De acordo com o gravidômetro, hoje eu completo 7 meses de gestação. De acordo com o Carolinômetro, foi ontem. De acordo com a contagem normal de semanas, faltam 9 e alguns dias. De acordo com a minha médica, faltam 10 semanas.

Engraçado como a gente se apega a esses números, mas eles não querem dizer muita coisa, né? O bebê nascerá quando tiver pronto, é isso.

Mas, dizia a vovó que, a partir dos sete meses, pode vir a qualquer momento. Eu não acredito muito nisso não, mas sei lá, né? Todo mundo nessa fase já pelo menos deu uma arrumadinha na mala da maternidade, por via das dúvidas.

Eu não. Porque, embora já tenha passado muito tempo, sinto que falta taaanto. Tenho muita coisa pra comprar, muita leitura por fazer, muito trabalho e organização antes de deixar o escritório por seis meses.

Às vezes fico olhando pras minhas planilhas (são muitas e eu as amo) e me dá um certo nervoso, tem muitos “oks” faltando nelas ainda. Até que Maridón falou a bendita frase “Carol, tá, falta bastante coisa, mas se ele nascer hoje, tá tudo bem, já estamos prontos”. Verdade, Maridón, estamos.

Estamos?

***

Faz tempo que não sei o que é uma noite inteirona de sono. Sempre tive vários xixis na madrugada, que me fazem levantar a cada duas ou três horas pra ir ao banheiro. Agora, além dessas constantes interrupções, o Lucas deu pra me acordar. Ele mexe forte, sacode minha barriga, dá uns solavancos e eu acordo. Acho bonitinho, fico sentindo um pouco, mas logo quero voltar pro soninho. Ele não deixa.

Hoje ele descobriu as minhas costelas. As da direita, pra falar a verdade. Acho que enfiou o pé ali e assim ficou. E tortinha fiquei eu. Não dá pra apoiar o corpo pro lado direito, parece que vou me quebrar (ou pior: quebrar o pé dele que tá por ali). Daí fico pendendo pro lado esquerdo, olha que coisa.

Ah, isso sem contar no tambor interno que eu tenho, chamado bexiga. A criança dá umas porradas ali e eu sinto que vou fazer xixi na mesma hora. Outro dia, no meio da rua, tomei uma tão forte que tive que fechar as pernas, porque tive a sensação de que o xixi, a bexiga e o bebê iam despencar de mim.

Então, somem todos esses elementos e imaginem a bonita cena: a pessoa anda tipo pata, quebrando pra esquerda e, de vez em quando, fecha as pernocas no meio da rua. Sensualizei, né não? Pelo menos vou batendo os bonitos cabelos que a gravidez me deu, faço um carão e saio fingindo que tô no auge da minha delícia.

***

Mas tudo pode ficar pior: tem uma mocinha que trabalha comigo, que tá duas semanas mais que eu na gravidez dela. Daí semana passada, ela sumiu. Hoje, já estava de volta e com uma carinha terrível, ni qui fui perguntar se ela tava bem, o baby bem, essas coisas.

HEMORRÓIDAS, ela me disse. Que não conseguia andar, sentar, cagar, viver. Coitada, cara. Ela tava pálida e com ares de sofrida. Parece que o médico disse que só o parto salva. E ela tá de 32 semanas, quem quer parto com 32 semanas só pro cu voltar pro lugar? (se bem que cada um com o seu, né, não sei o quanto isso dói no âmago do serumano). E eu reclamando da minha diabetes. Pô, pelo menos a dieta fez a minha vida intestinal ficar perfeita e ordenada, iNgual as minhas planilhas. Que ainda precisam de “oks”.

Nossa Senhora do Ânus no Lugar, obrigada pela graça alcançada – eu pensei.

***

Tudo isso – dizem – é preparação pra chegada do bebê. Aprender a viver com um pouco menos de controle, um pouco menos de sono, um pouco menos de conforto, um pouco menos de sensualização, um pouco menos de comidas trash, um pouco menos de cocô, um pouco menos de dignidade.

Daí me lembro de uma amiga querida, que ontem questionava: “mas se a vida muda tanto e o caos é tão completo, porque as pessoas dizem que é BOM ter filhos?”.

Olha, querida, sei lá. Mas sei que eu acreditei nesse papo. E, até agora e mesmo sem o pacotinho nos braços ainda, tô achando o máximo!

***

E que venham os dois meses finais!

/

/

37 respostas em “7 meses

  1. hahahahahaha
    Acho que é isso mesmo né Carol?
    Tudo é uma preparação para a chegada desse serzinho tão esperado. Depois que a gente vê pela primeira vez a carinha do nosso bebê acho que todo o sofrimento passado na gravidez é esquecido e só as coisas boas ficam na memória.
    Beijos

  2. Carolllll!!! Menina…tu traz boas risadas aqui pra casa!!! Tu é hilária!!! rssssssssssssssssssssss…eu e maridón morremos de rir contigo!!! rssssssssssssssssssssssss

    Relaxa que tá tudo sob controle!!! rs….Logo vc terá tudo arrumadinho, pronto para a chegada do Luquinhas!

    Beijoconas!!!

  3. Oi Carol..

    Isso é verdade…a gente perde um tantinho de dignidade sim, a gente te vontade de sentar sempre onde não dá, tem vontade de fazer xixi onde tb não dá e onde dá..já me peguei andando que nem uma pata ( pois é…ainda estou com 6 meses e uns trocados!!!)mas sem a menor sombra de dúvidas…ter filhos é a MELHOR COISA QUE UMA MULHER PODE FAZER NA VIDA…

    bjs…

  4. Ri demais da primeira frase… eu também vivia dizendo coisas assim quando eu estava grávida… a diferença é que no início eu "roubava pra mais"… queria dizer logo que estava no "terceiro mês" quando ainda tinha poucas semanas, por exemplo…
    E no final eu "roubava para menos" porque queria me sentir grávida mais um tempo…

  5. ah, que lindo!

    cada vez que entro neste blog eu gosto mais!

    estou devorando seus posts, você é muito cativante!

    Ainda estou com 16 semanas e tenho muita coisa pela frente.

    Tudo de bom para nós!

    mil beijos!

  6. Hahahah!
    Carol, vc é hilária! Sério mesmo.
    E como já disseram ali em cima, precisa de talento pra falar de hemorróidas!

    E essa sensualizada no meio da rua deve ser uó, mas realmente, tem que tirar proveito desse cabelão e abalar mesmo! kkk

    Abraço!

  7. Oi, Carol, eu só arrumei as mala da maternidade com 36 semanas, a da Alice pq a minha foi com 37, o pai dizia que eu tinha medo de estar com tudo pronto, e a Alice pensar, oba já posso nascer, e acho que era isso mesmo…
    Eu graças ao bom Deus não tive hemorróidas, mas desde 3 semanas (isso mesmo 3 semanas) de gravidez eu ia no banheiro fazer xixi umas 3 vezes na noite, no final eram umas 5 :S, sorte minhas que a Alice mexia das 7:00 as 23:00, mexia muito, não parava, mas qnd eu deitava ela parava.
    Parabéns pelos 7 meses, eu contava as semanas, e só, esperava ansiosa pela semana 37 para saber que o bebê podia nascer sem ser prematuro mais. A Alice ansceu com 38 e 4 dias. E agora com 7 meses eu consigo dormir a noite toda, as vezes ela se mete em confusão no berço e tenho que acudir, mas é rapidim 😉
    bjs

  8. É amiga, ainda bem que o cabelão não cresceu no fiofó.

    Olha, pelo menos de fora, tu tá sim esbanjando glamour e sensualidade. E o que importa realmente nessa vida são as aparências (a loka)

    Morri de rir imaginado a carinha da tua colega com hemorróidas! Tadinha!
    Ninguém merece essa praga, ainda mais com barrigão! afff

    beijoca

  9. Carolina…

    mesmo no auge do meu mau humor, vc consegue me fazer rir baldes…
    fico imaginando a cena da pessoa sensoooal, quebrando pro ladinho.. tipo aquelas menininhas que tão fingindo desfilar, com aquela fechada de perna para a virada.. aff. muito comédia vc querida.

    grande bjo!!

  10. Carol, eu digo e repito: não existe dignidade na gravidez. Nem cheiro dela.

    Das hemorroidas (e prisao de ventre) eu gracas a Deus passei longe. Em compensacao com 37 semanas nao consigo praticamennte andar de tantas dores la embaixo. Parece q seu levantar o pe, pra andar o filho cai. Ai vou me arrastando.

    Agora eu sinto saudade do tempo que nao domia por deconforto ou por causa do xixi. Agora fico acordada morrendo de dor.

    E mesmo assim, sigo feliz da vida.

    Bjs

  11. Podem me chamar de louca, chamar esse bando de mãe (você também) que tem blog e narra todas as cenas toscas, todos os micos, posições engraçadas… Mas eu tenho a sensação que somos as mulheres mais felizes do mundo!

    ps: travei aqui lendo hemorróidas assim, tão grande rs morro de medo!

    Beijossss

  12. Carolllll, faz tempo que nao comento mas passo todo dia aqui, viu? É que o tempo está curto mesmo.

    Ó, eu sou bem ansiosa como você e coloquei na minha cabeça que se já deixasse a mala da maternidade pronta eu iria surtar, porque o tempo não passaria.

    Aí fiz assim: separei em uma gaveta as roupas da Stella que eu queria levar pra maternidade e no meu armário separei as minhas roupas. Assim, se precisasse sair correndo pra maternidade saberia explicar fácil pro marido onde estava tudo. Aí vc me pergunta: mas não dá na mesma? Olha, até dá, mas psicologicamente falando fez toda a diferença. hahaha.

    Já nem me lembro mais o que é dignidade, mas definitivamente não preciso mais dela pra ser feliz!
    beijos

  13. Por partes:

    I) durante a gravidez o Lorenzo promovia a festa na barriga SEMPRE às 2:00.
    Adivinha quem, nas primeiras semanas, acordava às 2:00 e não queria mais voltar a dormir?

    II) Aproveite os cabelos megalindos. Meu cabelo escureceu, engrossou, ondulou e frizzou.

    III) Se a amiga tiver PN antes das hemorróidas melhorarem vão piorar muito…

    IV) Eu não sabia quão caótica podia ser a vida… Mas, então, Lorenzo tem 5 semanas, eu não janto com meu marido desde então, vou dormir às 20:30 e acho BOM DEMAIS!

    Beijos

  14. Ai Carolina! A amiga sou eu? vc falou no assunto com outra amiga? rs

    hj fui visitar a liza e o davi. genthém… foi um final de semana cheio de crianças para alegrar minha alma.. e o que é o davi? lindo demais! ele tem cara de homem! e nao de criança! tão calmo! tão sereno!

    to in love!

  15. Carol,
    é isso ai, tem tanta coisa que pode acontecer numa gravidez, é tanta noite sem dormir, é pereba, hemorróida, que quando a coisa é controlável a gente bota a mão pro céu!
    E olha, é bom, muito bom, tanto que já tô no segundo e só não tenho mais porque o céu não é o limite pro meu cartão de crédito…hehehehehehe

  16. hahahaha, totalmente visualizei a pata quebrando pra esquerda e de cabecinha de lado pra mostrar a juba linda.
    e posso te falar uma coisa?
    7 meses é a fase onde a galera vai te parar na rua pra dizer "ISSO NAO EH NADA, AGORA EH QUE O BICHO VAI PEGAR, MINHA NEGA"
    ou o insubstituível "aproveita pra dormir agora e…"
    ai, penitência.

  17. AI Carol,
    Ter filho é bom mesmo! Acredite!
    Aiiii vi vc falando de sentir o bebe mexer e me deu a maior saudade! É a coisa mais gostosa da gravidez (mesmo que doa)!
    Olha, eu só arrumei minhas malas faltando 1 mes para a Julia nascer! Don't worry!
    E tb não se preocupe em faltar mto caoisa ainda.. eu arrumei o quarto dela duas semanas antes do parto (mudança)! Estava desesperada que faltava pouco e o berço ainda não estava no lugar!
    E quer saber? Ela já vai fazer 2 meses e ainda nem dormiu no berço! hehehe

    Sabe qual é o kit de sobrevivência do bebe?
    Carrinho, fraldas, banheira e teta! hheeh

    Beijos!

  18. Hahaha.. a vida de grávida é um glamour total mesmo, né?

    Nossa… hemorróida? Putz, que legal! Já não basta o peso do barrigão, as festinhas noturnas, chutinhos na costela, xixis incontroláveis… claro que tem que ter hemorróidas.. kkkkk!

    Lendo assim dá até um medinho do que desejo, mas vou acreditar em você e se com tudo isso é o máximo, então é mesmo e tá falado!

    Parabéns pelo 7 mês e que a Nossa Senhora do Ânus no lugar continue ao seu lado hoje e sempre.. kkkkkk!

    bjos

  19. Lindas as fotos do post anterior!

    Putz, ainda bem que nem sonhava com a possibilidade de hemorróidas na gravidez, mas agora fiquei em pânico! Não fiz nenhuma horação para a deusa do cu no lugar, credo!

    Vou lá!
    Beijos,
    Nine

  20. HAuahuahuaha
    Adoroo seus posts!!
    Uiaa agora falta pouco mesmo hein?!
    Menina, gravidez é mesmo uma coisa de doido, mais todas as doidas querem viver isso, tem jeito não!! RSrs
    E acho que vc até saiu no lucro hein?! Entre deixar de comer umas coisitas e ficar linda, magra e saudavel ou ficar com o cú todo fudido, sofrendo igual sua amiga! acho que a santa mãe do anus te protejeu Hauhauahuah
    Parabéns pelos 7 meses querida, é taooo bom acompanhar tudo que rola por ai, depois de acompanhar toda a sua historia, e jaja poder babar horrores no Lucaas!!
    BJO GRANDÃO

  21. Oi Carol,
    Então, eu tive varizes… lá. Bem naquele lugar por onde o bebê supostamente deveria passar… E até hoje eu dou risada. E continuo achando que ficar grávida é ótemo.

  22. Oi moça!
    Tenho acompanhando seu blog há algumas semanas…
    Delícia seu jeito de escrever.
    Como disseram aí em cima, até qdo fala de hemorróidas fica engraçado!
    Textos leves e saborosos, destes que a gente não cansa de ler.
    Além do mais, muitas saudades desta Buenos Aires aí, que tanto conheço mas que deixei de frequentar.
    Vontades sérias de morar por estas bandas.
    Bom, é isso.
    Enquanto não organizo a vida para ter meu próprio baby, vou aprendendo e rindo com você.
    Boa sorte sempre!

    umaemuitas.blogspot.com

  23. hemorroidas é tranquilo, sempre tive, e piorou um pouco no pós-parto. Mas é só passar uma pomadinha…
    Sei lá, tb não cheguei a esse ponto de não conseguir sentar e tals… e tb não tenho prisão de ventre.
    Mas tive uma gastrite do cão durante o último trimestre, dava até dor de cabeça. Cada uma com seus perrengues (sempre tem um).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *