Fui acometida por uma modalidade de loucura nova em minha vidinha.
Nem sei dar nome pra ela – é tão nova e tão esquisita que ainda to tentando entender.

Foi assim: enfiei o dedo na tomada imaginária da energia que não tem fim. Não entendeu? Eu te conto:

acordo cedo, cuido dos cachorros, dou comida, lavo louça, cozinho, organizo, cuido do mercado, do verdureiro, das pendências, das finanças, da faxineira, do enxoval do filho, do marido, da alimentação, meço a glicose, varro, passo pano, tiro pó, lavo a varanda, pago contas, trabalho, vejo TV, leio um capítulo de livro, escrevo no blog, acompanho meus mais de 150 blogs amigos, converso com alguns queridos, aliso a barriga, durmo.

VEJABEM. Eu simplesmente não paro um minuto, eu sou o coelhinho da Duracell tocando meu tamborzinho non-stop (pode parecer pouco pra você, mamãe-polvo ou pessoa focada na atividade, mas eu sou uma preguiçosa-mor).

Não sei direito quando começou. Sei que passei a gravidez toda jogada num canto, cochilando, comendo qualquer coisa, achando que eu passaria os nove meses naquele cansaço e sono sem fim. E ouvia por aí que o terceiro trimestre era pior, que a barriga pesava, que tudo tinha ares de primeiro tri.

Primeiro tri é o caraleo. Tudo bem que às vezes eu dou uma sucumbida e fico bastante mal humorada (vide post de ontem) e que a barriga realmente pesa, mas PRÓ-ATIVIDADE é meu nome do meio.

Dizem por aí que pode se tratar de uma vontade instintiva de arrumar o ninho pra chegada do bebê, que todas as gravidinhas acabam passando por isso, mas eu achava que era uma coisa mais pro final da gestação, não? Ainda falta tanto… vai ver meus instintos já sabem que estarei hecha mierda no finalzão e me mandaram agilizar a vida agora. Pode ser.

Vocês, gravidinhas e mommys mais experientes, também padeceram desta grave enfermidade?

/

/

33 respostas em “Duracell

  1. Carol
    Na minha primeira gravidez foi exatamente assim. No final parecia um ratinho pela casa, era disposição que não acabava mais. Agora, quando a disposição acabou o parto já tava batendo a porta. Acho que o mau humor é justamente por não dar conta de tudo e não ver tudo resolvido como vc quer. Pelo menos comigo era.
    Nesta agora espero que seja exatamente assim.
    Bjs

  2. Oi Carol,

    Eu tb dei essa enlouquecida. Tá certo que normalmente era quando eu ficava puta com a bagunça e descia a Dita. A enfermeira do curso de gestante que fiz disse exatamente essa questão do ninho. E qto ao tempo, cada um deve ter o seu, né? Eu acho que fiquei mais assim depois da 30a. semana.

    Agora só uma coisinha. Não entendo muito de cachorro pq só tenho gatos, mas pelo menos no caso de felinos, não é recomendável as gravidas limpar as fezes deles. Não sei se é o caso dos cachorros, mas enfim…de qq forma, se vc se livrar dessa parte vai ser bom mesmo, né?

    Desculpe a intromissão, ok?

    bjão querida!

  3. Eu tive a mesma síndrome coelhinho Duracell. Tudo começou pela 30ª semana, mais ou menos. Entrei em surto que nada estava pronto: faltava comprar um monte de coisa, lavar as roupinhas, queria colocar prateleiras no quarto do baby e tinha que encomendar o colchão para o berço. Enfim, estabeleci metas por semana, para não abusar da disposição. Assim consegui finalizar tudo agora, com 36 semanas, quando o ritmo baixou de forma significativa.

    Beijos, Ananda.

    http://projetodemae.wordpress.com/

  4. Carol,
    Meu pique que foi a zero no começo da gravidez, aumentou muito no segundo-trimestre. No terceiro foi a mil, até algumas semanas atrás qdo o cansaço e o peso da pança começou a me dominar. Mesmo assim eu ainda tenho dias que parece tiveram 36 horas. Vai entender?
    Bjs

  5. Gata, eu era de lua!

    Explico:

    Como preguiçosa mor que sou de natureza – só preciso da árvore pra pendurar em cima e dormir, pq sou apreguiça em forma humana, tinha dias que eu estava lenta, letárgica, mas tinham dias que eu ligava no 220 e fazia faxina de madrugada, botando o marido pra correr do quarto pq eu queria passar o aspirador, hauhauahuaha, então, variava muito do dia, mas habitualmente eu era preguiçosa mesmo, não tinha esse ânimo todo dia não, além do mais ficava moída quando me davam esses surtos, na hora tinha pique,mas depois que deitava, a coisa doía pelo corpo todo!

    Beijos e mta energia pra vocês

  6. Agora lendo o seu post me dei conta de q tambem passei por isso. Tinha noites que eu não dormia quase nada por causa da falta de ar e do peso da barriga e mesmo assim levantava ligadona, querendo resolver tudo ao mesmo tempo.
    Beijos

  7. carol!
    eu fiquei ótema no segundo tri e uma boxta no terceiro e primeiro.
    esse lance duracell parece mesmo ser comum! aproveita!
    falei hj no super duper do fim da gravidez, exatos 12 meses atrás!!!
    mas eu estava completamente louca!
    bjo

  8. Oi Carol, meu nome é Márcia e tenho um menino de 18 meses, leio teu blog e torço mto por vc e seu bebê. Eu tb tive uma disposição fora do normal na gravidez, que continua até hj… não paro um minuto… antes eu era dorminhoca, preguiçosa mesmo, agora sou cheia de energia… acho que filho faz essa maravilha em nós.
    bjssss
    (não tenho blog, mas tenho um site http://www.marciarz.art.br)

  9. Acho que tb passei pela fase Duracell na gestação do Davi…mas acredito que não foi tão intensa como a sua!!rsrsrs…

    Mas aproveite pq qd cansaço bater vc já vai ter resolvido um montão de coisinhas…

    BJS!!

  10. Hoje a Liza veio aqui no trabalho cuidar da papelada! Ela mandou um super beijo para você!

    Ela teve isso nos ultimos dois meses da gravidez, ou com uns seis e meio… não me lembro ao certo… rs

    E começou a sentir um alivio absurdo ao fazer hidro, e ia com mais intensidade na hidro do que antes ela ia na academia! heheh

    bjocas, ju

  11. Carol.. te entendo!!
    Para vc ter uma ideia, um dia antes de entrar em trabalho de parto eu estava andando pelo shoping atras de uma roupa de frio (era pleno verão carioca) para a Baby, pq achei q ela sentiria frio quando nascesse.. (roupas que ela só usou uns tres ou quatro meses depois)
    Então.. para mim foi vida ativa até o ultimo minuto!!!
    E até acho q é bem melhor assim!
    Aproveite!
    Bjnhos

  12. Nossa, Carol…fiquei com sono só de ler…ahahahahhaha…eu tô aqui exatamente me arrastando igual uma lesma e dormindo até quando vou fazer xixi. Vou esperar passar mais um pouco e torcer pra eu ganhar essa pilha tb!!! Muitos beijos, muito bom ver vc assim.
    Vivi

  13. No comeco do terceiro tri eu fiquei assim como voce, mas conforme a pança foi aumentando eu fui ficando mais e mais cansada e com os pés enormes. Era verao e o calor era forte, por isso no final nao tinha esse pique todo.
    Acho que isso acontece para nos preparármos para a chegada do bebe.
    Beijao

  14. Como diz o Miguel, eu fiquei "leitoa", na época eu estava com uma moça trabalhando la em casa e nao trabalhei do 7° mês em diante! Aproveitei bastante o descanso!!!Agora o jogo virou, nao tenho nem faxineira mais a casa cresceu 130 m² e a cria ta com tudo!
    Bjkas!

  15. Ai Carol, eu estava assim até poucos dias atrás. Sinto muito menos sono grávida do que antes, mas a disposição-mor está indo embora com o aumento do peso da barriga.

    Tomara que você fique assim até o final, eu acho MUITO melhor ter disposição do que ficar se encostando pelos cantos. rsrsrsrsrsrs
    beijocas

  16. Estou de 34 semanas. Comprei uma cama nova que chega amanhã, arrumo as almofadas do sofá umas 30 vezes por dia, as roupinhas do baby foram lavadas, passadas, separadas por cor, idade, estação e arrumadas mil vezes e acho que daqui a pouco vou lá no quarto dar uma conferida…
    Cachorro, marido, casa, comida, uff…

    Bem vinda ao clube…

    Beijos linda!

  17. Nossa na minha gravidez eu mais parecia uma múmia, não tinha ânimo pra nada, não sei como consegui passar em todas as matérias no 7/ período, porque eu lembro que dormia com as folhas de quimioterápicos e achava um saco ter que decorar todos nomes e mecanismos de ação dos remédios, sem contar que minha capacidade de pensar, e guardar as coisas na memória ficou visivelmente diminuida, pra não dizer que eu não conseguia lembrar nadinha…rsrs
    E ainda tinha o sono terrible, nem gosto de lembrar, onde eu encostava estava dormindo…rs
    E pra mim o último trimestre foi muito pior, pois tinha o peso da barriga (acredite, ela vai pesar mais…rs)
    que maravilha que você está toda ligadona no 220W…
    bjos

  18. Eu também tive isso, ali pelas vinte e tantas semanas… mas pra mim durou até a 38ª, quando entrei em trabalho de parto. Trabalhei até as seis na quarta, fui pro hospital as nove da noite e a Gabi nasceu as onze da manhã da quinta!
    E um dia antes de entrar em Pn fiz uma faxina tão grande no Apê que durou quase o tempo do resguardo, hehehe…

    bjo

  19. Oi Carol, sempre leio seu blog, acompanho de pertinho mas dificilmente cometo…
    Hoje resolvi comentar porque passei por essa fase na gestação e sei exatamente o que você está sentindo… essa pilha acontece realmente no segundo tri… no primeiro a gente tem sono de urso, quer hibernar e acha que o faro de cachorro e sensação de ressaca será eterna… daí vem o maravilhosos segundo tri que nos faz sentir bem, o bebe começa a mexer, a barriga não pesa tanto e estamos super empolgadas com os preparativos da chegada do filhote (ahhhh o meu filhote tb se chama Lucas)… o terceiro tri por mais que a gente queira não tem pique porque ficamos gigantes, a barriga pesa horrores, e dói tudo, até onde a gente nem imaginava que ia doer, dói… daí tudo o que gente quer é ficar quietinha só esperando a cria dar o ar da graça…e no terceiro tri a gente fica se lembrando que torcia pra ver a barriga crescer e nesse momento temos a sensação de que ela é grande desde o dia que descobrimos a gravidez… e sabe o melhor disso tudo? sue filho nasce, você se sente realizada e qdo ele tá com mais ou menos 1 ano e meio você morre de saudades da gravidez e fica saudosa vendo fotos e vídeos da barriga enorme!!! bjos…
    Ah, se der passa lá no meu cantinho!

  20. Kkk… Hj msm catei o maridão fomos comprar um cortador de grama, depois lavamos o quintal e decidi tirar a ultima caixa de tranqueira do quarto do Bento que vem aí (na caixa uma coleção de uns 500 CDs esperando serem arrumados)… E foram!!! To adorando te acompanhar Carol… Eu e o Bentão aqui na pança com 19 semanas!!!

  21. Oi Carol…
    Estou seguindo seu blog…
    Amei seu jeitoo…
    Estou de 30 semanas!
    Nossos homenzinhos nascerãO quase na mesma epoca…

    E essa fase duracell… oh benhê… Passa aí prazamigas pq se preguiça matar… oooo #morri… rsrsrs

  22. Interessante saber que todas as mães passam por isso.
    Eu me identifiquei com seu post pq me sentia exatamente da mesma maneira. No início da gravidez, uma preguiçosa-mor. Do 7 mês pra frente, parecia estar ligada na tomada. Vivia levando bronca das pessoas que conviviam comigo porque eu não parava, não diminuía o ritmo… é assim mesmo.
    E uma coisa engraçadíssima que aconteceu comigo no final e que depois eu fui saber que existe até nome para a "sídrome" (chama síndrome do ninho) é que eu tinha uma necessidade enorme de ficar arrumando e arrumando o que tava arrumado de novo… coisas do quarto da bebê, roupinhas etc. Dizem que a mãe meio que sente que está chegando a hora, como outras fêmeas, e dá uma vontade incontrolável que arrumar o ninho para a cria chegar. Interessante, né?!

  23. Amiga

    Quero ter a sua disposição, quando ficar barriguda kkk, haja pique hein mamys doidinha. O bom é que logo vc vai ter tudo pronto, ai é sentar e esperar, o Luquinhas chegar.

    Beijocas e se cuida tá.

  24. Carol, eu passei o último tri muito preguiçosa e só fiquei assim como você algumas semanas antes da bebê nascer. Aí sim acredito ser o tal instinto de arrumar o ninho pro neném! Acho que com você pode ser outra coisa… talvez você só esteja refletinco nessa disposição a sua satisfação interior, sua felicidade, sua tranquilidade enfim! E que bom que você tá com esse gás todo! rss

    Beijo, beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *