que estou oficialmente desistindo de escrever post grande ou com alguma revisão. Se não for assim, simplesmente não consigo escrever lhufas e o tempo passa e eu perDo as oportunidades de registrar as coisas.

Rapidex, porque o bebê já resmunga no berço: levamos Luquinhas pra consulta de um mês e tudo lindju! Tá pesando 4,150 Kg (engordou cerca de 40g/dia desde que nasceu!), mede 51,5 cm e tá ótimo de saúde. Já melhorou da conjutivite que teve na semana passada (e eu esqueci de contar esse causo… mas foi breve e quase não doeu), podemos suspender o remedinho. Fora isso, segue com os gases e a médica afirmou que nada tem a ver com a minha alimentação, que é imaturidade do sistema dele, que é papo de ter paciência e esperar passarem os 3 primeiros meses (#senhor, dai-me a tal da paciência, fazfavô). De qualquer forma, tô evitando algumas comidas mais polêmicas, por via das dúvidas.

Comentei com ela sobre a livre demanda e ela aconselhou começar a dar uma regulada nisso daí, tentar colocar um pouquinho de horário, não oferecer o peito logo de primeira quando ele chorar. Mas que, se eu sentir que é peito que ele quer, que se danem os horários, é peito que ele vai ter. Falou de picos de crescimento e crises de carência, que eu tenho que ter paciência pra isso e aí sim, deixar ele mamar bastante.

Não sei se o conheço o suficiente pra determinar isso, então vou seguir dando as peitas sem muito controle de relógio, Dr. Carlos Gonzalez me convenceu mais no seu livro “Mi Niño No Me Come” (suuuper recomendo a leitura, é maravilhoso). Mesmo assim, eu confiei bastante na pediatra, ela foi muito calma, explicou tudo com carinho e paciência, teve cuidado com meu filho. E elogiou a coisa da amamentação exclusiva, falou que é um “caso de sucesso” (orgulho nas alturas nessa hora).

Mas, esse caso de sucesso tem seu ônus: hoje, por exemplo, ele pediu pra mamar de hora-em-hora, desde às seis da matina e ainda não dormiu. Não sei o que tá rolando, mas tô fazendo o possível pra atendê-lo, o que vai me deixando cada vez mais cansada. Um conselho que ela (e o mundo inteiro) me deu e vou tentar seguir a partir de hoje: tentar dormir mais. Tenho dormido muito pouco e estou beirando à exaustão, chegou a hora de parar um pouco. Vamos ver se consigo.

E bem, este post já demorou mais de uma hora pra ser escrito e se estendeu mais do que eu havia planejado, he-he. Assim que der, eu volto com mais news!

Saudades de vocês, amigas bloguísticas… só tenho lido pelo celular na madrugada boladona, perdão pela ausência nos comentários e pela falta de resposta aos emails. Um dia daqui uns 3 anos, tudo volta ao normal!
/
/

19 respostas em “Então

  1. você tentou o vídeo do dr. karp? (embrulha, poe de lado, faz sh,balança, dá o peito? – pra fazer o bebe se sentir na barriga?) Eu comentei em outro post recomendando o vídeo com link, não sei se vc viu… mas é que pra mim, foi a salvação, meu filho chorava SEMPRE, não conseguia nem mamar, nem dormir, quase não cresceu, enfim, depois da super técnica, tudo melhorou. Mas tem que ver o vídeo que o médico explica bem direitinho, não é de qualquer jeito que faz não…

    E vai passar, os cabelos vão cair, as olheiras vão crescer! Mas vai passar! rs

    Meu nome é Carol tb, mas não tenho blog. ( caihlin@gmail.com)

  2. Carol, livre demanda não é dar o peito toda vez que o bebê chora. É dar o peito toda vez que ele precisa mamar! Claro que nem sempre é fácil reconhecer a diferença, mas vale tentar algumas coisas antes de oferecer o mamá, se você desconfiar que o problema não é fome. Mas, como você disse, se não tiver outro jeito, peitas nele!
    Sobre o sono, olha a máxima do puerpério, que eu li em algum lugar (acho q foi na encantadora, abapha):
    Por que ficar em pé se você pode ficar sentada? Por que que ficar sentada se você pode estar deitada? E por que ficar acordada se você pode estar dormindo?
    bjos!

  3. Carol, Carol, Carol ♪
    Minha musa inspiradora da prenhez agora também versão parida!
    Sou uma teórica ainda, mas acho que mamar toda hora assim faz com que o baby não "mate a fome", sabe? Aí ele precisa ficar "beliscando"… enche um pouquinho a pancinha e tá satisfeito.
    Comofaz pra reconhecer/resolver isso?
    Não tenho ideia rs

    Beijossss

  4. Levei o Lorenlindo numa ped louca homeopata e ela mandou controlar os horários da mamada! Só ri…

    O espaçamento vai acontecendo naturalmente! Não se de quanto em quanto tempo o Lorz mama, mas é muuuuuuito menos do que no primeiro mês.

    Carlos González me libertou!

    Beijokas e parabéns pelo crescimento do filhote!

  5. Carlos Gonzáles é show!!!

    Quanto aos gases, não sou doutora mas meu bebê sofreu IMENSAMENTE os 3 primeiros meses com esses malditos gases, e não importava se eu só me alimentava de pão e água (literalmente), ele tinha gases. Tentei de tudooo, remédio, amamentar a cada 3 horas e nada ajudou, daí chutei o balde e pedi mais paciência de deuso!! Well, ele está com quase 4 meses e já não sofre tanto, mas de vez em quando os malditos gases surgem na madrugada para tirar o sono da galera aqui!!

    Sorte por ai!!

  6. Carol, olha só, "esterilizar chupeta pra que????"
    Já leu o texto sobre filhos, que o primeiro é de vidro, o segundo de borracha e o tercheiro de ferro? (não sei ao certo se essa é a sequencia), parta logo para o terceiro, que dá menos trabalho e gera menos stress.
    Tê dá uns minutos a mais de sono, que nessa fase, é artigo de luxo!
    Ele está lindo, parabéns!
    Beijos
    Eli

  7. Oi Carol!
    Por aqui essa fase dos gases foi punk também, mas passou perto do terceiro mês.

    O pediatra aqui receitou o Luftal, para ajudar a diluir os gases. Mas o que ajudava mesmo eram as massagens, banho morno e peito!

    Força aí!

    Beijos
    Nine

  8. Carol, eu cheguei a fazer um caderninho para anotar os horários de mamada do Joaquino perto da quarta ou quinta semana. Parei em dois dias, era deseperador, eu cheguei a amamentar 16 vezes num dia.
    Quédize, menos que hora em hora, era uma loucura!
    Mas tb não arredei pé da LD… ele foi sossegando e tals.
    Nunca estabeleceu horário fixo, e até hj mama como quer.
    Mas a grande vantagem: come de tudo, todos os sabores, todas as frutas… certeza que esse investimento do início ajudou para o desenvolvimento do paladar. sem contar que eu acreditava na tal exogestação… cordão umbilical dá comida toda hora, ele ainda não acostumou com a vida aqui fora. não acha?
    você é uma mãezona, hein?!!
    Lindo esse fofucho, de morrer!
    Parabéns e força, que passa!!

  9. Oi Carol,
    O meu Pedro, prematuríssimo e pequeniníssimo, mamava com intervalos de apenas 1 hora e meia!!!! Isso durante um bom tempo. De dia, ele ainda esticava um pouco o sono, mas à noite era batata: a cada hora e meia ele mamava.
    A coisa é punk. A falta de dormir pesado é muito braba mesmo.
    Tem que tentar dormir junto com ele, mesmo que mil outras coisas te esperem.
    A cólica passa como mágica da noite pro dia mesmo. Aí eles dormem mais. E nós tb!
    beijos,
    Juliana Andrade.

  10. Deeeeus do céu, to babando nessas fotos aii de baixo, que coisinha mais lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!
    Lindo, lindo, lindo! Vontade de morder!!
    Sobre o caso da livre mamada, acho que vc deve sim meio que estabelecer uns horarios, tipo tentar fazer ele mamar bastante, dai depois tenta dar so apos 3hs, por ex, pq se não, ele vai acostumar com o peito na hora que ele quiser, msm sem fome, e dai vc vai ficar cansadona..Nao sou pediatra nem nada, é só opiniao 😉
    Super Beijo
    Se cuida
    E um cheiroo nesse gataoo!

  11. Livre demanda liberta, Carlos González liberta e naturalmente ele vai espaçar as mamadas. Só vai retomar este ritmo louco, quando estiver em crise (ansiedade, saltos de crescimento etc.). Mas, estando maiuor, terá outros interesses, porque acredite – eles crescem e descobrem o mundo. Daqui a pouco vc vai reclamar que está perdendo pros cachorros, brinquedos, chão e todo o resto.
    Beijos e vá dormir! Cochilar, dormir sentada, babando, vale tudo.

  12. Carol, isso de gases/colicas, eu sempre acreditei ser da imaturidade do sistema digestivo mesmo, faz parte da teoria da extero-gestacao. Vc vai ver como com 3 meses eh a primeira vez que o bebe muda e parece que da um baitcha salto no desenvolvimento do dia pra noite (depois aos 6 e 12 meses). Incrivel.

    Assim sendo, no creo mucho que tenha a ver com a alimentacao da mae. Se te serve de consolo, as colcias malditas da Bebella passaram com 2 meses (nao 3, uhu). Assim, e-xa-ta-men-te no dia que completou 2 meses. E… era bem no meio da Pascoa, quando eu comia 200 mil kgs de chocolate por dia, que eh considerado um dos viloes que a mae nao pode comer. Cada caso eh um caso, mas com a gente foi assim.

    Ainda como cada caso eh um caso, nao posso opinar sobre livre demanda porque eu sou bem contra. Sigo a Tracy Hoggs sem muita rigidez, especialmente a parte de observar e respeitar, mas tambem de ensinar o filho. Tudo deu certo, o sono meu, do Ben e dela sao otemos e todo o rsto tambem. Estou sempre descansada, meu casamento vai otimo, tenho tempo pra mim, trabalho… e por isso sigo essa escola de pensamento. Mas sei que outras tambem podem dar o mesmo efeito. Continua seguindo seu coracao e vamo que vamo!

    Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *