Participei de um chá de baby online pela primeira vez na vida (aqui, ó, que orgulho!).

E amei estar lá no blog dela e participei de coração aberto, porque a considero amiga mesmo. E me perdi imaginando que legal seria ver a carinha dela ao abrir a caixa de presentinhos que eu mandei.

Pensando nisso, tinha me proposto a mandar, além dos presentes, um vídeo: “Oi Débora, eu sou a Carolina, essa é a minha cara, essa é a minha voz! To te mandando aí umas besteirinhas pro teu baby, espero que goste!”. Mas não mandei, tive vergonha.

Essa é a primeira vez que vivo o mundão virtual tão de perto. Nunca tinha feito amigos pela internet, muito menos namorado, muito menos qualquer outra coisa. E achava engraçado, na época que lia os blogs em silêncio, sem comentar nada (fiquei nessa por dois anos), quando as meninas falavam diretamente umas com as outras, agradeciam apoio, diziam que sentiram saudade. Achava lou-cu-ra. E agora tão entendo.

Como é importante saber que tem um monte de doidas que te entendam. Falar mil vezes sobre a mesma coisa e não ser criticada. Acompanhar a vida das queridas. Sentir a tal saudade quando alguma some. Comentar com o marido: “olha amore, mais uma grávida de segundinho!”, “olha Maridón, o filho da Fulaninha começou na creche essa semana!”. E o marido não entender picas. Essa vida “paralela” que levamos aqui é apaixonante mesmo.

Mas eu sinto falta de ver vocês. Por isso tinha pensado em fazer o vídeo pra Débora, talvez ela tenha a mesma curiosidade sobre mim (se não tiver, Débora, não me diz, tá? Deixa eu achar que tem). Sempre que vejo uma foto nova de alguma, fico montando na cabeça a fisionomia completa da pessoa, pensando como é que ela fala, se ela fala como escreve, como se movimenta, qual gracinha faz (e eu penso em gracinha, pq né, adoro uma piada amarela). Enfim. Tudo isso pra dizer que eu queria conhecer vocês!

Aí, o final lógico desse post seria… um vídeo meu, né? É. Mas “lógica” não é uma palavra que permeia muito essa minha vida, então tem vídeo não, tá? Fiquei com vergonha de novo e me achando meio stalker da vida alheia de pedir vídeo de voces…

Então gente, me fala aí, vocês também tem essa viagem de ver como é a carinha de cada uma? E as que já se conhecem, como foi?

(e pra quem estiver simorrendo de curiosidade de ver a minha figura humana enquanto ser viva em ação, pode conferir o maior mico que eu já paguei na vida: parte 1 e parte 2)

18 respostas em “Ai, ai, essa vida virtual

  1. Kkkk Não acredito que vc ja foi no programa do Jô!!
    Olha tive que procurar a sua foto com o baby dog para tentar ver quem era vc, pq meu micro nao tem caixinha de som, mais mesmo assim to perdida, to aqui abrindo o you tube e a sua foto tentando achar quem é vc kkk Vc é a de blusa preta e branca?
    Vou ter que assistir isso em casa, sem som nao tem graça!!
    Rsrs
    Um BjO

  2. Que figura Carol!!! kkkkkkkk
    Mas é bem isso mesmo, a gente sente saudade quando alguém demora a aparecer! Li teu post na sexta e depois fiquei com aquela sensação boa das palavras, da música…nem senti que devia comentar, não precisava!
    E hoje estava com saudade!!!
    Vim ver pela manhã umas três ou quatro vezes se já tinhas postado!
    Adoro estar por aqui, adoro a tua companhia virtual!!!!
    Moooooorrrrrrro de vontade de te conhecer pessoalmente!
    Beijo!

  3. Aiii amei Carol!!
    Mto legal ver vc em video! (Mesmo eu não ouvindo … to me segurando para nao ir na outra sala em outro micro ouvir rs)
    Eu ja tinha ido no blog da mamae do Vicente babar nos presentes, lindoo, amei a blusa vermelha, show, mto bom gosto.

    BjãO

  4. Eu só consegui abrir o vídeo agora!
    KKKKKKKKK
    Carol, se eu te encontrasse na rua e fosse adivinhar qual a tua profissão eu diria algo do tipo, pedagoga ou educadora infantil!!
    Carinha de menina e tímida!!! kkkkkk
    Putz, escolhi a profissão errada!
    Eu sou tão criativa, será que ninguém quer me pagar pra ajudar a escolher nome para os filmes?? KKKKK

    Falando sério (ou quase) no começo quando eu olhava a foto do teu perfil, em que não se vê nitidamente o rosto, eu te imaginava mais velha, mais séria…
    É engraçado isso, principalmente com a leitura, a gente vai construindo uma imagem, uma fisionomia e chega a imaginar até o som da voz!
    Adorei!
    Beijo!

  5. hahaha amei o post Carol! os vídeos verei em casa, pois aqui no trabalho não dá!
    bom vamos lá, preciso dizer q tbm sou igualzinha? kkkkk
    fico imaginando tim tim por tim tim! o engraçado, é q conforme eu vou lendo os textos da pessoa, eu leio com a minha "voz mental" (kkk tosco) e aí depois quando vou ver a pessoa é lá do nordeste! aí penso, poxa, eu passei meses imaginando a pessoa com meu sotaque (carioquês) e só agora me toco q ela é do Ceará! kkkk
    Fora outras coisas da personalidade, do jeito, tbm fico imaginando!
    Ah! Eu tbm fiquei quase dois anos lembro blogs em silêncio kkkkkkk
    criei o meu há pouco tempo! mas agora vejo q faz diferença participar de toda essa "rede" de apoio" Mto bom!
    Tbm vou participar do chá virtual da Deb, e em breve passarei pelas mesmas sensações q vc, mas tbm não mandarei video não! kkkkk
    Fala sério, blogar é mto bom nééé??!!!!
    Beijão Carol!

  6. Nossa, que mulher chic!!! Foi no Jô!!!!!
    Tô no trabalho, e aqui não tem caixinha de som, mas pode ter certeza que assistirei a entrevista todinha quando chegar em casa!!! Será mto bom "te ver", tbm fico imaginando trejeitos, voz, fico pensando em como seria falar ao vivo com a pessoa. Se bem que já passei por isso, afinal conheci o maridex na internet, mas nunca mais 'desvirtualizai' ninguém, morrode curiosidade!!!

    Ps, dei uma passadinha no blog da Débora, Lindos os presentinhos que escolheu, parabéns pelo bom gosto! Seus pequenos estarão mto bem no quesito 'produtora de moda'!

    bjinhosssss

  7. Eu já fui mais curiosa… agora nem penso mais nisso. Mas você já tem acesso ao meu Picasa, né? Pra ver a Emília e tals… se não tiver e quiser nos ver, manda seu e-mail!

  8. KKKKKKKKK sabe q meu marido começou no virtual kkkk não tenho do reclamar… a minha vid paralela é boa demais… agradeço cada dia e rezo pelo fulano q inventou a tal da net kkk

    Tb adorei as coisinhas q vc enviou… e vc é muito chik xará… no Jô num é fraca não!!!

    Hj coloquei fotinhas mninhas e do papai no blog… adoooooro dar rostos aos nomes rsrsrs

    Bjussssssssssssss

  9. Carol!!! Amei seu blog, menina… vou ser sua leitora fiel agora!! Ri bastante tb!!! Conheci vc via blog da Debora… e agora ca estou, rsrs!! Querida, tenho certeza q logo vc tera uma vida ai no seu ventre!! Estou rezando por vc…
    Beijos e fique com Deus

  10. AAAAAAAAAAAAiii!!

    Primeiro é presente, depois o post!
    E eu aqui quase tendo um troço! kkkk

    É claro que eu tenho essa curiosidade! Seria muito legal ver você, ver como vc fala, os trejeitos e tal. Eu tbm penso muito nisso… "Como fulana será?". É uma coisa muito louca!

    Eu prometo que perco a vergonha e faço um vídeo!! Promeeeeto!!

    Esse mundo virtual é realmente incrível!!
    Pra vc ter uma idéia, todo mundo da minha família já te conhece de tanto que eu falo sobre o quanto gosto de ler o teu blog.
    Me emociono com as histórias, dou muita risada, sonho junto…

    Então, quando eu recebi o pacote, foi uma coisa muito legal pq eu não pensei que tinha vindo pelo correio e toda aquela coisa, e sim que era vc ali, me entregando e sorrindo da maneira que eu imagino que você sorri (eu montei uma fisionomia pelas fotos, hahahahahah). Aí eu e o Willian lemos o bilhetinho juntos e vc tinha que ver a cena…
    Agora vejo que deveria ter filmado!

    E quando eu falo para as pessoas que "Foi a Carol que mandou os presentes lá da Argentina" o pessoal pergunta " E quem é Carol? Conhece de onde?" e eu digo, "da internet", eles ficam com aquela cara de paisagem. Afinal, muita gente não acha que pode existir uma amizade pelo computador!

    Mas a gente sabe que sim, e isso é maraaaaaaaa!

    Te adoro, gatona!

    Beijão!

  11. pois eu já adorava ter vc como confidente virtual, agora que te vi no jo, então??!
    carol do céu, que desenvoltura toda é aquela??? posso te garantir que o jo te adorou, ele praticamente me disse isso com os olhos.
    oi, tudo bem, sou amiga virtual da carol, prazer.
    vou ver a segunda parte, tchau!

  12. auhauhau Caroooool! Q maximooo! Vc trabalhou no sexy hot!!!! kkk q legaaal! kkk deve ser maior expert no assunto neh kkk brincadeira
    mas, pow, vc saiu do canal? depois conta mais ai da sua experiencia, ah, devia ser legal, fico imaginando kkkk
    o video me desmistificou varias coisas sobre vc … a fisionomia bateu direitinho (ateh pq jah tinha visto fotos), mas a voz e os trejeitos foram bem diferentes! pude "reconstruir" sua imagem na minha mente entao! hehehe pensei q seu sotaque fosse mais carioques, mas tava bem "neutro"!
    Amei te ver em video!!!
    Se um dia eu criar coragem, faço um! hehehe
    Beijos!!!

  13. ah, desculpe, estou t enchendo t comments, mas esqueci d t responder.
    As vezes tbm sinto q nasci pra ser mae d mulher, mas procurei "neutralizar" esse meu pensamento, pra jah me preparar pros 50% pra cada lado e nao me decepcionar caso seja menino! Entoa, atualmente, consigo "preferir" os dois! eheh
    E marido, tbm declara preferencia total pelas chicas, mas claaaro q vai amar se for um garotao tbm!
    Beijao!!!

  14. Carol, eu conheci pessoalmente umas 10 amigas de blog, e mesmo algumas que não conheço pessoalmente já são amigas de infância – o que é um exagero, claro, a gente tem um acesso limitado à vida umas das outras, mas o afeto existe e é bem real. paguei minha língua, de novo, porque achava as relações internéticas sempre muito superficiais… bobagem! exemplo máximo? devo meu marido à internet. dá pra ser mais cyberlouca que isso? haha!
    (Arrasou no Jô, se eu fosse da diretoria demitia ele e te contratava!)
    Beijo!

  15. Eu também tenho super vontade de conhecer outras noivas que frequentam o meu blog… por isso de vez enquando vou nos eventos de noiva… hehehe

    No multirão para o laço channel, foi uma noiva que conheci através de blog… a Mayra, que casa uma semana antes de mim 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *