Não sei como agradecer por tudo isso. Tem chegado amor por todos os lugares possíveis. Nos mais de 100 comentários, mais de 50 emails diretos, inúmeros emails indiretos – que mandaram pra terceiros perguntando da gente -, muitos posts, recados, mensagens, ligações. Tenho lido e ouvido tudo. E tenho vontade de ler de novo e ouvir de novo e agradecer um por um.

Vou fazer isso.

Enquanto ainda não tenho força suficiente para tal (nem pra levantar da cama direito eu tenho), sigo aqui quietinha, me dando ao direito de apenas receber todo esse amor.

Mas tem duas pessoas que não posso esperar mais nem um minuto pra agradecer. Primeiro, pra minha prima Alice. Essa pessoa simplesmente largou tudo: o trabalho, o marido, as obrigações da vida. Pegou um avião e tá vindo pra Buenos Aires hoje. Simples assim. Amor na sua forma mais pura e entregue. Eu tinha uma irmã, a Fernanda. Quando ela morreu, eu achei que tinha ficado sozinha no mundo, sem irmãos. E olha como eu tava enganada. E como a vida deu o seu jeito pra me mostrar isso.

E segundo, mas não menos importante, quero agradecer ao Pedro. Ele mesmo, o Maridón. Que eu sei que tá devastado. Eu vejo. Mas está firme ao meu lado, colado em mim, enxugando cada lágrima, forte, bonito, como sempre foi. Tão, tão amado. Se não fosse esse homem na minha vida, eu sinceramente não sei o que seria de mim.

***

Fora os agradecimentos que eu quero fazer em um futuro próximo, também estou comprometida a contar pra vocês tudo que aconteceu, com calma. Tenho que tirar algo positivo disso e, se puder ajudar alguém com essa experiência, já ficarei bem.

Mas, tudo ainda está longe do verdadeiro fim. Eu tive um aborto retido, ou seja, o feto morreu e meu corpo não percebeu. Muito provável que tenha sido pela progesterona que estava tomando exatamente pra “segurar” a gravidez. Logo que tivemos o diagnóstico, a orientação foi parar imediatamente com a medicação e esperar o aborto espontâneo. E é nessa fase que estou.

Se não acontecer nada até o final de semana, terei que ir ao hospital pra ver como seguir, muito provavelmente será com medicação e, se necessário, curetagem.

Curioso pensar que passei três meses rezando pra não ver sangue na calcinha ou não ter cólicas e agora, de uma hora pra outra, é o que eu mais quero.

***

Dói demais tudo isso. Escrever esse post me custou 2 horas e muitas paradas pra chorar. Mas é o que eu preciso, eu sei. Que meu corpo e minha mente entendam que chegou a hora de se despedir do pequeno serzinho sem vida que ainda está aqui dentro.

Convencer o coração é que vai ser difícil.

55 respostas em “While My Guitar Gently Weeps

  1. CAROL, TIVE UM ABORTO ANO PASSADO MAS COM 6 SEMANAS, FOI IMENSAMENTE TRISTE, E SEI O QNTO É DURO PERDER UM FILHO MESMO QUE AINDA NÃO O CONHECEMOS,

    MAS DEUS VAI LHE DAR A DIREÇÃO CERTA A TOMAR

    BJS E FIQUE COM DEUS

  2. Fiquei muito triste com isso tudo Carol…apesar de não te conhecer pessoalmente e ter descoberto seu blog a pouco tempo eu sinto muitíssimo por vc estar passando por isso ! Mas como vc mesma disse, há de ter uma lição para aprender com isso ! Que Deus continue amparando vc e seu marido nesse momento triste !

  3. Eu quis comentar no post passado, mas faltou coragem… Mas, ao mesmo tempo, me sinto na obrigação de comentar pq eu sei que posso te confortar de alguma forma… Eu passei por isso em 2006 e sei, mas sei messsmo, o qto dói! A lembrança não vai embora e a dor tb não passa, são p/ sempre! Mas o tempo (ahhh o tempo, sempre ele!) se encarrega de tornar tudo SUPORTÁVEL! Pode acreditar! Ele cuida de tudo, a gente não precisa fazer nada. Só chorar!! Chora, mas chora muito! Esse momento de "luto" é necessário e faz bem! Hj sou mãe de um menininho lindo que acabou de completar 1 aninho. Ele nasceu em 2009, 3 anos depois do dia mais triste da minha vida. Deus sempre reserva algo novo e bom p/ nós. Aguarde e confie!
    De qlqr forma, eu sinto muito! Muito mesmo!
    Beijinhos c/ carinho,
    Bi e Theo

  4. Carol … Não tive como não chorar lendo esse post, flor é mta dor, para mim que estou de fora, imagino para você como não deve estar sendo dificil … Você é muito forte, já passou por coisas ruins e agora, mesmo com tudo isso ainda consegue vim aqui e falar do ocorrido, vc é uma guerreira amiga, e do mesmo jeito que tinha certeza que vc teria o seu baby e torci tanto por isso, tenho certeza absoluta, que logo tudo isso vai passar e vc ira recomeçar, outra vez.
    Sofra tudo o que tiver que sofrer, e quando tudo isso acabar, levante e recomece.
    Que Deus conforte o seu coração e o do Pedro, e que você consiga sim, tirar mtas coisas boas desse momento ruim …
    AMO VC!
    To torcendo para que isso tudo acabe logo… Sei que nao vai ser facil, mais aos poucos vc vai se reerguendo, tenho certeza disso.
    To aqui, viu?
    Se cuida
    Um BeijO
    E um abraço beeeem forteeee!

  5. É, Carol… Tem gente, que como eu, estava chegando aqui no seu blogger há 15 dias e tals, e estávamos ansiosos pela USG e depois veio o baque. Todos nós perdemos e soubemos nos dar a mãe lindamente, como se deve!!! Depois que decidi ser mãe eu vi muitas histórias lindas, mas NENHUMA delas sem tropeços. É incrível como é difícil ter um bebêzinho, especialmente para aquelas que mais desejam (parece até injusto, né)… eu fiz até um post no meu blogger e uma amiga minha comentou:

    "izem os espíritas que são ventres abençoados que acomodam certos espíritos evoluídos por um curto período de tempo porque é a missão deles, há quem acredite, há quem discorde, é fato que é tudo muito triste mesmo. Mas como vc disse, isso também vai passar, e passa mesmo, e a nossa vida é um aprendizado, sofrido, mas aprendemos todos os dias."

    Essa mesma amiga tem um moleque de dois anos agora LINDO DE VIVER e o que eu NÃO sabia é que ela também ja tinha tido um aborto antes.

    Então amiga de SONHO, vamos nos dar as mãos e fica prontas de novo, que logo a cegonha pousa no nosso umbigo em uma noite dessas e tudo volta. E tudo, tudo vai dar pé!!!

    Quem sabe não seremos mamães juntas, hein?!

    Um beijo…
    …vc não sai de minhas orações, Bi.

  6. Sinta-se muito muito abraçada… como é duro estar longe, sei bem disso. Sei bem o q é querer chorar no ombro de alguém-além-marido e não ter ninguem por perto. Foi qdo passei pelo aborto em maio que pensei pela 1a vez seriamente em voltar pro Brasil. A 2a vez… bem, Carol, a 2a vez aconteceu menos de 1 mês depois do aborto, qdo descobri q estava gravida de novo e só queria estar com a família comemorando.

    Tudo bem q meu aborto foi beeem no comecinho, mas tbem passei a agonia de rezar pro beta descer, pro sangue não parar e meu corpo se livrar de tudo rapidinho pra podermos recomeçar. É uma dor e uma agonia que só a gente entende… Mas vai passar…

    Quero uma prima Alice também!! Abençoada seja ela!

    Se cuida, menina. Logo mais os dias sorrirão pra você!

    Beijos, beijos…

  7. Carol, só de ver você escrevendo aqui e nos dando notícias já dá um certo alívio.. pois isso mostra que vc está com força e vontade de superar!
    AMiga, gosto demais de vc e espero que tudo possa acontecer naturalmente para que seja um pouco menos traumático!
    Rezo por vcs e desejo só coisas boas!
    Sinta todo o amor q todo mundo está te mandando, isso dá ainda mais força para vcs!
    Descanse o quanto puder e fica em paz!
    Beijos!

  8. Sabe, acho q vc é mais forte do q imagina!
    Pq vc é iluminada garota!
    Como te disse em VARIOS posts seus, SOU SUA FÃ….pelo simples fato de vc ser vc! E só…
    Sua prima é uma pessoa tão iluminada qto vc!
    To sem palavras mas ao mesmo tempo querendo te dizer um zilhão de coisa.
    Mas a mais importante de todas é:
    Essa fase de dor vai passar. Como a Bibi Elias disse, ameniza, o tempo SEMPRE ameniza!
    Vc vai amar esse filho pra sempre….e mesmo depois de todos os outros q vcs terão (e terão sim!) vc vai sempre lembrar dele com carinho.
    Pode parecer piegas, mas sua mãe e sua mana estão la com ele…
    Chore bastante, se dê esse direito.
    Afinal, vc é ser humano.
    Vc tem a pessoa mais especial ao seu lado, e q nesse momento esta mais do seu lado possivel. Pedro.
    Unam suas forças.
    E tudo isso ha de amenizar!
    Volte qdo der, se der, se quiser.
    Ponha a cabeça no lugar…
    Qto ao coração, amiga! ele vai aceitar!
    Deus é maior q tuuuuuuuudo nessa vida!
    NUNCA deixe de acreditar nisso!
    E eu sei q vc nunca deixará!

    TODAS nós amamos vc!
    E tenho certeza q todo mundo q comentou aqui, comentou com o coração…pq ama vcs!

    Beijoooos

  9. Carol
    Sou blogueria e tentante, mas ainda não conhecia seu blog e infelismente vim a conhecer por um motivo muito triste, mas minha amiga, agora passareia te seguir e quero lhe dizer que acabaste de ganhar uma amiga…de coração.

    Sei o que vç esta sentindo, pois em Dezembro, tb passei por uma perda, ou melhor duas.
    Eu estava grávida de gêmeos, dois meninos, fiz fertilização in vitro, pois meu marido tem vasectomia.

    Esta super feliz, com o quartinho deles montadinho, com seis meses de gravidez, minha bolsa rompeu e eles nasceram com 720 gr cada um.

    Fiquei quinze dias internada tentando segurar, mas no dia 22 de Dezembro eles nasceram.
    Jorge Luis morreu no dia 24 de Dezembro, vespera de natal e Luis Otávio morreu no dia 24 de Dezembro vespera de ano novo.

    Com uma história dessas…afff…quando li seu blog( quem me falou de vç foi a Aline Ribeiro do blog coisas da vida)me lembrei dos sentimentos que senti a seis meses atraz e quero dizer que sinto muito, mas busque refrigério e consolo em Deus, pois Ele sabe todas as coisas e é Ele que tem me feito uma rocha.

    Hoje eu e maridão, estamos bem, um fortalece o outro, vamos fazer a reversão da vasectomia em Setembro e se Deus quizer iremos ter um filho novamente.

    Conte comigo pra chorar, pra desabafar, pra não dizer nada….somos uma…
    Meu blog: http://eloisecontandosuavida.blogspot.com
    Bjs e que a paz de Deus que excede todo entendimento guarde os vossos corações.

  10. Amiga

    Estou profundamente solidária com sua dor, vc sabe que passo pelo mesmo problema do tal hematoma, e saber do seu desfecho dói demais no meu coração.

    Peço muito (desde que soube) que Deus conforte vc e acalme seu coração, pois forte ele sabe que vc é.

    Queria estar por perto para te dar um abraço, mesmo a gente não se conhecendo pessoalmente, me identifico muito contigo.

    Que o carinho dessas pessoas queridas seja um porto seguro para vc nessa hora.

    Os amigos virtuais respeitam seu momento, mas peço de coração que volte para contar o que aconteceu, pelo menos para mim. Não sei se é pedir demais, mas meu coração precisa disso. Se preferir, peço a gentileza que me mande um e-mail: rosicosta@robotton.com.br (comercial) ou rosimarycosta@hotmail.com
    Desculpe se estou sendo indelicada.

    Um abraço bem forte.

  11. Carol minha querida, vc é muito forte, um exemplo dessa força é esses post num momento tão dificil, não sei se teria essa força no seu lugar, Deus te abençoe e te fortaleça mais a cada dia…

    Saiba que vc e o Pedro estão nas minhas orações, permita-se chorar, questionar, lamentar o quanto for necessario para a sua alma se sentir aliviada, e depois amiga, recomçe, não desista ja,ais dos seus sonhos, vá em frente com fé, e Deus te dará vitoria!

    Muitos beijos

  12. Não queria nunca estar vendo você passar por tudo isso!
    Mais sei que você vai conseguir!!
    Sei que dói, mais como vc mesma disse, é hora de entender e aceitar o que aconteceu, por mais dificil que seja…
    Seu coração nunca vai se convencer por completo, mais essa dor vai diminuir e ficar adormecida.
    Você é mais forte do que imagina, lembre-se disso!
    Um BeijO

  13. Carol, apesar de tudo, ler um post seu, mesmo que de teor tão triste, nos mostar o quanto vc é forte, e que mesmo com tanta dor vai superar.Tudo no seu devido tempo.
    E saiba que mesmo não nos conhecendo pessoalmente tenho um carinho muito grande por vc.
    Fica com Deus!
    Bjus

  14. Minha primeira perda foi exatamente assim, com 12 semanas fui fazer a ultra e descobri que o bebê tinha parado de se desenvolver com 10.
    O aborto foi retido e o colo do útero estava bem fechado. Depois de alguns dias esperando para ver se ele abria sozinho, a médica acabou aplicando um produto que forçava as contrações.
    Na mesma tarde fui para o hospital fazer a curetagem.
    Te conto isso para que você veja que coisas ruins acontecem, mas finais felizes também… hoje, temos o Ciro em nossas vidas. Por isso não desista!!
    O seu final feliz vai chegar… Tenho certeza!
    Beijos.

  15. Carol, de novo, não sei o que dizer! Só posso imaginar a sua dor! Eu sei como vc amava o seu bebe, porque é incrivel, a gente pega o positivo e o amor é instantâneo!
    Força pra você! Tua hora vai chegar!

  16. Carol, estou pensando muito em você desde que informou sobre o aborto.
    Nem te conheço, mas te considero. Sei o quanto desejou este filho… e, me colocando no seu lugar (porque tb quero muito ser mãe), imagino que não deve ser fácil processar tudo isso. Mas o tempo te dará serenidade, e te dará um filhote no seu colo. Pode ter certeza disso – eu até imagino ele chorando! 🙂
    Ontem tentei escrever algo sobre sonhos e perdas. Mas nada fluia de forma que eu pudesse expressar por meio de palavras o quanto eu sinto por vc.

    Se dê o direito de se reservar, de dar um tempo para absorver o acontecimento.

    Receba todo o amor e o carinho que as pessoas quiserem lhe dar. Você, como já percebeu, é muito querida.

    Grande bj!
    E um abraço bem apertado!

    AP

  17. Carol,

    Sou sua leitora há um bom tempo e sou treinante.
    Sou sua fã por tudo que você é. Seja nas horas felizes (as quais vc me faz rir contigo), seja nas horas tristes (chorei contigo ontem ao ler seu post e chorei hoje, ao ler este novo).
    Vc é guerreira, um exemplo de mulher!!! Siga sua vida, com a certeza de que no final, vai dar tudo certo e que se não foi desta vez, foi por algum motivo maior que jamais saberemos.
    Fique em paz consigo mesma e não se culpe jamais.
    Gostaria muito de te dar um abraço bem apertado, um colo e afagar seus cabelos…nessas horas, é bom sentir que pode contar com as pessoas que só querem seu bem e te apóiam. E mesmo longe, todas nós estamos te abraçando com o coração e pensamento, emanando muitas energias positivas.

    Muita força, guerreira!

    Beijos e abraços apertadoooooosss!!!

    Cris.

  18. Carol
    Sei que nesse momento todo carinho que esta recebendo é o mais verdadeiro. Ontem me coloquei varias vezes no seu lugar, chorei por ti e pedi a Deus que te desse conforto.
    Sei que Deus esta preparando o melhor p/ ti…
    Torço para tu vença mais essa etapa dolorosa da vida confiando em Deus.
    Beijos.

  19. Carol, estou aqui rezando por vc e pelo seu marido, para que consigam superar essa fase difícil e, como vc disse, tentarem tirar algo de positivo disso tudo.
    Já te disse que te admiro muito, e agora mais ainda. Obrigada por ter vindo aqui em meio a todo esse sofrimento para nos dar notícias. Sempre que tenho um tempinho no dia paro e faço uma oração, incluindo vc e todas as amigas virtuais.
    Um abraço bem grandão!
    Bjs

  20. Olá Carol,
    Sigo o teu blog há algum tempo mas nunca tinha comen tdo. No entanto, numa situação destas não posso deixar de te dar o meu apoio e dizer que tenho a certeza de que btudo vai correr pelo melhor. Gostava de partilhar contigo a minha história para veres que tudo se resolve: No ano passado, depois de alguns meses de espera, engravidei. A felicidade foi extrema mas acabou ás 9 semanas. Descobri que o embrião não tinha desenvolvido e foi como se tivesse ficado sem chão. O médico disse para esperar 2 meses antes de voltar a tentar e assim fiz. No final desses 2 meses resolvi fazer uma eco para ver se estava tudo bem para poder voltar a tentar descansada. Adivinha: Já estava grávida. Apanhei um daqueles sustos. Hoje, tenho a minha princesa em casa comigo já com quase 3 semaninhas de vida. É este o final feliz que te desejo. Muita força nesta hora. Vais ver que quando menos esperares já vais ter o teu bebé nos braços.
    Um beijo e um abraço muito apertadinho.

  21. Ô Carol…

    Quero te dizer que mesmo sem palvras pra explicar que não há sofrimento que dure…amanhã vai ser a lembrança….e vc ficará melhor e recobrará as forças…não se apresse em contar o que aconteceu detalhadamente…Paranós interessa saber se vc está BEM!!!
    Meu coração ficou apertado em ler este post!

    BJS…

  22. Ô Carol…

    Quero te dizer que mesmo sem palvras pra explicar que não há sofrimento que dure…amanhã vai ser a lembrança….e vc ficará melhor e recobrará as forças…não se apresse em contar o que aconteceu detalhadamente…Paranós interessa saber se vc está BEM!!!
    Meu coração ficou apertado em ler este post!

    BJS…

  23. Carol, apesar de triste, gostei do tom do post. Que bom que vem um abraço quentinho do Rio. Vc merece muito.
    Vc vai ficar bem, acredite! Porque tem uma força muito grande dentro de si e sabe como poucos dar a volta por cima.
    Beijos e amo esta música, é arrepiante.

  24. Nossa Carol, ler seu post me traz lágrimas aos olhos. Tento imaginar o quanto está sendo difícil p/ vc vir aqui falar desse assunto que ainda te fere tanto, como deve doer na alma só de pensar que vc não terá mais esse serzinho dentro de vc.
    Carol, tenha fé, em breve Deus irá te abençoar com uma nova gestação e da próxima vez tudo vai correr bem e vc terá um bebê lindo que será uma benção em sua vida e de seu marido viu. Continuarei orando bastante por vcs e pedindo a Deus que conforte os seus corações.
    Bjs

  25. Eu já senti essa dor uma, duas, três vezes… mas quanto mais no fundo do poço eu chegava, mais força eu conseguia para me reerguer e continuar lutando, e por experiência própria te digo uma coisa: vale a pena lutar!

    Fique com Deus!

  26. Força Carol!
    Tenho certeza que esse apoio vindo do Rio vai te fazer mtoooo bem!! E o Pedro, é um maridão, mesmo com tudo isso acontecendo ainda consegue ser forte para te dar força … Vc vai passar por tudo isso, tenho certeza!
    Um abraço fooorte!
    Fica bem

  27. Puxa, Carol, que tortura! Ter que esperar o aborto, âchei que já tivesse feito curetagem. Você terá que ser muito forte nesses dias, vai conseguir e os dias passarão rapido e logo logo estará grávida novamente a caminho da maternidade e tudo isso servirá para te fortalecer mais.

  28. Ei Carol,
    Rezei muito pra vcs ontem, espero que sua força aumente cada dia mais um pouquinho e que vcs sejam iluminados para que as coisas se se resolvam na forma mais tranquila.
    Continue lutando, Deus saberá te recompensar!
    Beijos

  29. Carol… fiquei uns dias sem entrar no blog e só agora soube o que aconteceu. Não tenho nem palavras para dizer o quanto fiquei triste. Imensamente triste. Fico aqui rezando para que você consiga passar por isso da melhor maneira e para que Deus e o tempo ajudem a amenizar a dor. Meu coração está com vocês.

  30. Carol, tenho certeza que vc vai superar tudo isto, não só por todas as mensagens de força que vc está recebendo, mas pq vc, pelo pouco que conheço, é uma pessoa forte.
    Estou daqui torcendo muito por vc..
    bjs!

  31. Carol, estou com você na cabeça desde ontem. Já voltei aqui mil vezes para ver se você tinha dado notícias, já escrevi e apaguei dezenas de emails antes de te enviar (morrendo de medo de ser invasiva).
    Fico aliviada em saber que a sua prima está aí com você – nada como um abraço quentinho para reconfortar.
    Mande um beijo muito grande para o Maridón – que ótimo ter alguém que te entende e te apóia!!!
    Se dê o tempo que você precisar. Trabalhe este luto, é importante.
    Continuarei mandando todas as good vibes e todo o meu amor para você (ainda que virtualmente).
    Mais um beijo muito grande com muito, muito amor.
    Dani

  32. Oi Carol….

    Nunca comentei no seu blog, mas estou sempre por aqui te acompanhando….. Estava curtindo com você todas as descobertas…. E fiquei tão triste com o que aconteceu….. Vo~cê nem imagina….. Como este mundo internético é engraçado….. Nos alegramos e sofremos por quem nem conhecemos…. Quer dizer, eu até te conheço um pouquinho!!!!! Vou continuar por aqui…. E tenho certeza que ainda vou ver muitas baby bobeiras……. rsrsrs…. Um beijão e fique com Deus!!!!!

  33. Essa música é linda, amiga! Arrepia, sempre! Gostei do post e da sua postura. Sei que algumas palavras não refletem realmente o que sentimos mas é um bom caminho a seguir.
    Estou aqui pra qualquer coisa! Mesmo pra ficar em silêncio… apesar de saber que sou boa de papo, não é mesmo?
    É muito bom sentir-se amada. Revitaliza, apesar de toda tristeza e um vazio estranho no coração, revitaliza.
    Tô aqui!
    beijos!!!

  34. è amiga, fico feliz em saber q pelo menos vc está rodeada de pessoas q te amam e que quer te fzer feliz.
    Sei q neste momento ñ há palavras q possa confortar, mas há coisas q nós ñ podemos mudar, ñ é verdade? e essa é uma delas, então, bola pra frente e forças.
    Deus é contigo, bjokas!

  35. Ai amiga.. me sinto acabada tb só de imaginar como estar… sei que deve ser muito, mas muito dificil mesmo.. mas temos que pensar que Deus sabe o que faz e que talvez a mãe natureza não aprovou o bebezinhoe loguinho o mais forte de todos vai estar ai…
    Sei que sua mae tb está olhando por vc lá de cima e com certeza ira te ajudar muito…
    Estou orando por vc e que n seja necessario a curetagem… e se for que seja o mais tranquilo possivel! Bjs no coração!

  36. Querida, vc realmente é uma mulher de coragem. É impressionante sua clareza sobre a situação. Sim, vc está devastada, mas sabe que com a sua ajuda e com a dos que te amam conseguirá seguir em frente. Bjs e vc está em meus pensamentos.

  37. Carol,
    Que bom que existe a Alice.. tb queria uma na minha vida… e q bom que tem um maridon presente.. esse eu tb tenho… e somos abençoadas por isso, não?
    Então.. força!! vai passar!!! logo, logo tudo se resolve e vc vai ficar bem..
    Beijo e se cuide!!!

  38. Carol, você é muito querida! Que seu coração seja capaz de se recuperar, de se fortalecer. A única coisa que podemos desejar é tempo, aquele que ajuda a lidar com todas as nossas dores. E muita força.
    Que bom que terá sua prima por perto. Amor sempre nos fortalece. Um grande beijo, fique com Deus, dê-se o tempo necessário.

  39. Ai Carol, não aguento… Quer que eu brigue com alguém?? Vai te fazer rir? Ah moça, que você tenha muita força! Que se sinta muito amada porquê você é! Tô aqui torçendo sempre por você! Beijos em você e no seu maridón fantástico!

  40. Querida,
    mesmo longe, eu tenho acompanhado os seus dias e sua angustia aqui pelo blog. Tamos juntas! Em breve verei uma Carol mais fortalecida e cheia de esperanças novamente. Enquanto ela nao vem, deixe essa angustia sair, chore, grite, durma, deite, sente, ande do jeito que te ajudar a liberta-la. Continuo aqui mandando muitas coisas boas para vc. Todos da Playboy mandam energias positivas também. Fique com Deus!

  41. Carola,
    agora é isso mesmo, receber carinho.
    se dê esse presente tenha paciência.
    sofra, chore, não guarde esse senrtimento em vc.
    Viva essa fase da sua vida, se revolte e se conforme no tempo que te for necessário.
    Bjo pra vc, maridón e um especial na prima, de quem já sou fãzoca!

  42. Carol,
    Fiquei muito triste com o que aconteceu a você, mais tenha certeza que Deus não nos dá uma cruz maior do que a gente pode carregar, é triste, mas temos que buscar forças no infinito, para nos recompor e começar novamente nossa jornada.
    Muita paz e força é o que você precisa agora.
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *