O causo do apê se resolveu: o proprietário quer seguir alugando sim. Aumentou o preço um pouco mais do que eu acho que meu bolso gostaria, mas cortou uma das taxas que deveríamos pagar no ato da renovação (e a todas que me ajudaram falando um pouco de como funciona no Brasil, obrigada! Mas aqui tem umas taxas das quais não podemos fugir mesmo…). Apesar de caro, pensamos bastante e decidimos ficar, essa grana a mais é pouca perto do quanto vale a minha tranquilidade agora. Estou bem mais calma, feliz e quero seguir morando no meu apêzinho querido, então resolvemos ficar. Fim do sofrimento!

– No mesmo dia, fiquei sabendo que meu bônus de mérito do trabalho tinha sido aprovado e que tinha saído um pagamento de uns frilas que Maridón havia feito. Ou seja: duas graninhas legais chegaram no mesmo dia, que bom. Tá loonge de ser uma fortuna, mas serve pra acalmar o coração de qualquer pessoa que há 5 segundos atrás estava preocupada com o aumento no valor do aluguel.

– Ainda nesse mesmo dia (que foi uma felicidade só, por sinal), nos ligaram da concessionária avisando que o carrinho que compramos tava pronto pra ser retirado (mais de um mês depois, haja saco pra esperar). Fomos lá bem bestinhas e felizes, buscar o nosso primeiro carro ever. Felicidade da classe média dividida em bonitas parcelas, vamos combinar. Mas e daí, né? Tanto é uma alegria que todo mundo que sabia ficava dando parabéns, achei engraçado. Eu nunca dei parabéns pra quem comprou carro, mas ganhei vários. Enfim, curti.

– Daí que, na saída da concessionária, eu, que não dirigia há tempos e não sabia direito os caminhos, não quis pegar no carro. Maridón trouxe e eu vim de co-pilota encheção de saco “olha o sinal, olha a seta, passa a marcha”, essas coisas agradáveis. Mas, no dia seguinte, precisamos dar uma saída e eu encarei. E desde então, quem dirige sou eu, AMARRADONA. Insegura, com um senso de direção digno de cego em tiroteio e péssima estacionadora. E daí? Dirigir o seu próprio carro, com cheirinho de novo e ainda por cima com bebê mexendo na barriga é uma delícia.

– Essa saída do dia seguinte, a primeira em que dirigi, foi pra terminar o enxoval de Luquitchous. Compramos várias coisinhas e, ufa, tá quaaaase acabando. Faltam bobeiras, tipo álcool, algodão, cabides. Também falta comprar a cortina, mas estamos esperando o kit berço chegar, pra ver o que combina mais. Tampouco comprei coisas pra mim, mas estou esperando as orientações de parteira pra não comprar errado ou a mais (o curso com ela começa agora na terça!).

– Dito isso, resolvi começar a lavar roupinhas. Como o final de semana foi beeem agitado e eu já tava cansadinha, lavei só os gorrinhos e os babadores. Coisa pouca. Cismei de lavar na mão e saí desinfetando tudo em volta antes de começar (inclusive o secador de roupas, inclusive o balde – que era novo e exclusivo para este fim –, inclusive eumesma e, se algum cachorro tivesse chegado perto, acho que eu teria passado álcool-gel nele também). Lavei com um sabãozinho líquido específico para bebês, tudo na água morninha e depois ainda passei peça por peça. Desinfetei a gaveta da cômoda antes de guardar as coisas e já deixei o pote de álcool morando por ali mesmo, caso alguém queira meter a mão na coisas (será que devo pôr um alarme ali? Assim evitamos mãozão na gaveta de roupas lavadas do meu filho…).

– Como tudo isso deu muito trabalho, acho que vou aproveitar a experiência apenas pra rir de mim mesma e nada mais: a próxima leva de roupas vai pra máquina de lavar. He-he.
/
/

24 respostas em “Rapidinhas rápidas para registrar os momentos que merecem – parte 7 de infinitas

  1. Carol, me divirto com seus posts…
    Que bom que vc não vai precisar se mudar nessa altura do campeonato…
    Parabéns pelo seu carro…
    E sobre lavar as roupinhas, eu tb lavei tudo na mão até descobrir que é só colocar as roupinhas dentro de uma fronha (pra não estragá-las) e colocar na máquina no programa de roupas delicadas… depois desse dia nunca mais lavei roupas do meu Lucas na mão… rsrsrs…
    Bjos…

  2. Carol que fim de semana agitado hein..? Parabéns pelo carrinho (rsrs),
    Vai ser show pra sair com Luquinhas, você vai ver. Carro é uma mão na roda, com o perdão do trocadilho.
    Aqui em casa nosso baby deu a primeira mexidinha, a esposa está com 14 semanas e eu nem acreditei, eu mesmo não vi não (tive que sair pra comprar sorvete pra ela, em meio a um baita frio, vai entender…), quando cheguei a esposa me contou super contente! Fiquei um tempinho (ão) fiscalizando a barriga, mas o baby não quis repetir a façanha.
    Abraços pro cês 3!!!

    http://www.mmppv.blogspot.com/

  3. Ai ai, como me divirto com seus posts…
    E vai aí mais um parabéns pelo possante novo, aqui quem dirige sou só eu, maridão não aguenta mais ouvir minhas observações kkk
    Quanto a lavação de roupa, eu não lavei nada na mão, ai menina, preguiça no último nível, colocava na máquina no estágio de roupas delicadas e mandava ver. Hj lavo com sabão de coco em pó, praticidade é meu nome hehe
    bjãoo

  4. Parabéns!
    Pelo apê e pelo carro, por que meu bem, comprar carro aqui é uma novela americana, tipo "Days of our lives". Tenho cada causo pra contar!
    Já, já você se acostuma com os caminhos e se sente menos amarrada.

    Tão bom preparar tudo pra chegada do bebê! Apesar de não desinfetar nada, eu tomava meu tempo olhando tudo, sonhando com o bebê. Depois fiz questão de passar todas as roupinhas (lavei na máquina), arrumei, separei o que ia pra maternidade. Em breve vou poder dizer o que de tudo isso eu fiz da segunda vez.

    Bjks

  5. Oi Carol!
    Dia movimentadérrimo!! Melhor ainda: movimentado e ótimo. Parabéns por todas as novidades positivas de hoje!
    Menina… Lavar na mão é gostoso no início, mas dá uma trabalheira sem fim! Gostei da sugestão lá de cima, que diz pra lavar colma fronha. Boa idéia!
    Agora deixa eu te dizer uma coisa que aconteceu comigo: depois de várias roupinhas lavadas e guardadinhas, percebi que haviam ficado com aquele cheiro de móvel novo. Acho que de madeira ou laca… Sei lá! Portanto, fique atenta a isso!
    Beijocas!

  6. Carol!!

    Que beleza de dia!!! Tô mais aliviada por vc!! Uhullll…Parabéns, menina!! Luquinhas já vai nascer motorizadooo!!! heheheheeh…Bom pra passear com o pequeno, levar ao parque…a pracinha mais longe…pra ir ao mercado rapidinho… 😉
    Em relação as roupinhas, sou a favor da praticidade…rs…já tenho em mente que vou enfiar tudo na máquina mesmo e está óóóóteeemoo!! Viva a máquina de lavar! rssssssssssss

    Beijocas em vc e no Luquinhas!

  7. É pra curtir mesmo tudo…carro novo…( vamos combinar que criança pequenina sem carro fica meio complicado, parece luxo, mas é mega necessário!)…duas graninhas extras…OBAAA….e lavar as roupinhas…ah…isso é muito bom mesmo!!!!

    Curta muito amiga!

    BJS!

  8. Quanto agito e quanta coisa boa aconteceu! Graças!!!

    Ainnn, eu vivia limpando as gavetas com álcool e sempre esfregava as mãos com ele antes de pegar nas peças! E estava sempre vendo, cheirando, imaginando…e depois guardava.

    Tão bom…

    Beijo

  9. Rá, eu fiz exatamente como você: lavei tudo (tudo mesmo, até o Kit berço foi na leva também) a mão e ainda desinfetei cada cantinho do quarto da Isabela. E ainda obriguei o marido a me ajudar. rsrsrsrsrs

    Só não consegui passar porque eu odeio e aqui faz muito calor.

    Parabéns pelo carro novo, o primeiro merece ser devidamente celebrado.
    Beijos

  10. ai que fofo… lavar as roupinhas deve ser bom demais né!!

    agora de carro novo ninguem te segura rsrsrsrsrs!!!

    morro de medo de dirigir mas ultimamente tenho metido a cara e ido trabalhar de carro uma vez na semana… não é um bicho de sete cabeças não é tranquilo até!!!

    bjus pra vc e pro lucas fofucho!!

  11. Ah, que legal!

    sexta fiz meu 3° ultrassom e saí de lá saltitante! É tãaao bom, ne!

    Ainda não tenho as roupinhas para lavar (hehehe), mas me falaram para colocar água sanitária na máquina e bater uma vez sem nada para desinfetar antes de colocar as roupinhas do baby… será? Já fiz isso uma vez, só para limpar a máquinha mesmo, mas tenho medo de sobrar uma aguinha sanitária lá e detonar as roupinhas.

    então, vamos ver.
    tudo de bom para vocês!!!

  12. Carol.. seu post me fez lembrar de im mesmo na mesma epoca de gravidez…
    Estava na mesma ansiedade por motivos diferentes mais iguais.. e todo mundo falando das roupichas que deviam ser lavas e ir para a mala..
    Eu com um barrigão me meti a ir para o tanque.. só consegui lavar meia duzia de coisa.. depois li um post da Lia falando sobre a lavagem das roupas.. desancanei geral e lavei tudo na maquina,.. como faço até hj!!
    Agente vai relaxando, né?! Isso é tão bom!!!
    Bjnhos em vcs!

  13. Querida de tudo o que vc falou o que eu mais amo é lavar as roupinhas e ver o varalzinho todo lindo penduradinho, tenho fotos das roupinhas do David, lembro com o maior amor do mundo os momentos antes de ele chegar quando o quarto já tava prontinho, roupinhas lavadas, e eu ia no quarto dele, sentava na cadeira de balanço, ligava o móbile e ficava lá imaginando como seria com ele… delícia! e parabéns por não precisar mudar de ap eeeeeeeeeee, e pela grana extra que sempre sempre sempre cai bem! beijo

  14. Que bom que tudo acabou bem (ou começou bem?).
    Enfim, só pra te provar que tudo se ajeita.
    E ó, esse lance de querer desinfetar tudo é com o primeiro, depois do terceiro vai tudo para máquina desde a primeira lavagem 🙂

    beijoo

  15. Oi querida, passei para desejar uma boa semana.
    Adorei seu blog, estou seguindo vc e gostaria também de convida-la a ir conferir o meu blog e os meus vídeos, toda semana irei postar um novo vídeos da menina limão.
    Obrigada,
    fica com Deus,
    beijos

  16. Olá, tudo bem?
    Sou nova no seu cantinho…. Estou me divertindo com a sua forma descontraida de escrever…
    Bom, passei apenas para dar uma dica… Tenho um filho de quase 2 anos e ele não é alérgico a praticamente nada, até hj só uma coisa causa alergia nele, o maldito sabão em pó e cia…. Só uso sabão de coco nas roupinhas dele… então vai a dica… não arrisque lavar tudo com sabaozinho cheirozinho pra bebe, pq é a maior enrolação… nessa fase é sabão de coco e só… nem o amanciante pra dar cheirinho eu aconselho… assim vc não perde tempo tendo que relavar tudo correndo qdo o baby nascer… aos poucos vc vai testando as opções pra saber se terá ou não alergia….
    É apenas uma dica, que eu adoraria ter recebido qdo engravidei… rs
    brizaemarcelo.blogspot.com

  17. OBS: Sabao de coco tem em pó, liquido e em barra… eu faço uso dos 3 tipos…
    Os uniformes do pequeno que chegam em casa num estado que dá vontade de chorar eu deixo de molho no liquido, se possivel ainda coloco o balde no sol pra ver se clareia e volta para o branco original.
    O em pó uso na máquina.
    O em barras qdo são roupinhas especiais e precisam ser lavadas a mão.
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *