não comentei antes, mas no final de semana passado estive no Brasil. E neste, também estarei. O avô de Maridón não está nada bem e tudo indica que é chegada a sua hora.

Por mais que seja avô, por mais que a gente saiba que é normal que seja assim… não é fácil se convencer de que a vida termina. Não é fácil ME convencer. 
Mas enfim.

Fica aqui um post, uma recordação, um agradecimento pelos anos de convivência, elogios, conselhos, exemplos, comidinhas, abraços, beijos, telefonemas, e-mails, visitas e tudo mais que o Seu Zé nos deu. E mais ainda, fica uma das melhores fotos que eu tive a sorte de fazer, no começo do mês:

Abre a janela agora
Deixa que o sol te veja
É só lembrar que o amor é tão maior
Que estamos sós no céu
Abre as cortinas pra mim
Que eu não me escondo de ninguém
O amor já desvendou nosso lugar
E agora está de bem

39 respostas em “Conversa de botas batidas

  1. Oi Carol e Lucas e Pedro!!!
    Hoje enviei um email pra vc, me apresentando! E já que me apresentei, posso começar a comentar tudinho!!
    Enfim… Sinto pelo vô do Lucas. Perdi um dos meus vô quando era criança também, mas deu pra aproveitá-lo bastante.
    Apesar do Luquitchous (to cheia de intimidade!, liga não!) estar pequenininho, sem dúvida terá muito orgulho desse vô tão fofo!
    Bjs
    Dai

  2. Carol, nessas horas eu prefiro me calar e desejar que td se resolva bem!

    MOmento lindo o dessa foto.

    Boa passagem pro biso do Luqui-Luqui!

    Beijos pra vc e pro Lucas e força pro Maridón!

  3. Esse post me encheu os olhos de lagrimas. Faz quase 3 anos minha vó tb fez sua passagem, e infelizmente não consegui chegar ao Brasil a tempo para a nossa despedida. Como eu queria ter uma foto dessa, da minha vózinha amada com o meu bb de 2 meses, mas…
    Carol que Deus abençoe vcs, que Ele receba seu Ze com amor que só Ele tem e que as lembrancas que ficarem no coracao do Luquinhas seja essa: O Amor! Bjs, Deia

  4. Oi Carol! Sou nova nesse mundo de blogs e passeando por outros blogs maternos vim parar no seu.. Muito triste esse post. Sei bem o que é isso, minha avózinha foi para o céu em agosto desse ano e quando ela ainda estava mal no hospital também não me convencia que ela era velhinha e tinha vivido muito… Sinto muito por vocês e de coração, desejo muita força para a família toda!

    Beijinhos
    Paty

    ps. Vou seguir o blog, adorei!

  5. Sobre a foto:
    Jeitinho de vô meigo!
    Foto linda!

    Sobre os fatos:
    Sei como é! E é difícil… Mas morrer faz parte da vida e acho que tem até certa beleza nisso, na partida após uma vida bem vivida!
    Ficam lágrimas, lembranças e saudades. Pra sempre. Ou até que façamos companhia a eles.
    Beijos e paz pro coração do Seu Zé! E pros de vocês!

  6. Por mais q a gente saiba q è natural, quando chega o momento dòi,demaisss!
    Desejo q este vovô, và para o ceu sem sofrer, sem sentir dor antes. Q sua pasagem seja tranquila.
    Bjs Carol, meus sentimentos com a familia.

  7. Linda a foto…lindo o trecho da música…e como a prórpia música diz: "Esse é só o começo do fim das nossas vidas…"
    Por mais natural que seja e gente nunca consegue digerir com facilidade…sempre é difícil e doloroso, mas enfim…que esta sua vinda ao Brasil seja feliz e que seja apenas um sustinho do Seu Zé..e que ele fique bem!

    Bjs….

  8. Triste e ai mesmo tempo belo esse post. Triste pela partida de alguém muito especial e belo pela beleza da foto.
    Que Deus esteja com ele em sua partida e conforte a damília.
    Bjs

  9. Ah, Carolzinha, que foto mais linda!
    Emocionante mesmo.

    Sabe que quando li o título e vi a fotinho pensei que fosse o Chico Xavier com o fofucho! Juro! Me deu até um gelo: "santodeus, que que a Carol aprontou agora??"
    Essa boininha, esses óculos e esse sorriso meigo do avozinho…que lindeza!

    Abraço e força pra vocês aí!

  10. Oi, Carol. Despedidas são sempre difíceis. Mente quem diz que não. Desejo força e paz nesse momento complicado para vocês, tendo a certeza de que com o carinho dos mais próximos vocês conseguirão seguir adiante da melhor maneira possível.
    beijos

  11. Amiga me emocionei muito com esse post.
    Realmente não éfácil convencer mesmo
    no dia 11/09/2011 perdi minha vozinha ,ela morava comigo desde que nasci era minha outra mãe,e só fazia um ano que não morava mais com ela pois mudei pra morar com maridón kkkk é mtooo dificil aceitar mas aos poucos so restam as lembranças mesmo…
    Bjão fique com Deus

  12. Linda foto. Pelo post mais recente soube que o Seu Zé já partiu. Que ele tenha feito uma boa passagem. E que fiquem os bons exemplos que ele deixou enquanto esteve por aqui.
    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *