quem é mãe sabe. que o filho vem em primeiro lugar e pronto.

tá.

daí eu tava esperando meu vôo atrasado, perambulando pelo freeshop. a cria dormia e não gritava, num raro momento de paz e silêncio das nossas vidas. fiquei namorando umas maquilagis, mas nenhuma vendedora veio me dar atenção – as mães não se pintam mais, meu povo?

deixei as maquiagens pra lá e fui procurar uma bolsa nova. de novo, as vendedoras me ignoram.

cheguei nos óculos. putz, meus óculos de sol se perderam há mais de mês e eu a.m.o. sair por aí com carão de oclão escurão. sigo olhando. Pradas, Diors, Ray Bans. vendedor vem me mimar e começa a contar daqueles maravilhas ali expostas. tudo lindo, tudo caro, tudo em dólares.

começo a pensar na quantidade de fraldas que aqueles dólares podem comprar. ou médicos. ou roupinhas. ou brinquedinhos. olho pro bebezico dormindo, me dá uma alegria, parece que só isso basta no mundo. escorre uma lagriminha no canto dos meus olhos e eu saio do duty free feliz e sem gastar nenhum tostão verdinho do meu bolso materno.

MENTIRA.

eu fui lá e pensei aquilo tudo dos dólares e caguei e comprei o óclão sem grandes dúvidas. meu cartão de crédito passou e passou feliz (cartão de crédito é bom que dá essa ilusão de estar comprando GRÁTIS, né não? a conta demooora pra chegar e a culpa do gasto já até foi embora).

ah gente. filho é lindo, eu amo, coisa e tal.

mas também amo me sentir rycah, phyna e iluminada, praticamente o retrato do mau humor com um par de óculos que tapam metade do meu rosto. acho muito digno. comprei meeeeermo.

só pra não negar totalmente a questão materna, a primeira foto da minha aquisição é estrelada por quem, adivinha?

loosho e ryquezah

41 respostas em “das prioridades

  1. Qdo terminei de ler a primeira parte, imaginei o que tu tinha tomado, pra estar assim tão…sei lá…

    hahahaha.
    adorei.
    Porque acredito que a gente tem precisa ter dignidade. Ora…

  2. Eu ti juro, eu quase acrediteii qe tu não tinha compraado!husauhsauhsausah
    Maas mãe merece mesmoo!! Ahh Carol e esse negócio de vendedora não atender mommys é verdade, tu nem precisa ser mommys, basta estar com um baby fofildo nos braços qe fingem qe tu é invisiveel!!

    Ps: Luquitchous ficou maaais lindo ainda!!hehe
    Bjoos

  3. Carol, eu ando taaaanto nessa vibe de "o filho é importante mas eu também sou".
    às vezes acho que é um surto de egoísmo super inadequado, às vezes acho que é uma postura salvadora de sanidade. ainda hei de elaborar essa questão pra chegar a uma conclusão…
    Luquinhas arrasou assim, todo divo!
    beija!

  4. olha eu não sei se é porque a gente sempre ta descabelada, com gorfo na blusa, cheirando azedo -nem sempre tbm ne?! exagerei- mais as vendedoras acham mesmo que não somos consumistas…

    eé bom q assim a gente se camufla srsrs

    ah e que aquisição otima, adorei, e o Luq Luq ficou um gato!

  5. Transação de pensamento Carol. Tb amo meu filho, mas amo me sentir "no poder" tb kkkk
    Agora, me fala uma coisa: pq a gente faz isso com eles? Eu tenho uma foto do Rafael na mesmíssima situação, de óculos escuros. Será por isso que eles começam a gostar do Justin Bieber depois que crescem???
    Ah, sobre os pincéis, eu achei pela internet, mas só em sites internacionais. Me dói comprar assim, pq demora uma vida pra chegar, e eu tenho medo que se percam por aí (total confiabilidade do correio brasileiro…).

    Beijos

  6. Terminei a primeira parte do post e pensei, nossa como maternidade muda uma mulher O.o
    Mas aí eu vi o resto e vibrei 'yeeey' não muda tanto assim hahahah!
    Tem mais que pensar em vc também Carol!

    Beijos 🙂

  7. hahahahaahahahahahaha fiz cocô de rir…

    A parte do "Mentira" foi a melhor!! A gente tem que sijogar nas maquiagens, perfumes e afins, por que, afinal, continuamos sendo mulher, casadas e precisando de um pouquinho só de orgulho pÓprio, não? Adorei! Adorei! Adorei!

    Adorei mais a foto do Luquinhas, ele ficou chiquérrrrrrimo no óclão!!!!!!!!!

    Beijos,
    Dani.

    http://viagensdeprimeiraviagem.blogspot.com

  8. aiiii luqui-luqui seu lindo!!!

    carol, sua fofilda aproveita móinto esse freeshops ai!! em novembro devo ir prai uhuuuulll vou a Quilmes cidade que mora minha recem exportada cunhada que casou mes passado com um hermano

    ela tem um blog de moda se quiser olhar tbm 🙂 é o ohfashionblog.blogspot.com

    bjoca

  9. OI CAROL ESTOU TE SEGUINDO E AMANDO LER SEU BLOG ME DIVIRTO PAKAS LENDO SEUS POSTS Q DIGA-SE DE PASSAGEM SÃO QUASE SEMPRE TODOS HILÁRIOS. SEU BEBE É LINDO E O NOME DELE TAMBÉM POIS MEU FILHO TAMBÉM CHAMA LUCAS MIL BJOS.

  10. hehehehe

    Mãe até pode tenta se mimar, mas…
    filho que é filho chega tomando posse geral.
    Imagina daqui a uns anos, quando você pensar que comprou aquele lindo notebook novo para você e seu filho não largar ele…
    ou quando você comprar o novo iphone20 e ele se apossar dele…

    Daí, você vai lembrar que essa foto foi só o começo de uma vida de partilhas! 🙂

    Boa viagem!!!!!!!!!!!!!

  11. Nossa, já tava te achando um ser iluminado por passar pelo FreeShop de Buenos (o melhor do mundo na minha opinião!) e não comprar nada…
    Ainda bem que você comprou, porque filho é lindo, maravilhoso, mas a gente também merece!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *