• Tem uma semana e meia que convivo com a diabetes e, olha só!, é mais simples do que eu pensava! Tá, eu sei que vai chover gente falando as variáveis “viu?/eu já sabia!/eu bem que te avisei!”, mas dessas, duvido que surja UMINHA pra dizer “ok, então me dá a tua diabetes aí, é facinho, eu posso muito bem ter isso por você” ou ainda “ah, furar o dedo todo dia é ótimo, mimpresta a tua agulha pra eu controlar a minha glicose também?”. Não gente, pode até ser mais fácil do que a gente pensa, mas ninguém quer, né? Pois bem, eu também não queria. Mas tudo bem, eu tomo as porradinhas, eu choro, eu levanto e eu sorrio de novo!

• Ainda no mesmo assunto: estou em dieta e ela funciona! Ainda nem tive tempo de decidir qual exercício quero fazer e já estou com os níveis de glicose controladinhos (no dia que eu começar a me exercitar, a coisa vai ficar tão linda que até vou tomar um sorvete – esperançafeelings).

• Ontem tive consulta de rotina na GO e é sempre um prazer ir lá: ela é muito calma, sempre sorrindo, não tem pressa… uma fofis. E me acalma taaaanto. Estou com o peso super controlado – só engordei um quilinho do mês passado pra cá –, pressão arterial ótima, coração do baby perfeito, altura uterina na normalidade e movimentos ok (eu adoro reclamar que ele mexe pouco – lógico que cheguei lá falando disso – daí a gracinha do meu filho mega chutou o sonar da médica na hora de ouvir o corazón. Ha-ha, muito bem, Lucas, envergonhe e desminta a sua mãe desde cedo). Mas é aquele papo: ela comentou que cada baby é diferente do outro, que basta ele mexer todo dia pra estar tudo bem, ele não precisa brincar de Alien Rasgador de Panças.

• Tenho ultrassom marcado pra metade da trigésima semana. Não sei se isso é bom ou ruim. É bom ver o baby e saber que tá tudo bem, mas morro de medo de descobrir coisas novas. E, vou confessar: eu era a Rainha do Ultrassom. Desde que descobri a gravidez até a vigésima semana, eu fiz 11. Isso mesmo, ONZE ultras. Mas calma, antes que me atirem pedras da falta de dignidade materna: apenas uma foi completamente eletiva (pra descobrir o sexo!). Das outras 10, três foram pedidas pela minha médica (controle de hematoma, TN e morfológica) e, finalmente, sete foram em emergência de hospital. Daí eu ganhei o Angel Sounds E comecei a sentir o baby mexer. E, além disso, eu fiz as pazes com a gravidez. Dito isso, já são dois meses sem ir pro hospital e sem forçar a barra pra fazer ultrassom. Sou ou não sou a calma em pessoa? Um poço de paz e espiritualidade e confiança na natureza? Hein? Confessa aí. Ai, que orgulho dimim.

• Daí que encho a boca pra dizer pras pessoas que NÃO SEI como está o Lucas: “tá bem, ué, tá mexendo e a barriga crescendo!”. Né não? Porque, amigas queridas da gravidez neurótica: a ignorância, às vezes, é uma dádiva. Tanto que não procurei quase nada no Google sobre diabetes gestacional (quase = dei uma olhada em dicas de dietas e sobremesas). Tanto que não sei qual é a medida da minha altura uterina. Nem a quantos bpms está o coração do baby. Nem sei a minha pressão. Só sei que, quando minha médica mede esses trecos e anuncia “normal, lindo, perfecto”, eu acredito.

• CLARO que eu sou mega a favor da informação consciente. De saber o que está rolando, até pra poder ter uma opinião formada e discutir os temas importantes que me cercam. Mas saber deixar a vida te guiar um pouco também é muito benéfico – eu to curtindo!

• Nesse sentido, resolvi voltar minhas energias pras coisas que posso controlar: estamos quase fechando a compra do carro (eta alegria da classe média dividida em leves prestações mensais) e já agendamos a obra no quarto do pequeno (começa amanhã!). Semana que vem, devem chegar os móveis que faltam e daí vou sijogar de novo no assunto enxoval, decoração, essas coisas. Fiquei sabendo que parece que vai rolar um chá de bebê pras minhas amigas aqui e, embora eu não seja a maior fã do evento, fiquei feliz com a idéia de passar uma tarde com elas falando do assunto que eu mais curto atualmente.

E vocês, bonecas e bonecos? Tudo bem? Sijogaram na festividade carnavalesca?

/

/

25 respostas em “Rapidinhas rápidas para registrar os momentos que merecem – parte 5 de infinitas

  1. Coisa boa!!! E Carol, curte a barriga que ela vai embora muito rápido!

    Olha aqui, tô braba contigo! Te mandei um mail e tu não me respondeu! Queria saber quais são as melhores lojas para comprar cadeirinha de carro ai na Argentina. Tô indo pra trabalhar no dia 27/03 e como ai é mais barato, quero aproveitar a viagem pra isso tb.
    Bjs

  2. Caroool,
    Olha eu imagino que não deve ser nadaaa facil esse lance de diabetes, mais fico megaa feliz de ver que esta dando tudo certinho por aii viu?! Melhor ainda é ver essa sua calma, curtindo a gravidez sem neuras, é uma delicia de se ver!!
    Bjo GrandaO

  3. Nossa, essa pergunta "está tudo bem com o bebê" é uó!! E eu, que não fiz nenuma US e só vou fazer depois de 22s?? E com um bebê pequeno demais pra sentir mexer? Respondo só a parte da barriga crescendo… e mesmo se fizesse US, né? Tipo "até semana passada tava bem, hj eu já não sei…" Rá!
    vc pode até responder: "sei não, xô pegar o angel sounds pra ver…"
    😉

  4. Bunita! vc é engraçada até falando de coisas difíceis…
    deve ser foda mesmo tudo isso, e eu entendo super o case "gravidez neurótica" mas sabe que vc tá indo super ultra mega power ótima?
    Juro… e divertida. Lucas tem sorte de ter uma mãe com um senso de humor único. Sijoga mesmo no enxoval que é a parte delícia, chique toda tabalhada no carro novo e curta a espera do lindo, jajá ele tá aí firme e forte e vc vai morrer de saudades dos mil ultrassons, até das nóias… juro!
    beijo querida! beijo bem grande viu?

  5. Hahahaha AMEI o "Sou ou não sou a calma em pessoa? Um poço de paz e espiritualidade e confiança na natureza?"…kkkkk.
    Sim, você está indo suuuper bem e super confiante e corajosa ao extremo, mulé. Tenho a maior admiração por ti.
    Eu me joguei nas festividades do meu sofá e da minha cama, menina. Fora isso, comprei uma LAVA-E-SECA sensacional! Vermelha, claro, pq sou uma dona-de-casa bem fashion…ehehehe.

    Parabens, Carol! Adoro seu UP via blog, suas risadas descritas aqui. Beijaooo

  6. Carol, se vc acha que o lucas mexe pouco, quer dizer que ele provavelmente será bonzinho e quietinho!
    A Olívia tbm mexia pouco na barriga e a minha medica me disse exatamente a mesma coisa que a sua! Que o importante era mexer todo dia! Olívia nasceu super calminha e super dorminhoca! 🙂

  7. Carol,
    Quando eu tava grávida TUDO o que eu fazia/pensava/comia era pensando na minha filha. E quando tive aquela alteracao da glicose eu tive que mudar completamente a minha alimentacao. E fiz isso tambem pela Bel.
    E é isso que voce fez. Mudou pelo seu filho. Isso é ser mae.
    Lindo, né?
    Beijos

  8. É como no caso da minha pressão…a gente fica loka com medo na hora, mas depois aprende que dá pra viver sem enlouquecer meio mundo por isso.A gente vai controlando e pronto…depois que o babys nascer a gente vê se tem outra opção né?!

    BJS…

  9. Carolzita, procura ai nas Argentas sorvete dietético! Talvez não seja A maior maravilha do mundo, mas vai mnatar a vontade de sorvete de chocolate!
    E sobre o Lucas desmentindo a mamãe..calma, é só o começo!

    Beijoos

  10. Oi Carol,
    Fiquei uns dias sumida (vc vai ver qdo baby chegar rsrs) e perdi mil assuntos!
    Mas é bom saber qu vc está em paz com a gravidez e controlando legal a diabetes!
    Espero que a obra não te encha mto o s#c*! hehe obra é sempre meio chatinho, mas como é para o baby, então vcs vão curtir ver as coisas mudando!
    Bjinhos!

  11. Eba, adoro seus posts alto astral! Que bom que está se entendendo com a diabetes. É bem o que vc falou, claro que não queremos passar por isso, mas dá pra controlar.
    Curte muito a barrigola que, acredite, vai dar saudades!
    bjos

  12. Oi Carol, tenho uma amiga que tb teve diabetes gestacional e aí sim descobriu o poder dos "integrais". Ela disse que era nítida a diferença da taxa de glicose qdo comia arroz branco x o integral! E olha, eu mudei demais minha alimentação na gravidez, comecei a comer bem mais saudável (o mais natural possível, integral, pratos coloridos e etc), pensando em todos os nutrientes do bem que chegariam para o Frederico 🙂 e evitava doces, coisas gordurosas e industrializadas demais que me davam uma baita azia! Por fim, continuei assim depois e acho que viciei! hehe
    Força na peruca!
    Bjs

  13. Carol, que bom que a sua glicose está sob controle. Tenho certeza que vai ficar assim até o final.
    Já pensou sobre nadar? Às vezes a logistica é meio complicada (não é todo lugar que tem uma piscina, neam), mas comigo funcionou super enquanto prática esportiva gestacional (e também pós-parto).
    E é isso aí, querida. Desencana, relaxa e curte a barriga que daqui a pouco ela já era. Eu sou da turma da saudade da barriga, então… curta mesmo.
    E acho que você está super certa em deixar o Google de lado. Bora falar de coisa divertida tipo enxoval? A gente tá aqui doidinha para dar pitaco!
    Beijos

  14. Olá minha querida, bom dia..

    Isso mesmo, vai curtindo como Deus deixa, não entre em pânico..

    Querida, adoro suas postagens, e tenho a impressão que vc está falando cmgo aqui do meu lado e morro de rir de algumas coisas..

    Mas é isso ai que bom q está tudo bem..

    Que continue sempre assim..

    Que Jesus abençoe vcs.. bjss

  15. oba!
    quanda notícia boa de ler, principalmente as partes "diabetes é mais simples do que eu pensava" e "fiz as pazes com a gravidez" que brilham como neon no mieo do texto!
    vc tá mais leve carolita e isso é uma maravilha de preparação para a maternidade fora da barriga.
    bjo bjo bjo

  16. Ei Carol!!
    Que bom que as coisas estão dando certo e vc está conseguindo seguir a dieta direitinho!! TUDO pelos nosso filhotes né!!
    Continua registrando esses momentos que são tão especiais!!
    Beijokas

  17. Oi Carol! Que bom bom que está dando certo sua dieta e está tudo bem com vcs. Estou grávida( 28 semanas) e hoje tive a triste notícia que estou com diabetes gestacional. Estou bem chateada e agora buscando informações e vou começar também a dieta. Tenho fé que tudo irá dar certo pra mim e pro Matteo também! Grande beijo

  18. Cabei de comentar de ultrassom na Lia.
    Eu acho um treco liiiindo conseguir essa placidez de não se importar com as medidas, com os números, com as pressões, com essas informações que só a tecnologia proporciona…
    Por outro lado, cada ultra na gravidez era um alívio tremendo para mim (e um medão to-da vez) de aparecer algum B.O.
    Mas é assim mesmo… para as gravidezes mais complicaditas, o ultra é um bálsamo!
    E aparentemento contigo (comigo tb, mas não quero diminuir sua saga, que sei que foi foda e eu detestava qdo a galera falava coisas do tipo; eu tb tive isso, passou, não é nada… vc sabe dado seu primeiro parágrafo)… na hora de traçar os planos deus perguntou: com emoção ou sem emoção?
    e adivinha qual foi a resposta?
    bjo bjo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *