Teu filho tá prontinho pra dormir. Bocejou, coçou olhinho, você ninou e cantou docemente pra ele. Já deitadinho no carrinho (ou no berço), ele abre aquela boquinha desenhadinha linda que tem e começa a gritar.

Ele não chora, só grita. Abre a boca e AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHH. Cada vez mais alto, cada vez mais longo, cada vez mais irritante.

Não tá com fome, não tá com fralda molhada, nem dor. Tem sono e você, que já o conhece de outros carnavais, sabe que só precisa dormir. Mas ele prefere gritar.

Você, essa mãe antenada, moderna, conectada com o mundo e com os últimos GRITOS da moda:

a) Abre o Dr. Google e pergunta pra ele o motivo da gritaria
b) Abre o Facebook e escreve sobre a gritaria no mural
c) Abre o Twitter e se aperta em 140 caracteres sobre a gritaria
d) Abre o Msn e comenta sobre a gritaria cazamiga
e) Abre o Blogger e escreve um post engraçadinho sobre a gritaria
f) Todas as anteriores

15 respostas em “Múltipla escolha

  1. Carol, o Junior é assim mesmo. Arruma uma gritaria pra dormir! Se tá com sono, pra quê dificultar?

    Depois de uns AAAAAHHH, UUUUEEEEHH beeeeem altos (os vizinhos devem achar que eu espanco ele, na boa)e uns 10 minutinhos de "vamo deixar a mãe louca e p. da vida" ele dorme. Com se N-A-D-A tivese acontecido.

    Mas, mesmo assim, eu #amoele

  2. Li o seus 2 post de hoje e a sensação de que era a nossa (minha e do Elias) história em suas palavras…

    Sei exatamente o que você está passando Carol, também já vivi essa mesma situação e ainda vivo hoje uma situação complicada em relação ao sono, mas um pouco menos difícil já que as gritarias inexplicáveis sumiram.

    Se tiver um tempinho passa lá no blog e busca os post com o tag sono e choro, daí você vai ver que não está sozinha nesse mundo de choros e gritarias pré-sono.

    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *