Tava lendo ontem aquele blog de mães do Globo Online e me chamou a atenção um post que falava de uma matéria do Baby Center Brasil sobre um levantamento que fizeram dos nomes de crianças mais comuns no Brasil (aqui).

Eu sempre tive bem claro isso de nome de filho, mesmo antes de pensar em tê-los de verdade. Pra menina (e sempre penso em menina primeiro), seria Julia. Pra menino, João. Não gosto de nome composto, não gosto de nome grande, não gosto de nome que inspira piadinhas. Então minha decisão tava conforme (hehehe, o mais engraçado é que eu ca-guei pra opinião do marido – o qual, na época dessa decisão, eu nem possuía).

Mas aí o tempo foi passando e vi que TODAS as mães estavam colocando Julia nas babynhas. Não dá. Eu amo esse nome, mas nunca fui a única Carolina do colégio ou do cursinho e odiava ser chamada pelo sobrenome (e assim foi a vida inteira, menos na faculdade, graaaças a deus). Não queria condenar minha filha a isso. OK, mudei pra outro que amo: Sofia. Arfe. Qual não foi a minha surpresa ao ver que também estava na moda. Tem 36 Júlias e 18 Sofias que eu conheco atualmente.

Daí, recentemente, pensando em ter filhos de verdade e conversando com o Maridón a respeito do tema (finalmente ele foi incluído), cheguei à conclusão de que a minha filha terá o nome da minha mãe: Ana. É comumzérremo, mas é o nome da mulher mais incrível que eu conheci na vida e acho que será uma linda homenagem. Fora que eu acho bonito, simples, forte, bem-resolvido. Até tenho visto um monte de Anas nascendo por aí, mas não me incomodo mais, a decisão já está tomada.

E, como Maridón até participou da conversa, mas não teve muito direito de voz, resolvi deixá-lo livre pra escolher nome de menino. E ele escolheu: será Felipe. A explicação é que Felipe é nome de príncipe. E que tinha um filme da Disney que ele assistia quando criança em que o príncipe era legal e se chamava Felipe (e meu marido tem 7 anos, só pode).

Enfim, esse papo de nome é tãão subjetivo… por isso fica a pergunta: como/pq vocês escolheram os nomes dos seus pequenos?

ps.: fazendo um breve apuração pra esse post, perguntei de novo pro Maridón pq ele quis “Felipe”, aí ele disse que quer repensar, que tá achando que o significado é vazio… que esteve procurando significado de nomes na internet e achou várias páginas desse tema, mas que tinham links sobre “nomes no Serasa”. Aí ficou impressionado que sites sobre criança tenham publicidade relacionada com o Serasa, hahahahaha. E Maridón, como bom Maridón que é, já viaja logo na maionesa e fica procurando piadas pra ligar as coisas. E esquece do assunto principal, o nome da criança. Ai ai ai. A pessoa tá entrando agora na blogosfera materna, vamos dar um desconto (pra enriquecer a discussao, o nome do Maridón é Pedro – mas oi? enriqueceu pq?).

Eeeenfim.

Essa historia ainda deve ter muitos outros capítulos… decidir nome de um serumano é brabo gente, na boa.

16 respostas em “Sobre nomes

  1. Carol, concordo que é uma decisão super difícil. Eu penei para escolher e acabei escolhendo o que já estava na minha cabeça mesmo antes da gravidez, depois de ter passado por tantos outros. Acho que é uma decisão extremamente pessoal e só me meto quanbdo a pessoa me diz: "Estou em dúvida entre Maicon e Felipe". Óbvio que opino pelo segundo! Eu, pessoalmente, não curto modismos de nomes e, vendo esta lista (várias pessoas me mandaram ontem, inclusive meu marido) já excluímos um nome de menino que eu gostava da nossa atual lista.
    Beijos

  2. ehehehe
    Sabia que Felipe é o ÚNICO príncipe da Disney que tem nome?? Sempre me perguntei o porquê. É o príncipe da Bela Adormecida, a Aurora. Talvez por isso, sempre foi meu príncipe favorito, ehehehe
    DE acordo com o site http://www.behindthename.com (adoro! Escolho os nomes dos meus personagens lá), Felipe significa:
    "Vem do grego Philippos, que significa "amigo dos cavalos", foi o nome de cinco reis da Macedônia, incluindo Felipe II, o pai de Alexandre, o Grande. O nome aparece no Novo Testamento, pertencendo a duas pessoas que são lembrados como santos: o primeiro, um dos doze apóstolos, e o segundo, Felipe, o Diácono.
    Este nome foi muito comum entre os cristãos orientais, depois veio para o ocidente na Idade Média. Foi o nome de seis reis da França e cinco reis da Espanha. Foi muito comum na Inglaterra na Idade média, apesar de o Rei espanhol Felipe II, que tentou invadir a Inglaterra, ter ajudado a torná-lo menos comum (será por antipatia??) no século 17. Foi revivido nos países de língua inglesa no século 19. Um famoso portador do nome foi o cortesão e poeta Sir Philip Sidney (1554-1586)"
    Minha história com os nomes foi tranquila, eu sempre fui meio neurótica, desde a adolescência, achava que teria dificuldades pra engravidar (ja tava prevendo…eheheh) E numa noite, pedi um sinal ao Papai do Céu, em oração. Naquela noite, sonhei que dava à luz uma menina, que eu chamava de Juliana no sonho. Pronto, nome escolhido! E o marido, assim, ficou com o direito (eheheh) de escolher se fosse menino. ele escolheu Arthur, em homenagem ao Zico. Mas coitado, sempre que falo que é Arthur, lembram do Rei, não do jogador…ehehehe
    Beijo grande!

  3. Olha, escolher um nome não é fácil mesmo!!!

    O Vicente eu escolhi depois de ler um livro, tinha um personagem ótimo com esse nome, e eu amei!! Depois vi o significado e escolhi definitivamente. O bom é que o Willian concordou de cara!

    Temos outros nomes em concordância (afinal, não queremos parar só no Vicentinho né): Dimitri, Bento, Benício, Dante, Otto. Anita, Aurora, Olívia, Alice…

    Mas é complicado.

    Eu vou te dizer que me importo sim com os nomes da moda. Mesmo que eu gostasse de um nome, se ele estivesse muito na moda eu desistiria. Gosto da singularidade (que claro, não tem como ser total né, mas não precisa ter 4 Gabriel na mesma sala na escolinha!).

    Acho que nomes lindos é o que não falta, então dá pra fugir do comum…

    Beijão!

  4. querida, ADOURO essa parte. sempre brinquei de escolher nomes. maaaaas, a idade vem chegando e deixa de ser brincadeira.
    bom, tenho dois nomes de menina e um de menino. caso os rebentos sejam rebentAs, serão nina – amo o nome! simples assim! – e anita – homenagi também, pra minha bisa.
    se a prole tiver um rebento, será francisco, que, de certa forma, é homenagi pra minha mamy que ama são francisco, mesmo sem ser nadica de nada católica – vai entender. mas eu gosto mesmo do nome! 🙂

  5. Venho por meio desta defender minha honra de maridón.

    Dona Carolina me indicou um site de nomes para eu dar uma olhada. Assim que entro, percebo que ele dividiu os nomes por categorias: nomes latinos, nomes católicos, nomes com E etc.

    Em meio a todas as categorias, percebo um link escrito "Nomes no Serasa". Pensei com os meus botões "não pode ser. ninguém escolheria o nome do filho por uma lista de nomes do Serasa. É bizarro demais!"

    Bom, eu não fui atrás dessa lista – que depois percebi ser um google adds no meio do site -, mas fica aí a provocação para as futuras mamães – e papais!

  6. Ahhh eu quase siemocionei! ha-ha! Brincadeira, já sabia da sua preferência pelo nome Ana!

    Eu sempre fui a única Júlia da sala, do prédio, então isso nunca me incomodou…

    Bem, o nome da minha filha já está escolhido desde quando eu era pequenina! Tinha uma amiga chamada Beatriz, e sempre achei um nome lindo! Na minha família eu tenho duas primas (uma adolescente e a outra com 5 aninhos) com esse nome. Mas caguei! hehehhe

    Dane-se! hehhehe Ah, eu escolhi esse nome quando era pequena, a maioria das minhas bonecas eram chamadas de Beatriz…

    POr isso, o futuro marido não tem muita voz de voto no nome de meninas. Mas perguntei o que ele achava, ele acha bonito, concordou (ai dele se discordasse!). Mas como vivo num relacionamento democrático, perguntei para ele pelo nome do menino! E chegamos a conclusão de Gabriel, é o nome do anjo dele. Eu também gosto deste nome. Acho bonito e pequeno!

    that´s it!

    bju

  7. Oi Carol! Adorei seu blog! Que em 2010 você tenha muita sorte!!
    O nome do meu pequeno foi escolhido pelo papai, isso que dá combinar que a mãe escolhe o nome da filha e o pai o nome do filho… eu queria Rafael, mas ele quis Matheus.
    No fundo fiquei bastante feliz com a escolha dele, pois o nome é lindo e o significado mais bonito ainda (presente de Deus).
    Boa sorte na escolha de vocês!
    Beijos

  8. Oiee Carol, nome é uma coisa complicada mesmo…
    Eu sempre, mesmo antes de querer ter bebes, falava que o nome da minha filha seria Melissa, eu adoro esse nome, mais a maioria das pessoas quando eu falo logo diz: Nome de sandalia (Ninguem mandou eles colocarem esse nome nas sandalias rs), eu gosto e pronto! Acho bonito o nome Felipe e Ana tmb, acho que se agente gosta do nome nao tem essa de significado ou alguem falar algo e etc, ate mesmo Julia, acho fofo e mesmo sendo comum, eu colocaria se eu gostasse, que tal Ana Julia?? Rsrs
    Bjo
    To sempre por aqui curiando … rs

  9. Escolhi Pitoco pelo significado (é um radical grego que significa algo belíssimo) e por que li um livro aobre um assunto com o qual me identifico muito. Daí maridão aprovou e firmamos. Ficou Pitoco, Pitos para os íntimos.

  10. Oieee. Este é o assunto mais dificil da gravidez, pra mim.
    Bom, a Clarinha.. seria Maria Clara. Foi assim: eu sempre quis colocar esse nome.. CLARA, pq eu achava nome de menina meiga, delicada, coisa de princesa como eu acreditava , naquele tempo, que deveriam ser as meninas. Porém, vendo esses livros de nomes me encantei com a composição MARIA CLARA apesar de n gostar de nomes compostos. O atual marido daquele momento (rsrsrsr), vulgo pai, n gostava de clara mas teve um sonho em q ele tinha uma filha com esse nome e topou. OK! Então td certo para o nome MARIA CLARA, sendo q ele q sempre foi uma pessoa coerente e que me respeitou muito registrou só CLARA.. quase morri qd ele vei com a certidão. Minha filha sabe dessa história toda, a melhor amiga dela se chama MARIA CLARA e ela eh louca pra mudar o nome. Eu nessa história toda, crendo que todo mal vem pro bem, adorei esse nome curto.. é bem mais fácil de dar um beeeeeeerro!

    Bom gosto de nomes curtos.. lembro que vc queria q sua filha se chamasse Isadora.

    Caso eu tenha outra filha sera Beatriz ou Lavinia. E ser for menino sera Gustavo, Eduardo ou João.

    Falei pouco dessa vez.

  11. Escolhi Ana Luísa desde o tempo em que namorava com meu marido… hj em dia está comum demais.. e é uma confusão na grafia, pq o dela é com "s" e a maioria é com "z", a coitada vai sofrer com isso… mas acho o nome lindo! :)e foi escolhido de comum acordo… 🙂

  12. Bom sempre sonhei que meu filho teria o nome de Joao e a filha de Maria, certa vez disse pra minha avó que meu filho chamaria Joao Otto na hora ela disse: Idiotinha!Se minha avó de 86 anos disse que o nome era parecido com idiotinha imagina os coleguinhas de escola, desisti na hora!mas o Joao e Maria permaneceram na mente, antes de engravidar conversei como Miguel(marido)sobre nomes e ele disse que se for menino teria que ser Pedro pelo amor que sente pelo seu Pedro entao filho menino= JOAO PEDRO(nao abro mao do Joao e nem ele do pedro)agora menina, se vier menina tb será Ana mas com Maria filha menina= ANA MARIA! Mas esse nome é especial tb é uma homenagem a avózinha dela e de inumeras Anas que temos em nossas vidas, temos avó, mãe, tias, primas e amigas que se chamam Ana!Será uma Anada só! E que venham com saude!!!Beijins!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *