Porque a cada dia que passa, eu aprendo que a vida não é linear. A gente vai e volta conforme a maré, conforme o tempo, conforme o gosto de algo maior que nos move. Se é Deus, as energias ou qualquer outra coisa, eu não sei.

Então, se ontem eu estava bem, não significa que hoje eu esteja melhor. Ou pior. Ou nada.

***

Hoje estou abraçada na minha dor, no meu vazio. Choro bastante, soluço, às vezes solto uns gemidos altos de tanto que meu coração dói. Apesar de tudo isso ser muito triste, acho tão bom viver intensamente o que me acontece. Eu não assisto a minha vida, eu vivo, envolvo, me jogo e assumo. Nesse sentido, poder sentir que tá doendo pracaralho é a minha vitória.

É meu troféu, é o que restou
É o que me aquece sem me dar calor
Se eu não tenho o meu amor,
Eu tenho a minha dor.
A sala, o quarto,
A casa está vazia,
A cozinha, o corredor.
Se nos meus braços,
Ela não se aninha,
A dor é minha, a dor.

25 respostas em “De mais ninguém

  1. Te admiro muito Carol…
    Tem coisas que acontecem que nunca iremos entender o porque, e só o tempo irá curar as feridas que ficou, um dia você vai se sentir em paz, no outro, vai sofrer, e no outro, tentar se levantar novamente, é normal, até que essa dor passe a se chamar saudade, e fique guardada ai no seu peito, doendo menos …
    Você está fazendo terapia? Acho que seria uma boa!
    Fica bem viu?! E venha desabafar quando sentir vontade, faz bem.
    Estarei sempre aqui.
    Um BeijO
    Se cuida

  2. Não consigo pensar em nada legal pra falar (porquê nada é legal pra falar). Mas, ó, eu sei que você já sabe, mas precisando ou não, tamos aê! Beijos pra você e Pedro que são meu casal favorito depois da Jú e do Rodrigo (sei que esboçou um sorriso quando leu isso – pretenciosa eu, né?)!

  3. Faz parte da caminhada, Carol. E tem partes do caminho em que o sol aquece brando, tem locais em que ele nos queima. Tem espaços em que a água mata a sede, tem momentos de chuva intensa, frio e vento. Mas devemos sempre caminhar, e parar à sombra, nos permitir. A vida segue sempre em frente. A vontade de parar o tempo, de pedir um break, até que estejamos prontos a recomeçar. Como se faz isso?
    Querida, te desejo muita sorte. Coisa estranha, nem te conheço e tenho pensado tanto em ti, desejado te ver bem!
    Um beijo.

  4. É incrível como somos parecidas. Eu sou do tipo que quando tá triste deita, põe uma música bem triste e choraaaaaaa até as lágrimas secarem. Vivo tudo intensamente, alegria e dor. Perdi meu bebê pouco antes de você, mas dessa vez minha dor durou pouco, minha médica disse que semana que vem já posso voltar aos treinos, achei tão rápido! Enfim, a única coisa que me vem a cabeça pra te dizer é que vou orar pra que você se recupere tão rápido quanto eu, tanto física quanto emocionalmente. Como te disse uma vez, pense que seu bebê não passou no controle de qualidade da mãe natureza e foi requisitado pelo fabricante para reparos. Jajá ele volta pra você novinho em folha!! Fé querida!! Beijokasss 🙂

  5. Carolzinha, viajei uns dias e estava louca para vir aqui saber de vc. Pelo post passado dá para perceber que vc está aos poucos voltando. Não se puna por se sentir bem ontem e hoje nem tanto, sua força já está sendo gigante para superar tudo isso e aparentemente (olhando daqui bem de longe) parece que vc já está indo muito melhor do que eu imaginava! Isso é ótimo!
    Fiquei feliz em saber que vc conseguiu fazer tudo naturalmente pois deve ser bem menos traumático do que fazer curetagem.
    Fique bem, descanse tudo oq pode e se recupere pois logo estará pronta para outra!
    Bjos e mto carinho!

  6. Carol,
    Espero que o seu dia hoje, tenha amanhecido bem melhor do que o de ontém, e que continue assim, melhorando aos poucos e quando menos esperar, vai estar otima novamente!
    Continue firme e forte, levantando aos poucos e quando der vontade de chorar, chore, grite, se revolte, e depois, recomece, quantas vezes for necessario!
    Vc é uma guerreira, te admiro mtoo!
    Um BeijO
    Sempre aqui 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *