido, mas funciona melhor quando começam a andar. aguarde!

    beijoca e boa sorte!

  4. Giovanna é bem dada , mais se nao fosse acho q ela tbm daria piti, deixei ela até hj -com 1 ano e 1 mÊs- no maximo 4 noites, e duas horas a tarde rsrsrs, e me mordo de ciumes, preocupação e todos aqueles outros sentimentos…

    O modelito pode não ser o mais apropriado pra creche, mais ele ficou um gato… ADOREI

    bjocas em vcs e boa sorte nessa nova etapa

  5. Carooool que lindeza! Adoro jardineira (na minha época essa roupinha se chamava assim haha). Rafa tem um montão.
    Aqui tb é assim, poquíssimas vezes o Rafael ficou co outra pessoa que não fosse eu. No máximo, a minha mãe, quando vinha pra cá. Tenho medo de isso ser um problema quando ele for pra escolinha. Pq eu penso muito em colocá-lo em uma mais pra frente. Ele é meio anto social sabe como rsrsrs. Quando vê outra criança pensa que é um ET.

    Beijos

  6. Amadinho!
    Que bom Carols, que tá tudo sob controle por aí.
    Sabe o que eu acho mais diver e emocionante nesse mundo materno? Fazer, ver, sentir, pensar tudo pela primeira vez! Ahhh coisa boa!

    beijo proceis!

  7. Pode não ser prático, mas que é lindo é! No fofucho, então, ficou de arrasar!!!

    Boa sorte na adaptação. Dará tudo certo e tenho certeza de que fez a melhor escolha!
    Beijo

  8. concordo com a Mari, gata! vai dar tudo certo, você está super segura com a decisão e mais do que ler aqui, eu senti isso falando com você.
    (adorei, né) – falar com você!)
    que lindo com essa roupa. ai, que vontade de apertar.

    beijo!

  9. FO-FO!!!!!! Vontade de apertar demais!!! Qto ao sono, fica sussa… O Fred era o bebê MAIS difícil do mundo pra conchilar de dia: eu pegava no colo, dava mamá, pulava na bola de pilates, virava cambalhota e o bichinho ali, firme e forte! rs… No 2o dia do bercário vi ele dormindo em menos de 5 minutos sendo balançado na cadeirinha… é mole? Me senti a mais patética das mães….rs.. mas a verdade é que eles se adaptam mto rápido! Thank God!
    Bjs e boa sorte amanhã! Lê http://www.cegonhatrends.com

  10. Carol, ele vai se adaptar super bem! Com essa idade é tranquilo. Agora não se surpreenda se você estiver chorando cântaros no último dia da adaptação, quando ele passar o dia lá sem você. Dica: não fique à toa nem sozinha nesse dia. Depois conta pra nós!

  11. Bom Carol, como cuidadora de creche posso dizer que será ótimo pra Luqueti aprender a dividir.

    ele vai chorar um bocado no começo, mas aprenderá que a vida não rola só ao redor dele…. Isso é muuuuito bom, pode apostar…

    BJS procês!

  12. uia, que meninão!
    lindo, lindo, lindo.
    já começaram bem, tranquilidade é tudo.
    e, mesmo não sendo toda a atenção pra ele, nesse comecinho, bebê novo no pedaço, pode ter certeza que vai ser disputadinho pelas cuidadoras!
    ainda mais gostoso desse jeito.
    beijoca

  13. Como ele tá lindo! E esse modelito arrasou!
    Que bom que o primeiro dia foi tranquilo. Na escola da Clara tb falaram a mesma coisa, sobre a preocupação da criança aceitar ser alimentada por outra pessoa. Clara aceitou alimentação fácil, chorava mas comia. Com ela o problema foi dormir, pq ela estava acostumada a só dormir no peito (comigo até hoje é assim). Depois de alguns dias dificeis descobrimos a santa naninha, que resolveu o problema.
    Abraços e boa sorte.

  14. esse tempo passa né carolita!?!
    e os pequenos crescem, e vão aos poucos tomando suas próprias vidinhas.
    mais difícil pra gente do que pra eles, viu?
    e vai com calma, adaptação é um negócio louco.

    bjocas

    ah! posso morder essa coisa fofa??????

  15. Seu LINDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Seu gordo!!!!!!!!!!!!!

    Seu fofo!!!!!!!!!!!!

    Seu gostoso!!!!!!!!!!!!!!

    Vou te morder!!!!!!!!!!

    O problema da roupinha é que as berçaristas não iam conseguir cuidar dele e ficariam só mordendo, amassando e beijando esse lindo!!!!!

    Carol, você está nota mil, surpreendendo! Como toda mãe que cuida da cria exclusivamente (com ajuda do marido), sem ninguém mais, seria de imaginar uma dor maior, um problemão na hora de deixar outras pessoas cuidarem. E vc está super tranquila, está bem, está certa!!! É isso aí!!!

    Não é à toa que leio seus posts há muitoooooooooo tempo… pq vc é admirável!

    Beijos,

    Dani

  16. Ai que lindooooo! Descobri que estou esperando um menininho também, se for uns 50% lindo que nem o Lucas já tá ótimo, hehehe.

    Que bom que tá dando tudo certo. O meu também vai pra escolinha com 5 meses, que a força esteja conosco.

    Bjs,
    Yara

  17. Que vontade de comer essa bochecha! Lindo-lindo!
    Vai ser maravilhoso para ele perceber que ele não é o unico ser do planeta. Vai aprender que precisa dividir as atenções e que as coisas nem sempre acontecem do jeito que ele quer.
    O Dudu deu um salto no desenvolvimento depois da escolinha… vc vai ver a diferença!
    Beijinhos,
    Fer

  18. Luqui-luqui fashion até de fraldas… 🙂 Fofíiííííssimo… 🙂
    Quanto a creche Carol será ótimo essa convivência com outras crianças… Eles se desenvolvem muito.. E ele aprenderá a ser mais independente…
    Também não gosto de deixar a Laura com ninguém.. Até os seis meses nunca ficou nem meia hora longe de mim…

    Vai dar tudo certo…
    Beijos
    Carol

  19. Oi Carol, adorei seu post de hoje, sabe pq? Me identifiquei muito com vc nesta fase de adaptação da escolinha. Sabe também penso que é importante e bom para eles este processo, pois assim como vc nunca havíamos deixado nossa pequena com outras pessoas antes dela ir para a escolinha. Ela ala agiu exatamente igual ao Lucas na sua adaptação mas logo se adaptou e adora ir ver a "Pof Mari" como ela diz.

    Beijos e tudo de bom neste novo dia de adaptação.

  20. Que bom você estar tranquila, passa segurança pro Lucas.

    O Junior também nunca ficou com ninguém. Só uminha vez que ele ficou com a minha mãe por umas meia hora, e só! Se ele ficar em um lugar e não ouvir a minha voz é choro na certa. Mas aquele choro bem sentido, sabe. Ele gosta das vovós, dos titios, da titia. Mas não curte ficar sem mim, e isso é ruim.

    Também sou daquelas mães ciumentas. Até hoje NINGUEM deu banho no Junior. O papai deu suquinho uma vez. Isso também prejudica. Preciso me libertar disso já!

    Vou acompanhar e ver como vai o processo de adaptação do Luqui. Vai que eu consigo tirar algum proveito?

    Beijo em você e por favo, dá um cheiro bem cherado no cangote do Luqui pra eu. Ele tá lindo demais!!!

    PS.: nossos babies são quase do mesmo dia rs (Junior 11 e Luqui 12)!

  21. Adorei a roupinha… e sei bem como são essas roupinhas toda atrapalhada para fazer a troca… e a criança fica irritada, a mamãe começa a suar, eu passo por isso as vezes com esse tipo de roupa…
    E sobre a crechê, que bom que vc está tranquila esse é o primeiro passo para tudo dar certo.

    Beijinhos

  22. Carol,
    Estive em Buenos Aires na última semana, passeando com a família e quis muito te procurar, mas confesso que faltou coragem… Fiquei achando que você me acharia "a doida" por estar procurando quem não conhece pra conhecer. Quem sabe da próxima vez!!!
    Fico feliz que você esteja tranquila porque esse momento é difícil mesmo, eu sofro isso até hoje e olha que o Gui tem 3 anos… Com a Ciça já é mais tranquilo, ela é bem mais despachada, mas eu confesso que detesto deixar meus filhos… é cansativo, é punk, mas mil vezes eles debaixo da minha asa!
    A escola/creche é ótima pra eles e com tempo é pra nós também, um momento de pensarmos em nós enquanto temos a certeza de que estão se divertindo… E depois é correr pro abraço apertado!!!

  23. Parabéns pelo blog … simplesmente amei e viciei … rs … estou um tanto atrasada na leitura, pois só agora me interessei pelo assunto e tive tempo disponível para ler sobre …. (final de gravidez de molho pra nenem danada não nascer antes do tempo) e pra não enlouquecer, pois a minha rotina sempre foi daquelassss … achei vc, sem prncipe, sua historia, seu blog. Adorei e estare sempre por aqui. Beijos

  24. Vixe Carol, lembra que te falei que o que mais me doeu foi perceber que ela na creche não era o centro do universo pessoa mais importante do mundo? Mas como vc disse, de certa maneira é bom pra nós e pra eles e passa.

    Que bom que a adaptação está dando certo!

    Bjos

    PS: Sou a rainha das roupas inadequadas, porém fofas. Menina é ainda pior, vestidinho é lindo e tal, mas até começar a andar bem é uma bela porcaria, enrola e sobe tudo, incomoda. E quando esta engatinhante então, vestido faz a criança tropeçar toda. Mas pelo menos tropeça toda bonitona. A LOUCA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *