Genteeee.
Tava agorinha lendo o fofíssimo texto da Lia, que espera a Emília para janeiro (eu tb sou de janeiro, sidentifico!) e ela tava falando de final de ano, de expectativas, coisa e tal. Ótimo texto, passem lá.

Bom, mas aí me dei conta de que já estamos em novembro.
JÁ estamos em novembro.
NOVEMBRO.
De 2009.

Que daqui a três espirros mais, estaremos em 2010.

Nós, pessoas pré-históricas, provenientes do século passado, estamos assistindo a mais uma década passando (ou começando, como queiram).

Eu fico pensando…
Que eu ficava imaginando o que eu estaria fazendo em 2000, mas nunca meu mais ousado sonho chegou a 2010.
Que nossos filhos são/serão todos do novo milênio.
Que eles terão vergonha/acharão graça do fato de termos nascido em mil novecentos e lá vai bolinha.

O tempo é muito fugaz mesmo.

E eu to com o mesmo papinho de elevador das minhas tias, daqui a pouco estarei apertando as bochechas dos meus sobrinhos, exclamando “como você cresceu!!”.

6 respostas em “Conversinha de elevador

  1. Como vc cresceu e se já tem namoradinha (o) na escola, né?

    Porque tia velha tem mania de perguntar isso, aí quando vc fala que não tem namorado (a), ela vira e fala: como não, mas uma menina tão bonita como você… hehehhe

    eu sempre achei que em 2010 o mundo estaria igual aos Jetsons, que um maquina iria cozinhar pra gente e os carros virariam uma maleta!

  2. Pois é, Carol, definitivamente somos do século passado… hehehe. Esses dias me senti velha porque pela primeira vez tive de rolar a barra pra inserir o ano em que nasci num cadastro na internet. Cruzes! E olha que só tenho 27…

  3. Oi Carol,

    então, nós vamos dia 17/12 – passaremos o Natal por lá.

    Qual seu e-mail? Te mando minha linda planilhinha!!!

    E, ah!, fico feliz que vocês resolveram não esperar mais pelo baby!

    =****

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *