Meninas bonitas do meu coração: brigada pelo apoio no dia de ontem, viu? Vocês são demais, como sempre. Não se preocupem que nem sofri muito mais que o necessário não. Dei minha choradinha, fiz uma oração legal, escutei musiquinhas deprê. Mas, de tarde, Luquinhas começou o festival de chutes e nado amniótico nas modalidades crawl-peito-costas-borboleta e não parou mais. Tava tão animado que até fui acordada de madrugada com tanta movimentação e aí é impossível ficar triste por alguma coisa.

Filho mexendo na barriga é um lance tão gostosinho! To ficando cada dia mais boba com isso.

Ai ai.

Mas aí, ao tema de hoje: enxoval. Eu e Maridón passamos todo o mês de janeiro pesquisando, indo a mil lojas, fazendo mil perguntas. Todo final de semana tinha umas listinha de lugares novos pra visitar e encheções de saco pra fazer pros vendedores.

Acho que a coisa aqui na Argentina consegue ser pior que no Brasil: a lista de MUST HAVES é gigaaaante! Por exemplo: eles aqui compram berço, catre e moisés. OI?

isso

isso

e isso

Além desse exagero, compram também: cadeirinha pra carro pra recém-nascido (que até onde entendo, só serve pra no máximo babys até um ano), cadeirinha pra quando for mais crescidinho e o berço mais famosão (e mais comum nas lojas) é esse com medidas americanas, que vira caminha depois e tem cômoda acoplada. Tipo assim, ó:

Posso falar que acho isso tudo um exagero? ACHO.
Respeito quem se jogou nas compras, quem acha que precisa de tudo isso, cada um cada um.

Mas, afirmo categoricamente que eu não sou assim, cheia do acessório pra viver. Logo, até onde eu decidir, meu filho tampouco será. Só que haja culhão segurança pra bancar essa decisão, né? Principalmente porque todo mundo te fala que você PRECISA disso tudo e mais um pouco. E nem é zurice minha não, sabe, é meu primeiro filho, eu to afim de fazer a papagaiada capitalista toda. Só fico com peninha de gastar dinheiro com tanto equipamento quando, do fundo do meu coração, acho que o que ele mais vai querer sou eu, meu peitão e o pai. Por isso, conversei muito com o dito-cujo (o pai, não o Lucas) e decidimos algumas coisas.

Só que queria saber o que vocês, mamães experientes, modernas, vividas e sábias acham. Será que tá pouco? Será que to doida?

Vejamos a seguir:

O berço

Será simples, branquinho, laqueado. Grade lateral que desce, duas posições pro estrado, bordas arredondadas. Não vira mini-cama e não é dos mais caros. Não é exatamente esse da foto o que escolhemos, mas é quase, pra vcs terem uma idéia:

O que acham?

Roupeiro de duas portas + cômoda 
Não tenho fotos, mas a idéia é essa, ter os dois elementos. Será que é muito? Pouco? Vocês trocaram seus bebês em cima da cômoda ou nem? E depois, pra botar brinquedos e livrinhos, serviu ou tiveram que comprar mais móveis?

Poltrona de amamentação + mesinha de apoio
Ainda não escolhi e tudo que vejo por aí é caro demais só porque tem “amamentação” na descrição. Só que eu andei vendo poltronas “comuns” e elas não parecem tão confortáveis pra amamentar: os braços são mais baixos, o material não é de fácil limpeza, pareciam difíceis de sentar e levantar com agilidade (e fiquei pensando em fazer isso com baby dormindo no colo, sei lá…). Este é um item essencial da minha lista porque não tenho outros lugares bons em casa pra amamentação, então preciso mesmo criar um espaço só pra isso. Voces compraram as específicas, em loja de baby mesmo ou compraram qualquer uma? E a mesinha, precisa ter gavetas? Ou alguma outra coisa específica?

Carrinho
Taí uma super discussão. O-DE-I-O esses carrinhos tipo berço. Acho que são trambolhentos, pesados, ocupam muito espaço (além de feios, hohohoho). Principalmente esses que vem com travel system, sabe? Não me vejo usando esse monte de coisa ao mesmo tempo + bebê.

Aí optamos por esse, da Chicco:

Ele reclina todo pra recém-nascido, mas não vira pra eu ficar de frente pra ele. É tipo guarda-chuva e dá pra armar ou desarmar com uma mão só. É leve, tem capa de chuva e saco pra frio (importante pro inverno daqui) e parece que cabe em qualquer porta-mala. Até aí, tudo ok, mas fiquei insegura do bebê ficar desconfortável nele, de não ter espaço suficiente ou de faltar aquela bandeja na frente – aquilo é importante mesmo? Fora isso, ele tem apenas 6 rodas e os carrinhos mais badalados que vejo por aqui tem 8 – qual é a importância disso?

Cadeirinha pra carro

Ainda não escolhemos, mas estamos quase fechando numa da Chicco também, que serve de recém-nascido até o bichinho ter 18 kg. Não me conformo de comprar uma tipo bebê-conforto pra ele usar pouco e logo depois ter que comprar outro. Maaaas, já me disseram que esse estilo bebê-conforto é mais adequado pros pequenos enquanto eles não firmam bem o pescocinho e também serve pra ficar perambulando com a criança em casa. Só que, gente, até que idade essas crianças ficam sem firmar o pescoço? Não posso resolver com uma almofadinha especifica não?

Pra ficar em casa: bebê-conforto, carrinho ou berço-desmontável?

Então aí temos um problema: se não tamos afim da cadeirinha pra carro que reclina mais ou que seja mais legal pra dentro de casa e se o carrinho é tipo guarda-chuva, onde largar o bebê enquanto ele não estiver dormindo (e eu precisar dos meus braços)?? Pensei no sling, mas acho que ninguém fica o tempo todo slingando. Pensei em me render ao moisés, mas aos 3 meses, a criança já se mexe demais e já não cabe no treco. Aí pensei em comprar um berço desses desmontáveis, que pode ficar no meu quarto caso eu tenha insegurança de deixar o Lucas dormindo sozinho nos primeiros momentos e depois pode servir de cercadinho, quando ele tiver mais velho. E posso deixar ele quietinho lá, acordado mesmo, enquanto faço alguma outra coisa. Largar no meio do chão, não dá, tenho dois cachorros. Fora que minha família mora longe, eu estarei sempre viajando (mas alguém leva esse trambolho no avião?), daí já teria um bercinho pra ele dormir fora de casa. Preciso de uma opção e essa, atualmente, me parece a melhor. O que vocês acham? Existem outras opções?

Banheira
Vai ficar no meu banheiro, que tem bastante espaço. Precisa de trocador? Precisa de suporte embaixo? Porta-trecos é melhor ser na frente ou do lado? Dar banho abaixada é uó, né? Precisa ter suporte pra recém-nascido?? Já deu pra ver que, de banheira e de todo o resto, to viajando na maionese, né?

Ainda tenho muitas outras questões, mas vou ficando por aqui e amanhã publico mais uma parte, pode ser? Desde já, eternamente agradecida a quem se dispuser a dar uma boa digitada aí na caixa dos comentários.

😉

/

/

47 respostas em “Consultando as universitárias, parte 1 de muitas

  1. Carol, sou como vc. Não precisei de todos esses acessórios não. Atrapalha mais que ajuda.
    Tenho dois, só pra constar. rs
    O berço que tive foi desse mesmo. Excelente. O carrinho me lasquei, pq comprei aquele trambolhento e qdo o Otto tinha 6 meses troquei por um como esse que vc quer. É o ideal!!! Melhor compra ever!
    E outra coisa que tive: berço desmontável. Foi muito útil. Depois servia de cercadinho e eu tinha meu rebento perto de mim o tempo todo…tipo qdo eu ia tomar banho, porta aberta, berço encostado na porta pra servir de platéia pra mim.
    Cadeirinha pra carro temque ter. Escolhe uma a partir de 9kg que vai até 25kg. Bom demais.

    O resto é desnecessário, a meu ver.
    Bjos

  2. Pergntas em etapas, respostas por partes:
    Berço: é isso aí mesmo, bom bonito e barato, sem frescura.
    Roupeiro + cômoda tá bem bom, até por que não adianta comprar muita roupa que esse bichinhos crescem mais que abobora e não dá tempo de usar tudo.
    A poltrona-eu não comprei, mas meu sofé é mega confortável, então eu acampei nele(haha) mas se você não em acho uma boa idéia…
    Carrinho: Ameeei esse modelo! Se ele reclinar bem o Luquinhas não vai ficar desconfortavel não, só não pode deixar ele sentadinho no começo(fase que passa rapido, tambem).
    A cadeirinha acho o mais complicado. Achei bem legal essa da chicco, e pelo que deu pra ver fica quase como um bebe conforto, então sem stress.
    E sobre o berço desmontável, é bom, mas quando eles são RN normalmente ele é muito baixo pra gente colocar(o meu não tinha duas alturas) aí eu usava o berço mesmo. Mas pra quem viaja é bom…

    E concordo contigo no 'menos é mais', mas uma coisa que eu indico e é baratinho é a redinha pra colocar na banheira e dar banho, que ajuda muito as mamys de primeira viagem (se não for usar o balde). Tem uma aqui ó: http://2.bp.blogspot.com/_IEhGKg9hl2U/TLW2Ew0lVSI/AAAAAAAAAR4/7V9PGIn1U3U/s1600/Redinha.jpg

    Beijos e força na Nossa Senhora do cartão de crédito!

  3. Carol, lá vão meus pitacos:
    suas escolhas foram ótimas e sábias. Quanto à banheira, para mim o trocador foi dispensável. Usava sempre a cômoda. No começo, inclusive, vc pode levar a banheira para o quarto, já que o bebê não faz molhadeira ainda. O berço desmontável é excelente, depois vc usa como chiqueirinho. Suporte para bebê nunca usei, sempre preferi segurar o bebê no braço mesmo.
    Acho que é isso. Se lembrar de mais alguma coisa volto, ok?
    Beijo.

  4. Oi Carol!

    Também sou mãe de primeira viagem, então não sou exatamente assim a voz da experiência, mas concordo com você de que não precisamos de tudo isso que falam pra gente. Para começo de conversa, meu filho nem berço vai ter (longa história explicada la no meu blog), só mesmo um moisés para os primeiros meses. Quanto ao carrinho, optamos por um modelo mais robusto porque andamos muito a pé por aqui e queremos um carrinho que nos acompanhe por anos.
    Sobre onde deixar o bebê dentro de casa, você já pensou naquelas cadeirinhas e colchões de atividades? Parece que os bebês se amarram.
    E bora trocando figurinha porque esse lance de montar enxoval deixa a gente meio perdida, né? Beijos.

  5. OI Carol,
    Acho que vc tem que ter o que julgar necessário. Vejo muitas mulheres dizendo que compraram tal e tal coisas e que os filhos nunca usaram. E é simples. Depois, se vc achar que está precisando de mais alguma coisa, é só comprar.
    Faça do jeito que vc e seu marido acharem melhor!
    Bjss
    Dani

  6. Oi Carol,
    Olha, eu nao sou mae ainda, mas posso te falar o que eu vou usar e oque recomendam aqui nos EUA.

    Primeiro quanto ao assunto berco: Os bercos que abaixam a lateral foram "recalled" aqui nos EUA. Proibiram a venda de todos e estao pedindo aos pais retornarem se tiverem um, devido ao numero de acidentes e de mortes que aqueles bercos ja causaram. Fica a dica.

    Eu comprei sim poltrona de amamentacao e nao me arrependo nem um pouco. Ouvi dizer que eh bom ter um lugar pra voce sentar enquanto poe o bebe pra dormir, assim voce nao precisa sair do quarto e o bebe nao fica hiper estimulado. Sem contar que o balanco ajuda e muito o bebe dormir.

    Parece bem legal esse carrinho. However, eu decidi comprar um jogging stroller, aquele carrinho de 3 rodas. Foi o vendedor da loja que me indicou e eu gostei muito. O que eu realmente queria pro carrinho eh que o bebe conforto encaixasse nele, as maes daqui me disseram que eh um life saver, porque bebes recem nascidos nao encaixam direito em carrinho quando vao passear, e se o bebe dormir no bebe conforto nao precisa mexer nele, e so encaixar no carrinho.
    Eu, sinceramente, nao compraria carrinho sem a bandeija pra bebes ou pra maes. O carrinho que eu comprei tem lugar pra garrafa de agua, chave e carteira, som pro ipod, e "pedometer". Me parece bem pratico ter essas bandejinhas.

    Pra ficar em casa, alem do berco dele nos teremos um bercinho (bassinet? Como se traduz?) no nosso quarto. Eu nao colocaria meu bebe pra dormir no bebe conforto. Mas o que TODAS as maes nao vivem sem aqui, e eu ja tenho, eh um swing, aquela cadeirinha de balanco pro bebe. Todos os bebe amam e eles passam HORAS la dentro, assim voce pode fazer suas coisas. E o pediatra do Luca recomendou comprar um baby swing em caso do bebe ter colica porque ajuda bastante. Eu tambem comprei o "bouncer seat" e um "baby gym" pra o bebe ficar entretido e eu fazer minha coisas.
    O baby swing eh esse aqui:
    http://www.toysrus.com/product/index.jsp?productId=3090973&CAWELAID=221747780

    Entao eh isso flor, espero ter ajudado. Beijos ;**

  7. Menina que loucura ai na AR!!! Quanta coisa eles indicam, haja espaço em casa hein?

    Bom, meu bb está com quase 8 meses e vou te dizer pela minha experiência…

    O berço que temos aqui em casa é parecido com o que vc postou, atende muito bem. Nada a reclamar e a grade (abaixar e subir) comecei a usar há quase um mês porque descemos um degrau, sim ele tava começando a se achar o batman e querer se jogar, tomamos providências antes, ufa.

    Tbém temos mais dois elementos: guarda-roupa com quatro portas em que duas ficam completamente vazias! E tbém temos trocador com gavetas. O trocador uso até hj (está bem difícil agora, mas ajudou horrores no início pq fiz cesarea e trocar na cama era uma dor sem fim) e as gavetas estão todas ocupadas.

    Eu fiquei com bastante receio de adquirir a poltrona de amamentação pq li vários relatos de que não foram usadas e tal, e é um item caro mas posso te dizer que foi uma das melhores compras! Eu usei muito no início para amamentar mesmo e uso até hoje para dar a mamadeira, ritual do sono, e ninar quando ele acorda a noite (essa q comprei tem balanço) super recomendo.

    Não tenho mesa lateral. Não quis adquirir pq achei q era muita coisa, a poltrona fica do lado do trocador e apoio as coisas nela quando necessário, dps qdo saio do quarto recolho/organizo tudo e deixo o trocador livre.

    Sobre o carrinho compramos um parecido com o seu, mas com a bandeja da frente (que até hj não tem utilidade) da Peg Perego (Pliko p3) e posso te falar? Me arrependo, pesado pra burro, mas atendeu muito bem no primeiro mês que ele dormia ao meu lado na cama, no carrinho… uma amiga tem esse que Vc quer e serviu do mesmo jeito q o meu, então sijoga, excelente compra.

    Sobre a banheira tenho uma com suporte sem trocador exatamente pq tenho o trocador com gavetas, usei o mesmo raciocínio. Como o Rafael nasceu em junho até o quarto mes dei banho no quarto, hj montei a dita no banheiro social e o barraco fica armado geral. Não tenho porta apetrechos, tenho uma bandeijinha da coz (de UD mesmo) em que coloco todos os itens de banho. Ah e em cima do trocador tenho uma simplesinha que eu mesma fiz com porta cotonete, algodão e que hj coloco fralda e pomada.

    Sobre o bb conforto comprei o da Peg Perego (no kit pliko p3) e ele usa até hj. Não sei na argentina mas aqui no Brasil tem uma lei em que não pode retirar o bb da maternidade se não tiver o bb conforto e o mesmo para andar de carro, sem o bb conforto a multa é pesada e os pontos nem se fala. Importante e usável pra dedeu. Comprei o suporte de aparar a cabecinha mas nunca usei, ele odiava (acho que apertava) e sempre aparei com uma fraldinha. Eles firmam o pescoço por volta do quarto mes, pouco antes, pouco depois depende de cada filhotinho.

    Ah sim, sobre a banheira, vão tentar te vender um treco para colocar dentro (apoiar) o bb na hora do banheiro, comprei e pra mim foi a maior roubada, nunca consegui usar, melhor por pouca água no início até desenvolver a habilidade e usar só os braços na hora do banho.

    Se eu esqueci de algo e Vc quiser maiores ou outras explicações pinta no meu blog ou me mande um mail que te ajudo de boa: crisbomfim@hotmail.com

    Benvinda a aventura das compras de coisinhas de bb!!!

    Bjs pra Vc e pro Lucas.

  8. Posso dar minha opinião? Quase um post kkk
    – berço: eu me arrependi de não ter comprado o berço que vira caminha pq qdo JP completou 2 aninhos fui obrigada a comprar uma caminha, pq ele estava grande demais pro berço e pequeno demais para uma cama de solteiro.

    – moisés: qdo cheguei da maternidade senti falta de um no meu quarto … achei o JP tão pequenininho q não tive coragem de deixá-lo dormir sozinho no quarto dele. O medico bem q me avisou e inclusive incewntiva q até os 6 meses bb e mãe durmam no mesmo quarto, com a quantidade de vezes q acordamos isso minimiza um pouco

    – carrinho: realmente os grandalhões são trambolhões, mas quando são pequenininhos ACHO q vc vai sentir falta de olhar o tempo todo pro rostinho do Lucas, pq nos primeiros meses eles regurgitam (putz esqueci como se escreve) muito e temos q ficar atentas.

    – Cadeirinha para carro: esse é outro item que acho que vale apenas o investimento em 2 fases. Os q vao atee 18 kilos ACHO q não acomodam direito o neném pequnininho. Troquei o meu (q veio junto com o carrinho trambolhão) qdo JP fez 5 meses

    – Pra ficar em casa: bercinho desmontável não só vai te ajudar em casa como em viagens … mas vc pode querer o carrinho em algumas ocasiões

    – Banheira: eu não tive habilidade para banheira com trocador (tirar neném da água, fechar trocador, colocar toalhinha…) pota trecos definitivamente é mto bom! Eu colocaria na parede de frente pra vc qdo vc está dando banho, N˜so esquece de colocar um porta toalha por perto também. Já oviu falar da Tummy Tub? É um ótimo banho de imersão, mas pra mim n˜åo substituio banho de banheira. Eu daca o banho de banheira e depois deixava o JP na tummy tub uns minutinhos, ele gostava mto, mas no começo dá um medo …

  9. Carolzita, vamos lá:
    – berço: é isso aí mesmo. E, apesar de nos EUA terem proibido os berços que descem a lateral, eu acho esse item essencial. Porque depois que o bb cresce e vc tem que descer o fundo, se a grade não for móvel você tem que praticamente arremessar o bebê no fundo do berço pra colocá-lo pra dormir.
    – Berço com caminha: para alguns é útil, para outros não. Para bebês sapecas que escalam o berço muito cedo, a caminha acaba sendo útil. A Luísa saiu direto do berço para a cama normal de solteiro, aos dois anos e meio, e foi tudo ótimo. Uma gradinha resolveu.
    – Carrinho: amiga, isso não tem regra. Cada um tem uma opinião. Uma amiga toda cheia da verdade comprou o Bugaboo nos EUA porque era o carrinho da moda e depois se arrependeu porque aquele carrinho é feito pra quem não anda de carro. Acho o bebê conforto quase que essencial, você vai ver. Luísa usou o dela até um ano e a Rafinha só usa isso agora. Comprei um da Chicco, modelo Cortina, que encaixa no carrinho. É do modelo grande, mas não me arrependo. Se a Rafa dorme no carro, não preciso desacomodá-la, é só tirar o bb conforto todo e encaixar no carrinho. Pra mim, item essencial.
    – Berço portátil. Eh bem útil, tanto pra viagem como pra fazer de chiqueirinho durante uma certa fase.
    – Banheira: depende de como é a estrutura da sua casa. A minha vinha com trocador, mas eu nunca usei e aquilo virou trambolho. Sempre troquei no trocador da cômoda (que também é essencial na minha opinião porque a altura dá certinho e não dói a coluna.

    Acho que é isso. Ufa.
    Beijos e boa sorte nas compras.

  10. Olá, Carol, não lembro se me apresentei, faz um tempinho que passo por aqui, sou Andrea, mamãe da Alice de 5 meses e meio, vou tentar te ajudar com a minha experiência 😉
    Berço: achei a sua escolha ótima, o da Alice vira mini cama, mas esse que tem cama e cômoda acho feios.
    Cômoda e roupeiro: no quarto da Alice não cabia os dois, então compramos uma cômoda com gavetas grandes e lugar para penduras vestidinhos. Está dando certo, lógico que não dá para manter as roupas que ela ainda vai usar, ficam apenas as ropas em uso, sapatinhos etc, acho o quartinho com cara de bebê não dura muito, então é bom pensar em coisas que vão poder ser usadas com outro tipo de acessórios conforme a criança for crescendo.
    Carrinho: o da Alice tem 4 rodas duplas, e as quatro "rodam" muito útil para andar dentro de casas ou ap, e ele tb vira a alça para ficar de frente para o bebê. No primeiro mês ela dormia nele, pois ficava mais aconchegante. Agora ele fica na área de serviço pois andamos tanto pelas ruas que não dá para andar com ele dentro de casa.
    Bebê conforto: a Alice herdou da priminha, só trocamos a capa, dá super certo pois qnd ela dorme dá pra deitar bem, é bom verificar bem o conforto desse que vão de 0 a muitos kilos, já ouvi mamães falando mal deles. Usamos também o bebê conforto em casa para ela ver DVDs e dar as primeiras papinhas de frutinhas.
    Berço desmontável: Como moramos em cidade grande temos lugares para a locação qnd viajamos alugamos, fica bem em conta, 40,00 por um mês. Provavelmente não teremos cercadinho, compramos um colchonete de camping para a Alice brincar e levarmos para parques e praças. Mas não temos bichinhos em casa.
    Banheira: temos o Baby tummy (balde) e uma banheira simples de plástico, usamos a primeira até ela ter 2 meses e a segunda até ela ter 3 meses, agora ela toma banho comigo no chuveiro, muito prático em casa e em viagens. Mas se vc tem espaço vejo muitas mães usarem a banheira com trocador, é melhor do que trocar na cômoda, muito mais seguro, eu troco a Alice na cama de babá do quarto dela.
    Poltrona de amamentação: não comprei, amamentava com uma almofada chamada aconchego, em qualquer lugar até mesmo em cadeira de madeira reta, mas é uma almofada grande que envolve a cintura toda, apoiando as costas e o bebê. Acabei amamentando apenas 2 meses e meio 🙁
    Ufa, nunca escrevi tanto, adorei responder seu post 😉
    Deu vontade de fazer um post sobre esse assunto.
    Última dica, e a mais importante, tudo que puder deixar para comprar depois, deixe, cada bebê é diferente, cada mamãe é única, vocês vão descobrindo do que precisam…eu comprei slig e a Alice é agitada nunca parou dentro dele, dindin jogado fora, ela gosta do canguru que o pai ocmprou…
    bjs

  11. Oi Carol, passo sempre por aqui mas quase nunca comento. Sobre o enxoval, adoro dar pitacos.
    Berço: ótima idéia, essa coisa de mini cama não presta, coloquei a Bia na dela e em uma semana aposentei. Passou pra cama de solteiro com grade.
    Roupeiro + comoda: só fui de comoda, aqui em casa tenho armários embutidos que são enormes e cabia bastante coisa. A comoda é legal pra usar de trocador. É boa porque é alta e ajuda a trocar as fraldas, e secar depois do banho ou trocar uma roupa e tal e coisa.
    Poltrona: eu fui convencida de comprar uma pela família toda, eu não queria, achava inutil, e foi uma agradável surpresa. O fator "amamentação" é importante por causa do tecido principalmente. O bebê VAI vomitar em você, sem dúvidas. Com o Leo está sendo menos frequente, mas com a Bia foi um festival de horrores e o fato de ser de couro ecológico é facilmente lavável (com pano umido tá?). Não tive mesinha e nem senti falta dela.
    Carrinho eu prefiro o tipo não guarda-chuva. Tem o Pliko da Peg Perego que é ótimo e pode ser usado pra bebezico e grandão, já que reclina sentadão. Pra quando ele resolver que é uma pessoa que senta quando quer e bem entende.
    Cadeira do carro: eu usei com a Bia o bebê conforto que foi passado pro Leo e depois comprei a cadeira de criança maior. Na época não sabia dessas que são desde RN até 18kgs. Não sei como é a legislação aí, mas aqui as crianças usam até 10 anos, então o combo bebê conforto + cadeira de carro (com booste) foi o melhor. Essa cadeirinha que você quer tem uma almofadinha especial que abraça o bebê pequetito. E você coloca ela como um bebê conforto no carro, olhando pra trás e depois desvira quando ele tem uns 8-9 meses.
    Pra ficar em casa: o carrinho que eu sugeri acima é o ideal até uns 9-10 meses, mas o berço portátil pode ser bom pra você que viaja e tem cães, mas toma cuidado pro menino não dormir nesse berço e deixar o outro de madeira a ver navios. Já vi gente em que o bebê nunca dormiu no berlo de madeira, e só no portátil bem do ladinho da mamãe. O Leo fica bastante no carrinho dele. E no chão também. A Bia nunca gostou de ficar confinada nesses berços, ela tinha ataques quando ficava.
    Banheira: eu tenho uma com suporte e trocador. Como sou muito alta e a´bicha é baixa demais, eu uso o trocador (que é super desengonçado) como suporte e eu fico mais confortável. Porque eu quase travei as costas dando banho na Bia antes de ter o insight de colocá-la sobre o trocador. Porta treco juntou poeira, é igualmente desengonçado, eu coloco o sabonete e shampoo e brinquedinhos no parapeito da janela (fica um luxo só!), que fica super a mão. Suporte de RN eu comprei, mas empoeirou também. Você pega as manhas, querendo ou não.
    Acho que eu ajudei. Estou ansiosa pra saber das suas novas dúvidas.

    Um beijo

  12. Carol,
    Eu tinha um carrinho trambolho travel system, realmente recomendo para quem anda muito a peh, e usei o carrycot no carrinho ateh s tres meses e minha filha dormi ali, e eu levava o carrinho pela casa.
    CAdeirinha baby bouncer super util coloca bebe na cadeirinha e leva pela casa, para cozinhar tomar baho e afins. Assim como o tapetnho paly mat para quando sao maiorzinhos e comeca o treino barriga para baixo.
    Banheira comprei as com redinhas pois achei mais pratico para dar banho, e trocador a comodo do quarto ainda eh usada ate hj.MAxi cosi recomendo demais.
    Escrevi esse post sobre as melhores compras da gravidez que eu fiz:http://motherlovedatabase.blogspot.com/2010/07/melhores-compras-durante-gravidez.html
    Mas eh tudo muito pessoal, pois o dopler fiz um post como uma das piores compras da gravidez.
    bj

  13. Carol, tô aqui passada com a falta de sono, mas vim te dar um abraço pelo post anterior. Um abraço de quem apanhou pra si todas as suas palavras, porque sabe da dor exata que você sentiu (ou está sentindo). O dia em que meu primeiro bebê nasceria, foi duro demais também e eu estava mais ou menos com a mesma idade gestacional que você! Mas posso te falar algo? Embora essa dor nunca desapareça, ela se modifica. Quando esse seu bebêzinho nascer, você verá que seu primeiro filho veio a esse mundo com a missão de lhe ensinar algo e por ser "anjo" demais, voltou pro céu a te espiar de alguma nuvem. Acredito que um dia os encontraremos. Enquanto isso, gosto de pensar que de lá de cima, ele vela por mim e pela Maria Clara! Isso tudo vai passar, esse medo, essa dorzinha latente – basta que você veja esses dois olhinhos que estão aí dentro de você! :)))

    Um beijo grande, querida!

    (Desculpe não opinar nesse seu post… tô tão cansada e só queria mesmo te deixar algumas palavras!)

  14. Olá Carol!
    Bom, como o povo ali em cima já comentou bastante coisa, vou me limitar apenas a alguns comentários. Primeiro: não tenho filho e minha experiência é bastante limitada, mas cuido de um garotinho de 1 ano aqui nos Estados Unidos, desde que tinha 2 meses. Aqui eles tem o berço dobrável, e é uma maravilha. Muito prático, para qualquer lugar que precisam ir é só dobrar e carregar, levam no avião, etc. E o menino dorme tranquilo e seguro. De manhã, brinca lá de boa enquanto os pais estão ocupados, usa como chiqueirinho.
    De banheira, aqui o que me chamou a atenção é que eles colocavam na pia da cozinha mesmo. A banheira era pequena, encaixava lá e não precisava de suporte nem de ficar abaixando.
    Para a cadeirinha de carro, que eu saiba existem umas almofadinhas em formato de U, que põe tipo um arco na cabeça do bebê assim não bamboleia. Vi por aqui, mas no Brasil também tem porq minha irmã comprou para o bebê dela. Se tem no Brasil, deve ter na Argentina também.
    Bom, acho que é isso que tenho para contribuir. Boas compras!

  15. Carol, sou leitora de um tempinho já e nem sei se já comentei, enfim. Mãe de duas. Uma de 8 anos e uma de 4 meses. Consumista em recuperação!
    Na primeira filha fiquei cheia de nhém nhém pra fazer as compras, queria tudo que existia no mundo, tentei ser ponderada e comprar o que realmente precisa pra essa segunda filha.

    Quarto:
    Berço que vira cama. Tenho e não usei a tal mini cama, na primeira filha. Por que? Porque a gente precisava da grade pra guria não cair da cama e comprar gradinha especial que achei cara. Comprei uma cama de solteiro e investi uma vez só, até porque ela se virava muito e acordava toda vez que batia na cama. Pra mim o importante no berço é a altura dele, tipo, tem que ser bem confortável pra ti, porque tu vai lidar muito com o bebê na caminha e a tua coluna já vai estar torta por diveeeeeeersos motivos.

    Guarda roupas: compre um grande, os bebês crescem MUITO rápido, logo o filhote vai estar um mocinho e precisar de mais espaço. Tu vai se odiar por ter que gastar em algo que já gastou. Ou use só a comoda no começo, já que as roupinhas dele vão ser umas titiquinhas de nada no início.

    Banho: Não compre muita tranqueiras pra banho não. Sabe qual o melhor jeito de dar banho no bebê? De chuveiro! Aqui em casa é assim desde os 15 dias das filhotas. Papai vai pro chuveiro, mamãe tira a roupa e alcança pro pai, enquanto isso mamãe ajeita as roupas todas, pega a bebê, seca, veste. Pronto, acabou. Uso MUITO o balde pra banhos fora de hora, tipo mega coco, mega calor, etc, coloco o balde no banheiro em cima da privada e era isso, rápido, prático e ela adora, quando ela não servir mais no balde vou usar a banheira plástica mesmo. Aí ela já vai estar sentando e vai ser dentro do box pra ela poder ficar brincando.

    Bebê conforto, comprei o da Chicco, caro e pesado, mas muito seguro, eu uso somente no carro e nos primeiros dias de vida dela usei em casa também, mas muito pouco. Pra carregar bebê nele é pesado demais, só o papai mesmo, eu não tenho força pra isso. Usamos muito quando vamos em restaurantes, pra deixar ela em cima da mesa dormindo tranquilamente, e como comemos muito fora, vale bem a pena. Não sei se compraria um que não fosse bebê conforto porque mesmo no bebê conforto ela fica com a cabecinha desajeitada as vezes. Me preocupo muito com a segurança e acho que apesar do custo vale o investimento.

    Carrinho: tinha aqueles enormes tipo berço da minha outra filha, usei exclusivamente pra essa filha dormir no meu quarto até os dois meses dela. Comprei um da MacLaren do tipo deste teu da foto, tenho ele aqui: http://andreanunes.blogspot.com/2010/05/dicas-e-comprinhas-sobre-rivera-uruguay_13.html

    e gosto bastante, não tem mesinha, não vira pra mim, mas não sou aquela pessoa que usa carrinho horrores. Uso em casa, pra dar uma volta na calçada com ela, uma voltinha na pracinha, no shopping. Não é meio de locomoção é pra passeio mesmo, então tá muito bom, ele é leve e fácil de fechar e abrir, o que pra mim é essencial.

    Minha dica essencial é sling do tipo wrap, melhor investimento do enxoval. Usamos muito, muito, muito, essa semana até no ortodentista apertar o aparelho fui, com ela dentro do sling.

    Babá eletrônica se tu mora em casa grande eu acho essencial, senão esqueça.

    Acho que era isso…

  16. Carol, berço eu gosto mais simples, mas, e puder virar caminha, melhor, porque aí dura uns 4 anos (a Ciça ainda dorme na sua caminha ex-berço americano, e olha que ela é grandona). Não compre de jeito nenhum estes que vêm com cômoda do lado, porque com 1 ano o bebê já aprende a escalar do berço para a cômoda e é queda na certa.

    Moisés não serve para nada, e berço desmontável é bastante útil para viagens e para transformar em cercadinho. E para clocar o bebê no seu quarto, nos primeiros dias.

    O carrinho que vc quer é o mesmo que eu tenho. Uso com a clarice desde que ela nasceu e usei com a Ciça na viagem a NY. É superbom, recomendo muito. Eu herdei outro da Chicco, maior e mais trambolhento e NUNCA usei porque, apesar de ser guarda-chuva, nem cabe no nosso porta mala e eu tenho preguiça de coisa trambolhenta na minha sala.

    Estas cadeirinhas que vão até 18kg geralmente não servem poara bebês de 0 a 12 meses. Mas, se vcs não têm carro, não precisam de bebê-conforto (acho muito pesados e pouco práticos para sair caregando pr aí, o meu fica sempre fixo no carro). Eu acho que comprar uma cadeirinha de balanço (bouncer) pode ser mais útil.

    Banheira: para ser sincera, prefiro a mais simples de toda, de 9,99. O trocador da banheira não é firme o suficiente e não vale a pena ser usado. E o negócio para deixá-la alta é outro trabambolho. Eu tenho dado banho com a banheira no chão, agachada mesmo (vc é jovem garota, não vai ter problema nenhum em se abaixar e isso garante mais firmeza, acredite). Quando for RN, vc pode dar banho na pia (banheira na pia, se tiver bancada, ou mesmo o bebê na pia).

    Cômoda é importante, sim. Para guardar roupas, fraldas e para servir de trocador.

    Cadeira de amamentação geralmente é feinha, brancona e tal, mas é bem útil. Agora esta mesinha de que vc fala nem sei o que é. A minha cadeira fica do lado da cômoda e coloco relógio, copo d'água e outras coisas lá mesmo.

    Minha dica? Compre o básico, pegue os contatos das lojas e, depois que o Lucas nascer, se vc achar que não pode viver sem algum item, vc pede para o pedro ou alguém ir buscar. Sério, senão vc vai entupir sua casa de inutilidades.

    Beijos

  17. Oi Carol, vc já recebeu dezenas de comentários, mas vou falar da minha pouca experiencia com minha filhotinha de 11 meses.
    Berço: do tipo que vc falou, simples, branquinho, tb desce a grade lateral. Agora que eu abaixei o estrado, se não pudesse descer a grade teria que praticamente jogar a criança lá dentro, pq não alcançaria o fundo.

    Comoda: uso bastante, tá sempre lotada. Tb uso o trocador em cima até hoje, porém com todo o cuidado pra jamais deixar o bebe sozinho nem por um segundo.

    Poltrona de amamentação: comprei e recomendo, demorei um pouco pra começar a usar, no início achava mais confortavel amamentar na cama ou no sofá, mas depois q peguei o jeito passei a gostar. Uso mais a noite, pra fazer a Clara dormir, e nas acordadas noturnas. Não tenho essa mesinha, mas sim um puff.

    Carrinho: o meu é trambolho. Confortável para o bebe, desde recem-nascido, mas dificil de transportar. Ando analisando se ainda vale comprar outro modelo mais leve. Achei bom esse seu modelo, mas eu particularmente sentiria falta de ser reversível, pois até uns 4 meses eu só andava com a Clara virada pra mim, mas pode ser exagero de mãe de primeira viagem…

    Cadeirinha pra carro: comprei bebe conforto e só agora comprei cadeirinha. Essa que comprei agora, da Burigotto (http://www.burigotto.com.br/site/prodbcadauto05.php) vai de 0 a 25kg, estou gostando dela.

    Banheira: simples, sem trocador, porém com suporte, ninguém merece ficar agachado mto tempo. rsss

    É isso, espero ter ajudado. Abraços

  18. Oi Carol!
    Vamos ver se algumas dicas ajudam:
    – berço que vc escolheu, perfeito.
    – cômoda com trocador vale a pena pra nã o ficar com dor nas costas (uso até hoje e Raphael tem 1 ano e meio)
    – não tive moisés e não me arrependo
    – bebê-conforto sim é bem mais confortável pros primeiros meses, e vc consegue achar uns mais baratos que da chicco (o meu era da burigoto e funcionou legal)
    – carrinho, honestamente achei meio desconfortável pros primeiros 6 meses… existem outros modelos guarda-chuva com mais proteção lateral e frontal e mais confortáveis (o meu era o pliko 3 da peg-perego)
    – poltrona: quis economizar coprando uma poltrona bacana que depois eu pudesse transterir pra sala e me arrependi. Não era confortável pra amamentar, eu tinha que encher de travesseiros e almofadas e ainda ficava com dores nas costas. Lembre-se que vc vai passar looongos períodos sentada lá, com filhote nos braços.
    Espero que tenha ajudado.
    (e tenho lido sempre mas sem tempo de comentar – adoro seu blog)
    Beijos
    Ilana

  19. oi carol! já faz alguns dias que passo aqui no blog, mas hj é meu primeiro comentário. tbm serei mamãe de primeira viagem (estou com quase 7 meses) e fico cheia de dúvidas em relação ao que comprar e onde investir. tive sorte que 2 tias tiveram bebê há pouco tempo e me passaram diversas coisas, inclusive carrinho, berço e bebê conforto. a única coisa que tive comprar por enquanto foi o trocador (dos modelos plus banheira). tive que optar por esse modelo pela questão do espaço no quarto. além disso, não queria comprar uma cômoda para usar como trocador porque tenho um armário de 6 portas no quarto do bebê (ou seja, o espaço já está limitado para móveis trambolhos). mas não se assuste! o armário não é apenas para o baby. meu ap é pequeno e aproveitei o espaço para guardar algumas coisas que estavam sobrando pela casa. mas enfim, acho que tu fez boas escolhas em relação aos itens do enxoval. só não tenho certeza em relação ao carrinho, já me falaram que os modelos de 3 rodas são mais práticos (principalmente para andar por calçadas, pela rua).

    beijos 🙂

  20. Carol, vou te falar das minhas experiências:
    Berço: Compramos para o Enzo um berço normal, sem frescurites mas me arrependo de não ter comprado um que vire mini cama. Acho que é bem útil pois eles acabam usando por muito mais tempo, aqui em casa como passamos o berço para a Gabriela tivemos que comprar um cama de adulto pro irmão mais velho. Chega um momento em que eles querem escalar o berço e como isso acabou acontecendo aqui qdo o Enzo completou um pouco mais de 1 ano tirei essa grade que sobe e desce, resultado: acabou virando um mini berço/cama que ele usou até montarmos o quarto novo dele.
    Juntamente com o berço eu comprei apenas uma cômoda e confesso que um armário fez certa falta sim, eu não conseguia guardar os pacotes de fraldas que ganhei no meu chá de bebê, fora roupa de cama e afins….tive que guardar no armário do meu quarto e hj ainda sinto falta de um armário, pois como disse a Gabriela herdou o berço e cômoda do irmão….continuo guardando as coisas maiores emm outro armário, nesse caso no do Enzo rs

    Carrinho: Eu não conheço esse da Chicco, para o Enzo compramos o trambolhão que acabou sendo usado só por 5 meses pois ele acabou sentando rapidinho, então doei e comprei um da Chicco bem simplesinho que ele usa até hj.
    No caso da Gabriela, uma amiga me emprestou um que fica tipo berço da Galzerano e qdo ela começar a sentar vai usar o do irmão….aiii, segundo filho sofreeee hehe
    Acho essencial que o carrinho deite, isso quebra um galho tremendo…

    Cadeira pro carro: Eu comprei uma cadeira da Infanti de 0 a 18 kilos pro Enzo e te digo que pra usar pra recém nascido é péssimo!!! Eles ficam muito curvadinhos e escorregando, isso pq se vc reparar no assento traseiro do carro a almofada é bem curvada e como temos de instalar a cadeira de costas para o motorista elas acabam ficando mais reclinadas que o normal.
    Eu prefiro o bebê conforto e dependendo do tamanho do Lucas ele vai usar até 1 aninho. Qdo vimos que o Enzo ficava muito desconfortável na cadeira acabamos comprando o bb conforto, a cadeira ficou de castigo esperando ser usada virada pra frente…Enzo usa até hj, com 2 anos e meio…

    Pra ficar em casa: Aí vai minha outra experiência….com o Enzo ele ficava no carrinho, ia da cozinha pra sala, pro quarto…me acompanhava pelo apto.
    Dormiu no carrinho, do meu lado da cama por 2 meses (pecaaaaado rs), isso pq o apto que morávamos em SP era minúsculo, só cabia o carrinho mesmo….Após os 2 meses foi pro berço dele com a babá eletrônica ligada….de dia deixava tirar umas sonequinhas no carrinho, mas como foi ficando apertado ficou só pra passeio mesmo até ser doado.
    Com a Gabi, ela tbém tira as sonecas verpertinas no carrinho e saracoteia comigo pelo apto, mas de noite dorme no berço desmontável que colocamos ao meu lado no nosso quarto, é mega confortável e tem a possibilidade de ser usado futuramente….recomendo!!!
    Bebê conforto, só no carro mesmo e qdo saímos e não levamos o trambolho carrinho…serve pra tirar as sonequinhas num restaurante e na casa de amigos/parentes e afins.
    Mas isso é muito partilular, meu sobrinho de 1 mes e meio, amaaaaaa dormir no bb conforto e minha cunhada carrega ele pra baixo e pra cima, fora e dentro de casa rs

    Moisés>>> queéissoooo??? rsrs

    Banheira: Para os dois comprei uma da Burigotto sem trocador e com suporte, pq ninguém merece dar banho no chão né?!! Eu só dispensei o suporte qdo o Enzo tinha uns 10 kilos, pois é recomendado em função do peso e o treco todo poderia cair…mas daí ele já sentava e curtia brincar na água, então foi light.
    Nem comprei o porta trecos, achei dispensável para os dois…

    Espero ter ajudado….bjim na pança

  21. Caroooool, eu sei que não sou mamãe ainda… e mimi-mimi-mimi… Mas assim, eu fiz o enxoval praticamente todo da minha afilhada e fui a primeira a dar banho e a sentir as dificuldade e vantagens de alguns itens que compramos pra Aline.

    Exemplo:

    A) Berço ~ Não compramos um bam-bam-bam e de certa forma foi bom, pq Aline roeu o berço assim que criou dentes (rs);

    B) Carrinho trombolho ~ é o Ô do borobó… as vezes a gente mandava o carrinho SÓ no elevador e alguém ficava esperando ele lá em cima, porque não dava pra entrar a galera toda com o bercinho dentro do cubilo do elevador. Aline SEMPRE ia no colo ou no bebê-conforto. No fim compramos um carrinho de vira guarda-chuva e cabe embaixo do suvaco.

    C) Moizés: praquê cara? O bebê conforto é que ia para todos os lugares e ela dormia valendo nele.

    D) Catre: MUITO VALIDO pra quem viaja muito com o bebê ou que dorme nos FDS fora de casa.

    E) Banheira: anatomica, aquela que o RN se encaixa (muiiiiiiiiiiiito valido, dá medo dar banho em bebê com menos de 10 dias), mas sem o pedestal, pq aquilo toma o lugar do box, fica no meio da casa ser serventia e termina virando varal de fralda 🙂

    Mas no fim isso é do gosto de cada um mesmo. Eu, quando engravidei mesmo eu já tinha a lista em mente. berço pra o quarto do bebê, catre para o bebê ficar no meu quarto e um berço tipo cercado pra casa da sogra. Pq quase todo FDS estamos na praia, aonde a sogra mora, e só os balagandains do bebê como carrinho e mada lotam o compartimento de volume. Mas eu ia comprar para cada coisa ficar em seu lugar e não ter que levar daqui pra li e de lá pra cá.

    aline mesmo, minha afilhada, tem uma segunda casa aqui, com direito a kit higiene, lençol e fralda.

    Eita trabalhão gostoso, né?
    Beijos, Fabíola.

  22. As listas de enxoval são sempre ridículas. Já vi muita mãe desesperada atrás de aquecedor pra lenço umedecido e coisas do tipo… eu já acho que temos que começar com o básico e ir comprando o resto conforme a necessidade. Tipo, pra que 5 mamadeiras se a mãe quer amamentar? Basta uma pra um caso de emergência e o resto pode ser comprado depois numa simples visita à farmácia 🙂

    Não vou me alongar, só opinar sobre os itens que você citou.

    Berço: Esse que vc colocou é quase igual ao da Bia. A maior "frescura" dele é a lateral móvel, de resto não precisa de mais nada. Quanto aos outros "dispositivos" pro bebê dormir, é dinheiro jogado fora. Depois de 1 mês ele já nem dorme tanto assim, rs.

    Roupeiro: Por falta de espaço, comprei só um roupeiro de 4 portas, sem cômoda. Mas se vc optar pelos dois, com certeza vai usar o espaço todo rapidinho.

    Poltrona: Tbm por falta de espaço não comprei e sempre achei bobagem. Sempre achei que não ia ter saco pra ficar amamentando toda hora enfiada num quarto – de fato eu usava mais o sofá. E como tive uns probleminhas pra amamentar e a Bia se adaptou melhor mamando sentada no meu colo, a poltrona não serviria pra nada, já que nessa posição a gente não cabia ali (eu fiz o teste da poltrona de uma amiga). Já vi aquelas almofadas pra amamentação, nunca usei mas se fosse comprar algo, compraria ela, bem mais barata e menos trambolhuda.

    Carrinho: eu comprei um parecido com esse que vc escolheu, mas da Peg Perego. Queria um que deitasse pro recém nascido e que não fosse muito grande. Não me arrependi. Hoje, no segundo filho, pensei em comprar um desses bem simples de passeio, uma amiga fez isso e deu certo, mas como o que eu tenho tá novo e custou bem caro, vou usar ele mesmo. E usei muito viu, principalmente no começo.

    Cadeira pra carro: Se os modelos forem iguais aos do Brasil (e imagino que são, pelo menos os importados) NÃO COMPRE essa que vai de 0 a 18kg. Eu fiz isso quando Bia tinha uns 5 meses porque o bebê conforto dela era emprestado e tive que devolver. Pior negócio da minha vida. Como até 1 ano o bebê tem que andar de costas pro banco da frente, essa cadeirona fica péssima, super erguida, simplesmente não tem recline que resolva. Acabei trocando a cadeira por um bebê conforto mesmo, foi a melhor coisa que fiz, super confortável, barato e durou até 1 ano. Aí sim comprei uma cadeirona dessas, e já na posição "correta" no banco (de frente igual a nós) e com um bebê maior e com o corpo bem firme, aí sim a cadeira ficou boa. Apesar de falar que serve pra bebês, eu definitivamente NÃO recomendo. Inclusive já vi mais gente ter esse mesmo problema. Vale mais a pena comprar duas, com certeza absoluta.

    Pra ficar em casa: Eu usava o carrinho e na maior parte do tempo Bia ficava no sofá-cama. Agora não tenho mais sofá cama e o Nando vai revezar entre berço, carrinho, sei lá como vou fazer rs. Tenho tbm um berço desmontável mas nunca usei em casa, fica na casa dos meus pais/sogros pra quando vamos dormir lá. Pra um bebê que já se movimenta um pouco mais (uns 3 meses pra cima) acho mais legal comprar um tapete de borracha e deixar no chão, enquanto ele tá acordado brincando.

    Banheira: De novo devido a falta de espaço, eu não quis essas banheiras ninja com trocador e todo o resto. Comprei uma banheira plástica comum, de botar no chão, e um suporte de metal que desmonta e fica escondidinho atrás da porta. Dava banho no quarto, já que meu banheiro é minúsculo, e usava minha escrivaninha como "porta-treco" e trocador (uso até hoje pra trocar, mas banho já é no chão do box com a gente desde antes de 1 ano).

    Acho que nem preciso dizer que amo dar essas dicas, rs… ESpero que tenha ajudado!
    Beijos!

  23. Carol

    Vamos por partes:
    – Não gosto de berço desmontável e Moisés, muita tralha. Então optei pelo carrinho tipo berço para ele dormir nos primeiros dias, até porque o berço fica bem distante da minha cama (e olha que eu moro atualmente numa kitnet);

    – Bebê conforto será usado para transporte no carro e também dentro de casa para deixá-lo perto de mim quando preciso fazer algo. Em casa não cabe chiqueirinho ou outra tralha, mas pensei muito em comprar aquelas cadeirinhas no estilo Fisher Price onde o bebê fica sentadinho (estilo bebê conforto), tem móbiles para distrair e algumas balançam ou vibram. Dá para usar tranquilamente até os 6 ~ 8 meses. O problema é o preço no Brasil, enquanto nos EUA custa cerca de 50 dólares, aqui custa 270 reais. Um roubo. Aliás tô atrás de alguém que vá para lá e raga pra mim com preço mais em conta, se souber medá um toque.

    – Optei por roupeiro de 3 portas e cômoda simples de 5 gavetas. Dá de sobra. Não sou louca por roupas, compro apenas o necessário. Então deu tudo certo.

    – O berço é igual o que vc deseja, simples e funcional, e pronto!!!

    – Poltrona: em casa não cabe, então cobrei uma bela almofada, tenho um puf e vou usar o querido sofá.

    – Banheira: De novo devido a falta de espaço, eu não quis essas banheiras com trocador e todo o resto. Comprei uma banheira plástica comum e um suporte de metal que desmonta e fica escondidinho atrás da porta. Comprei uma peça que se acopla ao berço que é um trocador, então é lá que trocarei o Dudu.

    Ah, esterilizador de mamadeira, coleção de mamadeira, aquecedor de lenços umedecidos e babá eletrônica são itens dispensáveis para mim. Muita frescura e muito dinheiro. Vou esperar ele nascer e ver se há mesmo necessidade, no caso de mamadeiras (tenho duas e uma chuquinha).

    Tomara que ajude.

    Bjs

  24. NOSSA NOSSA
    ESSE POST MUITO ME INTERESSA!!!!!
    Eu confesso que vou comprar basicamente as mesmas coisas que você. Vou adorar aprender com as respostinhas aqui, ebaaaaaa

    p.s. não escrevi nada no post de ontem e nem te disse nada no msn pq nao sabia o que dizer… desculpa.

  25. affffeeee!
    me deu uma preguiiiiça do segundinho agora…
    hahahah
    bom, seguintes, vou falar o que compramos em casa e foi mega útil.

    no quarto:
    -o berço que vira caminha, mas sem a cômoda. eles são maiores e os preços estavam bacanas na época.
    -poltrona de amamentação é útil até hoje pros momentos colo, leitura e música.
    -mesa de apoio, mandei fazer uma tipo criado mudo mais alto, com duas prateileiras, as quais o isaac usa hoje pra guardar seus livros.
    -cômoda é super útil, mandei fazer uma com gavetões enormes pra que tudo ficasse à mão quando necessário, mas confesso que hoje compraria um modelo mais barato, pois eles usam pouco tempo.

    carrinho.
    compramos o modelo pliko p3 da peg perego e super recomendo, mas pelo que vi ele é super parecido com esse da chicco. fechar guarda chuva é tudo de bom.

    moisés e berço desmontável?
    pra quê? eu já acho que é tralha demais. seguintes, dormir no carrinho, se for confortável é aceitável. quando estiver acordado, recomendo uma cadeirinha da fisher price, que tem um sistema treme-treme. Isaac adorava ficar na cadeirinha dele, ou no tapetinho de atividades. depois uma vó louca deu um berço desmontável que foi usado como chiqueiro, mas eu sempre preferi deixar isaac solto no tapete de atividades.

    banheira.
    usamos o modelo normal, sem frecuras ou trocador, com um suporte removível, excelente, pois dá pra regular e a banheira fica da altura necessária. o suporte foi descartado assim que a cria começou a pular e os banhos começaram a ser dados no chão. A minha é da Burigotto. foi bem baratinha.

    carolita, primeiro filho é assim mesmo, a gente aprende a ser compacta bem depois.
    bjoooos

  26. Então Carol…

    Eu tb não sou muito chegada a muito "bagulho"…e se fosse comprar todo aparato que tem muita gente que não vive sem…teria que vender o carro!!rsrsrsr..
    Vou te falar pela experência que tive com o Davi…o primeiro berço dele ficava no nosso quarto..pq lógico, não quis deixá-lo só, era um berço simples com uma cômoda acoplada, onde dentro tinham as coisas mais usuais (fraldas, pomada, camisetinhas, fraldas de pano)…no quartinho dele tinha guarda-roupas e a cômoda que fazia ora com ele…a banheirinha ficava na lavanderia (onde tinha mais espaço)…com porta-trecos na lateral (pois na frente atrapalha um pouco), não comprei a poltrona para amamentação pois minha restrição orçamentária não me permitia!!!rsrsrsr(tempos difícieis!!)mas dessa vez eu compro!!!Pois é muito chato amamentar no sofá, na cama, na cadeira de balanço…etc…etc..
    Pra ficar em casa e pra que possamos utilizar nossos braços(pena que só temos dois!!) eu colocava o Davi no carrinho…e sempre deu certo! E o bb conforto aqui no Brasil é lei, portanto…o Davi teve e este ou esta que habita por aqui tb terá!!!

    Espero ter te ajudado!!

    BJS!

  27. Ok, vamos lá! Quase todos os itens básicos (berço, cômoda, banheira e bebê conforto) o Bento herdou do primo, que é só 2 anos mais velho. E a caminha de solteiro herdou de outro primo! A única coisa que comprei foi o carrinho. Então vou te contar como foi minha experiência com esses itens, quem sabe te dá uma luz.
    – Berço: esse que vem com a cômoda acoplada eu não compraria. Além do perigo da criança escalar, acho o espaço pequeno. Vc leu lá no blog que o Bento simplesmente resolveu que não quer mais dormir no berço, com 1 ano e 9 meses. E ele ainda cabe tranquilamente lá, mas não quer por nada, chora se acorda e se vê no berço. Meninos geralmente são grandes e espaçosos, por isso não compraria esse berço com cômoda acoplada. Já o que abaixa a grade lateral acho bacana e útil.
    – Cômoda: essa eu usei bastante, e eu trocava sim o Bento na cômoda, até ele começar a se mexer demais. Daí passei a trocá-lo na caminha de solteiro. Agora que ele está maior, a cômoda ficou pequena para todas as suas roupas/cobertas/lençóis/sapatos e, quando mudarmos de casa em março, vamos passar tudo para um guarda-roupas pequeno (que já temos).
    – Caminha/cama de solteiro: como falei, Bento herdou uma cama de solteiro tradicional. Na verdade já tínhamos essa cama antes de eu engravidar, então ela simplesmente foi pro quarto dele. Ele adora, quer dormir sempre nela. A única coisa a fazer é comprar uma gradinha lateral.
    – Poltrona de amamentação: eu queria ter, mas não tinha espaço em casa. Se vc tem onde colocar, acho legal sim.
    – Bebê conforto e carrinho: Usei muito as duas coisas. O carrinho eu usei para Bento dormir do lado da minha cama, pois ficava muito cansada de levantar n vezes de madrugada. E o bebê conforto usava para deixá-lo durante o dia, tanto para sonecas como para brincar. Depois comprei aquele tapetinho de atividades e ele brincava no chão.
    Mas um detalhe foi bastante importante para que usássemos muuuuito o carrinho e o bebê conforto: Bento teve refluxo. Por isso, dormia melhor se não ficasse deitado completamente na horizontal, e sim mais levantadinho. Até levantei a cabeceira do berço, mas não foi suficiente. Então eu levantava o encosto do carrinho para ele dormir à noite, e mantive assim até mais ou menos os 5 meses. Daí nessa altura o refluxo começou a melhorar, e então ele passou a dormir mais no berço. A mesma coisa pro bebê conforto: como ele ficava mais sentadinho, conseguia dormir melhor nas sonecas diurnas.
    – Banheira: ganhamos a que tem suporte de pé e trocador. O trocador nunca usei, achei trambolhento, trocava na cômoda ou cama mesmo. Já o suporte foi essencial pra mim, que fiz cesárea. Não conseguia segurar o baby e dar banho nele abaixada. Depois do primeiro mês já dava, mas aí eu já tinha a banheira mesmo… Uma boa opção é o balde (tummy tub ou similar), que é excelente por manter o bebê totalmente imerso, ajudando em cólicas e a fazê-lo se sentir mais seguro.
    Ufa, acho que é isso! Como vc viu, minha experiência é baseada no que ganhamos e no refluxo do Bento, que contou muito. Gostei da sugestão da Paloma, compre o básico e, quando Lucas nascer, vc pode comprar algo mais que achar necessário. Espero ter ajudado!
    bjocas

  28. Carol, já que é para dar pitaco, vamos lá (lembrando que tenho uma filha de 1 ano e 10 meses e moro em Brasília):
    – berço: achei a sua escolha ótima. Ele vai usar até uns 2 anos, depois, você pode comprar uma caminha para até uns 7, 8 sei lá…
    – moisés e catre (nem sabia que existia isso): também acho inútil.
    – cômoda e roupeiro: dependendo do tamanho da cômoda, esta sozinha basta. Também depende da quantidade de roupinhas, eu sou mais minimalista e só agora minha filha tem um armário, mas ainda está bem vazio… agora a cômoda TEM que ter trocador, é fundamental para sua amada coluna!
    – Bebê conforto: vou discordar de você (levando em conta que moro em Brasília e aqui temos cabeça, tronco e rodas… hehehe) – como eu sempre gostei muito de passear com a minha filha para todo o canto desde rn, eu usei muitíssimo o bebê conforto até 1 ano e meio. Segundo o pediatra, quanto mais tempo você puder manter o bebê de costas quando andar de carro, mais seguro, será para ele. Se tiver alguma batida, ele não sofre aquele solavanco no pescoço. Além disso, outra coisa que achei FUNDAMENTAl, foi o carrinho trambolhento horroroso, tipo berço. Porque você vai ao shopping sozinha com o bebê, ele chega dormindo, você comemora, porque vai poder olhar as vitrines em paz e até lanchar, se der sorte, se você for tirar o bebê do carro para passar para o carrinho…. bau bau… ele vai acordar, ficar todo serelepe porque está passeando, vai querer ficar olhando aquelas luzes todas… muito fofo e lindo, mas aí, tchau lanchinho e olhada nas vitrines. Resumindo, você pega o bebê conforto (que está preso na base, no carro), acopla no carrinho, fecha a capota e… bom passeio! (me empolguei, foi mal!)
    – banheira, no começo eu dava naquelas menores, simples de plástico, em cima da cômoda, porque ficava com medo de a minha filha sentir frio, depois colocava no banheiro, no suporte. Se você conseguir embrulhar bem o bebê e levá-lo até o quarto, não precisa de trocador na banheira.
    – poltrona de amamentação – também achei muitíssimo útil, ainda mais que minha filha mamou até 1 ano e 9 meses… comprei daquelas que balançam e vém com um puff para colocar o pé. Além disso, no começo, usei bastante a almofada para amamentar. Tudo que aumente o conforo na hora de amamentar é um ótimo investimento. Pode ter certeza.
    Cehga, né?! falei demais! Foi mal! Boa sorte nas escolhas!
    Beijos!

  29. Oi carol, minha filha só tem 4 meses, e ainda não sou totalmente experiente nessas coisas, mas vou tentar ajudar. O berço da gabriela é bem simples tambem e eu acho otimo, não senti falta de nada não, a comoda é pequena e eu troco ela na cama que é baixa e dá uma dor nas costas terrivel então recomendo uma com trocador, ganhei a banheira com trocador e suporte pra recem-nascido, o suporte pra mim foi otimo, ajudou a segurar melhor o bebe já o trocador eu nunca usei, acho bem desnecessario inclusive se vc comprar a comoda. Não comprei cadeira de amamentação, usei o sofá mesmo com uma almofada chamada lua que ganhei de uma prima e me virei bem, agora nem uso mais a lua; o bebe conforto é lei por aqui então compramos e tbem não me arrependo, ele encaixa no carrinho e é facil de levar pra onde vc for, mas o carrinho eu comprei desses maiores e me arrependi horrores, não cabe no carro, bate em todas as paredes porque minha casa não é bem uma mansão sabe, então acredito que se vc não tem muito espaço o pequeno seja melhor, guarda-roupas eu comprei um médio já de adulto mesmo que foi mais barato e já fica pra usar qdo ela crescer, os outros itens eu não conheço então não posso falar, mas é isso espero ter ajudado! Bjos!!

  30. Carol eu e meu marido somos muito que nem vc, praticos e odiamos juntar tralhas que servem so para alguns meses. MInha nenem vai nascer em março, entao eu comprei: um berço (muito parecido com o que vc postou) que tb nao vira mini cama (a maioria das minhas amigas nunca usou as mini camas dos berços delas), nada de moises e afins, comprei uma comoda de 1,20 com gavetas e uma portinha, compramos um carrinho da Chicco, modelo Living, ele ja vem com o bebe conforto que vc pode acoplar no carro (serve ate 1 ano)..qto a banheiro, vamos comprar uma com suporte e trocador, pq nao temos no nosso banheiro onde apoia-la…se a sua bancada da pia for grande o suficiente para apoiar a banheira, entao nao precisa de suporte, do contrario, eu aconselho, se nao vc terá que colocar a banheira no chao e dar banho de joelhos (dai imagina se levantar com um recem nascido no colo, chorando)…o resto, nem cogitei em ter. Bjs

  31. Amei, amei amei, hehe!! Esse post foi totalmente util, principalmente pra nós, mães de primeira viagem, hehe!!
    Bom Carol, eu tb já estou olhando as coisinhas, mas dá muita duvida mesmo!
    O berço: gostei de um provençal, todo frufru, mas pelo jeito as meninas disseram que essa historia de virar caminha depois é uma boa…vou reconsiderar!
    Cômoda: acho essencial, principalmente por causa do trocador que tem uma altura bacana, afinal farei cesárea!
    No quarto do bebê já tem guarda roupa, então não precisarei comprar…
    Não quero mesinha lateral, porque senão vai ficar muito apertado…
    A cadeira de amamentação estive avaliando…mas acho uma boa, porque meu bebê nascerá em julho e em Curitiba, como aí tb, é muito frio e não quero circular com o nenem pela casa…
    A banheira tb estou em duvida, vou aguardar mais um pouco…
    Carrinho: qdo estive nos eua ano passado comprei aquele trio for me da Chicco, é um carrinho trambolhudo, mas acho seguro e tenho a opção de deixar o bebê dormindo no quarto, além disso ele vem com bebê conforto e suporte para o carro, que são importantes para levar o bebê em saídas com os papais!!
    Comprei tb uma cadeirinha que treme e toca musica da fisher price, ela acalma o bebê!!
    Vou voltar agora em março, mas só pra comprar roupinhas, e quero comprar tb um carrinho leve, tipo esse pra qdo o grande me cansar!!
    Aff qta coisa, hehe!! Vou acompanhando suas "consultas"!!
    Ah, meu filhote vai ser xará do seu!!!!!!!
    Beijokas

  32. eu sou mãe de dois, no primeiro a gente erra, no segundo a gente economiza rs. Vamos lá:
    Se vc é mesmo econômica de excessos, nem compre berço de madeira, use o berço desmontável (minha filha dormiu nele até 1a 8 m,o berço e o kit berço serviram só de enfeite e de gasto extra). Bebê conforto eu tive pros 2 e era muito bom qdo saia de casa, ia a restaurantes, casa dos parentes, cinema etc, pois até os 4 meses eles ficam numa boa ali e é fácil de carregar pra todo lado.
    Carrinho eu nunca uso, então sempre é trambolho pra mim.
    Espero ter ajudado
    bj

  33. oi xarpa. leio seu blog muito, a um bom tempo… uma vez, um tempão atrás escreví um comentário imenso para vc, quando vc perdeu seu bb… tb já perdí dois (mas tenho dois filhos maravilhosos!) e sei muito bem o que vc sentiu e sente… mas aí o computer deu pau e eu fiquei sem o comentário, a correria chamou, os filhos solicitaram e desistí de escrever de novo… mas, agora estou aqui para tentar te ajudar nesse babado todo que é o enxoval! Primeiro filho a gente sempre acha que precisa de mais coisa, no segundo fica bem mais fácil, mas acho que cada mãe tem uma dinâmica e vc só vai saber o que é útil ou não depois de sentir na pele as SUAS necessidades para cuidar das necesidades do Lucas…
    o que eu acho:
    carinho do tipo guarda-chuva, leve, que recline bem e que caiba no seu porta-malas (veja ele fechado antes de comprar)
    cadeirinha que sirva para rescém-nascido até os 7 anos (a chicco tem uma… ela vai "desmontando" umas partes conforme o bb cresce) é mais caro mas vale mais a pena do que ter 3 cadeirinhas (meu filho mais velho tem quase 5 anos e pegamos todas as fases das leis da cadeirinha… um saco… ele está na terceira cadeirinha, a sorte é que chegou o segundinho que já usou o bb conforto e agora passou para a segunda cadeirinha… mas se fosse comprar hj investiria numa que desse para ser usada em todas as fases)
    berço, eu acho quase inútil, mas sou adepta da cama compartilhada, e depois que engatinha gosto de deixar num colchão no chão… (minhas duas cachorras ficam no quintal e não dentro de casa, isso tb conta, né?!)para o Leon (o segundinho) descolei um berço desses portáteis, com trocador e mosquiteiro… uso só ele, qdo uso…
    banheira com suporte (alta), com trocador se o wc for longe do quarto e sem se for perto… porta-trecos do lado, mas gosto mesmo é de banho de balde (tummy tub)e chuveiro mesmo desde o nascimento… Leon não teve banheira, Tom (o mais velho) teve…
    Sling, salva a pátria e é aí ond eu queria chegar! Vc tem? vc vai ganhar de alguém? pq sou dona de uma marca e se vc quiser posso te dar um de presente e pensamos numa promoção para as leitoras do blog, quer???
    para ver os slings:
    http://www.lojalilith.blogspot.com e para ver meu blog pessoal (quase abandonado, tadinho…)
    http://www.familinha-nossa.blogspot.com lá tem um link para o relato de parto (que sempre ajuda a gente nessa fase de mistérios e medos do que está por vir!)
    a gente se fala com mais calma, felicidades para vc e pro Lucas!
    bj
    Carol
    do Tom (5 anos, PNat Hospitalar)
    do Leon (7 meses, Cesárea de emergência por placenta prévia) e da LILITH (que faz os pouch slings mais lindos do mundo!!!)

  34. Oi Carol. =)

    Me chamo Carol, sou carioca e tbm sou casada com um Pedro flamenguista. kkkkkkkkk
    =)

    ó:

    A escolha do carrinho é ótima.

    Aquele berção da moda é super prático e sempre tem coisas ( milhões delas) pra lotar essas gavetinhas.Super útil.E na minha opinião substituiria uma cômoda, se você comprasse um bom roupeiro.

    Moisés,Abraão e não sei mais quem- totalmente desnecessário.Você pode até usar, mas logo em seguida ( depois de 1 mês ou 2) os odiaria com todas as forças, porque ocupam espaço.Tá certíssima.

    Bebê conforto – tem alguns que duram até 13 kg. Minha baby usou por mais de 1 ano e usou MTO dentro de casa, eu considero útil.
    Pra levar pra restaurantes, enquanto eles dormem e não podem sentar em cadeirinhas…etc.

    Banheira – Procure a da Fisher Price (Rain forest ou Ocean Wonders). Minha baby usou desde RN (tem até uma redinha protetora pra mães que morrem de medo de dar banho em RN- ou seja, todas no começo…kkkk) e até hoje com quase 2 anos.Ela não tem pés, mas as que tem pés ficam perigosas com o tempo ( quando eles querem levantar, se jogam..é uma coisa de louco…rs*).

    Berço desmontável, eu comprei e me arrependi. Geralmente colocava no bebê conforto caso precisasse ir pra outro cômodo e ficar de olho.Acredite, desmontar e montar aquele berço com um bebê chorando, ou arrastá-lo por ai (e ele não passa em todas as portas pela largura)e o bebê querendo colo não é nada legal.rs*
    Enfim, hoje ele é um baúzão de brinquedos que pretendo me livrar em breve.

    Espero ter te ajudado. =)

    Beijos nos dois.

  35. Olá Carol!!

    As dúvidas são comuns, e a trambolhada é grande!
    O quanto ao berço o meu é até mais simples que este, não baixa a lateral, e o problema é só qdo vc baixa totalmente o estrado fica um pouco desconfortável para colocar o baby dormindo lá embaixão…então a lateral que baixa é válida! A poltrona de amamentação ganhei uma que balança, e é meio ruim levantar mesmo com o baby no colo…melhor uma fixa..mesinha de apoio supor util…com ou sem gaveta fica a seu critério…carrinho, comprei um super trambolho de 3 rodas, pra andar com ele é o maximo, faz curvas e manobra que é uma beleza, mas o tamanho…ah o tamanho….heheheh é trambolho e não há porta malas e braço que aguente..heheheh ele me serviu de berço no meu quarto até os 4 meses…depois Enzo foi direto para o berço dele. Então se vc puder ter o berço desmotável substitui…
    Quanto a cadeirinha, comprei uma daquelas de 0 a 25 kg, porém tive problemas com ela virada de costas, pois quando o baby dormia, a cabecinha caia pra frente…fiz até um post sobre isso: http://asaventurasdofeijao.blogspot.com/2010/09/cadeirinha-ou-bebe-conforto.html…humm que mais….
    uma aquisição que considero útil, muito útil foi a cadeirinha de balanço da fisher price, o baby fica ali quetinho, mexe as perninhas se balança, e até dorme sozinho no balanço…uma beleza! Hoje, aos 9 meses ele já não gosta tanto, mas foi muito útil.
    Acho que é isso…

    Beijinhos pra vc e pro Lucas

  36. Aiii que alegria esse momento…
    Vamos lá:

    Berço – o do lorenzo era nessa linha do Lucas, me serviu bem e até bem tarde, ele passou pra cama com mais de 1 ano e meio. Achava ótimo porque era fácil de limpar, fácil de mexer pelo quarto. Gostei muito!

    Roupeiro e comoda – como roupa de bebe muda muito, eu só usei a comoda, e usava pra trocar tb, pra ter as coisinhas dele a mão, gostava muito. Usei bem, e era a minha comoda de quando eu nasci.
    Acho que o guarda roupa é legal de ter pra botar as coisas maiores como roupa de cama, cobertor, e até roupas que não podem amassar, e pra quando ele crescer. Eu usava meu guarda roupa GIGANTE pra isso.

    Poltrona de amamentação – Não tive, senti muita falta de ter um canto pra isso, passava mais de uma hora e meia amamentando, pq meu filho era um esganado, e as vezes era muito desconfortável. Muito! Acho que o dia que tiver outro, vai ser a primeira coisa que eu vou comprar. Rs. Vou investir no cantinho, mesinha, som, livros, música, abajour, tudo.

    Carrinho – ACHEI O SEU LINDO! Eu tive um desses mais trambolhentos, mas que eu juro que foi ótimo pra mim, primeiro pq eu tinha medo do Lorenzo ficar no berço sozinho, ai deixava ele me olhando no carrinho,e como era aquele que virava um quase berço, eu gostava de deixar ele lá desde pequeno. E como ele aguentava bem o tranco, usei até o Lorenzo ter quase dois anos. Mas acho que o seu cumpre bem bem,né?

    Cadeirinha pra carro – nós usamos o bebe conforto que vinha com o carrinho até ele poder usar a cadeirinha.
    Achei a de vocês LINDA, e vi as especificações no site, e gostei.

    Bebe conforto, carrinho e berço desmontável – eu usava o carrinho muito, e tinha um berço desmontavel que ia pra viagens, e casa do pai. E eu era a RAINHA DO CANGURU. Eu fazia tudo com o Lorenzo pendurado, inclusive estudar pra faculdade. rs.
    Mas eu acho que é uma questão de se adptar,né? Talvez seja bom vc tentar uma opção primeiro e depois as outras, até achar a sua. Pode ir gastando com calma.
    (cartão de crédito agradece)

    Banheira – Lorenzo nasceu num lugar frio, bem frio, tinhamos aquecedor nos quartos, por tanto dava banho no quarto, depois comecei a levar a banheira pro banheiro, e com o tempo fui colocando dentro do chuveiro. Mas a banheira era simples de plástico, mas com aqueles pezões que ficavam da minha altura, pq além de amamentar, carregar, limpar, ainda ter que me abaixar pra dar banho, não ia rolar, só rolou depois passei a colocar a banheira no chuveiro, ai já com quase dois anos. Mas não tive aquelas com trocador, usava a comoda, ou a cama, mais confortavel, pq aquele eu achava apertado, e tinha medo de eu pegar a fralda e o Lorenzo se tacar dali.

    Bem, eu acho que tudo é uma questão de ver as coisas com calma. Se o Lucas nasceu e algo desses apetrechos não funcionar ou vocês não gostarem, vocês compram outro. Nada é impossível de se resolver.

    Aguardando anciosamente a segunda parte.

    Beijo beijo (um pra cada um)

  37. Oi Carol!!
    parabéns pelo bebe q esta chegando!!
    E realmente algumas dessas coisas
    são apenas para dar volume na casa!!
    Experiencia propria!!
    A unics coisa que não me arrependo de ter comprado e o bebe conforto!!
    Usei ele muito quando iamos jantar fora ou almoçar!!O carinho usava espaço demais ai eu colocava o bebe conforto em cima da mesa ou de dias cadeiras e almoçava/jantava super tranquila!!
    E para o quartinho recomendo o berço com comoda mais roupeiro!!
    Mas compre um de tres portas ou masi!!
    Criança sempre tem coisas e mais coisas para serem guardadas e espaço nunca e demais nesses casos!!
    Bjus guria!!

  38. Vou falar como mamae e profissional.
    Primeira coisa, olha pela segurança sempre.
    Acho importante no primeiro mês a criança dormir no quarto dos pais, a mamae fica muito cansada e pode não acordar sempre que for necessario, o papai deve ajudar. Então berço, carrinho. moises ou qq outra coisa tem q ter no quarto. Opto pelo carrinho (que vc n gosta) pq ele tb eh ótimo pra ninar e sair do colo. Crianças adoram se acostumar com o colinho pra dormir, que é fofo de primeira, mas depois fica chato. Acho que o carrinho que vc escolheu, vai ficar bem baixinho e sua coluna vai doer de ficar o dia colocando tirando o Luquinhas e lá.
    O BERÇO eu super concordo com vc, a caminha só chega depois e vai que tem a louca de mudar toda a vibe do quarto!!!
    Eu nunca troquei na comoda, pq a gente sempre esquece alguma coisa e sai pra buscar, então não queremos deixar o baby sozinho na comoda, ai já viu a confusão… coloca baby de novo no colo, vai buscar o que esqueceu e depois volta.. Eu sempre troquei na minha cama, qd sao pequenos eles n vao sair rolando a cama toda e cair.. e depois qd crescem nós já aprendemos a n esquecer nada.. hehehe
    Banheira.. tem qter suporte.. sua coluna agradece, acho meio confuso akelas que tem uma tampa e funciona como trocador… como faz qd tira a baby da banheira pra virar aquela tampa? Pras maes de primeira quem tem menos habilidade com o baby ficamais complicado ainda.. Entao voto pela banheira com suporte e trocar o baby na cama..

    Acho que é isso..

  39. Concordo com vc, acho um exagero o que as pessoas gastam com coisas que nem sabem se vão usar. Minha filosofia é meio que minimalista.
    Anyway, do resto eu ainda não posso te dar uma opinião válida, mas se souber de infos de fontes seguras te aviso tá.
    Bjos e obrigada pelos recadinhos lá no blog 🙂

  40. Carol, oh carol!!! Na-na-na!!! kkkkkk (só uma canção que me lembrei agora kkk). Menina eu me encontro na mesma situetion que vc, aqui no Rio de janeiro as mamazitas querem T-u-d-o e no final nao usam nadica de nada. Dicas práticas: Seja pratica sempre!!!

    Não compre aquilo que depois vá virar um cabide ou um elefante branco na sua casa, tipo, moisés, mil e umas cadeiras ou coisitas do tipo.

    Acho bacana o carrinho da chico e tb uma banheira com suporte please!

    Bjssss

  41. Carol

    Já acompanho seu blog a um tempinho e nunca comentei, não me lembro como cheguei aqui mas sei que continuei “voltando” por ter encontrado semelhanças nas nossas histórias em relação à maternidade (além de gostar do jeito que você escreve). Demorei um pouco para engravidar, também sofri um aborto da primeira gestação e engravidei novamente (tenho a Luiza de 1 ano e 7 meses). Lendo o post de hoje percebi mais uma semelhança entre nós, também fui “necessária” no enxoval da minha filha, sendo assim resolvi contar como fiz: O berço foi como o que você escolheu (no padrão americano utiliza-se por mais tempo). Comprei somente a cômoda que também usei de trocador, não tinha muito espaço no meu ap, no primeiro ano serviu perfeitamente, agora ficou pequena (as roupas vão ficando maiores, sapatos, enfeites de cabelo), portanto acho que acertou na escolha do roupeiro e cômoda. Poltrona e mesinha não comprei, optei pela almofada de amamentar que é excelente e proporciona conforto onde sentarmos. O carrinho que comprei foi o Enjoy Evolution da Chicco, parecida com o da foto mas com pequenas diferenças – sugiro que faça um comparativo entre eles- (serviu muito bem quando bebezinha e ainda utilizaremos por um bom tempo, o problema é ela que só quer saber de andar…rs). Escolhi a Poltrona Auto-Fix Plus da mesma marca (BB conforto que usamos por 1 ano. A praticidade da base fixa no carro e o encaixe perfeito no carrinho valeram a pena), hoje no carro tenho a cadeira New Zenith da Chicco (Como dá pra notar, foram nos três últimos itens que gastei um pouco mais, mas considerei segurança, conforto e praticidade eu não me arrependi das compras). Ganhei o berço-desmontável (um dos melhores presentes), uso em casa quando preciso colocá-la no meu quarto, levo em todas as viagens que faço e ela tem seu cantinho garantido (família mora em outro estado e adoramos viajar – super necessário). Banheira tem que ser daquelas com suporte para ficarem altas (essencial) e basta um local para colocar o shampoo e sabonete, na frente ou do lado. Desculpe o tamanho que ficou e espero ter ajudado. Um beijo pra você e pro Lucas.

  42. Carol, meus pitacos pra vc:

    Berço: é isso mesmo. Tipo americano é melhor porque tem mais espaço pro bebê e ele usa até ficar maiorzinho.

    Cômoda + armário: aqui em casa é assim. Uso a cômoda de trocador até hoje!

    Carrinho: o meu é o pliko p3 da peg perego. Ele reclina todo (então dá para usar com recem nascido), é de aluminio (mais leve e super importante na minha opiniao pq nao é fácil botar e tirar carrinho de porta mala!hehe) e fecha como guarda chuva. Ele tem 8 rodas. O que eu fiquei sabendo é que os carrinhos que possurem rodas simples (como esse que vc escolheu) podem apresentar mais dificuldades na hora de "dirigir"ele. Do tipo, vc quer ir pra esquerda e ele só vai pra direita. Mas isso é o que eu ouvi falar. E otura coisa: existem modelos de carrinho que fecham como guarda chuva E são tipo bercinho, que nada mais é do que o reclinio total do encosto pro bebe ficar deitado. Se esse que vc escolheu reclina todo, ele é modelo bercinho.

    Cadeirinha pro carro: eu nao comprei a cadeirinha pq o carrinho veio com o bebe conforto. Mas o bebê conforto só pode ser usado até 13 kg e o meu é super desconfortável entao pretendo comprar uma cadeirinha. Esse modelo da Chicco que vc escolheu é o MELHOR e mais confortável da Chicco. Na minha humilde opinião, ela só perde para o modelo Iseos Neo da Bebé Confort, que eu acho mais confortável ainda mas não lembro se pode ser usada desde o nascimento ou só a partir de 9kg. Não custa dar uma olhada.

    Lugar para o bebê ficar em casa: a Olívia só ficava no carrinho até os 3 meses! O bebê conforto é desconfortável (a Olívia se retorcia toda!) e ele sempre ficou só no carro ou acoplado no carrinho quando iamos passear.
    Berço desmontável eu não uso em casa não. Como disse, Olívia ficava no carrinho até os 3 meses e depois era no berço. Agora que tem 6 meses, ou ela está no berço dela (dormindo) ou está no chão no tapete de eva, ou está na cadeirinha da fisher price!

    Banheira: se vc tem espaço, compre a com suporte! A minha tem suporte (é o modelo Ipanema da Burigotto), tem porta treco na lateral dela (bem na nossa frente) e vem com um assento para recem nascidos. Esse suporte pro bebe é indispensavel na minha opiniao. Qdo olivia era recem nascida eu nao conseguia dar banho sozinha nela se nao tivesse esse suporte!

  43. compre desse site http://www.mercadozets.com.br/ e gostei o site entrega rapido e com nota fiscal e garantia

    tem berço eletronicos celulares tv notebook computador acessorios para carros brinquedos artigos infantis e muito mais

    … tem mais de 2000 produtos
    … … … .
    CARRINHO BERÇO PARA BEBE

    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=Carrinho+Ber%E7o&IDCategoria=110

    artigos para bebe/infantil
    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=110

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *