(êta proposta mequetrefe)

É assim, ó: eu tinha mil reflexões pra fazer hoje, afinal são triiiinta semanas, é marco na gravidez das mocinhas, né não?

Mas, tô caindo de soninho, aproveitando um feriado delícia em terras argentinas, um comecinho de frio, a pizza gostosinha cheia de trecos em cima que comi no almoço, os cachorros enroladinhos em mim, o bebê mexendo pra lá e pra cá… hmmmmmm. Que preguiça deliciosa.

Vou ali dar uma cochilada e volto em breve pra gente bater mais papinho, pode ser?

😉

11 respostas em “30 semanas e o não-post

  1. Aproveita menina!
    Essa fase é uma delícia, apesar de toda ansiedade.
    Sentir o bebê mexer é algo indescritível…
    Vc já deve ter escutado infinitas vezes 'aproveita pra dormir agora', e é a mais pura verdade, depois que o bebê nasce, por mais bonzinho que seja, não relaxamos jamais…
    Então bora dormir menina!
    beijo

  2. ô coisa boa….

    Tudo isso justifica o não-post….

    Não tem nada no mundo comparável a sensação de sentí-los mexer na barriga…é uma emoção única…um momento que a gente vai sentir saudades imensas depois que nascerem, então tem mais é que curtir mesmo, o post pode esperar..mas só um pouquinho!!!rsrsrsr

    BJS!

  3. 30 semanas é um marco mesmo!
    qdo eu entrei na 30ª semana me achei GRAVIDA mesmo…rs…
    vai saber pq ne….
    mas falta pouco agora! beeeem pouco!

    e curta o feriadim merecido e o frio delicia!

    bjooos

  4. Ô bebê querido… se vc soubesse quanta gente aqui fora já te ama, torce por sua mãe.

    É uma carinho que nao sei explicar, apenas sinto. E me sinto MUITO feliz em te ver crescer tão bem e forte.

    Sua mãe tão LINDA e feliz.
    Seu Pai tao orgulhoso e as meses até carente.

    Porque quando a mulher engravida todo mundo alisa a barriguinha e diz: PARABÉÉÉÉNS.

    Mas e os pais? Ninguém alisa o saco dele e diz: "BOM TRABALHO!!!"

    Via foi SIM um excelente trabalho.

    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    Ah, nem sei se te contei ou se vc seu no meu blogger Carol, é que decidimos casar no religioso!

    Ah, eu não falei sobre isso, né? Mas porque decidimos há 10 dias e hoje já temos Igreja, Salão, Cerimonial & Cia tudo certinho. Pois é, só faltam três meses para o grande dia. E sabe o que é mais místico nisso tudo? A data do meu casamento seria a data prevista do parto do meu bebê. E não foi de propósito, depois que fui anotar na minha agenda que vi: "DPP do Bebê-Docinho(a) começa hoje!" Sinto saudades, mas não revolta mais… É como se eu tivesse conseguido guardá-lo em mim, pra sempre.

    Antes eu me sentia até culpada por ter perdido o meu bebê, mas hoje não mais. Eu não sinto mais isso, sabe? Muita coisa passa na cabeça da gente: "será que fiz repouso de mesmo?", "não tomei as vitaminas certas?", mas de forma alguma isso aconteceu, que fiz algo errado; só tinha que ser assim.

    Já senti algo estranho pelo fato de ter tantas mulheres que abortam, fazem e desfazem com seus filhos (…) Não falo para as que dão para adoção: eu sou filha adotiva! E sou grata a minha genitora biológica por me dado a chance de ter os melhores pais do mundo!

    Hoje eu dia eu sinto muito amor por ele – tenho certeza que era um menininho o meu Bebê-Docinho – eu olho as USG e fico paquerando. Amei e amo muito, muito, muito e vai ver era disso que ele precisa, de um pouco de amor e eu de amadurecimento, para saber que na vida se cai, mas tem como se levantar. Vai ser sempre meu amado… e digo mais, acho que a próxima gravidez é uma menina.

    O casorio é em Junho proximo e em Agosto vamos voltar a tentar ter o bebê… Vamos remar e apontar pra fé, né?

    Beijos pra vc pra sua familia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *