Gosto muito de Carnaval, sempre gostei.
Já cansei de ir a bloco, roda de pagode, ensaio de escola de samba, desfile da Sapucaí, tudo isso. O samba faz algo em mim que não sei o que é, simplesmente entra pelos meus pés, percorre meu corpo e me sacode involuntariamente, é mágico, é quase um orgasmo. Eu fico em transe.
E daí que esse é o segundo ano que passo longe do super movimento carnavalesco do Rio de Janeiro.
Ai, ai.
Acho que, depois das festas de final de ano, é o que me dá mais saudade. Carnaval. Não é simplesmente porque não estou ali, é porque não sou mais ali.
Uma pena.
Bem, mas a gente faz o que pode: organiza festinha de carnaval pros amigos gringolandia, bota samba em looping no ipod, manda importar confete e serpentina.
E já que nao sei mais os sambas novos, fico pensando em qual é o que mais gosto ever e, pelo segundo ano consecutivo, ganha o mesmo. Esse ó:
A letra (devidamente alterada pra você cantar comigo):
Sonhaaaaaaaaaaaaaar não custa nada
O meu sonho é tãão real
Mergulhei nessa magia
Era tudo que eu queria
Para esse carnavaaaal

Deeeeeeeeeeeeeeeeixe
a sua mente vagar
Não custa nada sonhar
Viajar nos braços do infinito
Onde tudo é mais bonito
Nesse mundo de ilusão

Transformar o sonho em realidaaaade
E sonhar com a mocidaaaade
É sonhar com o pé no chão

(ESTRELA!)
Estrela de luuuz
Que me conduuuuz
Estrela que me faz sonhaaar

Estrela de luuuz
Que me conduuuuz
Estrela que me faz sonhaaar

Amoooooooooor, sonhe com os anjos
Não se paga pra sonhaaaar
Eeeeeeeeeeeu sou a noite mais bela
Que encanta o teu sonho
Te alucina por te amar (amar! amar!)

Veeeeeeeeeem nas estrelas do céu
Vem na lua-de-mel
Vem me quereeeeeeeeeeeeeeeeeeer

Delííírio sensual
Arco-íííris de prazer
Amor, eu vou te anoiteceeeeeeer

Delííírio sensual
Arco-íííris de prazer
Amor, eu vou te anoitecer

(aqui é pra cantar berrando:)
EU VEJO A LUA NO CÉU
A MOCIDADE SORRI
DE VERDE-E-BRANCO NA SAPUCAÍ
Essa letra me diz tanto. Das escolhas que eu fiz, dos sonhos que eu busquei e dos que eu consegui realizar. E percebo que foram quase todos. E me dá uma vontade de sair sambando sem rumo por aí.
E desses sonhos, só falta mesmo realizar um e hoje eu canto por ele.
Veeeem baby! To te esperando firme, forte e cheia de ritmo!

7 respostas em “Sonhar não custa nada

  1. Aaaai, adorei!!!
    Quem escuta isso e não sai sambando bom sujeito não é, gata. Todo mundo já concordou que ou é ruim da cabeça ou super doente do pé, certo?
    Delicia mesmo é ver Noah sambando pela casa, super faceiro.
    Beijoca!

  2. Eu como mocidade desde pequenina, amo esse samba… O que seria da gente sem os nossos sonhos e projetos, né??

    Ontem virei a noite para ver a mangueira entrar… adoro o trocadalho! hehehe

    beijus

  3. ai Carol… eu sempre estive e ainda estou no Rio rsrs mas nao curto carnaval messsmo! rsrs fui pro interior d minas fugindo da confusao!
    eu gosto e admiro mto o samba, mas o carnaval em si, eh mta confusao e hj em dia jah tah bem distorcido tbm, sao raros os blocos q tocam SO samba, entaaao, deixo pra la! escuto meu samba em casa! aauhauh
    Beijocasss

  4. Eu também adoro Carnaval, Carol. E passei vááários no Rio. Mas preferia os blocos de rua (adoro sair na rua!), embora haja uns sambas-enredos fantásticos como este que vc citou e aquele do Cacique de Ramos (Vou festejar) que é ótimo, com ou sem pé na bunda, exorciza qualquer tristeza do ano que passou. Sim, porque o ano novo mesmo começa é hoje!
    Beijos

  5. Ai Carol, eu odeiooo carnaval rs Pra falar a verdade até curto aqueles de rua, eu sempre ia quando minha vó morava em Minas, era mto bom, mais os de lá rs Adoro samba, mais do carnaval mesmo só curto o feriado!
    BjãO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *