A feliz: Claro que eu estou participando do sorteio de lançamento do Minha Mãe que Disse! Elas são lindas, ótimas e o site tá o máximo, apareçam por lá!

A nem tanto: Luqui-luqui tá com uma suspeita chata de ter alergia à proteína do leite de vaca. Hoje fez cocô com sangue e seu chororô não acaba nunca, ele parece sempre incomodado, com dor. Não dorme profundamente nunca e essa noite não dormiu quase nada. Além disso, os remédios pra refluxo que estávamos usando não estão adiantando, o que reforça um pouco a suspeita. De qualquer forma, hoje mesmo vamos fazer exames e amanhã temos uma consulta de urgência com a pediatra. Mesmo assim – e aqui a coisa complica – a partir de hoje, estou em dieta de lacteos. TODOS OS LÁCTEOS. Todas as coisas que podem ter um pézinho no leite da vaca má não entram no que posso comer. Vamos dar as mãos e fazer um minuto de silêncio pela vaca que não mais estará na minha vida.

(ainda em silêncio)

Eu que achava que diabetes gestacional tinha sido o PIOR da minha restrição alimentar ever. Ai ai.

Mas enfim, pelo meu filho, eu sigo em frente sem medo.

33 respostas em “Uma coisa feliz e outra nem tanto

  1. uiiii a minha filhota é intolerante as proteínas do leite de vaca , e a solução foi dar um leite de soja , no meu caso o ´´visoy´´ só assim as coisas se resolveram ..

    boa sorte …

  2. Oi Carol…
    Conheci se blog a pouquissimo tempo e ja sou viciada nesse su mundo…rsrsrsrsr…
    Qnto a esse *probleminha* tenhu certeza de q vc conseguirá passar por esse "pequeno" obstáculo sem muitos problemas.
    Estou na torcida por vcs…
    Bjão

  3. e daíq ue pelo filho a gente faz mesmo. sem reclamar.
    ok

    mas tenho uma dica… vai falar com o tchella, do batatinha-tinha. ela teve que fazer a mesma dieta e postava até receitinhas bacanas.

    vc consegue e eu fico na torcida, ok???

    bjocas

  4. Carol, minha querida, vai dar tudo certo. Sei que vc ama leite e fazer restrições não é nada fácil, mas vc tirou de letra a diabetes, com essa não vai ser diferente.
    BJS

  5. olá chará
    meu primo te apenas
    uma ano e tambem tem alergia a lactose o medico recomemdou m leite em pó que se chama supra soy da uma perguntadinha com o medico e ve o que ele diz ai talvez vc não tenha que riscar o leite da sua vida
    bjooooo

    ahh apesar de não comentar muito adoro ler o seu blog

  6. Carol querida,

    Miguelindo também está com suspeita de alergia ao leite de vace e eu tô em dieta há cerca de 20 dias. Nada daquelas coisas gordas, ooops, gostosas, nós podemos comer.

    Mas olha, tá sendo bem mais fácil de levar do que eu imaginava. E olha que sou chocólatra! Achei que fosse sofer muuuuito mais. Claro que tô quase matando um por uma pizza, mas vou me virando como posso.

    Ainda mais que amanhã é aniversário do meu Luquinhas e eu tô a semana inteira enrolando docinhos sem sequer provar. Já rolou brigadeiro, docinho de leite ninho…

    Pra amenizar, vou fazer brigadeiros com leite condensado de soja (sim, ele existe!) e o chocolate do padre (tem aí?) que também não leva leite.

    E assim vamos vivendo.

    E, se for isso mesmo, normalmente essa alergia regride quando a criança tem cerca de um ano de idade. Sendo assim, o Luquinhas vai levar uma vida normal e vai poder se acabar tanto no dulce de leche quanto no brigadeiro.

    beijos e força na peruca!

  7. Carol, Bento teve refluxo até 1 ano e essa suspeita de APLV tb. A suspeita não foi confirmada, mas eu tb restringi tudo que tinha leite. Tomava leite de soja e tals, disse adeus ao chocolatinho por uns bons meses. É uma dieta chatinha mesmo, mas conforme os pequenos crescem a intolerância diminui. Tô na torcida aqui, vai dar tudo certo!
    bjos
    Sarah
    http://maedobento.blogspot.com/

  8. Carol, hoje em dias há tantas alternativas ao leite de vaca: soja, arroz, cabra, búfala!
    Capriche na muçarela de búfala com tomate (seco ou fresco), no leite de soja para o café da manhã.
    Beijos

  9. Carol, se precisar de receitinhas gostosas sem leite de vaca (e glúten, e acçúcar, e… não, brincadeira, só esses três. ahuahuah) pode gritar que tenho toneladas!
    Juro.
    Namorado, Juh e eu não estamos comendo lactose (e glúten e açúcar), tenho uma diversidade de coisinhas para substituir outras coisinhas. 😉
    E a maioria é coisinha pá-pum.
    Beijão!

  10. Carol,
    Lorenzo tem 5 meses e desde 37 semanas de gestação eu estou sem leite e derivados.
    Podia ter voltado e não voltei.
    Foi punk no início. Horrível. Eu sou semi-vegetariana, só como peixe. Queijo era tudo na minha vida.
    Mas com o tempo tu acostuma e fica fácil.
    Boa sorte!

    Ah! Se tu gostares de quindim, é quase o único doce do mundo que não leva leite!

    Beijos

  11. Carol, nem precisa estressar muito, porque comigo foi a mesma coisa; filetinhos de sangue nas fezes da bebê e a médica cortou todo o leite da minha alimentação. Ela só mamava no peito e com o tempo fui introduzindo aos poucos o leite novamente na minha alimentação. Quando ela passou a tomar leite sem ser do peito não precisou ser nada especial e ela toma leite de vaca sem problemas hoje. Vou torcer para o Lucas ser assim também!
    Bjs

  12. Memória de grávida é punk então meu comentário será inútil e capenga.
    Mas eu lembro que minha sobrinha teve um episódio desses: coco verde + sangue.
    Ninguém cortou leite da alimentação da minha irmã, o negócio resolveu e agora entra a parte sem memória: o que era?
    Não lembro mesmo…

    Que isso passe logo, seja lá o que for <3

    Beijosss

  13. Ai Carol, nem consigo imaginar o que seja isso. Eu tive intolerancia a lactose qdo bebe e por conta disso a pediatra da Manu prescreveu pra ela um leite hipoalergenico, ja que ela disse que isso muitas vezes eh hereditario..por enquanto ela aceitou bem. Boa sorte pro Lucas..to na torcida pra que nao seja nada disso e ele fique bem. Bjks

  14. Carol, não se desespere!
    O Gui teve a mesma coisa, fiz uma dieta mega restritiva, tirei derivados do leite, leite e carnes… ou seja, vivia de luz e de legumes que eu odeio!!!
    Dois meses depois, fui voltando a alimentação normal, e o Gui naõ tem nenhuma alergia/intolerância.
    Vai com fé que tudo dará certo!!!

  15. Carol, quando vc falou em leite de vaca eu pensei, ué, mas vc não é uma vaca?!!! hehhehe Ok, momento piada sem graça! depois pensei, ué, será que lucas não mama mais no peito da carol??? mas caramba… alergia! que chato! Mas das opções acima é menos pior, néam? puxa, amiga, força! viu? bjocas, ju

  16. Oi flor a quanto tempo não dava uma espiadinha por aqui mas agora voltei com força total e sempre darei uma espiadinha por aqui seu principe está muito lindo parabéns!!!
    E quanto a tolerançia a leite de vaca meu sobrinho teve tbm e tomava leite de cabra tadinho kkkk mas tudo vai dar certo flor estarei na torcida por vcs

    Bjoo e feliz dia do amigo

  17. Poxa que dó! Que droga isso Carol!
    Bom, tô na torcida pra vocês fecharem logo o diagnóstico e pro nosso fofildo ficar bem logo.

    Quanto à tua alimentação… bom, fácil não é. Mas com certeza é mais fácil que ver o filhote desconfortável né?

    beijo grandão

  18. Olá Carol…
    Que chato que isso aconteceu…
    Isso também aconteceu aqui em casa por volta dos 4 meses do meu Gabriel… Foi terrível ver o sofrimento do meu gordinho e não saber o que fazer para ajudar…
    Cheguei a ir a mais de 10 pediatras diferentes, e quem descobriu o que era fui eu mesma…
    Também fiz a restrição alimentar por muito tempo… me dediquei a muitos chocolates de soja entre outras cositas mais, mas não é muito fácil não….
    Enfim, o Gabriel não tinha essa intolerância, e sim algumas fissuras no ânus. São pequenas feridinhas que quando ele fazia força para fazer seu cocozinho, as feridinhas abriam e sangravam… Como nenhum pediatra observou seu bumbum, nenhum descobriu, cheguei até a um cirurgião, que já queria fazer exames super invasivos, mas graças a Deus, eu observei essas feridinhas, parecem risquinhos, e com uma pomadinha tudo se resolveu.
    Boa sorte com seu bebê!!!
    abraços

  19. Carol, tenho uma amiga que passa por isso. Precisou cortar todos os lácteos de sua dieta. Ela diz que no começo foi barra, mas depois se acostumou. A menina tem quase dois anos e continua sendo amamentada.
    O grande lance é que ela buscou encarar com bom humor, sempre fala sobre como assim fez uma bela dieta e ficou magrinha. E também, pensa na filha que vive a mesma dieta e, se a criança vai passar por isso, ela pode aguentar por um tempo determinado.
    Enfim, apenas uma história para tentar confortá-la.
    Torcendo para ficarem bem ai!
    Beijos!

  20. Carol!

    Antonio é alérgico ao leite de vaca (e a mais um milhão de coisas). Descobrimos por causa do sangramento nas fezes também. Na idade do teu lucas, o melhor remédio é o LM. Aqui fiz uma dieta mega restrita pra amamentar, e Antonio mamou até 1 ano, parou por greve dele mesmo. A dieta no comeco é muito difícil, depois a gente tira de letra!

    Temos uma comunidade de mães de alérgicos no orkut, chama Meu filho é alérgico ao leite. Lá aprendi tudo que precisava saber, porque a dieta não é tão simples, inclui controle de traCos, contaminacão em casa, enfim… Não sei se tens orkut, mas vale a pena dar uma passada lá! Tem a pagina de mesmo nome no facebook também, mas lá não conseguimos colocar a mesma quantidade de informacao do orkut!
    Forca, e muito LM livre de proteinas do leite pro teu pimpolho!

    Beijos,
    Bettina

    http://www.vivendonummundoazul.blogspot.com

  21. Ah, e cuidado com a soja, porque a maioria dos bebês que tem sangramento nas fezes, também não toleram a soja, é bom que nem entrem em contato com ela antes de, no mínimo, 6 meses!

    🙂

    (sorry os livros, mas esse assunto se apodera de mim!)

  22. Oi Carol, eu passei por isso, fiquei um tempão de dieta de tudo que leva leite e não vou minimizar: pra mim que adoro leite foi mto dificil. Mas se vc gosta de leite de soja dá pra passar tranquilo. E outra coisa, logo a gente se acostuma, só o inicio é pior.
    Beijos e boa sorte, tomara que Lucas não tenha nada.

  23. Carol, minha filha teve aplv do nascimento aos 2 anos, é muito importante tirar completamente o alergeno da vida dele, completamente mesmo, até as panelas, chupetas, mamadeiras, liqüidificador trocamos aqui. Descobrimos muito tarde, ignorância minha e do pediatra, depois de Laura vomitar e ficar desnutrida aos 5 meses. Isso é bem sério, melhor identificar logo que passa, hoje parece que ela nunca foi alérgica. Estou gravida de novo e 85% de chance que a bb seja alérgica tb.

  24. Olá Carol, sempre venho no seu blog mais nunca comentei…Porém hj qdo ví o assunto intolerante a leite, resolvi colocar algumas coisinhas aqui…
    Minha Tia adotou um bb que era intolerante a leite…e começou assim como o Lucas…sangue no coco, diarreia… E depois ficamos sabendo que em alguns casos existem os vomitos tb…
    Na epoca nós nos assustamos e ficamos super chateados…mas percebemos que essa é a doença do século,muitas crianças hj em dia tem essa tal intolerancia!
    Ele tomou um leite a base de óleo de peixe (super fedido rsrrsrsrs que não deixa os bebes terem cheirinho delicioso de bebe)e existiam algumas mães lá no hospital que tiveram que parar de amamentar pq o próprio leite da mãe (mesmo a mãe fazendo a dieta certinha)dava alergia na criança foi chegando a epoca de dar papinha e demos normal, legumes, frutas…até q agora ele esta com 10 meses e a médica ja fez a transição do leite de peixe, para o NAN…e agora ele já não tem sintomas nenhum… essa intolerancia geralmente acontece até os primeiros 12 meses dos babies… por isso fique tranquila viu… é uma fase e passa rápido!

    Bjão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *